Meio Bit » Arquivo » Games » Assassinato virtual dá cadeia

Assassinato virtual dá cadeia

14 anos atrás

Tem certas histórias que nós vemos na internet que são difíceis de acreditar, como esta. No Japão, uma mulher 43 anos foi presa acusada de ter matado virtualmente o seu ex-marido. Eu explico.

Em maio passado, um sujeito de 33 anos se divorciou. Arrasada, a professora de piano decidiu que iria se vingar do cidadão e chegou a conclusão que uma boa maneira de fazê-lo pagar pelo abandono seria deletando o avatar do ex-marido no jogo MapleStory. Como ela tinha o nome de usuário e senha, entrou no jogo e cometeu o “homicídio”. Pouco depois, o “presunto virtual” percebeu o que tinha acontecido e chamou a polícia.

A mulher então foi presa, acusada de acessar e manipular dados ilegalmente. O crime pode lhe render cinco anos no xadrez ou uma multa no valor de US$ 5000. Em sua defesa, a “psicopata de Maple World” alega que foi “abandonada subitamente, sem nenhum aviso” e que por isso ficou furiosa.

dori_ms_24.10.08

[via Kotaku]

relacionados


Comentários