Home » Ciência » Outro mito que cai: não temos tantos neurônios assim

Outro mito que cai: não temos tantos neurônios assim

Suzana Herculano, neurocientista brasileira descobre que um cérebro humano tem 86 bilhões de neurônios.

7 anos e meio atrás

Existem mitos populares, como a besteira “só usamos 10% do cérebro”, mitos baseados em erros de digitação, como o que transformou a Amazônia no Pulmão do Mundo, mas o curioso é que mesmo dentro da ciência há mitos persistentes, são informações simples que ninguém contesta por não serem essenciais e soarem razoáveis.

Uma delas é o número de neurônios no cérebro humano. A literatura especializada cita um valor médio de 100 bilhões para homens adultos. Só que a literatura cita mas não define a fonte. Foi vendo isso que um enorme CITATION NEEDED piscou na brilhante mente da Suzana Herculano, a Carl Sagan da Neurociência no Brasil.

Depois de pesquisar bastante ela descobriu que ninguém tinha realmente feito uma pesquisa, o valor era um belo de um chute. Vendo a chance de produzir conhecimento, Suzana – a quem tive a honra de conhecer no II EwClipo - arrumou uns cérebros e botou a mão na massa (cinzenta).

vlcsnap-00004

Reconstituição aproximada

Agora, a questão: como saber quantos neurônios há em um cérebro? Eles são coisas complicadas, pra piorar áreas diferentes apresentam densidades diferentes de neurônios.

A solução foi trivial, mas ao mesmo tempo genial: ela dissolveu um cérebro em uma espécie de sopa; utilizando reagentes específicos dissolveu as paredes celulares, transformando o que antes foi uma pessoa em um balde de citoplasma gosmento.

Misturando bem, deixando a sopa homogênea, ela removeu uma quantidade específica de material, colocou sob um microscópio e contou quantos núcleos de neurônios havia.

De posse desse número, foi só extrapolar para o total de gosma presente no balde.

O resultado foi que na média (ela testou 4 cérebros) um cérebro tem 86 bilhões de neurônios.

É uma diferença importante. 14 bilhões de neurônios equivale a um cérebro de babuíno e é quase metade de um cérebro de gorila, ambos primatas bem inteligentes.

Tecnicamente os cientistas achavam que éramos um macaco mais inteligente do que realmente somos. Na prática o neocortex, onde está tudo que nos torna humanos, só contém 19% dos neurônios do cérebro, isso daria 16 bilhões. A margem de erro dos chutados 100 bilhões e quase suficiente para nos destituir de nossas faculdades mentais superiores.

Tudo isso graças a boa e velha curiosidade científica, mostrando que em ciência mesmo que haja coisas que “todo mundo sabe”, não há dogmas, tudo é passível de questionamento.

Fonte: Guardian.

Aqui o trabalho detalhado.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários