Meio Bit » Games » Switch já está no retrovisor do Game Boy (e PS4)

Switch já está no retrovisor do Game Boy (e PS4)

Na cola do PS4, o Switch possui 114,33 milhões de unidades vendidas; segundo relatório financeiro da BigN (Q2 FY 2022, findo em set 22).

08/11/2022 às 7:30

A dona do Switch e Game Boy acaba de divulgar nesta terça-feira (08/11) o desempenho financeiro do segundo trimestre fiscal de 2022 (Q2 FY 2022), período que compreendeu os meses de julho a setembro do ano civil de 2022. Nas vendas de consoles, o híbrido aproxima-se cada vez mais do PS4 e do clássico Game Boy (Color).

Com a ajuda de títulos como Splatoon 3, o Switch vai ultrapassar o PS4 e Game Boy ainda em 2022 (crédito: C. Emanuel B. Laguna/Meio Bit)

Com a ajuda de títulos como Splatoon 3, o Switch vai ultrapassar o PS4 e Game Boy ainda em 2022 (crédito: C. Emanuel B. Laguna / Meio Bit)

O relatório financeiro do Q2 FY 2022 aponta que a empresa teve os seguintes números:

RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO
Período → Q2 FY 2021
(julho a setembro de 2021)
Q2 FY 2022
(julho a setembro de 2022)
Diferença
Receita ¥ 301,625 bilhões
(US$ 2,7 bilhões)
¥ 349,514 bilhões
(US$ 2,61 bilhões)
+ 15,88%
(em ienes)
Lucro bruto ¥ 179,859 bilhões
(US$ 1,61 bilhão)
¥ 207,012 bilhões
(US$ 1,55 bilhão)
+ 15,1%
(em ienes)
Lucro operacional ¥ 100,207 bilhões
(US$ 897,03 milhões)
¥ 118,740 bilhões
(US$ 886,6 milhões)
+ 18,49%
(em ienes)

Traduzindo a tabela: como foi o segundo trimestre fiscal de 2022 para a Nintendo? É, a gigante japonesa vai falir.

Agora sério: como o câmbio médio do iene no Q2 FY 2022 foi de ¥ 133,93 / US$ 1, superficialmente tivemos alguma alegria apenas para os investidores e acionistas japoneses da BigN. Em ienes tivemos boas altas, mas por causa da desvalorização cambial em relação ao mesmo período de 2021 ante ao dólar o investidor estrangeiro da Nintendo teve que se conformar com as pequenas quedas. Lucros tiveram alta de 18%, de ¥ 100,21 bi para 118,74 bilhões de ienes mas a desvalorização do iene comeu as vantagens desse dado positivo interno.

O terceiro trimestre civil é um período fraco. Mesmo assim, entre julho e setembro de 2022, a BigN viu o lucro bruto dela subir 15,1% em relação ao Q2 FY 2021. O tio Laguna salienta que a Nintendo enfatiza os números acumulados nestes seis meses do ano fiscal de 2022 (abril a setembro), então devemos fazer os cálculos do trimestre subtraindo os do semestre.

No primeiro semestre fiscal de 2022 (abril a setembro de 2022), as vendas digitais responderam por 51% das vendas de software; arrecadando ¥ 187,8 bilhões (US$ 1,4 bilhão).

Laguna-Nintendo-Switch-Q2-2022-hardware-sales-Game-Boy

A meta do Switch é ser maior que o Game Boy (crédito: Nintendo)

Entre os meses de julho e setembro de 2022, o Switch vendeu 3,25 milhões de unidades pelo mundo civilizado. Uma média de 1,08 milhão de unidades mensais. Lembrando que no mesmo período de 2021 o console híbrido vendeu 3,83 milhões de unidades. Queda de 15,1%.

Desses 3,25 milhões de consoles vendidos, o Switch Lite vendeu 330 mil unidades no Q2 FY 2022. Queda de 51,47% em relação ao mesmo período de 2021. A culpa é do Switch OLED, que já vendeu um total de 9,33 milhões de unidades, sendo 2,01 milhão apenas no terceiro trimestre de 2022.

Como a Nintendo confirmou a venda mundial de 111,08 milhões de consoles até junho de 2022, somando tudo tivemos, até o terceiro trimestre do ano civil de 2022, uma base instalada de 114,33 milhões de consoles Nintendo Switch sendo deles 19,32 milhões de unidades do Switch Lite.

Em 67 meses de vendas, o console híbrido já figura no retrovisor do PS4 (117,2 mi unid) e Game Boy (118,69 mi unid), tendo ultrapassado o console de mesa mais bem sucedido da empresa, o Wii (101,63 mi unid).

A empresa diminuiu a previsão de vendas para o ano fiscal de 2022, que terminará dia 31 de março de 2023: de mais de 20 milhões de unidades para 19 milhões de consoles. O bom, para a Nintendo, é que ela espera que a receita aumente bastante em relação ao ano fiscal anterior para compensar a queda do iene.

Enfim, na receita geral da empresa, além dos milhões de assinantes do Nintendo Switch Online, o que mais importa é a venda dos softwares exclusivos. Vejamos o seguinte ranking geral dos jogos da Nintendo no Switch (vendidos até o dia 30 de setembro de 2022):

  1. Mario Kart 8 Deluxe — 48,41 milhões de cópias;
  2. Animal Crossing: New Horizons — 40,17 milhões de cópias;
  3. Super Smash Bros. Ultimate — 29,53 milhões de cópias;
  4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild — 27,79 milhões de cópias;
  5. Pokémon Shield / Pokémon Sword — 25,37 milhões de cópias;
  6. Super Mario Odyssey — 24,40 milhões de cópias;
  7. Super Mario Party — 18,35 milhões de cópias;
  8. Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond — 14,92 milhões de cópias;
  9. Ring Fit Adventure — 14,87 milhões de cópias;
  10. Pokémon Let’s Go, Pikachu! / Pokémon Let’s Go, Eevee! — 14,81 milhões de cópias.

No ranking geral, o velho e bom Mario Kart 8 Deluxe vendeu 1,59 milhão de cópias somente nesse segundo trimestre fiscal. Já o Ring Fit Adventure ultrapassou Pokémon Let’s Go por pouco, com suas 330 mil unidades vendidas no período.

O grande destaque do Q2 FY 2022 foi justo o lançamento de setembro, Splatoon 3. Em 22 dias de vendas, Splatoon 3 vendeu 7,9 milhões de cópias no mundo, sendo mais de 3 milhões delas no Japão. Em termos de velocidade de vendas, o jogo é o maior velocista da Nintendo!

Há boa chance de Pokémon Legends: Arceus ultrapassar Pokémon Let’s Go no Top 10 geral de software da Nintendo. Pokémon Legends: Arceus já conseguiu vender 13,91 milhões de cópias, sendo 1,27 milhão delas apenas no último semestre fiscal.

Por fim, Xenoblade Chronicles 3 conseguiu alcançar o 1,72 milhão de cópias vendidas e se torna o Xenoblade de maior sucesso. Os 5,27 milhões de cópias vendidas do Kirby and the Forgotten Land garantiram o melhor desempenho de um jogo solo da bolota rosa da Nintendo, sendo 740 mil cópias vendidas somente neste terceiro trimestre civil.

Fontes: Gematsu, NeoGAF, Install Base e Venture Beat.

Leia também:

relacionados


Comentários