Meio Bit » Games » Nintendo Switch — jogos alcançam a marca do bilhão de cópias vendidas

Nintendo Switch — jogos alcançam a marca do bilhão de cópias vendidas

Nintendo Switch alcança as 125,62 milhões de unidades e bilhão de cópias de jogos vendidas; segundo relatório financeiro da BigN (Q4 FY 2022, findo em mar 23).

49 semanas atrás

A dona do Nintendo Switch e Game Boy acaba de divulgar nesta terça-feira (09/05) o desempenho financeiro do quarto trimestre fiscal de 2022 (Q4 FY 2022), período que compreendeu os meses de janeiro a março do ano civil de 2023. Após 6 anos de vendas, o híbrido chega ao bilhão de cópias dos seus jogos.

Laguna-Nintendo-Switch-Lite-Metroid-Prime-Remastered

Metroid Prime Remastered foi um dos destaques do Q4 FY 2022 (crédito: C. Emanuel B. Laguna / Meio Bit)

O relatório financeiro do Q4 FY 2022 aponta que a empresa teve os seguintes números:

RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO
Período → Q4 FY 2021
(janeiro a março de 2022)
Q4 FY 2022
(janeiro a março de 2023)
Diferença
Receita ¥ 375,13 bilhões
(US$ 3,08 bilhões)
¥ 306,499 bilhões
(US$ 2,3 bilhões)
– 18,29%
(em ienes)
Lucro bruto ¥ 212,01 bilhões
(US$ 1,74 bilhão)
¥ 187,77 bilhões
(US$ 1,41 bilhão)
– 11,43%
(em ienes)
Lucro operacional ¥ 120,21 bilhões
(US$ 986,69 milhões)
¥ 93,83 bilhões
(US$ 705,52 milhões)
– 21,94%
(em ienes)

Normalmente, o primeiro trimestre civil é o pior período de vendas do ano. Entre janeiro e março de 2023, a BigN viu seu lucro operacional cair quase 22%; enquanto isso, o lucro bruto e receita em ienes caíram mais de 10% em relação ao Q4 FY 2021. Quanto ao ano fiscal de 2022, que compreendeu o período de abril de 2022 a março de 2023, a Nintendo apresentou os seguintes números:

RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO (ACUMULADO)
Período → FY 2021
(abril de 2021 a
março de 2022)
FY 2022
(abril de 2022 a
março de 2023)
Diferença
Receita ¥ 1,69 trilhão
(US$ 13,92 bilhões)
¥ 1,6 trilhão
(US$ 12,04 bilhões)
– 5,52%
Lucro bruto ¥ 946,04 bilhões
(US$ 7,77 bilhões)
¥ 885,44 bilhões
(US$ 6,66 bilhões)
– 6,41%
Lucro operacional ¥ 592,76 bilhões
(US$ 4,87 bilhões)
¥ 504,38 bilhões
(US$ 3,79 bilhões)
– 14,91%

Traduzindo a tabela: como foi o ano fiscal de 2022 para a Nintendo? Quase estável mas teve sim pequenas quedas, em especial nos lucros. Como o câmbio médio do iene no FY 2022 foi de ¥ 133,00 / US$ 1, os investidores e acionistas da gigante japonesa estão chorando por causa da desvalorização da moeda no período.

No ano fiscal de 2022 (abril de 2022 a março de 2023), as vendas digitais responderam por 48,0%; arrecadando ¥ 405,09 bilhões. Representaram um crescimento de 12,42% sobre a arrecadação do ano fiscal de 2021.

Laguna-Nintendo-Switch-hardware-sales-Q4-2022

Nintendo Switch já alcança o bilhão de cópias de jogos vendidas (crédito: Nintendo)

Entre os meses de janeiro e março de 2023, o Switch vendeu 3,07 milhões de unidades pelo mundo civilizado. Uma média de 1,02 milhão de unidades mensais. Lembrando que no mesmo período de 2022 o console híbrido vendeu 4,11 milhões de unidades. Queda de 25,3%.

Desses 3,07 milhões de consoles vendidos, o Switch Lite vendeu 620 mil unidades no Q4 FY 2022. Alta de 16,98% em relação ao mesmo período de 2022. Entretanto, quem chama mesmo as vendas é o Switch OLED, que já vendeu um total de 15,02 milhões de unidades, sendo 1,53 milhão apenas no primeiro trimestre de 2023.

Como a Nintendo confirmou a venda mundial de 122,55 milhões de consoles até dezembro de 2022, somando tudo tivemos, até o primeiro trimestre do ano civil de 2022, uma base instalada de 125,62 milhões de consoles Nintendo Switch sendo deles 21,02 milhões de unidades do Switch Lite.

Em 73 meses de vendas, o console híbrido já ultrapassou o PS4 (117,2 mi unid) e Game Boy (118,69 mi unid); e já tinha ultrapassado o console de mesa mais bem sucedido da empresa, o Wii (101,63 mi unid). É o terceiro console mais vendido da história, somente atrás do PS2 e do Nintendo DS.

No último ano fiscal o Switch vendeu 17,97 milhões de consoles, queda de 22,1% em relação ao FY 2021 (23,06 mi). A empresa prevê a venda de apenas mais 15 milhões de unidades até o final do ano fiscal que terminará em março de 2024, o que pode indicar um console sucessor em breve. Se bem que o tio Laguna especula isso tem uns 2 anos já…

De qualquer forma, o bom, para a Nintendo, é que ela espera que para o FY 2023 a receita se mantenha ou aumente levemente em relação ao ano fiscal anterior para compensar a queda do iene. O que configura como outro indício de novo console pois algum novo modelo teria que agregar maior valor. Ou isso ou a BigN apostará em jogos mais caros.

Enfim, na receita geral da empresa, além dos milhões de assinantes do Nintendo Switch Online e os 114 milhões de jogadores ativos, o que mais importa é a venda dos softwares exclusivos. Vejamos o seguinte ranking geral dos jogos da Nintendo no Switch (vendidos até o dia 31 de março de 2023):

  1. Mario Kart 8 Deluxe — 53,79 milhões de cópias;
  2. Animal Crossing: New Horizons — 42,21 milhões de cópias;
  3. Super Smash Bros. Ultimate — 31,09 milhões de cópias;
  4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild — 29,81 milhões de cópias;
  5. Pokémon Shield / Pokémon Sword — 25,82 milhões de cópias;
  6. Super Mario Odyssey — 25,76 milhões de cópias;
  7. Pokémon Violet / Scarlet — 22,1 milhões de cópias;
  8. Super Mario Party — 19,14 milhões de cópias;
  9. New Super Mario Bros. U Deluxe — 15,41 milhões de cópias;
  10. Ring Fit Adventure — 15,38 milhões de cópias.

Dos jogos “antigos”, lançados até 2022, o mais vendido no trimestre foi óbvio Mario Kart 8 Deluxe, que vendeu 1,79 milhão de cópias. Apesar dos bugs iniciais, Pokémon Violet / Scarlet vendeu 1,49 milhão de cópias no trimestre. Em terceiro no período, o Nintendo Switch Sports vendeu 990 mil cópias e já soma 9,60 milhões.

Quanto aos lançamentos de 2023 publicados pela Nintendo, Fire Emblem Engage já vendeu 1,61 milhão de unidades em pouco mais de dois meses. Já Kirby’s Return to Dream Land Deluxe conquistou 1,46 milhão de cópias. O queridinho do tio Laguna Metroid Prime Remastered vendeu 1,09 milhão de cópias nesse pouco mais de mês de vendas.

Por fim, os jogos da Nintendo foram chamarizes para que eles e jogos de outras editoras somassem juntos 1 bilhão de cópias vendidas, uma média de 8,25 jogos por console. Essa média tem se aproximado cada vez mais da do líder GameCube, console da Nintendo que conseguiu uma respeitável média de 9,59 jogos vendidos por console.

Fontes: Gematsu, NeoGAF, Install Base e Venture Beat.

Leia também:

relacionados


Comentários