Home » Mobile » LG G8X ThinQ tem um modo ASMR, porque sim

LG G8X ThinQ tem um modo ASMR, porque sim

LG explica por que incluiu um modo ASMR no G8X ThinQ, para captar vídeos com o áudio mais puro possível: porque podia fazê-lo

15 semanas atrás

O LG G8X ThinQ é o atual celular premium da companhia sul-coreana, que se destaca por suas duas telas e design dobrável, para fazer frente a soluções da Samsung, Motorola e outros fabricantes com displays flexíveis. Porém ele conta com outro elemento, um modo ASMR para a captação de áudio puro, para os famosos vídeos com experiências sensorias que permeiam o YouTube.

Por quê? A resposta curta oficial vai na onda do Espírito Hacker, "porque podia ser feito", mas nada é tão simples.

LG / LG G8X ThinQ

Não é segredo para ninguém que a LG perdeu o bonde do Android, ficando bem para trás na mente do público em relação a marcas como Samsung, Motorola, Google Pixel, Huawei e Xiaomi, entre outras. A empresa pagou o preço de decisões passadas questionáveis, como o capado LG G5 SE, ou o LG G6 chegar com um hardware de um ano de idade, e constantes reestruturações da divisão mobile, que deixou toda equipe mais perdida que cachorro em dia de mudança.

Por isso mesmo, o LG G8X ThinQ surpreende: embora caro (R$ 5.999), ele traz um hardware de primeira e atual, e uma ideia muito boa para a febre dos celulares dobráveis, ao apostar no design de duas telas consagrado pelos portáteis Nintendo DS e 3DS, um form factor que o usuário conhece e aprova.

Isso posto, a LG também precisa oferecer "algo a mais" para se destacar da concorrência, o que nos leva ao tal modo ASMR.

LG / LG G8X ThinQ

O que é ASMR?

ASMR é a sigla para Autonomous Sensory Meridian Response, ou Reposta Sensorial Meridiana Autônoma em português. É o nome dado a sensações prazerosas, geralmente um formigamento ou arrepio causado por estímulos visuais, auditivos e cognitivos. Qualquer estímulo positivo pode causar a reação, desde uma conversa agradável ao som da chuva, o barulho de alguém amassando um plástico e etc.

A chave está no ouvinte atingir um estado de relaxamento, suficiente para causar a sensação (que alguns descrevem como um “orgasmo cerebral”) e essa resposta varia de pessoa para pessoa, podendo até mesmo o ouvinte relaxar ao ponto de acabar dormindo. A resposta aos estímulos é autônoma e o ouvinte não tem como controlar ou prever suas reações.

Em um vídeo ASMR, como os vários que existem no YouTube, o interlocutor usa jogos de interpretação (role play), simulando uma conversa, falando baixo e calmamente, passando uma sensação de cuidado e intimidade, para fazer o ouvinte relaxar. A ideia é causar sensações de bem-estar, que vai desde sussurros a sons diversos (sinetas, plástico sendo amassado, etc.). Nisso, o uso de um microfone adequado (os binaurais são os mais indicados) é essencial.

É aí que entra a LG. Segundo a fabricante, foram necessários 6 meses de testes com gravações dos mais diversos tipos de sons, para refinar a sensitividade dos microfones do G8X ThinQ a tal ponto, que com o modo ASMR ativo, ele seja capaz de realizar a gravação sonora mais fiel possível; depois, algoritmos são aplicados para remover todo tipo de ruído estranho, e o resultado é um áudio 100% puro.

A LG usou YouTubers de ASMR da Coreia do Sul como consultores, para que eles  atestassem a qualidade do recurso; a empresa garante que o G8X ThinQ não apenas é o único celular do mercado capaz de gravar esse tipo de áudio, e com a mesma qualidade de um microfone binaural, como bate na mesa afirmando que o aparelho entrega a melhor qualidade de gravação sonora jamais ouvida em um smartphone.

Claro que é um caso de ver para crer, ou sendo mais preciso, ouvir para crer. No mais, a LG sabe que vídeos ASMR são extremamente populares, e fornecer um aparelho capaz de facilitar a gravação (microfones binaurais de qualidade costumam ser bem caros) é um meio de conquistar mais consumidores. Talvez a estratégia de "comer pelas beiradas" seja a melhor para os coreanos, do que bater de frente com a concorrência e só levar paulada.

Com informações: LG.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários