Home » Software » Pocket Casts agora é gratuito no iPhone e Android [ATUALIZADO]

Pocket Casts agora é gratuito no iPhone e Android [ATUALIZADO]

Pocket Casts recebe plano Plus, que traz 10 GB de espaço na nuvem; quem pagou pelo web app tem direito a uma assinatura vitalícia

18/09/2019 às 9:30

Atualização: atendendo reclamações dos usuários, quem pagou pelo acesso ao web app do Pocket Casts terá direito a uma assinatura vitalícia do Pocket Casts Plus, e não mais por apenas 3 anos. O texto foi atualizado para incluir a nova informação.


O app de podcast Pocket Casts é um dos mais populares de sua área, mesmo tendo sido pago por todo o seu ciclo de vida. Só que isso acaba de mudar: o consórcio de mídia que controla a plataforma transferiu o serviço para a modalidade freemium, introduzindo um plano de assinatura chamado Pocket Casts Plus, com conteúdos adicionais para quem estiver disposto a pagar.

Além disso, como forma de atrair novos usuários, os apps para iPhone e Android passam a ser gratuitos, com todos os recursos presentes até então liberados.

Shift Jelly / Pocket Casts

Vamos recapitular: em 2018 a desenvolvedora Shift Jelly vendeu o Pocket Casts para um grupo formado pelas emissoras públicas de rádio NPR, WBEZ e WNYC Studios e o podcast This American Life, em um primeiro momento com a promessa de que nada seria mudado, até para não irritar a base instalada de usuários.

Neste primeiro ano tudo continuou igual, com os apps custando R$ 14,90 (iPhone), R$ 14,99 (Android) e R$ 28 (Windows 10, macOS e web app via navegadores), mas o consórcio agora decidiu mudar o plano de negócios do Pocket Casts, como forma de atrair um maior público e concorrer com aplicativos gratuitos que oferecem microtransações, como TuneIn Radio, Stitcher e outros.

A entrada de empresas como o Spotify no jogo do podcast, que está investindo pesado no setor e da Apple, que vai desmembrar o aplicativo no macOS Catalina ao matar o iTunes e que segundo informes, também vai bancar programas exclusivos (lembrando que tanto seu app quando o Google Podcasts são gratuitos), fez com que os responsáveis do Pocket Casts saíssem da zona de conforto. Agora, tudo mudou.

Android / Pocket Casts

A partir desta quarta-feira (18) os apps para iPhoneAndroid passam a ser totalmente gratuitos, mantendo todos os recursos presentes na plataforma até o momento, como o Modo Noturno, sincronização entre várias plataformas através de uma conta de usuário, efeitos sonoros e outras facilidades. A modalidade gratuita continuará recebendo novidades, como em breve a capacidade de reproduzir arquivos de áudio e vídeo.

A monetização do serviço ficará a cargo do Pocket Casts Plus, um plano de assinatura que custa US$ 0,99/mês ou US$ 10/ano e que trará os seguintes recursos:

  • Acesso liberado aos apps para Windows 10, macOS (arquivo .zip) e navegadores;
  • 10 GB de espaço na nuvem para armazenar arquivos;
  • Temas e ícones exclusivos.

O plano Plus também receberá novos conteúdos com o tempo, mas caso o usuário opte por não assinar o serviço, não terá a experiência de uso do Pocket Casts podada; a ideia é oferecer de graça o mesmo aplicativo conhecido como um dos mais poderosos na hora de reproduzir podcasts.

Shift Jelly / Pocket Casts Plus

Pocket Casts Plus contará com temas e ícones exclusivos, entre outras coisas

Os usuários que pagaram pelo app de desktop ou pelo acesso ao web app terão direito a uma assinatura vitalícia do Pocket Casts Plus; para ativa-la, basta logar com seu perfil. Para quem comprou um dos (ou ambos) apps móveis e não os demais nada muda, esses continuarão usando o serviço normalmente.

Segundo o consórcio que controla o Pocket Casts, distribuir o app de graça e introduzir um plano de assinatura é uma estratégia mais alinhada com o modelo de acesso a conteúdo aberto, visto que três dos quatro membros do grupo são rádios públicas. Assim, o serviço passa a ser mais acessível e dado o custo baixo, são grandes as chances dele se tornar bastante lucrativo para seus controladores.

Só esperamos que a qualidade do app para usuários gratuitos não caia com o tempo.

Com informações: Pocket Casts blog.

relacionados


Comentários