Home » Áudio e vídeo » Sony anuncia fones de ouvido com Google Assistente e Alexa no Brasil

Sony anuncia fones de ouvido com Google Assistente e Alexa no Brasil

Os fones começam custando R$ 220 e isso pra fone de ouvido com bateria de 15 horas de música

21/06/2019 às 18:24

Nesta quarta-feira (19) a Sony do Brasil, que não é a mesma Sony Mobile que deixou de lançar novos smartphones por aqui, anunciou três novos fones de ouvido sem fio. Dois deles utilizam acesso rápido para o Google Assistente e Alexa, com um terceiro que é mais simples, mas que não tem um recurso pouco amado: preço alto.

Fone de ouvido Sony WH-XB900N

WH-XB900N tem cancelamento de ruído

EXTRA BASS, com assistentes

Os dois primeiros modelos que chegam ao brasil são o WH-XB700 e WH-XB900N. Com nome difícil (poxa Sony, me ajuda!) e formato over ear, que cobre todo a orelha e só isso já é o suficiente para isolar seu mundo musical do mundo de verdade - embora eu acredite que sua segurança fica meio triste, jururu, com essa atitude.

As letras XB significam Extra Bass nos fones de ouvido da Sony e estes dois fazem parte de uma linha que prefere focar em graves, mas que não abandonam os médios e agudos não. São ótimos para amantes de música eletrônica, por exemplo. Outro recurso que os dois utilizam é o NFC, que ajuda no pareamento Bluetooth.

Fone de ouvido Sony WH-XB700

WH-XB700 pode ser encontrado nessa cor azul

Se NFC não é sua praia, os dois utilizam a tecnologia Fast Pair, que faz o pareamento quase que idêntico ao dos AirPods com o iPhone. A ideia é a seguinte: se você tem um Android que rode no mínimo a versão 6 (Marshmallow) do sistema e utiliza ao menos a versão 11.7 do Google Play Services, é só colocar o fone perto do smartphone e pronto: uma janela aparece com a foto dele e a opção para conectar.

É só isso, simples assim, sem precisar entrar nas configurações de Bluetooth ou apertar algum botão específico. Ah, a bateria é de 30 horas seguidas pros dois.

Tá Fogaça, o que justifica a diferença dos dois modelos?

Calma caveirinha. A principal diferença entre os dois está no cancelamento de ruído ativo, que só existe no WH-XB900N (N, neste caso, significa Noise Canceling, que é Cancelamento de Ruído em inglês). Ele utiliza microfones para identificar o barulho externo e cria uma frequência interna que anula o som de fora. E funciona, viu? Eu testei no evento e a sensação é de estar com os ouvidos tampados quando você sobe ou desce uma montanha muito rápido, por conta da diferença de pressão.

Isso é pro som que vem de fora, mas a música soa exatamente como deveria e com todas as frequências funcionando - graves, médios e agudos são preservados sem problemas.

Outras duas diferenças ficam no visual, que é mais minimalista no WH-XB900N e no carregamento rápido que ele tem, que com 10 minutos de tomada entrega uma hora de bateria.

Tem mais, custando muito menos

Fone de ouvido Sony WI-C200

WI-C200 é mais simples, mas ainda tem muita bateria

Se você não quer nada disso e, principalmente, se é como eu e acha que fones enormes na rua só servem pra chamar atenção de pessoas que você não quer fazer amizade, e nem elas com você, tem o WI-C200.

Ele não tem isolamento de ruído, não fala diretamente com assistentes pessoais, mas fica escondido e pode mandar música ou podcasts pra dentro por 15 horas seguidas, com uma carga apenas. O fone funciona com o formato intra auricular, o que já ajuda no isolamento não-ativo e os pequeninos falantes utilizam imã pra não ficarem pulando loucamente no seu corpo.

Fone WI-C200

Botão pode ser usado para ligar o fone ou acionar um assistente

Eu disse que ele não fala com assistente algum? MENTIRA! A diferença é que aqui o fone exige que toda a conversa seja feita pelo smartphone, que pode chamar a Siri nos iPhones ou Assistente nos Androids, com botão que pode ser configurado pra isso, taokei?

Quando e quanto?

Os preços ficam assim:

  • WH-XB700: R$ 700
  • WH-XB900N: R$ 1,3 mil
  • WI-C200: R$ 220

O único fone da lista que está disponível agora no mercado é o WH-B700, enquanto que o WH-XB900N será lançado em outubro deste ano e o WI-C200 fica pro mês seguinte.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários