Home » Mobile » Pokémon GO — a Niantic encerrará o suporte ao Apple Watch logo mais!

Pokémon GO — a Niantic encerrará o suporte ao Apple Watch logo mais!

Treinadores Pokémon, que usem o Apple Watch, não poderão sincronizar seus smartwatches com o Pokémon GO depois do dia 1º de julho.

01/06/2019 às 20:12

Num dos eventos da Apple lá em 2016, uma das grandes estrelas foi a Nintendo, com a presença de ninguém menos que Shigeru Miyamoto no palco. E uma das novidades anunciadas foi o suporte do Pokémon GO ao Apple Watch 2, recém lançado no evento.

Dois meses e meio depois do anúncio, finalmente os jogadores de Pokémon GO no iOS começaram a usar seus Apple Watches para avançar no jogo. As versões mais recentes do smartwatch da Apple contam com GPS e, a depender do bolso do cliente, conectividade 4G, recursos úteis para contar os passos do cidadão enquanto os ovos Pokémon são chocados e para conseguir outros brindes como Rare Candy.

Laguna_Pikachu_Apple_Watch

Em novembro último, a Niantic lançou o Adventure Sync. O novo recurso coleta dados de atividade dos aplicativos Apple Health e/ou Google Fit para estimar a distância percorrida pelos jogadores de Pokémon GO. Após tal atualização, semanalmente o jogo recompensa os gamers com três Rare Candies a cada 25 km percorridos.

Com o Adventure Sync, a funcionalidade do Apple Watch para os jogadores de Pokémon GO no iOS tornou-se redundante e a Niantic decidiu encerrar o suporte ao smartwatch da Apple. Simples e mágico assim.

Em nota oficial, a Niantic Labs diz que os treinadores Pokémon não precisarão dividir a atenção com os dois aparelhos a partir do dia 1º de julho. Tudo estará concentrado no smartphone mesmo.

Na boa, o tio Laguna acha que o fim do suporte depõe contra o Apple Watch: na minha opinião, jogar Pokémon GO era a única grande função do smartwatch da Apple. Realmente um uso inteligente do feio reloginho. Isso além de ostentar, para desconhecidos, sua capacidade de se endividar comprando caros acessórios para seu iPhone.

Fonte: 9 to 5 Mac, via Engadget e The Verge.

relacionados


Comentários