Home » Games » Gearbox poderia ter sido a desenvolvedora do Halo 4

Gearbox poderia ter sido a desenvolvedora do Halo 4

Fundadora da 343 Industries diz que a Microsoft cogitou abandonar a franquia Halo após a saída da Bungie e que os criadores do Borderlands poderiam ter sido escolhida para criar o Halo 4.

25 semanas atrás

A indústria de games está cheia de história que ainda não foram contadas, segredos ou detalhes de desenvolvimento que só acabam sendo revelados muitos anos após os jogos terem sido lançados. Esta semana foi a vez de conhecermos um poucos dos bastidores do Halo 4, título que serviu como despedida da série do Xbox 360 e que na minha opinião é um dos melhores capítulos da franquia.

Quem falou sobre a produção foi Bonnie Ross, fundadora e chefe da 343 Industries, estúdio que a Microsoft criou justamente para cuidar de uma das suas principais marcas. O que nem todos sabiam era que após a Bungie terminar a parceria com a fabricante do Xbox, internamente chegou-se a discutir a possibilidade da série ser deixada de lado.

Quando nós rompemos com a Bungie, o futuro do Halo era incerto. Na verdade não tínhamos certeza se o Halo 3 seria o último jogo [da série principal].

Robbie Bach e Shane Kim estava tipo, ‘ei, o Halo é fantástico, a Bungie não quer mais fazê-lo.’ Robbie e Shane não eram pessoas que pensavam apenas no dinheiro, mas basicamente era como, ‘ei, acho que seria bom um jogo ou dois, então vamos cortar nossas perdas e contar outra história.’

A partir de então os executivos da empresa passaram a considerar mais um ou dois jogos tendo o Master Chief como protagonista, mas como eles não tinham um estúdio para criá-lo, seria preciso terceirizar o desenvolvimento. Após algumas conversas, o nome que mais ganhou força foi o da Gearbox, empresa que havia conquistado fama com a série Borderlands e que possuía alguma familiaridade com a franquia da Microsoft, afinal foram eles que criaram a versão do Halo: Combat Evolved para PC.

Contudo, em determinado momento Ross defendeu que seria algo próximo de uma blasfêmia deixar a criação nas mãos de uma desenvolvedora externa e apesar do argumento poder parecer algo puramente sentimental, ele pode ter evitado que o Halo 4 fosse um tremendo fiasco.

Digo isso pois mesmo imaginando que a Microsoft teria uma fortíssima influência na criação de tal jogo, não podemos esquecer que após o excelente Boderlands 2 a Gearbox enfileirou fracassos, lançando nada mais nada menos do que o Duke Nukem Forever, o Aliens: Colonial Marines e o Battleborn. Ao mesmo tempo, ter trabalhado em um novo Halo poderia ter mudado completamente a imagem que hoje temos desse estúdio, mas esta é uma possibilidade que infelizmente permanecerá no campo das especulações.

Sobre o Halo Infinite, título que também está sendo criado pela 343 Industries, por enquanto sabemos apenas que ele deverá ser ainda mais focado no Master Chief e de acordo com um rumor recente, o título deverá ser um dos jogos que chegarão junto com o sucessor do Xbox One.

Fonte: VG247.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários