Home » Games » APU Gonzalo: processador AMD vazado pode equipar PS5 e/ou novo Xbox

APU Gonzalo: processador AMD vazado pode equipar PS5 e/ou novo Xbox

Vazamento do codinome de uma APU Gonzalo sugere que tal processador da AMD seria utilizado no PlayStation 5 e/ou no próximo Xbox.

46 semanas atrás

Guardadas as devidas diferenças, na oitava geração de consoles a Sony e a Microsoft escolheram basicamente um mesmo hardware da AMD: uma APU com CPU octacore x86/64 bits baseada na arquitetura Jaguar e uma GPU Radeon, totalmente integrada, com a arquitetura GCN 2. Mesmo nas atualizações PS4 Pro e Xbox One X, esse hardware ainda é utilizado pela questão do custo benefício.

Sendo a AMD a parceira atual de hardware de ambas as fabricantes de consoles, com a nVidia sendo basicamente parceira exclusiva da Nintendo e a Intel não sendo nem considerada na jogada por questões de custo, podemos concluir que os consoles principais da nona geração continuaria a utilizar hardware AMD. Mas qual APU seria utilizada no PlayStation 5 e/ou Xbox Scarlet?

Laguna_AMD_Gonzalo_codenumber

Um tailandês fuçador de hardware, apelidado de APISAK, descobriu o codinome de um dos modelos da futura APU Gonzalo na cadeia de produção da AMD. Trata-se do 2G16002CE8JA2_32/10/10_13E9. Saúde.

Traduzindo tal codinome, temos o protótipo de uma APU que não é mobile nem desktop e nem é destinada a servidores, então seria utilizada em console da nona geração. Tal conclusão veio das outras características técnicas. São elas:

  • processador central com oito núcleos Zen+ ou Zen 2;
  • clock base de 1,6 GHz por núcleo e clock boost de 3,2 GHz;
  • soquete AM4, com pastilha de silício litografada no processo de 7 nanômetros;
  • 4 MB de memória cache L2 e outros 16 MB de cache L3;
  • processador gráfico integrado Navi 10 Lite, com clock padrão de 1,0 GHz.

Embora placas de vídeo dedicadas com GPU Navi provavelmente sejam anunciadas na E3 2019, o restante das especificações parece bater com o planejamento da AMD para 2019/2020. Um ponto a observar: em 2020 está previsto um Zen 3 em 7 nm. Como a GPU Navi seria litografada em 7 nm também, talvez a AMD pule o Zen+ (12 nm) e ofereça logo o Zen 2 mesmo. Ou uma das fabricantes pode pegar algum modelo da APU com o Zen+ e a outra com o Zen 2.

No Twitter, outros fuçadores de hardware parecem ter relacionado tais características mais com o hardware da Sony, dando a entender que o codinome pertenceria a um suposto protótipo do processador que equiparia um PS5.

Como durante a CES 2019 Phil Spencer confirmou o uso de um processador AMD Ryzen no próximo Xbox, podemos concluir que em teoria tanto o PS5 quanto o novo Xbox utilizarão hardware semelhante. Ao menos nos modelos iniciais dos novos consoles da 9ª geração, isso supondo a janela de lançamento para novembro de 2020.

Ao utilizar o sucessor dos atuais processadores AMD, ambos os consoles não teriam problemas com a retrocompatibilidade: em teoria, os atuais jogos do PS4 e Xbox One rodariam no novo hardware. Na prática, é quase certo que somente a Microsoft oferecerá tal possibilidade.

Laguna_AMD_Zen

Já a líder da oitava geração, a Sony, não teria nenhum motivo para fazer isso pois faria como a Nintendo e lucraria muito mais com remasters. E, caso utilize um sistema operacional bem distinto no PS5, seria a desculpa técnica perfeita para não vermos jogos do PS4 rodando nativamente no PS5 logo de cara.

Há também outra possibilidade para ambas: os atuais consoles rodarem os jogos futuros não localmente, via hardware, e sim por streaming. Imagina você ter a opção de ou comprar um console novo com hardware atual ou rodar os futuros jogos no velho console, mas por streaming? Tecnicamente há como, mas a questão é quem faria tal procedimento tão disruptivo primeiro. E será que teria êxito?

Fonte: Computer Base via Neowin.

relacionados


Comentários