Patente da Sony sugere retrocompatibilidade no PlayStation 5

Eu gosto bastante do PlayStation 4, foi o primeiro console desta geração que adquiri, mas se tem uma coisa nele que nunca aceitarei é a falta de retrocompatibilidade. Enquanto no Xbox One tenho acesso a diversos jogos dos seus antecessores, no aparelho da Sony não consigo nem aproveitar os títulos do primeiro PlayStation e como a esta altura do campeonato parece nula a chance da empresa japonesa mudar este cenário, nos resta torcer para o PS5 contar com tal recurso.

playstation-5

Com o próximo console da Sony provavelmente ainda estando a alguns anos de ser lançado, é natural que a empresa não fale sobre o assunto, mas um pedido de patente feito em 2016 e que só foi concedido no início deste mês fala sobre uma tecnologia que permitira o que eles chamam de “retrocompatibilidade por emulação”. Ou seja, com ela teríamos acesso a títulos antigos com um visual mais bonito.

O software original será então jogado em telas com maiores resoluções,” diz o documento. “Com as chamadas de recursos (como as texturas) sendo interceptadas, identificadas e a estrutura de dados inserida para recuperar o recurso remasterizado tendo um identificador correspondente. O recurso remasterizado então é inserido em tempo real na apresentação do jogo.

A patente fala ainda sobre a remasterização em tempo real da parte de som, com faixas da trilha sonora podendo ser substituídas da mesma maneira como supostamente veremos acontecer com as texturas. Ou seja, não é muito diferente do que acontece com diversos títulos que estão sendo remasterizados manualmente hoje em dia, mas sem exigir tanto trabalho e pelo menos na teoria, diminuindo consideravelmente o custo para adaptar jogos antigos às televisões modernas.

Porém, como o documento registrado pela Sony não fala sobre como e quando esta tecnologia poderá ser emprega, fica a dúvida até se ela já não estaria em ação. O motivo para esta desconfiança seriam os jogos de PlayStation 2 que estão à venda para o PS4, já que eles estão funcionando apenas com leves melhorias na parte visual e uma ou outra novidade (como suporte a troféus).

Também não está claro se isso poderia ser a solução para os títulos de PlayStation 3 poderem funcionar num novo console. Como aquele videogame tinha uma arquitetura muito complexa, rodar seus jogos fora do hardware original tem sido um desafio e tanto, o que quase sempre é utilizado por parte da Sony como desculpa para justificar a ausência de tais games no PS4.

Contudo, por mais promissora que possa parecer esta ideia, por enquanto ainda devemos tratá-la como um mero rumor. Vale citar que o máximo de informação que temos sobre o próximo videogame da Sony é que ele está sendo desenvolvido, mas até o nome que será utilizado por ele o CEO Kenichiro Yoshida faz questão de manter em segredo. Porém, será que alguém acha que a empresa abandonará uma marca tão poderosa?

Fonte: Eurogamer.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar