Este é o webapp “secreto” de podcasts do Google, escondido na ferramenta de busca

O Google está enfim dando maior atenção aos podcasts, ainda que de forma bastante comedida: a gigante conta com um webapp escondido dentro do Google Search, como um serviço um tanto simples, porém intuitivo que permite inscrição e manutenção de todos os seus programas favoritos.

Oficialmente o Google oferece suporte a podcasts através do Google Play Music, seu serviço de streaming de músicas mas desde que a novidade foi introduzida em abril de 2016, ela nunca saiu dos EUA e Canadá. No entanto, como a família de dispositivos Google Home está chegando a mais mercados e os acessórios, e da mesma forma que eles já podem ser usados para executar programas de rádio exclusivos, é importante também que eles sejam compatíveis com as atrações já estabelecidas.

Assim, o Google estaria queimando etapas e disponibilizando uma ferramenta de podcast mais simples, na forma de um webapp mas ainda bastante completa. Ela só não é muito evidente: para encontrá-la é preciso primeiro realizar uma busca em seu Android de um programa que você conheça; no caso usamos o SciCast, que retorna uma lista com os episódios mais recentes e o botão “Mais episódios”, que ao ser clicado joga o usuário na interface do app.

Aqui, o usuário pode escolher se inscrever no programa e/ou criar um atalho do podcast na tela inicial. Clicando no ícone à direita o usuário é direcionado para a tela inicial do webapp, que oferece uma seleção inicial dos programas mais populares conforme determinado pelo Google Analytics. Nem todos os programas aparecerão de cara na busca, portanto o melhor a fazer para entrar na interface é testar com um podcast popular; uma vez lá dentro e fixada a ferramenta como um atalho, você pode encontrar e assinar quase qualquer atração.

Por exemplo: tanto o Sala da Justiça quanto o DarkRoom não aparecem na pesquisa do Google diretamente, mas podem ser acessados dentro do webapp facilmente através de uma busca por nome, sem a necessidade de links para o feed.

O player é bastante espartano. Os comandos são os básicos de execução, pausa, avanço, retrocesso e mudança de velocidade, mas não oferece algo básico e que é mortal para qualquer app de podcast que se preze, que é a opção de download dos episódios para execução offline. A exemplo de aplicativos como Pocket Casts, Podcast Addict, Stitcher e outros, o webapp do Google não hospeda nenhum programa; em vez disso ele importa o conteúdo de serviços como SoundCloud, Blubrry e outros e deveria pela lógica facilitar o salvamento local, ao invés de carregar apenas em buffer. Conta a favor do Google a integração com o Search, que permite a execução em diversos dispositivos; você pode por exemplo começar a ouvir um programa no Android e continuar no Google Home.

Não há indícios de que o Google pretende lançar um app independente para podcasts em breve, a exemplo da Apple para o iOS; ao menos esta ferramenta, embora ainda um tanto incompleta já é mais do que ela prometeu e nunca entregou com o Google Play Music.

Fontes: Pacific ContentThe Next Web.

Relacionados: , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar