Falta sinceridade na indústria de games? Pois a culpa é nossa!

toxic-gamer

Em uma indústria cheia de segredos e poucas informações de bastidores, sempre fico surpreso quando algum profissional faz elogio a um concorrente ou critica abertamente outra companhia. Pois na opinião de Charles Randall, isso acontece por causa do comportamento tóxico do público.

Tendo trabalhado em empresas como BioWare e Ubisoft, o programador usou sua conta no Twitter para explicar sua opinião, numa sequência de mensagens que considero bastante interessantes. Veja um trecho:

Outro dia um amigo comentou comigo: ‘eu gostaria que os desenvolvedores fossem mais francos sobre o desenvolvimento [de games].’ Ele ficou surpreso quando disse que somos. A ressalva é que só somos francos com outras pessoas da indústria, porque a cultura gamer é tão tóxica que ser sincero em público é perigoso… Veja qualquer thread onde algum idiota comenta sobre o quão ‘fácil’ pode ser, digamos, adicionar multiplayer ou mudar a engine. Qualquer dev que falar sinceramente sobre a dificuldade de algo assim apenas disparará uma onde de pessoas questionando seu currículo.

 

Existem ainda tópicos sobre os quais não posso abordar, porque uma vez o fiz francamente e resultou em manchetes estúpidas, desentendimento e perseguição.

 

Todas as coisas que vocês sempre quiserem saber sobre desenvolvimento de jogos poderiam estar por aí, se não fosse a tóxica comunidade de games. Nós *adoramos* falar sobre desenvolvimento, os desafios que enfrentamos, os problemas que solucionamos, os atalhos que tomamos. Mas quase nunca vale a pena.

Embora eu não seja um desenvolvedor e por isso nunca tenha passado por tal situação, não poderia concordar mais com as palavras de Charles Randall. Basta darmos uma olhada em qualquer comentário feito por alguém da indústria para vermos como essa pessoa costuma ser atacada e isso independe da empresa para qual trabalha, do currículo que possui ou da opinião que emitiu. Sempre haverá alguém para ataca-lo covardemente.

Aqui preciso até fazer um mea-culpa, pois não foram raras as vezes em que critiquei alguém sem tentar me colocar na sua posição, algo que de um tempo para cá tenho evitado fazer. Mas sabe o que é o pior? Ao agir assim também já fui criticado por ficar em cima do muro.

Ou seja, no fim das contas o problema da internet talvez nem seja com os desenvolvedores de games, mas sim com qualquer um que ouse emitir uma opinião. O que alguns deveriam entender é que existe uma enorme diferença entre discordar de alguém e criticar ou atacar uma pessoa que apenas não pensa como você. E enquanto isso continuar acontecendo, provavelmente seguiremos sem ver muitas posições sinceras por parte dos game designers.

Fonte: VG247.

Relacionados: ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar