Home » Games » Nintendo » “Recursos limitados” fizeram Nintendo descontinuar o NES Classic

“Recursos limitados” fizeram Nintendo descontinuar o NES Classic

De acordo com o presidente da Nintendo of America, a empresa parou de produzir o NES Classic por estar focando em outras áreas e por não possuir recursos ilimitados. O famoso “se está ruim para você, imagina para a Nintendo”.

3 anos atrás

nes-classic

Uma versão menor de um console lançado há mais de trinta anos e que nos permitia (de maneira oficial) jogar apenas os títulos que vinha na sua memória. Olhando assim, tal produto não parece muito promissor, mas estamos falando da Nintendo e de um dos videogames mais populares de todos os tempos. O resultado foi que as vendas explodiram e encontrar um NES Classic tornou-se uma tarefa complicada.

Para piorar a situação, no mês passado a fabricante japonesa anunciou que deixaria de produzir novas unidades do seu primeiro console retrô, decisão que além de pegar alguns fãs de surpresa, serviu para deixar muitos outros indignados. Pois ao revelar que o aparelho vendeu 2,3 milhões de unidades, Reggie Fils-Aime enfim deu uma justificativa para eles terem encerrado a produção de maneira tão prematura.

Mesmo com esse extraordinário nível de performance, entendemos que as pessoas estão frustradas por não conseguirem encontrar o sistema e por isso lhes pedimos desculpas. Originalmente planejamos ele para ser um produto para o natal passado. Só não antecipamos o quão incrível poderia ser a resposta [do público]. Uma vez que a vimos, adicionamos envios [às lojas] e estendemos o produto o máximo que pudemos para suprir a demanda do consumidor. Mas pela nossa perspectiva, é importante reconhecer onde está o nosso futuro e as áreas chave em que precisamos avançar. Temos muitas coisas acontecendo neste momento e não temos recursos ilimitados.

O interessante é notar como a Nintendo parece estar sempre subestimando o interesse dos jogadores ao lançar novo videogames. Relatos sobre a dificuldade em encontrar um Switch nas lojas costumam ser comuns, inclusive com sites especializados em games publicando textos sobre quais lojas receberão novas remessas do produtos e torna-se cada vez mais difícil acreditar nas desculpas dadas por eles.

Tudo bem que em certos momentos a BigN parece funcionar como se fosse uma empresa pequena, nos passando a impressão de que a organização não está entre suas melhores qualidades, mas daí ao presidente da sede americana afirmar que eles não possuem recursos ilimitados?

É claro que os altos executivos da companhia precisam fazer o possível para não queimar dinheiro, mas da maneira como Fils-Aime fala, o NES Classic estava no mercado apenas para agradar meia dúzia de pessoas, com as lojas vendo caixas e mais caixas pegando poeira nas prateleiras, fazendo com que os recursos limitados da Nintendo escoassem pelo ralo.

Enfim, explicações pouco convincentes a parte, o triste é saber que se o SNES Classic Edition for mesmo anunciado, provavelmente ele sofrerá com os mesmos problemas do renascimento do seu irmão mais velho, incluindo aí uma quantidade bem baixa de unidades disponíveis.

Fonte: PVP Live.

relacionados


Comentários