Vendas NPD — março: o Zelda ficou atrás só do Ghost Recon: Wildlands

Laguna_Ghost_Recon_Wildlands_foursome_peq

Tivemos uma bela surpresa na arrecadação do varejo norte-americano no mês de março: aumento. Aumento da arrecadação geral causado por bons lançamentos, claro, mas lá na civilização o mês de março contou com o lançamento de um console.

Os belos números abaixo são o sintoma de tudo isso que ocorreu no segundo maior mercado de games do mundo. Simples assim.

ARRECADAÇÃO DAS VENDAS DE GAMES NOS ESTADOS UNIDOS
Período →março (2016)março (2017)Diferença
Jogos de consoles (inclui Xbox Live e PSN)US$ 585 milhõesUS$ 612 milhões+ 5%
Jogos de PC (inclui Steam)US$ 39 milhõesUS$ 29 milhões– 25%
HardwareUS$ 235 milhõesUS$ 485 milhões+ 91%
AcessóriosUS$ 213 milhõesUS$ 231 milhões+ 9%
TOTAL:US$ 1,09 bilhãoUS$ 1,36 bilhão+ 24%

·
Vejam que o impacto do lançamento do Switch foi fortíssimo no quesito hardware: o console da Nintendo conseguiu elevar a arrecadação geral, provavelmente também influenciando na arrecadação dos jogos e acessórios. Com a política do marketing de escassez, a japonesa poderá inflar os números nos meses seguintes. Vou acompanhar.

A seguir, o ranking de jogos que mais faturaram entre os dias 26 de fevereiro a 1º de abril, de acordo com o NPD Group:

Ranking de arrecadação nos Estados Unidos em março de 2017 (considerando não só o software avulso vendido em mídia física como também os jogos vendidos na PSN, Steam e Xbox Live)

    1. Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands;
    2. The Legend of Zelda: Breath of the Wild *;
    3. Mass Effect: Andromeda;
    4. Horizon Zero Dawn *;
    5. MLB The Show 17 *;
    6. Grand Theft Auto V;
    7. For Honor;
    8. NBA 2K17;
    9. NieR: Automata;
    10. Call of Duty: Infinite Warfare;
    11. Kingdom Hearts HD 1.5 + 2.5 Remix;
    12. Battlefield 1;
    13. 1-2-Switch *;
    14. Resident Evil 7: Biohazard;
    15. Overwatch *;
    16. Tom Clancy’s Rainbow Six: Siege;
    17. Super Bomberman R *;
    18. FIFA 17;
    19. LEGO Worlds;
    20. Madden NFL 17.

    * apenas mídia física.

Pela primeira vez o NPD Group divulgou uma lista com os vinte jogos de maior arrecadação. Será que viram na Media Create um concorrente?

Seja como for, é interessante notarmos mais um jogo multiplataforma da Ubisoft liderando a arrecadação mensal do varejo norte-americano mais uma vez, e até de forma consecutiva. Se em março de 2016 tivemos o The Division, este ano temos o Ghost Recon: Wildlands (lançado dia 7 de março). E é bom lembrar que o mês de fevereiro de 2017 foi liderado pelo For Honor, também da Ubisoft.

Quanto ao segundo colocado, The Legend of Zelda: Breath of the Wild (lançado dia 3), a arrecadação teve grande ajuda do Nintendo Switch. E das 925 mil cópias vendidas.

E o terceiro colocado foi ninguém menos que Mass Effect: Andromeda (dia 21), que foi o segundo jogo da franquia que mais arrecadou (o líder continua sendo o Mass Effect 3). Em quarto lugar, o exclusivo da Sony Horizon Zero Dawn (dia 3) vendeu algo próximo das 640 mil cópias. Falando em exclusivos, podemos notar que o Switch está bem representado no Top 20 norte-americano, provavelmente Super Bomberman R teve desempenho similar ao do Japão.

O mês de março de 2017 entra nos livros de história como aquele em que a Nintendo quebrou recordes. O Nintendo Switch teve o maior lançamento de hardware para um console da japonesa e basicamente o segundo maior lançamento de videogame nos Estados Unidos desde 1995, segundo o NPD Group.

Sobre o hardware, o console da Nintendo venceu todo mundo. Infelizmente não vazou nenhum número específico dos outros consoles, por enquanto.

VENDAS DE HARDWARE NOS ESTADOS UNIDOS
Plataformajaneiro (2017)fevereiro (2017)março (2017)
Nintendo Switch906.000 unid
PlayStation 4222.000 unid410.000 unid390.000 unid
Xbox One157.000 unid210.000 unid225.000 unid
NES Classic Editiondados indisponíveisdados indisponíveisdados indisponíveis
(New) Nintendo 3DSX unid1,77 · X uniddados indisponíveis
PS3dados indisponíveisdados indisponíveisdados indisponíveis
Wii Udados indisponíveisdados indisponíveis

·

Fontes: Games Industry, IGN US, NeoGAF e Venture Beat.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar