Empresa quer construir uma estação espacial privada

b5lt

A ISS no momento é nossa única estação espacial permanente, mas isso vai mudar. O primeiro módulo subiu em 1998, a coitada está ficando velhinha, já teve sua vida esticada para 2020, depois 2024 e agora a NASA e os russos dizem que com muito boa vontade conseguem manter funcionando até 2028.

Manter operacionais componentes 30 anos no espaço, expostos a radiação, calor e frio intensos, bombardeio de micrometeoritos, não é fácil. E o pior, embora haja conversas, não há nada concreto para substituir a Estação.

Agora há. Cortesia da Axiom Space, que você nunca ouviu falar mas não é nenhum esquemão picareta tipo Mars One. O CEO e presidente da Axiom é ninguém menos que Michael T. Suffredini, que por dez anos foi gerente da ISS na NASA, há vários astronautas na equipe e um dos bambambãs é Stephen Altemus, que foi Diretor Interino do Johnson Space Center.

20161230_axiom-core-attached-iss_f840-copy

O modelo de negócios deles é ambicioso. Querem ocupar o nicho que a ISS vai deixar, um mercado que entre 2020 e 2030 estaria avaliado em US$ 37 bilhões. Só que eles vão começar cedo. O projeto é acoplar a estação deles na ISS, fazendo um puxadinho, e aí com esse módulo de 9 m × 5 m já começarão a vender serviços de manufatura, pesquisa e hospedagem de astronautas e turistas.

Aos poucos irão montando mais módulos, e quando a ISS se aposentar, eles desacoplam e seguem para outra órbita, pois a estação da Axiom tem propulsão própria.

Isso será em 2020, mas o primeiro vôo de astronauta agenciado por eles para a ISS será em 2019. o treinamento começa agora em 2017.

8d58d8_fa103c2ce62f40bf9e6cfce608da5cd7-mv2

Esse tipo de projeto costuma custar uma fortuna, em 2010 a ISS já tinha acumulado custos de US$ 150 bilhões. O custo homem/dia da ISS é de US$ 7,5 milhões. A expectativa da Axiom é que com iniciativa privada os custos caiam muito, o que costuma acontecer. A SpaceX está desesperando a concorrência e ainda nem começou a voar seus foguetes reutilizáveis.

Dará certo? Tomara. Precisamos ampliar nossas ambições, não dá pra nos tornarmos uma espécie multi-planetária se o número de humanos no espaço é de 6 neste momento e o recorde absoluto foram 13, em 2009.

Fonte: Planetary Society.

Relacionados: ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples