Home » Internet » União Européia tem a proposta mais imbecil do Universo envolvendo sites de buscas

União Européia tem a proposta mais imbecil do Universo envolvendo sites de buscas

A União Européia adora viver em dissonância cognitiva em relação ao mundo real, mas a Maior Burocracia da Terra agora caprichou. Está rolando uma proposta de Lei que obrigará os sites de busca a pagar pelo privilégio de indexar links de veículos de mídia.

3 anos atrás

Never-Go-Full-Retard_zps5b8a4263

Se você acha que seus pais não entendem a internet, você não conhece a Europa. Aquele estranho pedaço de terra próximo à Inglaterra diz não gostar de grandes líderes decididos, mas age de forma absolutista e totalitária como o pior (ou melhor) deles.

As atitudes, claro, nunca dão certo. Quando forçaram a Microsoft a não usar o Internet Explorer como navegador-padrão do Windows, e incluíram uma tela de escolha de browser o resultado foi… zero. A legislação do Direito ao Esquecimento gerou um Efeito Streisand e para cada matéria apagada do Google surgem umas 10 comentando o caso.

Agora, ah agora. Eles CAPRICHARAM na idéia monopolista retardada.

Na incapacidade de perceber que a culpa da crise é sua própria incompetência a mídia européia achou o seu bicho-papão, o Google. Os jornais não conseguem mais se manter relevantes, qualquer desocupado canadense com 5 min de Google faz mais jornalismo investigativo do que toda a mídia de um país, as pessoas percebem isso e não querem pagar por notícias ruins. Mais ainda, não querem nem ler de graça.

A solução seria achar o lado forte do jornalismo de qualidade, investir no que está fora do alcance de blogueiros, matérias com fontes em altas posições, investigação, mas isso é impossível quando jornais demitem fotógrafos e mandam jornalistas usarem o celular para documentar eventos. Não dá certo quando revisores somem das redações e editor hoje é mais webmaster do que qualquer outra coisa, e a preocupação é a quantidade de cliques gerados.

oldmediavsnewmedia

O jornalismo está colhendo o que plantou, e os europeus querem mudar isso na canetada.

Esta proposta (cuidado, PDF) da União Européia quer reformar as Leis de Direitos Autorais para “proteger” os veículos de mídia do Google (eles usam “grandes portais” mas sejamos honestos).

O argumento é que quando o Google mostra a chamada para uma notícia a pessoa lê o título e não se interessa em clicar. POR ISSO entendem que o Google terá que pagar para exibir o link.

Isso mesmo. Querem colocar em Lei que se o site de buscas indexa e exibe um link de um veículo de mídia, ele tem que pagar royalties pelo conteúdo.

Vamos então brincar de Jucelino da Luz e prever o futuro: o Google vai simplesmente remover de seu site todos os links para o site, links esses que são a maior fonte de visitas.

Como bem dito aqui, o assustador não é a proposta, muito provavelmente não vai passar. O assustador é algo imbecil assim chegar a ser proposto. Mostra que essa gente não sabe mesmo como a internet funciona, e desastres futuros são inevitáveis.

Essa falta de visão me lembra os primórdios da internet, onde havia sites que exigiam autorização por escrito para inclusão de links (sim, se você linkar pro meu site tem que me pedir por carta) e jornais (sempre eles) proibiam “deep linking”, você era proibido de linkar para uma matéria, só poderia apontar para a home do site.

A mentalidade, pelo visto, mudou muito pouco.

Fonte: Slashdot (sério, ainda existe).

relacionados


Comentários