Home » Games » Mobile » Pokémon GO está revelando uma verdade inconveniente

Pokémon GO está revelando uma verdade inconveniente

Pokémon GO virou um fenômeno, mas não um milagre de multiplicação de elétrons. Por causa disso os fãs estão descobrindo que passar o dia na rua com GPS e 4G ligados direto reduz em muito a autonomia dos celulares. Resultado? Powerbanks vendendo feito água.

3 anos atrás

pokemon

Não vou entrar no mérito de gente que era louco por Tazos, figurinhas de jogador de futebol em embalagem de chiclete, Ioiôs e outras modas criticar o fenômeno do Pokémon GO. Deixa o pessoal se divertir, pô.

O jogo, que quando era cool nerd cult e se chamava Ingress todo mundo achava o máximo, é a culminação de décadas de pesquisa e bilhões de dólares, os satélites que guiam mísseis e bombas no árduo trabalho de polpificação do ISIS também guiam jogadores atrás de bichinhos imaginários pelas ruas. E aí há um problema.

Não com o Pokémon em si, mas com o uso constante dos recursos de geolocalização. Isso está estressando os aparelhos, estão ficando vermelhos irritados e bufando como o pessoal que passa o dia inteiro reclamando dos caçadores treinadores ou seja lá como eles se chamem… parem de se divertir, pô!

Um celular hoje em dia faz um monte de coisas e tem um processador poderosíssimo, mas esse monte de coisas é pontual. Ele nunca terá a capacidade de dissipação térmica de um PC. Quando você usa aplicativos pesados e que ainda por cima exigem acesso constante ao chip GPS, o bicho esquenta, e muito. Isso diminui a vida útil dos chips, e ACABA com a bateria.

best-buy-sold-out-1-e1468513143910

Em muitas lojas nos EUA powerbanks estão vendendo feito água. Os jogadores descobriram que suas baterias que normalmente duravam o dia inteiro não aguentam quase nada com uso intenso de CPU e GPS.

O Rei está nu e a nudez real é que celulares são poderosos dispositivos, mas de pico. Quer usar como GPS? Carregador veicular. Quer usar pra fazer streaming para a TV? Boa sorte, sem um carregador na tomada mais próxima.

Hoje o melhor presente, o melhor brinde é um powerbank. O peso que os celulares vem perdendo volta para nós na forma de baterias auxiliares, mas assim é a vida de quem quer caçar pokémons ou assistir Preacher no busão.

Fonte: Quartz.


Leia também:

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários