Home » Hardware e periféricos » 36 anos atrás a Microsoft vendia hardware pra Apple

36 anos atrás a Microsoft vendia hardware pra Apple

Dois dias atrás completaram 36 anos de um momento fundamental da História da Informática: a Microsoft colocou no mercado um hardware exclusivo para computadores Apple II. Esse hardware permitiu que o computador de hobbistas e fuçadores pudesse ser usado em ambientes corporativos, e isso mudou o mundo.

3 anos e meio atrás

AppleSmithsonian

Hoje em dia instalar um sistema operacional é simples: você pode até virtualizar um PC e rodar Novell Netware ou BeOS ou Plan 9 em uma janela. Nos velhos tempos, isso não era uma possibilidade. Sistemas operacionais eram extremamente dependentes de hardware, um sistema rodando em Z80 não rodaria em um 6502 e não havia nem em sonho CPU sobrando pra emulação e muito menos virtualização.

O Apple II quando surgiu em 1977 foi um sucesso, mas no mercado doméstico. Havia um problema sério para sua entrada no mundo corporativo: falta de software. O padrão de facto era um sistema operacional chamado CP/M, criado pela Digital Research em 1973. Só que ele era compilado para plataformas Intel/Zilog, como o 8080 e o Z80.

zx-spectrum-zilog-z80-cpu

Eu amo esse bichinho.

Isso foi antes do MS-DOS, que só iria aparecer em 1981. Nessa época a Microsoft vendia toneladas de softwares para plataforma CP/M, e percebeu que reescrever tudo para Apple sairia caro demais, então tiveram uma idéia: como o Apple II era projetado para ser expansível, que tal resolver o problema da falta de suporte de CPU… incluindo uma CPU?

Tim Paterson, Don Burtis e Bill Gates colocaram mãos à obra e se saíram com isto:

softcard

Chamado de Microsoft Softcard, foi lançado em 1980, a um preço de US$ 349,00 — equivalente a US$ 1.004,27 hoje (e você reclama do Oculus Rift). Essa placa trazia um processador Z80 e, associada ao software disponibilizado em disquetes, permitia que o Apple II rodasse o sistema operacional e consequentemente aplicativos CP/M.

Aqui um Digital rodando CP/M. Sim, era a treva, não sinto saudade nenhuma desses tempos sombrios.


Mark Wickens — DEC VT180 (VT100 with CPM card)

Subitamente dBase, Word, Wordstar, compiladores de dezenas de linguagens E o Microsoft Basic estavam acessíveis aos usuários Apple.

w704

Foi o grande impulso para o Apple II ser levado a sério como ferramenta para o mundo corporativo, e o resto é História. A placa foi a maior fonte de receita da Microsoft em 1980, por alguns anos 50% do faturamento vinha da Softcard e ela só foi descontinuada em 1986. Curioso como o tempo de vida dos produtos era diferente.

Fonte: Business Insider.

Leia mais sobre: , , , , , , , .

relacionados


Comentários