Microsoft cancela Fable Legends e pode fechar a Lionhead

fable-legends

A Microsoft fez um anúncio há pouco no blog oficial da divisão Xbox que caiu como uma bomba na indústria. Depois de quase quatro anos de desenvolvimento e prometendo uma guinada radical na franquia, o Fable Legends não está mais em desenvolvimento e junto com ele morreu também a Press Play Studios.

Situada na Dinamarca e criadores do Max: The Curse of Brotherhood, atualmente a desenvolvedora trabalhava no Project Knoxville, título que teria a sobrevivência como tema e que colocaria um grupo de jogadores para cooperarem na tentativa de atingir esse objetivo. Com o fechamento da empresa, este projeto também não será terminado.

Embora tais anúncios sejam terríveis, o que mais me impressionou foi o trecho do comunicado em que a Gigante de Redmond fala sobre o futuro de um dos seus principais estúdios, a Lionhead. De acordo com a companhia, no momento eles estão discutindo com os funcionário a possibilidade da desenvolvedora também encerrar suas atividades, o que não consigo deixar de pensar que trata-se apenas de uma questão de tempo até recebermos a derradeira notícia.

Essas foram decisões difíceis e não as tomamos alegremente, nem são uma reflexão sobre essas equipes de desenvolvimento — somos incrivelmente sortudos de ter os talentos, criatividade e comprometimento das pessoas desses estúdios,” diz parte do comunicado. “A equipe da Lionhead Studios tem encantado milhões de fãs com a série Fable ao longo da década passada. A Press Play imbuiu a indústria com um espírito criativo único por trás de jogos como o Max: The Curse of Brotherhood e Kalimba, com ambos tendo conquistado fãs apaixonados. Essas mudanças terão efeito conforme a Microsoft Studios continue focando seu investimento e desenvolvimento em jogos e franquias que os fãs achem mais empolgantes e queiram jogar.

Ainda segundo a Microsoft, esses cancelamentos e fechamentos não significam que a empresa não está mais comprometida com as comunidades na Inglaterra e na Europa, citando como exemplo desse interesse o Quantum Break e o Sea of Thieves, além de continuar apoiando desenvolvedoras como a Moon Studios, que recentemente nos deu o belíssimo Ori and the Blind Forest.

Como sempre penso, o pior nestes casos não é um jogo que gostaríamos de conhecer e que não será lançado, muito menos o nome de um estúdio que ficará apenas na memória, mas os muitos profissionais que perderam seus empregos e que agora terão que correr para tentar se colocar novamente no mercado.

Quanto ao Fable Legends, eu nunca gostei da ideia de transformar a franquia em um jogo multiplayer, muito menos de fazer com que ele fosse uma espécie de MOBA e quando os envolvidos optaram por distribuí-lo gratuitamente, aquele foi o sinal definitivo para me fazer perder completamente o interesse.

Relacionados: ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples