Home » Games » Indústria » Microsoft cancela Fable Legends e pode fechar a Lionhead

Microsoft cancela Fable Legends e pode fechar a Lionhead

De uma só vez a Microsoft anunciou o cancelamento do Fable Legends, o fim da Press Play Studios e o provável fechamento da Lionhead Studios.

3 anos e meio atrás

fable-legends

A Microsoft fez um anúncio há pouco no blog oficial da divisão Xbox que caiu como uma bomba na indústria. Depois de quase quatro anos de desenvolvimento e prometendo uma guinada radical na franquia, o Fable Legends não está mais em desenvolvimento e junto com ele morreu também a Press Play Studios.

Situada na Dinamarca e criadores do Max: The Curse of Brotherhood, atualmente a desenvolvedora trabalhava no Project Knoxville, título que teria a sobrevivência como tema e que colocaria um grupo de jogadores para cooperarem na tentativa de atingir esse objetivo. Com o fechamento da empresa, este projeto também não será terminado.

Embora tais anúncios sejam terríveis, o que mais me impressionou foi o trecho do comunicado em que a Gigante de Redmond fala sobre o futuro de um dos seus principais estúdios, a Lionhead. De acordo com a companhia, no momento eles estão discutindo com os funcionário a possibilidade da desenvolvedora também encerrar suas atividades, o que não consigo deixar de pensar que trata-se apenas de uma questão de tempo até recebermos a derradeira notícia.

Essas foram decisões difíceis e não as tomamos alegremente, nem são uma reflexão sobre essas equipes de desenvolvimento — somos incrivelmente sortudos de ter os talentos, criatividade e comprometimento das pessoas desses estúdios,” diz parte do comunicado. “A equipe da Lionhead Studios tem encantado milhões de fãs com a série Fable ao longo da década passada. A Press Play imbuiu a indústria com um espírito criativo único por trás de jogos como o Max: The Curse of Brotherhood e Kalimba, com ambos tendo conquistado fãs apaixonados. Essas mudanças terão efeito conforme a Microsoft Studios continue focando seu investimento e desenvolvimento em jogos e franquias que os fãs achem mais empolgantes e queiram jogar.

Ainda segundo a Microsoft, esses cancelamentos e fechamentos não significam que a empresa não está mais comprometida com as comunidades na Inglaterra e na Europa, citando como exemplo desse interesse o Quantum Break e o Sea of Thieves, além de continuar apoiando desenvolvedoras como a Moon Studios, que recentemente nos deu o belíssimo Ori and the Blind Forest.

Como sempre penso, o pior nestes casos não é um jogo que gostaríamos de conhecer e que não será lançado, muito menos o nome de um estúdio que ficará apenas na memória, mas os muitos profissionais que perderam seus empregos e que agora terão que correr para tentar se colocar novamente no mercado.

Quanto ao Fable Legends, eu nunca gostei da ideia de transformar a franquia em um jogo multiplayer, muito menos de fazer com que ele fosse uma espécie de MOBA e quando os envolvidos optaram por distribuí-lo gratuitamente, aquele foi o sinal definitivo para me fazer perder completamente o interesse.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários