Home » Internet » Twitter introduz opção de compartilhar listas de block

Twitter introduz opção de compartilhar listas de block

Twitter adiciona ferramenta que permite compartilhar listas de usuários bloqueados com seus amigos

4 anos atrás

twitter-block-list

Nem todo mundo que usa o Twitter, ou qualquer outra rede social é uma boa pessoa. Ataques, assédio, spam e etc. são coisas às quais estamos expostos todos os dias e para isso, a ferramenta de block é essencial. Geralmente barrar um chato não vem sozinho, seguidores de determinada pessoa feita como alvo pelo mala partem para o bloqueio coletivo.

O Twitter agora quer facilitar isso com a opção de compartilhar listas de blocks com seus amigos, embora eu veja um ou outro problema nisso.

A rede social entende que o novo recurso é voltado para usuários que possuem “uma alta taxa de interações indesejadas” e gostariam de “ferramentas mais sofisticadas”. A premissa é simples: você possui sua lista pessoal de pessoas bloqueadas e gostaria que seus amigos próximos também evitassem o contato com tais pessoas. Com a nova ferramenta você poderá criar um arquivo .csv e enviar a seus contatos, que adicionarão os tuiteiros indesejados à sua própria lista.

Isso é muito útil para grupos de usuários que são constantemente atacados por um determinado usuário, bem como serve para bloquear spammers e bots que atiram para todo lado. É uma resposta a grupos que se sentem indefesos no Twitter contra usuários nocivos, como o GamerGate no ano passado mostrou.

Só que há um problema: o fator humano na parada. Basta um usuário mal-intencionado na lista de amigos ter acesso ao arquivo para um verdadeiro caos se instalar. Se ele mandar o arquivo para os contatos que foram devidamente bloqueados temos uma confusão generalizada.

Para mim a ferramenta é boa, só esbarra no fato de que é preciso bom senso de todos os envolvidos para que funcione direito. Para acessá-la basta ir na página de configurações e acessar Contas Bloqueadas. Como é de costume a novidade será liberada aos poucos para todos os usuários.

Fonte: Twitter.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários