Home » Internet » Já não era sem tempo: Flipboard ganha versão desktop

Já não era sem tempo: Flipboard ganha versão desktop

Agora sim: Flipboard chega à única plataforma que faltava, a web

5 anos atrás

flipboard

O Flipboard foi por muito tempo o app vitrine do iPad. Ele foi o primeiro app a unificar informações de sites, blogs, feeds RSS, redes sociais, etecetera e tal e organizar tudo em um layout de revista eletrônica, numa das poucas vezes em que programadores e designer se entenderam: o resultado foi uma ferramenta extremamente prática e bonita de se ver.

Era divertido soltar um iPad na mão de um resistente à utilidade de um tablet, abrir o app e deixá-lo se divertir com o conteúdo. Por si só o Flipboard valia a aquisição do gadget, mas com o tempo a exclusividade foi acabando. Ele foi lançado posteriormente para iPhone e para o lamento dos macfags, para Android, Windows 8 e finalmente Windows Phone, só que sem o efeito de flip vertical.

Hoje o app não é só uma ferramenta de consumo de conteúdo, ele permite que você crie o seu próprio com a função de criar revistas e compartilhar com outros usuários. Ainda assim faltava uma única plataforma: a web. Não mais.

flipboard-desktop

Introduzido nesta terça-feira, a versão desktop do Flipboard entrega tudo o que já vimos nas outras versões, mas com particularidades próprias: a interface foi repensada para funcionar com mouse e teclado, portanto ele se parece bem mais com um agregador como seus concorrentes web (o Feedly é um bom exemplo) e menos com uma revista. O flip foi completamente descartado em prol disso.

Tudo o que tornou o app original uma atração está presente: há guias de conteúdo de diversos sites, nacionais e internacionais (sim, o MeioBit também). Embora diferente, houve um cuidado dos desenvolvedores para que a identidade visual fosse mantida, portanto ainda é o Flipboard, embora se comporte de maneira um pouco diferente a que estamos acostumados.

Se ficou curioso, acesse o site e teste em seu navegador. E finalmente, não há mais desculpa para não usar.

relacionados


Comentários