Home » Hardware » Normandy, o "Android" da Nokia pode ser apresentado na MWC 2014

Normandy, o "Android" da Nokia pode ser apresentado na MWC 2014

Será possível? Segundo o Wall Street Journal Nokia estaria pronta para apresentar o Normandy (ou Nokia X), aparelho que roda um fork do Android na MWC 2014

6 anos atrás

nokia-normandy-home-screen

Quando a Nokia ainda estava cambaleando e Stephen Elop, na posição de CEO e cavalo-de-troia desenhou um acordo de cooperação com a Microsoft de modo a turbinar a popularidade do Windows Phone, e por tabela tornar a empresa finlandesa novamente um player, outros planos corriam em paralelo caso o acordo não durasse. Um deles envolvia o Google, já que andaram testando o Android em seus aparelhos Lumia com bons resultados. Isso permitiria à Nokia um leque de opções, mantendo a liderança no Windows Phone e usar desse prestígio para tentar morder uma fatia maior do robozinho.

Só que essa estratégia teria sido um dos principais motivos que levaram à compra da Nokia pela Microsoft: interromper o desenvolvimento de hardware com sistemas concorrentes e garantir a linha Lumia para si somente. Só que como o negócio ainda não havia sido concluído a empresa estaria correndo para colocar no mercado um aparelho com um fork do Android chamado Normandy, que não seria um top de linha mas um meio termo entre a linha Lumia e os smartphones baratos Asha.

Agora, de acordo com fontes internas a empresa vai mesmo lançar comercialmente esse curioso smartphone, que seria renomeado para Nokia X durante a Mobile World Congress 2014, que será realizada na próxima semana em Barcelona. Ainda que rode o sistema do Google segundo fontes ele é um fork não-acordado com Mountain View, o que impede a presença dos apps do Google próprios, bem como a Google Play Store. Com isso ele seria mais próximo do que é o Kindle, que não possui a lojinha do Google e a única forma de instalar aplicativos fora da Amazon Store é possuindo o arquivo .apk. É bem provável que a Nokia lance uma loja própria com as aplicações que ela negociou, mas nada que impeça alguém de baixar o app de outras fontes e instalá-lo, ou assim espera-se. Claro, o fork também tem a função de distantiar o Normandy o máximo de outros Androids visualmente, já que sua aparência é muito mais semelhante ao Modern UI dos Windows Phones.

Como o Normandy ou nokia X é um aparelho de entrada com 512 MB de RAM, câmera de 5 megapixels, SoC Snapdragon dual-core de 1 GHz e display de 4 polegadas, o mais provável é que a Nokia esteja mirando o mercado emergente, onde seus aparelhos pé-de-boi ainda vendem muito e o Asha não estaria vencendo. Um Android barato aliado à marca Nokia pode vender muito e por não ser um fork autorizado e nem rodar Windows Phone, ambas Google e Microsoft ficariam fora da jogada.

Caso isso se realize teremos um cenário curioso, onde a Microsoft teria que dar suporte num hardware rodando Android. Mas vai que a moda pega, afinal até Steve Wozniak acha que a Apple deveria lançar um Android...

Fonte: WSJ.

relacionados


Comentários