Home » Games » Cultura Gamer » Consolemod: saída de vídeo componente para Super Nintendo

Consolemod: saída de vídeo componente para Super Nintendo

Uma modificação muito simples adiciona uma saída de vídeo componente (YPbPr) ao Super Nintendo e a imagem fica espetacular em televisores de tela fina.

7 anos atrás

Um dos meus passatempos preferidos quando era Padawan era desmontar e remontar os eletrônicos da casa. Minha mãe ia a loucura quando a hora da novela se aproximava e o aparelho de televisão estava espalhado pela sala. Nada escapou ileso à minha ânsia por saber como diabos aqueles eletrônicos funcionavam. Munido de coragem (e revistas velhas de eletrônica) modifiquei rádios para captar ondas curtas, coloquei saída de vídeo composto no meu velho Atari Dactar, adicionei alto-falantes e amplificadores caseiros para ampliar a potência do toca-fitas (velho, velho, muito velho), além de toda sorte de cacarecos eletrônicos experimentais que você possa imaginar.

Algumas dessas modificações eram pura farra, não tinham utilidade real. Mas a experiência em modificar eletrônicos rendeu muitos bons momentos para meus videogames quando os televisores foram ficando maiores, mais fininhos e impossíveis de se conseguir uma imagem decente dos consoles antigos. A modificação que vou descrever a seguir é muito simples e você não precisa ser nenhum mestre Jedi da eletrônica para fazê-lo, basta conseguir segurar um ferro de solda sem se queimar (difícil, muito difícil) que já está valendo. O mod em si consiste em adicionar uma saída de vídeo componente (YPbPr) ao Super Nintendo, o que gera uma melhoria inacreditável na imagem em televisores modernos.

Não tem como errar, o BA6592F está claramente identificado.

Não tem como errar, o BA6592F está claramente identificado.


Os Super Nintendos lançados até 1995, conhecidos como SNES Fat, tem um chip de video que já processa o sinal analógico de vídeo em YPbPr (essa característica foi abolida nos SNES Baby), o que facilita imensamente a tarefa, pois você não precisa se preocupar em montar conversores ou circuitos lógicos complexos. Comece procurando o belíssimo BA6592F na dianteira da placa-mãe do console, próximo a parte direita do conector de cartuchos. Não tem como errar, o chip está identificado e os três sinais que você precisa estão bem à mão nos pinos: 24 - Y (Verde), 23 - Pb (Azul) e 1 - Pr (Vermelho). Você também vai precisar de um terra e para isso pode ser usada a própria placa, no lugar onde os parafusos tocam a parte sem verniz.

Três fios para o sinal de vídeo e mais um para o terra.

Três fios para o sinal de vídeo e mais um para o terra.

Solde os fios com cuidado. Se você for novo nisso, pratique um pouco (se você queimar os dedos, considere-se batizado) com outras coisas antes de se aventurar na placa em si. Apesar de ser simples, a solda pode ser um pouco delicada. Por fim, você pode fazer o acabamento como o da foto, usando conectores fêmea RCA, encontrados nas melhores lojas do ramo (mentira, esses conetores são tão comuns que deve ter até em super-mercado). O áudio estéreo pode ser usado diretamente do conector padrão ou você pode soldar mais dois fios nos pinos 11 (canal  esquerdo) e 12 (canal direito) do conector traseiro, ficando portanto com cinco conectores, três para o sinal de vídeo componente e dois para o áudio. Voilà, aproveite seu console com uma imagem espetacular.

Capriche no acabamento.

Capriche no acabamento.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários