Home » Mobile » E a Nokia não aprendeu nada com o N95

E a Nokia não aprendeu nada com o N95

Pelo visto a Nokia não aprendeu nada com o N95. O Lumia 920 também vem com recursos de hardware inúteis, por falta de software que os reconheça.

6 anos e meio atrás

nokia-n95-2

Tenho dois sonhos de consumo não-realizados: o Nokia N95 e uma certa dona de um, que não vou especificar porque ela lê o Meio Bit. Os dois casos foram frustrantes, por ser exemplo de hardware subutilizado.

Notem, o N95 não era ruim, pelo contrário. Um ano depois de lançado era “o” parâmetro pelo qual o iPhone original se comparava, mas a Nokia comeu poeira. Por causa do Symbian mas principalmente por causa do N95 ter sido projetado e pensado por engenheiros.

Quando a Apple mostrou seus acelerômetros e o mundo se maravilhou, os fãs da Nokia esbravejaram: “o N95 também vem com acelerômetro!” mas esqueceram do detalhe que ele vinha com os sensores mas não havia nenhuma utilização deles no Symbian, e nenhuma API para que fossem acessados programaticamente.

Isso mesmo: o Hardware estava lá, mas ninguém conseguia usar.

Agora descubro que o maaaaaaaaaaaaravilhoso Lumia 920 vem com um… receptor FM.

Não que o Windows Phone 8 suporte o recurso. Ele foi removido, mas existia no 7. Mas… tcharã… aparecerá na atualização dos Nokias que será disponibilizada em agosto, que também trará suporte a Bluetooth 4.0, melhorias na câmera e outros recursos menores.

Ou seja: escolhem os recursos, atucham o hardware e então repassam pro marketing e pro software… não me parece o caminho ideal, embora pro consumidor leigo isso não faça diferença, mas enquanto nerd, a nível de geek, me sinto meio enganado.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários