Home » Games » Após reclamações, criadores afirmam que Ouya ainda melhorará

Após reclamações, criadores afirmam que Ouya ainda melhorará

Primeiras unidades do Ouya recebem críticas e fabricantes diz que esta ainda é uma versão inacabada.

7 anos atrás

ouya-08-04-13

Desde o dia 28 de março os criadores do Ouya tem enviado o console para quem o adquiriu através da campanha pelo Kickstarter e como era de se esperar, as primeiras análises do aparelho estão surgindo pela internet, mas infelizmente a notícia não é muito boa para quem apostava nele.

Embora o desempenho do Ouya não tenha sido alvo de muitas reclamações, sites respeitados como o Engadget, The Verge e Polygon criticaram a interface simplista do videogame, a falta de componentes online como lista de amigos e multiplayer e principalmente, se disseram bastante incomodados com o atraso nas resposta do controle, algo que evidentemente pode prejudicar muito a experiência.

Embora sejam falhas importantes, teoricamente todas elas podem ser corrigidas através de uma atualização de firmware e é nisto o que está apostando a fabricante. Através de um post no blog do Ouya, a CEO Julie Uhrman fez questão de ressaltar que ainda faltam 60 dias para o lançamento oficial do console e que durante este período ele estará em constante evolução. Já em uma entrevista ao site GamesIndustry, ela disse que podemos considerar o estado atual dele como um preview e que por isso uma versão para análise só estará disponível lá pela metade de maio.

A dúvida então é se a executiva está mesmo sendo sincera ou apenas tentando minimizar o impacto negativo que essas análises iniciais podem ter causado e eu não me surpreenderei se ficar sabendo que muitas pessoas já cancelaram a pré-venda, como foi meu caso.

Apesar de ver potencial no Ouya, saber que existe um irritante lag entre nossas ações e aquilo que vemos na tela é algo pelo qual não estou disposto a pagar e preferi pedir o reembolso do valor que paguei no console. Caso até o seu lançamento eles resolvam esse problema, então farei o pedido novamente, mas até lá o console baseado em Android continuará sendo apenas uma promessa, pelo menos para mim.

[via The Verge]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários