Facebook vai introduzir paywall de notícias no iOS a partir de março
fev14

Facebook vai introduzir paywall de notícias no iOS a partir de março

Após “resolvida” a queda de braço com a Apple, que não queria abrir mão de seus 30%, o Facebook introduzirá o sistema de paywall do Instant Articles no iOS, para remunerar produtores de conteúdo a partir de março.

Continuar Lendo...
Quase dois anos e US$ 25 milhões depois, parceria entre CNN e Casey Neistat chega ao fim
jan26

Quase dois anos e US$ 25 milhões depois, parceria entre CNN e Casey Neistat chega ao fim

É, não deu: CNN encerra a Beme, companhia criada pelo YouTuber Casey Neistat adquirida pela emissora por US$ 25 milhões, como forma de criar conteúdo para jovens.

Continuar Lendo...
Rupert Murdoch quer que Google e Facebook paguem por notícias confiáveis
jan23

Rupert Murdoch quer que Google e Facebook paguem por notícias confiáveis

Rupert Murdoch quer dinheiro: magnata da mídia defende que Google e Facebook paguem taxas a agências pela veiculação de notícias de fontes confiáveis.

Continuar Lendo...
YouTube endurece ainda mais as regras para a monetização de vídeos
jan17

YouTube endurece ainda mais as regras para a monetização de vídeos

Acabou a mamata: o YouTube passa a exigir mínimo de 10 mil horas visualizadas em 12 meses e 1.000 inscritos no canal, além dos 10.000 views únicos para habilitar a monetização de vídeos; quem não se adequar até 20/02 será chutado do Programa de Parcerias.

Continuar Lendo...
Grindr evolui de app de encontros para plataforma de mídia
dez28

Grindr evolui de app de encontros para plataforma de mídia

O Grindr está evoluindo: app de encontros agora conta com uma revista digital própria, com conteúdo voltado para a comunidade LGBTQ.

Continuar Lendo...
Facebook deixará de pagar todos os criadores de conteúdo em vídeo, pequenos e grandes
dez18

Facebook deixará de pagar todos os criadores de conteúdo em vídeo, pequenos e grandes

A fonte secou: o Facebook não renovará contratos de pagamento a criadores de vídeos para a plataforma, sejam independentes ou produtoras; que todos se virem com anúncios.

Continuar Lendo...
YouTube está desenvolvendo sua própria versão do Stories
nov30

YouTube está desenvolvendo sua própria versão do Stories

Reels é uma nova funcionalidade do YouTube similar ao Snapchat Stories, permitirá a criação de vídeos curtos que não desaparecerão com o tempo; ferramenta será restrita a poucos num primeiro momento.

Continuar Lendo...
YouTube Gaming libera inscrições pagas para todos os canais elegíveis
set20

YouTube Gaming libera inscrições pagas para todos os canais elegíveis

Mudança de planos: o YouTube Gaming passa a permitir que criadores de conteúdo ofereçam inscrições pagas a espectadores, de modo a bater de frente com o Twitch.

Continuar Lendo...
MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto
set05

MinC desiste de exigir cotas de conteúdo nacional da Netflix e cia… por enquanto

Ministério da Cultura não pretende num primeiro momento exigir cotas de conteúdo nacional de serviços de VOD como Netflix e afins; intenção de cobrar CONDECINE em cima do faturamento (e não mais por título) permanece.

Continuar Lendo...
Facebook lança o Watch, sua plataforma de vídeos e declara guerra a YouTube, Netflix e Amazon
ago11

Facebook lança o Watch, sua plataforma de vídeos e declara guerra a YouTube, Netflix e Amazon

O Facebook não para: o Watch, sua nova plataforma dedicada a vídeos e streaming terá produções exclusivas e se posiciona como concorrente direto do YouTube, Netflix e Amazon Prime Video.

Continuar Lendo...
YouTube imita sites pr0n e introduz previews animados nos thumbnails
jul17

YouTube imita sites pr0n e introduz previews animados nos thumbnails

Pr0n sempre na vanguarda: o YouTube incorpora recurso de thumbnails animados em seus vídeos, funcionalidade que sites como o PornHub já utilizam há anos; medida pode ajudar a combater golpes nas capas dos vídeos.

Continuar Lendo...
Novas restrições do YouTube cortarão monetização de vídeos ofensivos ou de “pegadinhas”
jun05

Novas restrições do YouTube cortarão monetização de vídeos ofensivos ou de “pegadinhas”

Acabou a farra: o YouTube detalha restrições no programa de monetização de vídeos; conteúdo de ódio, potencialmente ofensivo, pegadinhas e uso de personagens infantis fora de contexto não mais renderão grana.

Continuar Lendo...
Página 1 de 41234