Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Zensors converte seu Android velho num monitor de ambientes

Por em 24 de abril de 2015

zensors

Que tal dar uma utilidade muito legal para aquele Android velho que está esquecido no fundo de sua gaveta? Um grupo de pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon está desenvolvendo um app chamado Zensors que transforma seu smartphone encostado num aparelho pronto para mapear ambientes.

continue lendo

emAndroid e Linux Computação móvel Planeta Sem Fio Software

Asus trará Zenbook UX305 e T300 Chi para mercado de alto poder aquisitivo

Por em 24 de abril de 2015

asus_ux305

Em seu evento em alto mar, a Asus também apresentou dois notebooks importados, o Zenbook UX305 e o T300 Chi, que também pode ser usado como tablet. O UX305FA é um notebook que é bem fino, e com seus 12,3 mm de espessura consegue ser mais fino até do que o novo MacBook.

asus_ux305-2

Apesar de parecer feito de metal, ele é de plástico, e assim também é bem leve, com apenas 1,2 kg. A tela de 13,3″ é Full HD. A opção pelo processador Core M 5Y10 (de até 2 GHz) foi para para eliminar as ventoinhas e também para aumentar a duração da bateria, que segundo a Asus chega a 10 horas de duração. O notebook também tem 8 GB de RAM, um SSD de 128 GB de capacidade e três portas USB 3.0, sendo que uma pode recarregar seus gadgets mesmo com o aparelho desligado.

asus_t300_chi

Mostrado pela primeira vez na Computex 2014 ano passado em Taiwan, o T300 Chi chamou mesmo a atenção na CES em janeiro. Com um case de alumínio em corpo único, este notebook híbrido tem processador Core M e 4 ou 8 GB de RAM, com um SSD de 128 GB.

asus_t300_chi-2

A tela de 12,5 polegadas tem resolução WQHD (2560 × 1440 pixels), com densidade de 235 pixels por polegada. O peso com a base é 1,43 kg; e ele tem 16,5 mm de espessura. Para ser tão fino, o Chi só usa uma porta micro-USB 3.0, ou seja, prepare-se para comprar um adaptador. O sistema de encaixe é por imãs de neodímio, e funciona muito bem.

Os preços do Zenbook e do T300 Chi ainda não foram informados pela Asus, mas se você gostou é bom torcer pro dólar continuar caindo como nas últimas semanas. Os dois notebooks serão lançados com Windows 10 no segundo semestre deste ano.

emComputação móvel Mercado

Nokia pode voltar ao mercado de smartphones em 2016

Por em 22 de abril de 2015
nokia-n1

O N1 foi um bom tablet Android lançado pela Nokia em 2014

A Nokia pagou um preço alto por perder o bonde da evolução. Ela demorou tempo demais para perceber que os smartphones estavam evoluindo para algo completamente diferente do que ela fazia com seus Symbians. Não que eles fossem ruins (salvo algumas exceções como o N97), eles só saíam das caixas datados.

Incapaz de alcançar o iPhone e os Androids, a Nokia se viu obrigada a se aliar ao terceiro player, a Microsoft. Isso ajudou Redmond a consolidar o Windows Phone como a terceira plataforma mobile, mas as consequências para a divisão mobile da empresa finlandesa não demoraram a vir: adquirida pela parceira, ela eventualmente deixou de existir e virou Microsoft Mobile.

continue lendo

emAndroid e Linux Computação móvel Destaques Mercado Planeta Sem Fio Telecom

NSA quer acessar seus dados de celular pela porta da frente

Por em 16 de abril de 2015

nsa

É fato que a NSA, FBI e cia. limitada não gostaram nem um pouco da questão da criptografia de dispositivos móveis, introduzida por Google e Apple afim de proteger os dados de seus usuários contra ataques de hackers e por tabela, agências bisbilhoteiras também ficaram do lado de fora. Depois de Edward Snowden nenhuma empresa quer colocar o seu na reta e se tornar cúmplice do governo, desagradando seus consumidores no processo.

Só que a forma como as agências estão pressionando as empresas não é das melhores: a primeira ideia foi de fato sugerir a criação de uma backdoor exclusiva, o que bem sabemos não é a melhor das soluções. Agora a sugestão da agência de segurança é a criação de uma espécie de “chave-mestra” dividida, que garantiria o acesso dos dados apenas após um processo legal e com comum acordo de vários grupos.

continue lendo

emComputação móvel Destaques Segurança Software

Galaxy S6 e S6 Edge chegam custando caro. Bem caro

Por em 15 de abril de 2015

galaxy-s6

Ok pessoal, a gente sabia que isso iria acontecer. Considerando a alta do dólar e a estratégia da Samsung em bater de frente com a Apple no segmento premium era evidente que seus novos tops de linha, o Galaxy S6 e o Galaxy S6 Edge não chegariam custando quaisquer dois tostões: em evento realizado na última terça-feira em São Paulo ambos os aparelhos foram oficialmente introduzidos no mercado brasileiro, ambos com precinhos bem elevados.

Anunciados na MWC 2015, ambos aparelhos representam segundo a fabricante “o que há de mais moderno no mercado mobile”. Isso é verdade até certo ponto, o SoC de 64 bits Exynos 7420 é o primeiro com processo de litogravura de 14 nanômetros, contendo quatro núcleos Cortex-A53 de 1,5 GHz e quatro A-57 de 1,7 GHz. Os 3 GB de RAM LPDDR4 e os chips de armazenamento interno UFS 2.0 também são componentes de ponta, e esse é o principal argumento que a Samsung Brasil está utilizando para justificar os valores altos: “estamos oferecendo uma experiência jamais vista”.

continue lendo

emCelular Computação móvel Destaque Destaques Especial Evento Mercado

LG lança nova linha de smartphones intermediários

Por em 15 de abril de 2015
lg-prime-plus-001

LG Prime Plus

Em evento nesta terça-feira, a LG lançou quatro novos modelos de smartphones intermediários no mercado brasileiro. Com preços entre R$ 529 e R$ 999, os aparelhos começarão a ser vendidos já no final deste mês.

Dos quatro modelos lançados, os mais “tops” LG Prime Plus, Volt e Leon chegarão às lojas em três versões: 4G, 3G com TV e 3G. Os três contam com versões com SoCs MediaTek ou Qualcomm e possuem especificações razoáveis.

continue lendo

emCelular Computação móvel Destaque Destaques Especial Evento Mercado

Resenha: SanDisk Ultra Dual USB Drive 3.0, um pendrive para dispositivos Android

Por em 10 de abril de 2015

sandisk-003

Meu primeiro smartphone Android foi uma bela porcaria, um LG p500 de míseros 170 MB de memória interna. Tudo bem que eu vim de um feature phone Nokia que aguentou o tranco desde 2007 (detalhe: ambos ainda funcionam) mas mesmo em 2011, ter um dispositivo mobile com tão pouca memória era um desafio e tanto, eu tinha que selecionar a dedo quais apps eu iria instalar. E jogá-los para o cartão não era uma opção muito boa.

Hoje os tempos são outros. Eu possuo um monstrinho de bolso com 64 GB de espaço, mas memória nunca é demais. Nem todo mundo pode contar com um SSD externo de 1 TB, mas um pendrive de 32 ou 64 GB não é mais nenhuma fortuna hoje em dia. E o Ultra Dual USB Drive 3.0 da SanDisk ainda traz a vantagem de poder ser utilizado junto com seu Android.

continue lendo

emAcessórios Análise Computação móvel Destaque Destaques Hardware Resenha