Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Senado Federal lança App de iPhone com custo de desenvolvimento recorde (pra baixo)

Por em 31 de março de 2011 - 32 Comentários
emComputação móvel Destaque Resenha
Mais textos de:

Site | Twitter
  • bilpereira

    Poderíamos ter uma app para o Congresso Federal também, não só do Senado. Afinal as pautas nascem lá, e os Deputados deveriam ser mais fiscalizados que os Senadores.

    Talvez em um futuro o próprio PRODASEN possa abrir o código para a outra casa.

    Além de integração com redes sociais, seriam bacana mostrar e-mails dos parlamentares (se é que já não faz isso), e um “favorito” para os senadores. Assim, você leu uma pauta e não gostou, clica em um botão e já manda direto um e-mail para o Senador que votou dizendo: Qual sua posição nisso?

    Mas ai, divago…

    • http://www.contraditorium.com Carlos Cardoso

      @bilpereira, no perfil de cada Senador há a ficha completa, com endereço do gabinete, telefone e email. Futuramente acredito que incluam twitter e blog.

  • marcoscs

    Interessante esse aplicativo e ele parece que dá possibilidade para que o usuário vá direto ao que lhe interessa. Na TV Senado perde-se tanto tempo transmitindo discursos no plenário de agradecimento e embromations infinitos (né, Suplicy?) que o conteúdo do que se discute na Casa e principalmente nas Comissões internas fica sempre em terceiro plano.

    • http://www.contraditorium.com Carlos Cardoso

      @marcoscs, fato, filtrar as discussões é um trabalho do cão.

  • frtnbrasil

    Quando eu tiver dinheiro (alô salário mínimo) para comprar um iphone posso até dar uma olhada nisso.

    • marcosalex

      @frtnbrasil, não, você pode entrar no site do senado e acompanhar.

    • Max Power

      @frtnbrasil, agora pergunta se esses FDP vão zerar os impostos dos smartphones para o povo ter acesso aos aplicativos.

      Não vão e é por isso que sempre devemos guspir na cara dos nossos governantes.

      • http://www.contraditorium.com Carlos Cardoso

        @Max Power, do mesmo jeito que você “gospe” na cara de seus professores, né?

  • jotaandre

    Perae, Cardoso. Você acha realmente que o custo de desenvolvimento dessa aplicação foi de U$99,00?! Pfffffff….

    • The Pretender

      @jotaandre, horas, se foi desenvolvimento de equipe interna, podemos dizer que não houve gasto financeiro extra, apenas a folha de pagamento dos funcionários que já estavam empregados, trabalhando e recebendo para isto.
      .
      Lembre-se, eles poderiam ter contratado uma terceira empresa para fazer o trabalho, pagando alguns milhões de reais (superfaturando) para fazer um software que foi feito “em casa”, sem gastos adicionais.
      .
      Achei muito legal a iniciativa. Mas pelo visto, nada para Windows Mobile né ???? rsrsrsrs

    • http://www.xylema.net Alequisandro

      @jotaandre, Acho que ele quis dizer que não foi preciso abrir um processo licitatório de R$ 1,4 mil para criar um aplicativo. A prata da casa fez o serviço pelo custo operacional vigente.

      • http://cyberramses.wordpress.com CyberRamses

        @Alequisandro, Exatamente. Se usou mão-de-obra interna, não gastaram dinheiro além dos US$ 99 da licença Apple e do salário dos funcionários do PRODASEN. Se houvesse uma licitação o @jotaandre poderia ter o benefício da dúvida, mas não é o caso.

    • kakaroto_BR

      @jotaandre, Primeiro de abril adiantado?

  • raxidex

    Louvável essa atitude do senado. Poderia se ramificar pra outras áreas da política.

  • vrodrigues

    Hmmm.. Você quer dizer que o custo de fazer o software foi apenas comprar a licença? O XCode fez sozinho o resto?

    Se teve equipe, interna ou não, desenvolvendo, houve um custo associado. Não é porque o cara é concursado que não teve que dedicar o salário dele (ou deleS, várioS) para pagar o projeto.

    O que poderia ser uma notícia boa, acaba tornando uma notícia ruim: o senado não divulga bem o custo de seus projetos.

    • http://cyberramses.wordpress.com CyberRamses

      @vrodrigues, o PRODASEN é um órgão da União; logo, não houve gastos adicionais além da licença e do salário dos funcionários. Não houve licitação, se é o que está tentando dizer.

    • Wallacy

      @vrodrigues,

      Custo dos funcionarios não fazendo nada: X.

      Custo do funcionário criando o app: X.

      X – X …. Calma ai, deixa eu pegar a calculadora… Ah tá: 0

      Custo da manutenção é outra estoria, porém vamos calcular:

      Custo dos funcionários não dando manutenção: Z.
      Custo dos funcionários dando manutenção: Z.

      …..

      Como o custo do software é condicionado a todo ou qualquer elemento que seja necessário do ponto zero (tomada de decisão para para o desenvolvimento) até o ponto final (produto entregue), se nada mais teve que ser adquirido além da licença da Apple podemos sim afirmar que o custo foi de $99.

      Se eles adquiriam alguma outra coisa, tiveram que pagar qualquer outra taxa, ou qualquer outra coisa, bem… Dai é especulação até qualquer evidencia contraria.

  • marcos2525

    Eu tenho certeza absoluta que o senado não vai colocar uma boa usabilidade e arquitetura da informação neste app: Por exemplo, colocar link direto com quanto irá se gastar em cada projeto, o que já foi gasto e os problemas que os politicos corruptos causam para superfaturar as coisas. Isso, senhores deputados corruptos ou não, é uma das informações que importam num app deste tipo. Iria fazer uma piada dizendo que este app poderia muito bem ser um BI Corporativo, onde a população seria a destinatária dos dados e a visão em cubo permitira ver quem é o mais corrupto, quem é o mais vagabundo e os erros que são cometidos. Senhores, para quem trabalha com TI, informações assim da “empresa” são essenciais. A base de sistemas de BI(Business Inteligence) é saber quem está fazendo merda e quem não está, onde estão os erros no processo e quem é o culpado. O app que realmente iria fazer todos os políticos corruptos cagarem de medo.

    Tudo isso e mais as razões para a burocracia das licitações e negociações de obras públicas que resolvem problemas urgentes e demoram meses e as vezes anos para serem concluídas. Aquele tipo de brasileiro que entra em site de notícias e só vê a parte que fala de futebol vai achar esse app muito bom. #ironic

  • fernando.scarpin

    Muito bom o aplicativo, vale a pena baixar. Só achei a agenda de hoje muito curta, mas enfim…

  • http://ceticismo.net Pryderi

    Agora poderemos ver em cima do lance quando os senadores aumentarão o próprio salário ou alguma cena antológica como Lindberg Farias abraçando o Collor, só faltando dar beijinhos.

    • Camargos

      @Pryderi, O ex-cara pintada abraçou o Collor? Esta eu perdi, vou ter que procurar no youtube.

    • http://www.contraditorium.com Carlos Cardoso

      @Pryderi, eu fotografei o Aécio do lado do Serra na tribuna do Plenário. CLIMÃO!

  • Saint-Clair Stockler

    O Sarney, assim de costas, parece o Sr. Burns. Me assustei O_o’

  • anedox

    App interessante, vou baixar pra ver.
    Como todo político, em qualquer parte do mundo, é venal (exceções à parte) é fundamental saber o preço de cada um.
    Nos países do 3º mundo uma galinha compra até o presidente; nos países “estamos chegando lá” você tem que desembolsar o valor mínimo de um apartamento e nos países de 1º mundo uma xibaba para apoiar qualquer coisa, p.ex. o Gaddafi, um ditador africano etc…

    NOTA – E nós onde ficamos nisso? Basicamente no segundo caso.

  • http://www.infoescola.com Lucas.MS

    Pelo jeito o senado melhorou muito nos ultimos anos … considerando que em 2008 pagavam R$ 48.000 por mês em um mini-banner em um site desconhecido (coincidentemente ligado à um Senador): http://www.contraditorium.com/2008/07/13/no-vou-falar-mal-do-projeto-do-azeredo-para-o-senado-anunciar-aqui/

  • http://cyberramses.wordpress.com CyberRamses

    Parabéns pela iniciativa do Senado, é bom ver que perceberam que, hoje em dia, informação é tudo.

    E no meio do texto eu pensava “esqueceram do Android again” (sim, agora sou usuário do robozinho), mas estou satisfeito em saber que a versão “livre” está a caminho.

  • http://luigialmeida.wordpress.com/ Luigi Almeida

    E não creio que tenham esquecido do Windows Mobile. Ele apenas não tem tanta relevância ainda pra justificar o desenvolvimento. Deixa sair o Nokia WP7 pra ver se não vai ter… E de qualquer modo, o site mobile é bom também.

  • http://leobetosouza.com/ leobetosouza

    Boa! Tomara que coisas assim virem tendência e se espalhe pelo legislativo e o executivo pelo país.

    Sabe o que podia ter também? Lista de presença dos parlamentares, com justificativa: Fulaninho faltou a seção hoje, disse que tava visitando a mãe no hospital no interior do Maranhão.

  • solar1919

    O Cardoso de frente com o político mais emblemático do Brasil e não está dando a mínima, Twitta enquanto isso! rs

  • ricardokurt

    Excelente app.
    Às vezes temos que elogiar as iniciativas inovadoras e reconhecer que existem funcionários competentes em alguns setores e esta é uma delas.

    ;D

  • Max Power

    “99% das vezes justificado, mas cruel para o 1% bem-intencionado”

    Como você é otimista.

    Não existe político bem intencionado, apenas aparentemente bem intencionado.

    Seria o mesmo que dizer que o Linux tem usuários no desktop ou que alguém usa o Opera. E em conseqüência não existe democracia no Brasil, só eleições diretas.

  • adrianoats

    Bacana demais a iniciativa, o convite, e a chance que vocês tiveram de conhecer pessoalmente essas figuras que nos chefiam. A jornalista que produz o conteúdo deve ralar bastante para produzir e disponibilizar o conteúdo. Bom saber que alguém com 40 anos de serviço, ou seja, com pelo menos 56 anos de idade, é bem espertinho em tecnologia. Serve de inspiração para um bocado de gente, né mãe?

    Vou esperar sair para Android para das uma conferida.

    Parabéns pelo artigo. Muito bom.