[App do Dia] Stellarium

Todas as vezes que se começa um discurso repleto de FUDs anti-Open Source, é sempre recomendado duas precauções: ter uma cópia do GIMP rodando para compará-la ao Photoshop, e rezar para que ninguém conheça ou cite o Stellarium, sob risco de toda sua argumentação terrorista ir por terra.

É um dos programas mais bem cuidados e agnósticos do mercado, rodando nas principais plataformas desktop e no Linux, atende perfeitamente o dia-a-dia de astrônomos amadores e observadores ocasionais. Fora um ou outro bug eventual, substitui muito bem opções mais caras, como o Distant Suns.

Agora seu maior defeito foi corrigido: o Stellarium foi lançado para o iPhone. E “digrátis”.

Ele tem os recursos mais essenciais: permite utilizar o GPS do iPhone para determinar a localização do aparelho, e com a bússola interna do iPhone 3GS e superior mais acelerômetro, pode ser apontado dinamicamente para o corpo celeste de sua preferência.

O Stellarium do iPhone também apresenta o firmamento em tempo real, com as mesmas opções de silhuetas das constelações ou as belas ilustrações usadas na versões desktop do programa. Selecionando objetos na tela, disparamos uma busca no banco interno da aplicação que retorna as informações usuais como coordenadas, magnitude, distância, endereço do Stargate, etc., útil para quem tem um telescópio cheio de sacanagem e agiliza a observação com esses dados. Pobres mortais terão que usar apenas o olho, coisa que gente como Tycho Brahe e Copérnico mostrou ser insuficiente pra astronomia de verdade.

O modo Predador da imagem acima é a Visão Noturna, especial para não arruinar seus olhos. Quem passa horas ao relento sabe que levamos uma boa meia-hora até as pupilas estarem dilatadas o suficiente para uma boa observação, e qualquer iluminação mais forte estraga isso. Olhos evoluídos. Damn you, Richard Dawkins!

O Stellarium do iPhone também tem um módulo de busca por objetos e outro de avanço no tempo, assim podemos calcular onde e quando um objeto estará disponível. Não é possível acelerar a passagem do tempo, como na versão desktop, mas é fácil selecionar manualmente pontos no passado e no futuro.

Para achar o Stellarium basta acessar a App Store do iTunes e procurar por… (dã!) Stellarium. Está disponível na loja americana, provavelmente na Argentina. Na Brasileira, não sei.

Relacionados: , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples