Digital Drops Blog de Brinquedo

Além do FUD — Um raro vislumbre da mente da Microsoft

Por em 30 de junho de 2010
emMeio Bit relacionados   
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

    Bom mesmo. Pena que o WindFS não saiu mesmo do papel.

    • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

      @lordtux, Putz, é WinFS

  • Peter Perpendicular

    “O Cairo já falava de Internet e vinha com diversos daemons e clientes em 1993, mesmo ano que surgiu o Mosaic, o primeiro browser usável. O Netscape só surgiria em 1994.”

    Estranho, pois o Bill Gates (o cara sexy ai da foto) não levava muita fé na tal internet. Será que ele não tinha conhecimento dos trabalhos de P&D da própria empresa?

    • omine

      @Peter Perpendicular, não entendi..
      no início dos anos 90, o próprio bill gates foi ridicularizado por uma frase onde dizia que “a internet seria o futuro para comércio eletrônico, comunicações, etc..”

      • Peter Perpendicular

        @omine, sim, em 1995 ele lançou “A estrada do futuro”, mas a empresa dele não levava fé mesmo. Onde se lê Bill Gates, leia-se Microsoft. Falei nele só para comentar a foto sexy hehe.

  • gabriel_

    Na boa, enquanto ideias, não me pareceram lá muito surpreendentes, mesmo considerando a data.

    Fico pensando que numa mesa de brainstorming para o desenvolvimento de softwares/SOs, hoje em dia, devem surgir coisas proporcionalmente bem mais interessantes em relação à época, mesmo na própria Microsoft.

    Reconhecer o mérito das empresas que proporcionam alguns saltos evolutivos sobre outras que não o fizeram, me parece algo bastante válido.
    (Em nome da Xerox, da Apple, do Tim Berners Lee, Amém. A partir daí o que mudou na computação pessoal foi só perfumaria. [troll off]).

    O problema é vilanizar aqueles que seguem os mesmos padrões industriais logo em seguida, afinal, pro consumidor, quanto mais empresas produzindo tecnologias semelhantes e te livrando de um potencial monopólio, melhor.

  • http://my.opera.com/livioribeiro livio

    Eu gostaria que, neste exato momento, o bom doutor Stallman estivesse na cova a fim de que o mesmo pudesse se revirar nela

    • mau.dias

      @livio, muito feio desejar a morte alheia..

      Não dá pra o Stallman se revirar.. na cama? Ou no chão, sei lá onde ele dorme..

  • edivaldobezerra

    O Active Directory foi kibado do nds da novell (que alias, era muito bom). Claro que a novell por incompetência perdeu a chance de ser a maioral nisso, ela dificultava o acesso a informações, treinamentos sobre o produto e tbm não migrou o mesmo pra interface grafica a tempo. Hoje o nds ainda existe mas está virando software legado.

    • edivaldobezerra

      @edivaldobezerra, Nesse caso a Microsoft fez a coisa certa, era uma idéia muito boa que num podia morrer.

    • http://www.infob.com.br/site epassos

      @edivaldobezerra, Esta virando não. Já virou! Nenhuma empresa implementa rede Novell. Arrisco dizer que 90 % dos casos a rede é Microsoft com um Windows Server na ponta.

    • http://hamacker.santhanna.net hamacker

      @edivaldobezerra,

      O próprio NDS era uma implementação LDAP proprietária que por sua vez seguia o modelo X.500.
      Muita coisa boa já existia em sistemas Unix, apenas não podiam ser trazidas para o mundo dos microcomputadores ou desktops domésticos. Algumas empresas como a Novell reconhecidamente implementava algumas dessas idéias no netware que perdeu muito mercado para a MS com o aparecimento do WinNT que foi um fork com a IBM (OS/2) e mais tarde contratou o pessoal da DEC que tinha experiencia para criar um sistema para competir com Unix.

      • edivaldobezerra

        @hamacker, Na verdade a novell perdeu espaço por pura incompetência (comercial, pois os produtos eram bons) mesmo, ela segurava demais documentação sobre seus produtos (na tentativa de valorizar seu mercado de treinamentos profissionais) e mantinha o novell directory muito amarrado a interface de linha de comando, por isso, mesmo tendo um produto até hoje melhor que o active directory ficou pra trás. Quando ela acordou e foi correr atrás do prejuízo, já era tarde demais.

        • http://hamacker.santhanna.net hamacker

          @edivaldobezerra,

          Concordo.
          Dona de 90% do mercado de redes locais, ficou de salto alto vendo o WinNT ganhar terreno.
          Se ela tinha o Unixware que tinha interface grafica porque não embutiu o netware como serviço nele, ao inves de lançar um elefante branco como o Intranetware ? Tá na cara que ninguem ia pagar mais caro por aquilo se podia ter um WinNT por menos da metade do valor.

      • marcosalex

        @hamacker, pois é, essas inovações já existiam em outros SOs naquela época e depois disso a MS ainda demorou anos pra implementar em uma nova versão. Não entendo como uma empresa com tanto dinheiro consegue ser tão lenta em inovações.

  • danilo21

    “O documento de forma alguma coloca a Microsoft como Única Fonte da Inovação do Planeta. Mostra, sim, que eles sabem planejar para o futuro (mais até do que executar), como sabem todas as empresas de ponta.”

    Exatamente, as pessoas vivem discutindo quem copiou de quem e não entendem que todo mundo copiou(a) de todo mundo, a Microsoft sabe inovar assim como a Apple ou a FSF. Na verdade, devo agradecer a Microsoft( e a Apple e outro, é claro) pelo “meu linux” ser tão bom”. É assim, sempre será assim e se não fosse seria pior, afinal, com uma unica fonte de idéias provavelmente estaríamos anos luz atrás.

    • http://danielbastos.blogspot.com daniel.bastos

      danilo21, Se prepare pra receber 10.000 de negativas. Tu falou exatamente o que acontece, mas, falou que o linux tem que agradeçer o win, então …….

      • danilo21

        @daniel.bastos, “ter que agradecer é apenas modo de falar”, é uma forma de expressão, mas de qualquer forma não tem? de algum modo o windows também tem o que agradecer, mas no sentido de comunicação usuário-computador o linux “deve” mais ao windows.

        • luizfelipestang

          @danilo21, o linux tem que agradecer ao windows e ao macosx. esses sim sabem o que o usuário precisa. pois a microsoft e a apples investem pesado em R&D, enquando o linux kiba ideias dos dois. e o contrario tambem ocorre, como a kibagem que o UAC é.

          • danilo21

            @luizfelipestang, Acredito que no fim das contas o que conta é quem implementa melhor, por que a partir do momento que a idéia se torna “pública” ela VAI ser “kibada”, no contexto atual eu fico no open-source, no futuro ,eu não sei.

  • http://www.infob.com.br/site epassos

    Eu admiro muito o trabalho da Microsoft. A maioria das pessoas que criticam ou falam besteiras são adolescentes que aprenderam alguns comandos no terminal e agora se acham os caras em TI. Mas as ferramentas da MS para o ambiente corporativo são muito boas. Além disso são muito baratas em relação aos concorrentes.

    Basta simular o custo de um ambiente virtual com Vmware versus Hyper-V.

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000083193191 Felipe Lorenz

      @epassos, concordo 100% contigo… ferramentas microsoft são MUITO melhores de utilizar. Tanto que migrei do Debian para o Windows server 2003. O simples fato de criar um usuário pra ser utilizado na rede me custava uma pesquisa no google.. por que: quem vai lembrar do maldito comando e suas dezenas de parametros… sendo que você pode utilizar uma ferramenta que te auxilia nesse trabalho “simples” ( no win pelo menos ).

      • barefoot

        @Felipe Lorenz, E escrever esse comando num arquivo .sh, não rola?

      • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

        @Felipe Lorenz, Concordo também, apesar de gostar muito de linux. Já perdi a conta de quantas vezes estava fazendo algo no Solaris ou no Linux e cuspindo fogo ao mesmo tempo, do por que ter de me matar com uma simples tarefa que no windows bastava dar alguns cliques.
        Nisso é inegável a supremacia da microsoft, mas claro que ainda acho o linux poderoso para muita coisa, mas gostaria que os desenvolvedores deveriam ter uma mentalidade a lá microsoft, não é toda hora que você quer se matar em frente a um terminal tentando descobrir qual comando funciona.

        • Gilberto Martins

          @lordtux, eu entendo como necessário que seja assim, digo, tão pouco amigável. Acredito que se eu pudesse te contratar para fazer este trabalho, eu teria menos dificuldade em saber se você conhece pelo menos alguns fundamentos básicos. Bastaria deixar você em frente a um terminal com ambiente CLI, e te pedir solução para algumas tarefas triviais e outras nem tanto. Por conhecer o ambiente, você rapidamente se encontraria. Caso não soubesse, ficaria parado no lugar.

          Em ambiente GUI (Windows ou Linux) ainda se pode tentar procurar aqui ou ali a solução para estes “desafios”, mas é mais complicado diferenciar bons profissionais assim. Claro, o melhor rapidamente acharia a solução entre os menus.

          Não apenas isso, mas as possibilidades de administração via CLI abre uma quantidade de alternativas muito maior. Recentemente, estávamos reavaliando um firewall nosso, e nossa abordagem foi pela análise de logs. Localizamos uma quantidade absurda de pacotes os quais já esperávamos, e precisávamos estreitar esta análise. Assim, fizemos a filtragem do log gerado pelo iptables com a seguinte instrução:

          cat /var/log/iptables.log | egrep -iv “pt=(13[789]|44[35]|80|2[12]|25|6[78]|3128|110)”

          claro que esta linha apenas gerou material “limpo” para ser analisado, eliminando registros com portas conhecidas, como 137,138,139,80,443,445, etc. Assim teríamos uma quantidade menor de material.

          Depois disto (e outras ações) conversando nos perguntamos: como eu faria isto se eu tivesse que analisar os logs de um Windows ?

          • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

            @Gilberto Martins, Sim, concordo também, inclusive isso é o que me faz gostar tanto do ambiente Unix e Linux e já me salvou muito isso. E é algo que nem em sonho temos no windows com o mesmo poder. Mas gostaria que algumas coisas fossem mais fáceis. Mas nunca desejaria ver essa forma de interagir com o sistema sumir do pinguim.

          • Gilberto Martins

            @lordtux,bom saber disto.

            Felizmente, se algo vier a correr o risco de desaparecer vai ser a interface gráfica, pois esta não é Linux. Mas se você procura inovações, continue experimentando o Ubuntu Desktop, que tem crescido muito.

          • luizfelipestang

            @Gilberto Martins, muito mais legal usar o powershell com algo parecido com SQL para encontrar coisas no log do ISS.

          • luizfelipestang

            @luizfelipestang, alias, da para administrar tudo no windows por linha de comando. caso voce não saiba. o powersheel te da acesso a um monte de configurações. e inclusive ele usa objetos das bibliotecas do dotnet.

            ps, estou respondendo pois não tem recurso de edição.

          • Gilberto Martins

            @luizfelipestang, hum …

            Lembro dos muitos problemas que acompanharam o PowerShell no seu pré-lançamento, e não dei muita bola. Um dos gurus de MS que conheço teceu grandes elogios e disse que está muito melhor. Agora, você me fala da possibilidade de inserir instruções (parecidas com) SQL nele. Aí fica bem melhor!!

            Para experimentar o PowerShell, posso o fazer sem ter que instalar o Windows7? digo, posso o utilizar em um (seguro) WinXP? Não tive nenhuma boa experiência com o W7 na minha única tentativa de o utilizar, e preferi não dedicar tempo nenhum para ele.

            Como mantenho um XP virtualizado, se possível eu o testaria. Se puder mandar algum link com dicas sobre sua operação, agradeço.

          • ThiagoTietze

            @Gilberto Martins,
            Caso não saiba também… Existe o QGREP, q veio junto com o Toolkit do 2000 e 2003 Server.

            Vamos deixar algumas coisas as claras:
            1 – Utilizar linha de comando em Windows, é sim, muito comum, ao menos pra quem sabe fazê-lo.
            2 – Se tu te basear em coisas simples como essas, com certeza não vai rolar.

            Por ultimo, quero só dizer que não sou um defensor ferrenho MS… Só acho que esse tipo de embasamento raso pra defender alguma coisa (da mesma forma que sempre existem aquelas discussões sobre futebol, porque tal time tem X titulos e outro tem X²…) não leva à lugar algum…

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @ThiagoTietze, como disse acima, não conheço o PowerShell, e creio que o QGREP seja uma ferramenta que tenha capacidades iguais ou similares ao grep do Unix. Realmente nao o conheço.

            1) Infelizmente, tenho conhecido muito pouca gente que sabe fazê-lo. Os poucos que conheci (menos de 10) conhecem o SO Windows muito bem.

            2) As comparações simples tem o objetivo de facilitar a compreensão.

            O que você chama de raso, eu chamo de simples. Não há nenhuma necessidade de complicar assuntos elementares aqui. A discussão sadia ocorre quando existem opiniões sensatas e retratações, quando necessário. Por isso, fi observações ao final do texto para ressaltar o caráter simplista do exemplo que eu apresentei.

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @ThiagoTietze,

            Desculpa, mas eu tenho que discordar de você.
            Pessoalmente eu acho a shell do windows (cmd ou powershell) limitadissimo.
            O powershell tem até coisa para programadores, mas convenhamos administradores querem resultados rápidos e não programar orientação a objetos num terminal. Parece que não quiserem introduzir redirecionadores como pipe.

            Até o Box para se digitar comandos é estranho com numero de colunas fixas.
            Sem falar na limitação de nomes de arquivos, se for um fileserver e você tem que gerenciar uma pasta que tá lá na nézima posição que estourar o limite de caracteres a unica coisa que voce pode fazer é usar robocopy para ao menos mover aquela pasta dalí.

            Tanto que é complicado a shell do Windows que a MS mudou a edição Core R2 incluindo um menu com opções administrativas que tava fazendo muito admin perder a cabeça.

            Tem muita diferença administrar um server Linux com apenas o terminal e administrar uma edição Core do Windows.

      • Peter Perpendicular

        Caro @Felipe Lorenz, concordo com você. Mas, porra, um administrador de sistemas TEM obrigação de conhecer um comando para criar um usuário, ao contrário de usuários domésticos.

        EU JAMAIS contrataria um sys admin que não soubesse usar CLI, no Windows ou Linux/Unix. Mesmo que todos os sistemas fossem controlados por voz. JAMAIS!

        • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000083193191 Felipe Lorenz

          @Peter Perpendicular, Concordo com vc, mas acredito q um adm deveria conhecer os conceitos e a teoria… Como ele vai aplicar isso, eh questao de escolher a ferramenta.

          Sou programador java, pramim tanto faz se uso um netbeans oi um notepad… Continuo programando java da mesma forma

      • marcosalex

        @Felipe Lorenz, no Debian e em praticamente qualquer distribuição Linux, existe ferramenta gráfica que cria usuários, com até mais configurações que no Windows. Se você não conhece, não fale besteiras, diga apenas que prefere o SO x.

        • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000083193191 Felipe Lorenz

          @marcosalex, Nao falo somente da criacao de usuarios… Falo de um geral… No debian eu tinha diversos servicos, dns, firewall, usuarios, samba, web server, banco…. Na instalacao ia tranquilo, sem problemas. Mas quando alguem pedia alguma alteracao, 2 meses depois, eu perdia muito tempo lembrando onde ficava e pra que serviam os diversos arquivos de conf. Sem contar os parametros de cada um, e alta probabilidade de eu escrever um maldito caracter minusculo, qdo deveria ser maiusculo…. Puuuutz.

          Dai vem a GUI (nem precisa ser windows) com uma tela e alguma check box.. Bem mais simples…..

          E nao me vem com papo de que dessa forma o sistema fica mais sucetivel a erros humanos…. Pq entre oi marcar um campo eu passar um parametros, a cagada acontece igual.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @Felipe Lorenz, isto vem da prática. Reconheço que sou muito fraco em Windows, e preciso mudar este quadro. Mas isto se deve a não ter prática com o ambiente Windows.

            Entretanto, criar um usuário em um ambiente *nix eu considero uma atividade trivial, especialmente em Linux sem interface gráfica. Isto não quer dizer que eu me considere “o fera”, mas minha prática é muito maior com este ambiente. Pelo que você escreveu, sua prática parece ser muito maior com o ambiente GUI do que com o CLI. Mas isto não desmerece ou enaltece nenhum sistema operecional.

            Um exemplo comum: quem dirige a vida inteira carros com câmbio manual, sente um certo desconforto com carros de câmbio automático, mas se habitua. É apenas aquestão de prática. Se você insistir em praticar mais o CLI dos *nix vai se ambientar. Se eu insistir em praticar mais o GUI dos Windows, vou me ambientar.

            Assim, o ser “melhor” ou “pior” não deve ser atribuído ao SO, mas a nós.

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @Felipe Lorenz,

            Você tá errado.
            Se você é administrador de sistemas, há coisas que só se faz no Windows pela linha de comando e ainda outras somente pelo regedit. Qualquer curso de administração de Windows, a MS coloca comandos de cmd.
            Para mim, exportar os nomes canonicos do AD é trivial, eu uso o cmd, para outros isso não é possivel porque não tem ferramenta visual para tal.

            Você começou errado a instalação do seu Debian, desculpa se eu parecer arrogante, mas mesmo tendo feito mil instalação de Linux e tantas outras de Windows, eu documento todo o processo. Cada servidor meu tem sua própria documentação e cada modificação provoca uma revisão. O objetivo é claro, entender o que eu mesmo fiz daqui 3 anos, ou facilitar a manutenção por terceiros.

          • marcosalex

            @Felipe Lorenz, desculpa ao grosseria do último post. O Debian nunca foi uma distro com foco de ser fácil e nunca privilegiou as ferramentas gráficas. É mais usado nos servidores por ser muito estável e outras características.

            Se você prefere uma solução mais amigável, talvez o Suse teria lhe dado uma experiência melhor e mais próxima do que você está acostumado.

            Mas se prefere o Windows, não sou xiita de tentar te “converter” ou pregar contra “a empresa do mal”.

    • Gilberto Martins

      @epassos, bom dia.

      Qual o seu conhecimento de VMWare em ambiente corporativo para basear esta informação?

      • ThiagoTietze

        @Gilberto Martins,
        Cara, não querendo defender o @epassos ali de cima, mas…

        Porque perguntar sobre o conhecimento de utilização de VMWare em ambiente corporativo pro cara, se ele tá falando específicamente no Custo da ferramenta, e não no aspecto técnico?

        O certo era, pra iniciar uma discussão bacana… Tu apontar o porque de o conhecimento do carinha ali encima ter sido questionado sobre sua capacidade/conhecimento (o que, diga-se de passagem, é algo chato…), apontando o que o VMWare venha a ter de custo/benefício em relação ao Hyper-V.

        Um abraço.

        • Gilberto Martins

          @ThiagoTietze, citei o ambiente corporativo por quê não faz sentido em citar o custo do VMWare (server) pelo mesmo ser gratuito (porém restrito) para uso em pequena escala. Para ambiente corporativo o VMWare é (muito bem) pago, e sua versão é a ESX (se não me falha a memória). Trabalhei em uma empresa que fez a virtualização de seus muitos servidores, adquirindo uma caríssima Blade HP e o VMWare ESX. Infelizmente a compra se conclui depois de minha saída.

          • ThiagoTietze

            @Gilberto Martins,

            Só que o carinha lá encima falou exatamente o contrário… Ele tá defendendo o custo/benefício em ambiente corporativo, do Hyper-V. Tu tá, nada mais do que concordando com ele sem saber :-D

            Caso não saiba, o custo de Licenciamento (veja bem, licenciamento, não tou colocando em jogo, questões relacionadas à performance, e etc…) do Hyper-V comparado à um ambiente de mesmo tamanho em VMWare é MUITO MAIS BAIXO do que este ultimo.

            Obviamente, baseando-se numa infraestrutura onde a maioria os servidores são Microsoft.

          • Gilberto Martins

            @ThiagoTietze, posso ter mal-interpretado. Vamos ver:

            “Mas as ferramentas da MS para o ambiente corporativo são muito boas. Além disso são muito baratas em relação aos concorrentes. Basta simular o custo de um ambiente virtual com Vmware versus Hyper-V.”

            Em um ambiente corporativo eu não usaria o VMWare Server, devido a algumas limitações do produto. Entretanto, o Hyper-V não é gratuito, sendo parte da W2008 Enterprise, como outros itens. Assim, até onde eu saiba (posso estar errado, claro) o Hyper-V por si não tem como ter o seu custo individualizado.

            Por outro lado, por melhor que o mesmo seja, está muito aquém de um ambiente Corp do VMWare ESX. Ou seja, acredito que faltou foi alguma informação na hora de fazer o post dele.

          • ThiagoTietze

            @ThiagoTietze,

            Sim, foi mal interpretado, releia…
            Sim, tem como ter seu custo individualizado….

          • marcosalex

            @ThiagoTietze, só que são ferramentas de propósito diferentes.

          • http://www.infob.com.br/site epassos

            @Gilberto Martins, O Hyper-V já vem embutido no Windows Server Standard. Se você já tem um Windows Server licenciado não há custo. O máximo que você terá que comprar é System Center para gerenciar as máquinas virtuais.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @epassos, grato pela informação, eu estava equivocado na informação que “catei” na internet, onde o Hyper-V já compunha a versão Enterprise. Mesmo assim, tendo tomado conhecimento do conjunto de recursos do VMWare ESX, ainda creio que seria uma comparação desproporcional.

            @Thiago Tietze, reli o texto, e nada encontrei que me desse base para justificar o seu ponto de vista. Poderia ressaltar no texto dele o que você encontrou que lhe desse esta visão? E pelo epassos, não tem como individualizar o custo do Hyper-V, ou seja, adquirir o produto separadamente.

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @epassos,

            O Hyper-V não acompanha todas as edições do Standard, por exemplo, ele esta fora de todas as edições 32bits. A versao Standard dá 2 licenças para uso WinServer como VM do Hyper-V, no entanto, você tem que instalar o Winserver puro + HyperV para não queimar 1 licença. Por exemplo, se voce instalar WinServer+HyperV+Controlador de Dominio então você só terá direito a 1 licença de winserver para brincar na VM. A edição enterprise dá 4 licenças para usar.

            O Hyper-V Core é gratuito, mas não faz sucesso porque o terror de alguns é só usar o terminal, até os drivers e serviços são instalados na linha de comando.

        • marcosalex

          @ThiagoTietze, porque é o mesmo que comparar o MS Word ao Wordpad

      • http://www.infob.com.br/site epassos

        @Gilberto Martins, Eu vendo este tipo de solução na minha empresa. Temos irado muitos negócio de Vmware para Hyper-V. E afirmo para você com toda certeza o custo de virtualização de servidores com Hyper-V chega a custar 3 vezes menos do com Vmware.

        • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

          @epassos, interessante sua informação. Gostaria de saber qual versão do VMWare as empresas têm deixado para uma mudança rumo ao Hyper-V. Relembro que estou considerando apenas o ESX para ambientes corporativos.

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @Gilberto Martins,

            Considere o uso do XenServer da Citrix, tem a versão gratuita e a paga (incluindo suporte).
            Fiz uma rápida avaliação com a edição gratuita e é muito boa.
            Creio que o VMWare ganha muito terreno com appliances, aquelas blades ou computador que já vem com ele instalado. O custo é alto porque a manutenção é menor e o suporte parece que funciona. Dizem que ambientes com Hyper-V administrados com o System Center fica uma boneca de bom e dá até para administrador VMWare com ele.

            O suporte é algo que conta, tive problemas com um servidor Hyper-V, o danado depois de uma atualização passou a usar um ip fantasma 192.168.1.111 que não são das VMs e de nenhuma NIC do sistema anfitrião, a solução do suporte da microsoft foi colocar este IP na zona de exclusão do DHCP. Acho que se isso ocorresse com o VMWare minha solução com o suporte teria atuado mais no problema do que num workaround.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @hamacker, sempre ouço falar do Xen, mas ainda não tive a chance de o ver em funcionamento. Apenas vi o VMware ESX funcionando em uma Blade HP. O monitoramento é muito detalhado, os recursos são fartos, a velocidade é ótima, e o aproveitamento de recursos do hardware parecem muito bom. Digo “parece” por não ter visto outro ambiente semelhante. Daí meu questionamento (aparentemente em defesa) do VMWare. Não que eu o considere a melhor opção. É a única que eu conheço neste porte. Para a empresa onde esta solução está funcionando, a melhor solução (segurança, estabilidade, custo, manutenção, suporte, e outros) foi a dobradinha Blade HP + VMWare ESX.

            Seria bem vindo um (ou mais) link comparativo do Hyper-V, do Zen e do VMWare, em ambientes corporativos. Alguém tem algum ?

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @Gilberto Martins,

            Comparativos são tendenciosos.
            No Google (em inglês) você acha um monte deles.
            O legal é você ver o funcionamento.
            Vá na página da Citrix dedicada ao Xen, lá você poderá fazer o download da versão gratuita do Xen que são 2 CDs, é como instalar uma distro Linux, a diferença é que após a instalação você não tem um shell é tudo orientado por menus simplificados, sim simplificados, porque as operações de backup/restore, live migration e tantas outras tem de ser realizadas por ferramentas administrativas que só rodam no windows. A diferença entre a versão gratuita e a paga é que a paga dá dinheiro ao suporte, enquanto a gratuita voce tem que renovar a licença todos os anos. Na mesma página você tem uma série de videos, desde a instalação até o uso das features, posso dizer que é muito bonito ver o cara arrastando um icone de um lugar para o outro e num passe de mágica a operação que você fez foi transferir a VM de uma máquina fisica para outra máquina física.

            Tem a versão opensource do Xen, que é do tipo faça tudo você mesmo, não é tudo mastigado, mas tem os mesmos recursos bombasticos.

          • tevi

            @Gilberto Martins, Cara ainda acho mais em conta o XenServer da Citrix….

    • marcosalex

      @epassos, heheh
      Como se o Hyper-V fosse comparável ao VMWare.

      • http://www.infob.com.br/site epassos

        @marcosalex, me diz em que eles não são comparáveis? No passado o Vmware realmente tinha muitas características que o Hyper-V não tinha. Hoje isso mudou.

        Muitas empresas estão migrando para Hyper-V. Além de ser mais barato, há uma considerável redução de custo com suporte quando você padroniza seu ambiente com somente um fornecedor.

      • ThiagoTietze

        @marcosalex,

        Na verdade isso é um velho pré conceito que o pessoal de TI tem com ferramentas alheias ao que já é amplamente utilizado.

        Como ferramentas como o Hyper-V, a Suite ESX da VMWare e a Suite XenServer da Citrix não podem ser comparados? Porque VMWare teoricamente é mais velho e confiável?

        Faça-me o favor.

  • maginotjr

    Sai dai o Cardoso, puxa saco da M$…
    fico de cara com pessoas que ficam puxando o saco da M$ e ainda ficam fazendo comentários como se fossem um mínimo inteligente, ai aparece um porra bosta igual esse epassos pra dizer que as ferramentas da microsoft são mto boas para o ambiente corporativo, vai aprender sobre sistemas operacionais, e isso serve pra todo mundo que ainda tem a cara de pau de dizer que o sistema da microsoft é maravilhoso. Vou até dar uma sugestão, começa por Sistemas Operacionais Modernos do A. Tanenbaum, depois estudo um pouco sobre arquitetura UNIX e pra finalizar aprende sobre segurança corporativa, depois vem comentar algo inteligente. Aposto que a rede do epassos é tão boa quanto a maioria da rede do governo flodada de servidores IIS, se M$ tivesse um sistema um mínimo bom já teriam deixado de ter vírus a uma década, por que caso vocês não saibam (e aposto que não sabem) vírus é um exemplo de algo realmente primitivo que so funciona em sistemas primitivos. A microsoft só é o que é por que vende um produto mediocre pra um bando de ignorante. Vão aprender sobre sistemas operacionais e depois comentem algo inteligente

    • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

      @maginotjr, 90 % cento do planeta é gente mediocre?!
      Por que trolls não se conforma com a realidade?!

      • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

        @lordtux, conformam

        • ThiagoTietze

          @lordtux, É, e se segue aquela mesma historinha de sempre…

          “Aposto que a rede do epassos é tão boa quanto a maioria da rede do governo flodada de servidores IIS…”

          Típico comentario de guri q passou em concurso publico e estuda linux pq é “digraça e é mto fóca e (insira sua trollagem aqui)”

          • maginotjr

            @ThiagoTietze, Nao filho, nao sou concursado, so nao defendo a hipocrisia igual a maioria, q finge defender um software pago por uma crenca de ser melhor ao invez de se basear em fatos. O problema dos fatos é que é necessário conhecimento pra se discutir, e crença, bom…crenca é o que vcs fazem, dizem q

          • maginotjr

            @maginotjr, dizem que é melhor sem nem ao menos saber o que tao falando. E cara, quer saber quem eu sou ? ta aqui meu email, a gente conversa, te mando meu curriculo, e dai tu vem me dizer q sou um concursado q aprendeu linux: maginot.junior at gmail.com

          • ThiagoTietze

            @maginotjr,
            Não sei onde li o seguinte:
            O ruim de ser um troll da internet é que sempre podem te dizer: “Você é virgem!”

            É por aí…

          • maginotjr

            @ThiagoTietze, pqp mais um comentario tipico de alguem ignorante que nao tem o que falar… afinal de contas o que tu espera com isso? Mostrar que o windows é melhor? Queres mostrar tua inteligencia com esse tipo de comentario?

            A cara, se é pra escrever algo, escreva algo descente né, pelo amor de deus, se for pra começar esse tipo de cmentário daqui a pouco vão xingar minha mãe e achar o máximo.

            Mas Thiago, parabéns pela sua inteligência e por seu comentário perfeito a minha resposta.

          • ThiagoTietze

            @maginotjr,
            Acho que depois disso aqui:
            “(outro porra bosta que faz uma faculdade de m** igual essas de TI do brasil que ensinam portugol e se acha o cara.)”

            O mais facil era só tu ficar quieto. Ao menos qualquer um tem educação e respeito de boca fechada / teclado desconectado.

      • marcosalex

        @lordtux, se 90% significa ser o melhor, a melhor caneta do mundo é a bic

        • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

          @marcosalex, sim eu sei, mas a microsoft tem o seu mérito por causa disso, querendo ou não.

    • luizfelipestang

      @maginotjr, por isso os primeiros virus era para unix neh. alias mesmo a internet tendo mais servidores linux que windows ainda assim ocorrem invasões e roubos não é mesmo.
      Dias atras eu consegui enxergar um root de um servidor linux mal configurado, consegui ler todos arquivos, menos apagar. de quem é a culpa do linux neh? não do otario que não sabe configurar direito.

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000359271375 Daniel Negrão

      @maginotjr, 2 pessoas “uparam” esse comentário, meu deus, em que mundo estamos :/

    • Peter Perpendicular

      @maginotjr, usou M$ perdeu a razão…

  • Xultz

    “Projetos de centenas de milhões de dólares que levam anos não são feitos de forma aleatória.”
    Pena que o Windows Vista não corrobora esta frase.

    • marcosalex

      @Xultz, heehehehe
      Quando eu leio essas notícias tendenciosas eu fico pensando: será que o Cardoso não sabia que esse a grande parte dessas coisas já existiam no Unix, Mac e até em SOs mais desconhecidos? Ou ele sabia mas fica torcendo pra ninguém conhecer e acreditar que a MS era tão revolucionária assim? Aliás, mesmo que fosse, de que adianta pesquisar primeiro e produzir depois de todo mundo?

      • Gilberto Martins

        @marcosalex, acredito que a letra B é a opção mais provável. Eu votaria nela.

      • maiconsaulfaria

        @marcosalex, pois é, também fico me perguntando: planeja, planeja, planeja… e chega sempre por último. Além disso, se você colocar 1 milhão de macacos em um escritório, com certeza poderá colher muitas profecias maravilhosas.

      • edivaldobezerra

        @marcosalex, Opção C. O cardoso faz esse post pra botar fogo na fogueira, e funciona.

        • http://ceticismo.net Pryderi

          @edivaldobezerra, o Cardoso tem o poder de enfurecer os trolls e transformá-los em monstros incontroláveis. ;)

          • ThiagoTietze

            @Pryderi,
            Po… é q fazia tempo né Cubone…
            Tem nego até dando mail… CV… ehehehe

    • luizfelipestang

      @Xultz, O Vista é o 7, so que foi lançado antes de estar pronto.

  • cgrahl

    O Cairo não acabou sendo o Windows NT 4.0? Que já tinha uma interface bem parecida com o Windows 95…

    • http://hamacker.santhanna.net hamacker

      @cgrahl,

      O NT 4 tinha cara de windows 3.11.
      Baseou-se no código que existia com a IBM que seria o futuro OS/3. O casamento não deu certo e deu a luz um fork.
      Contratou o pessoal da DEC e nasceu no NT.
      O Win95 não era o NT, o NT era uma geração criada do zero, enquanto o Win95 era uma evolução do Win3.1. O NT era tão diferente que tinha ports até para o processador concorrente da Intel.

      Depois do Win95 veio o NT 4.5, este sim, com cara de Win95, mas era apenas a cara.

  • Diavolul

    Acho que o mais importante não é esse mimimi ovo-galinha de quem teve a ideia primeiro. O que seria legal saber (que muito provavelmente não teremos acesso nunca) é se esse documento é mais um fruto de brainstorm de quem projetava como deveria ser o mundo da tecnologia alguns anos à frente e o que a MS poderia oferecer a esse mundo. Ou então, aí com o buraco muito mais embaixo, se seria uma relação de projetos já em andamento que concretamente poderiam ser postos em prática nas versões posteriores do Windows, e nesse caso, o que levou a MS a refugar em seus planos, se teriam sido questões técnicas de implementação, de maturação das tecnologias envolvidas, questões de mercado ainda não maduro o suficiente para lidar com tais inovações, whatever….
    Saber isso seria bem interessante…

    • Zmaster

      O que mais afirma a Microsoft como grande empresa, não é por copiar ideias!

      Mas saber como vende-la como sua e todo mundo acreditar!!

      Mas neste caso, a tempos tinha muitos projetos interessantes, pena estes não serem criados antes.

      Também pessoal, temos que lembrar que como uma grande corporação, a mesma adquiriu varias outras empresas menores, sendo que muitas tecnologias que hoje conhecemos e viremos a usufruir vem de outros, da qual foram incorporados pela Microsoft.

      Exemplo atual do próprio Google e suas diversas aquisições!!

      • Gilberto Martins

        @Zmaster, no que tange a frase “Mas saber como vende-la como sua e todo mundo acreditar”, recordo que em algumas conversas com amigos dizíamos que “o melhor da MS são o Excel, o qual é imbatível e quase essencial (se assim já não o for), o mouse (fantástico, resistente, excelente) e o departamento de marketing, que consegue convencer o mundo quase inteiro a usar um SO de usuário final com tantas falhas”.

        Acrescentaria nesta lista o AD, que acho que consegue bater o Excel em importância histórica, sendo hoje quase um “must” em redes corporativas. Depois o AD, trabalhar com LDAP (muuuuito velho …) é moleza.

  • http://quartapessoa.blogspot.com tariktarilonte

    Gostei do post. Depois de voltar da wwdc um tanto quanto apple freak, o campo de distorção da realidade está enfraquecendo e a força está se reequilibrando.

  • eduardodebastiani

    Bem ou mal, mas não há como negar que foi a Microsoft quem tornou viável a possibilidade de qualquer um hoje ter acesso a um computador. Se dependesse de qualquer outra empresa que existe hoje, estaríamos uns 10 anos atrasados nesse setor.

  • http://chantinon.blogspot.com chantinon

    O grande lance é que hoje todos sabem (mais ou menos) o que você está fazendo, mesmo que escondido. Um exemplo é Hollywood lançar 2 filmes IGUAIS ao mesmo tempo. Não existe mais um único desenvolvedor. Até uma vassoura hoje tem patente de alguém para você pagar, ou viver de renda como a Intergraph sugando a Intel.

  • http://bilgi.com.br/mr Moisés Robles

    Uma coisa que poucos param pra pensar é que se a Microsoft fosse esse monte de bost@ que todos pensam, eles não estariam no lugar onde estão e o Win7 não venderia tanto.

    Realmente é muito legal ver esse tipo de coisa em um momento como o que vivemos agora (onde a Apple é a Inovadora Salvação Mundial). Todas as grandes do vale do silício (Apple, Microsoft, Oracle/Sun, IBM, HP e etc) tem grandes engenheiros e tem ótimos trabalhos em desenvolvimento, quem ganha com isso somos nós que temos cada vez mais tecnologia nos ajudando no dia-a-dia (Twitter, Facebook e Orkut ficam de fora ok?)

    • eduardodebastiani

      @Moisés Robles, Muita gente gosta de olhar mais para o MARKETING da empresa (*appletards*) do que aquilo que cada uma faz de melhor. Quanto mais gente inovando, melhor. E viver sozinho é o melhor caminho para parar no tempo.

    • SandroCeara

      @Moisés Robles, Falou tudo!

      Sem contar que a grande maioria das iniciativas “free” ou “open” partiram como “resposta” a idéias que já estavam sendo exploradas pela iniciativa comercial.

      • http://hamacker.santhanna.net hamacker

        @SandroCeara,

        Iniciativas open ocorrem quando há alguma necessidade não atendida, existindo um software para isso ou não, pago ou gratuito. Lembrando que um software ser livre não quer dizer que será gratuito e que algo que é gratuito pode não ser livre.

    • Gilberto Martins

      @Moisés Robles, permaneço insistindo na velha tecla: como pode ser tão bom um SO de usuário final que precisa de programas de terceiros para garantir a proteção de ataques externos que se aproveitaram de suas falhas absurdas, e pelo visto ainda continuarão sendo necessários.

      Claro que o usuário final colabora muito fazendo o que não deve, mas por qual motivo é tão necessário (obrigatório?) que estejam presentes anti-malwares?

      Acredito que eu esteja enganado, mas a linha de SO Windows hoje é a única para a qual o uso deste tipo de software é obrigatório. MacOS é Unix, Linux é derivado de Linux, os antigos Amiga (até onde lembro) não usavam, os Atari muito menos.

      Antes que alguns comentários sejam tecidos, cito como exemplo o histórico NIMDA (http://en.wikipedia.org/wiki/Nimda) e o Code Red ( http://en.wikipedia.org/wiki/Code_Red_(computer_worm) ).

      Claro, há casos em que a ajuda do usuárioé fundamental, como relatado em http://www.techsupportforum.com/networking-forum/security-firewalls/318499-virus-malware-modified-my-computer-administrator-user-account-picture-provided.html

      Me parece que o usuário acima (como a maioria) usou o seu Windows com a conta administrador. Aí não tem jeito mesmo.

      • http://bilgi.com.br/mr Moisés Robles

        @Gilberto Martins, ai te faço algumas perguntas que podem te ajudar a refletir ainda mais sobre o assunto.

        O Windows roda na maioria das máquinas, logo é o maior alvo, se pegássemos todos os hackers que usam Linux para invadir Windows e pedíssemos o contrário, te garanto que iriam surgir muitas falhas até então não descobertas.

        Além disso, existe uma questão à qual não acredito muito mas pode ter seu pinguinho de verdade. Se os vírus acabarem, grandes empresas como Symantec e McAffee vão à falência, logo esses players podem de alguma forma incentivar certos ataques.

        Nenhum S.O. é perfeito, quanto mais complexo é o sistema, maiores são as chances de falha.

        Pra fechar, claro que o usuário em 99% das vezes tem culpa por ter clicado no lugar onde não devia… mas isso vai acontecer com qualquer sistema…

        • Gilberto Martins

          @Moisés Robles, respondendo:
          1) Acredito que você desconheça o processo de correção de falhas em Open Source. Sistemas de notificação de cada dsitro são acessados livremente por qualquer usuário, para notificar o problema. Um excelente exemplo é o bugzilla. As principais distribuições contam com apoio de desenvolvedores de diferentes capacidades que são notificados da falha e apresentam solução em tempos muito curtos, em geral. Dividir um grande problema em pequenos problemas e os distribuir para muitos resolvedores. Existem falhas, e elas não são ocultas. Veja a maioria delas no Bugtraq ( http://www.securityfocus.com/bid ), tanto para os *nix, como para MS Windows

          2) Esta afirmação de “retro alimentação” da indústria anti-malware é mais uma teoria da conspiração. Estas empresas não trabalham apenas com softwares “anti-malwares” mas com soluções mais amplas de segurança para ambientes corporativos.

        • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

          @Moisés Robles, exemplo disso é o firefox, lembro que quando comecei a usa-lo o que sempre era alardaedo era a seguranaça e estabilidade do sistema, depois foi crescendo, se tornando cada vez mais usado e nínguém falad isso hoje em dia, a mozilla está sempre soltando um patch para correções.

          Não existem sistema seguro até que ele seja amplamente usado.

          • luizfelipestang

            @lordtux, Eu não considero programas com vazamentos de memoria seguros. o IE e o Crome são bem mais seguros que o firefox somente por isso. deixa eles abertos e olha o consumo de memoria no fim do dia, o firefox come um monte sem parar. parece torneira aberta.

          • http://hamacker.santhanna.net hamacker

            @luizfelipestang,

            O Firefox pode até ter corrigido todos os problemas de vazamento de memória, mas isso não impede que componentes de terceiros não o façam. Quase todo o problema que tenho com o firefox tem um endereço : flash.

            O idem para o IE, não há como garantir o funcionando de um ActiveX que nem mesmo o IE tem controle.

          • thE Masterkey Blaster

            @luizfelipestang,
            mais uma vez essa história do FF consumidor de memória… :/

        • http://hamacker.santhanna.net hamacker

          @Moisés Robles,
          Esse é um FUD.
          É claro que ser popular fará todas as atenções voltarem-se para você, e qualquer falha, mesmo que pequena ganha grandes dimensões.
          Há alguns aqui que estão há anos esperando uma grande falha do Linux para falar depois “tá vendo, eu disse que era fálivel”. Reportam até programas batizados instalados por seus usuários como falha do Linux.

          Todo os dias há atualizações de segurança, logo, falhas existem e não vejo ninguem negando, mas winusers vivem dizendo que os usuários linux acham seus sistemas perfeitos.

          Bugs, opa, também tem, alguns até toscos como esse daqui :
          http://andregondim.eti.br/?p=1784

          A questão é que a segurança é levada a sério e os bugs são reportados e as falhas corrigidas. Não vejo vírus aproveitando brechas de protocolo ou de serviço para multiplicarem-se como no Windows, como foi o caso do conficker e tantos outros que para infectar não precisam de nenhuma ajuda do usuário.

          O OSX é unix, mas a segurança não é levada a sério e veja no que dá, é mais falível que o Windows.

          Usuário é colaborador na maioria das falhas de sistemas, mas convenhamos isso não irá mudar. O SO poderia complicar a vida do usuário desde que facilitasse a vida do admin ou do sistema. Veja o caso daqueles que estão usando o programa ultrasurf para burlar os esquemas definidos pelos sysadmins, pô usuário desse deveria ir para a cadeia, sem falar que coloca em risco toda a sua privacidade e poe na mão de alguem que ele nem conhece.

        • omine

          @Moisés Robles, o mercado de antivírus é milionário.
          não duvido de que as próprias empresas de anti-virus soltem um virus ou outro de vez em quando.

      • luizfelipestang

        @Gilberto Martins, Porque o Linux e o OSX são perfeitos e nesse caso não são afetados.
        Na verdade ja surgiram varios worms, virus e trojans para o OSX porque a superficie de ataque aumentou, ja que existem mais Macs agora do que antes.

  • http://bemquevi.wordpress.com TonyWalker

    hehehe Mosaic ainda instala, mas não abre nenhum site.
    ftp://ftp.ncsa.uiuc.edu/Mosaic/Windows/v3.0/mos30.exe

    • Peter Perpendicular

      @TonyWalker, Tente o da BBC…

      • http://bemquevi.wordpress.com TonyWalker

        @Peter Perpendicular, hehehe seu velho

  • omine

    particularmente não me importo muito com fato de ser revolucionário ou não…
    vc não precisa ser necessariamente revolucionário para ser reconhecido como bom.. o fator trivial é a contabilidade.. contas a pagar, contas a receber.

    um detalhe que muitos desconhecem é uma frase de um famoso pintor que o steve jobs comentou com o bill gates, quando o mesmo era funcionário da apple nos anos 80,

    “bons artistas copiam, grandes artistas roubam”

    pouco tempo após isso, steve jobs e a apple inteira levou o “golpe” que todos conhecem hoje por
    “microsoft windows”

    fonte: Pirates of Silicon Valley

    Do ponto de vista do Bill Gates, os computadores deveriam ser acessíveis pela população. Deveria ser globalizado, e permitir que até pessoas de baixa renda pudessem ter um em casa.
    Diferente da meta de Steve Jobs que sempre preferiu elitizar o computador.
    Nesse ponto da história, ironicamente, para surpresa de muitos que a desconhece, houve uma grande revolução, a qual permitiu que muitos, inclusive muitos dos que estão teclando aqui no meiobit, pudessem ter acesso a um computador.

    • luizfelipestang

      @omine, E a Microsoft ainda é vilanilizada, pelo simples fato de cobrar por um produto. Não vejo nada de absurdo nisso. Estranho são as ideias socialistas anticapitalismo.

    • Tan

      @omine; O famoso pintor atendia pelo nome de Pablo Picasso.

  • Rodrigo8

    todo mundo copia … mas há um abismo de distancia entre … copiar, fazer e colocar em pratica e isso poucos o fazem ai q esta a diferença. Falar é fácil, fazer q é outro papo. E a MS faz isso nao ha duvidas. Pior q geral nao tem a menor ideia do tamanho da MS, “trocentos” segmentos é mais q impressionate.

    • Gilberto Martins

      @Rodrigo8, considerando o tempo de existência do Ubuntu, e o terreno conquistado, considero a Canonical como uma das empresas mais expressiva dos últimos 10 anos, muito mais no segmento usuário final do que no corporativo.

      Ainda não está bom, falta muita coisa, mas a abertura de comunicação com os usuários, o retorno ao usuário, e o resultado em funcionalidades é fantástico.

      Para exemplificar, onde trabalho temos alguns servidores da série X da IBM (X3400 e X3200), não muito recentes. Instalamos o MS Windows 2008 R2, e o atualizamos. Na outra máquina, Ubuntu Server 10.04 LTS, também atualizado. Uma das coisas que mais chamou a atenção é o tempo de disponibilização do login: quase 5 minutos para o R2, enquanto em menos de 1 minuto o ubuntu estava em prontidão. Este mesmo tempo era MUITO maior na versão 8.04, também LTS.

      Este é apenas um fato do desenvolvimento do software, na realidade bastante insignificante. Mas mostra como a Canonical respondeu aos apelos dos usuários.

      • ThiagoTietze

        @Gilberto Martins,

        1 – “considerando o tempo de existência do Ubuntu, e o terreno conquistado, considero a Canonical como uma das empresas mais expressiva dos últimos 10 anos”
        Em comparação ao terreno conquistado pelo… Vamos ver… Windows 7… Podemos explicitar numeros e ver que a diferença é bem grande, certo?
        Que tal tu colocar a MS na tua lsita de empresas expressivas, e de preferência, na FRENTE da Canonical?

        2 – “MS Windows 2008 R2, e o atualizamos. Na outra máquina, Ubuntu Server 10.04 LTS, também atualizado. Uma das coisas que mais chamou a atenção é o tempo de disponibilização do login”
        O legal é ver o tanto de informações que tu colocaste aí… Ao que me parece, um Ubuntu Server e um WinServer, instalados e atualizados não servem pra muita coisa sem algo chamado “Customização”? Bem justa e esclarecedora essa tua afirmação de que um demora 5 minutos e outro 1 minuto, certo?
        Ah, outro detalhe… Tu já deve ter ouvido falar em Core Server neh?

        O medo que me dá são pessoas em ambiente corporativo, relevando coisas como essas pra definir uma estrutura.

        • Gilberto Martins

          @ThiagoTietze,

          1 – Não adoto briga de bandeiras. Se você acha que a MS é muito melhor mesmo sendo quase obrigatório usar anti-vírus, e sendo (acho) o único SO que precisa disso, é a tua inquestionável opinião. A popularidade se dá muito mais pelo medo de grandes mudanças, como de um SO (Windows) para outro (Linux, por exemplo) do que pelo medo de pequenas mudanças, como Windows XP para Windows 7.
          Aliás, em momento algum eu disse quem estava adiante de quem, como você faz questão de dar a entender. A Canonical conquistou este espaço em menos de 5 anos. Aprendeu com erros dos outros, focou em ocupar espaços desocupados, ainda não tem toda a organização estrutural que deveria/poderia ter. Mas ainda assim, em 5 anos apenas, fez muita coisa. Até mesmo a DELL reconhece isto ( http://meiobit.com/68133/dell-linux-mais-seguro-windows/ ). Se estes fatos (que não são meus) não emudecerem os teus reclames, você não está querendo conversar, está de birra e manha mesmo.

          2 – Aparentemente você tem uma dificuldade grande em compreensão de textos, ou é dos que usam “texto sem contexto”, ou seja, usa pretextos. Você esqueceu (omitiu intencionalmente?) de ler “Este é apenas um fato do desenvolvimento do software, na realidade bastante insignificante”. Estou comparando 2 SO recém instalados, sem serviços instalados, ou seja, o mais leve possível. Se não ficou claro, espero que tenha. Se ainda assim você continua insistindo em atravessar a interpretação do texto, nada posso fazer quanto a uma suposta dificuldade de interpretação de textos.

          Sim, ouvi falar, vi sua apresentação em um Road Show praticado pela Microsoft, conversei com um dos melhores profissionais Microsoft no NE (Sérgio Gomes), o qual foi um dos professores convidados em uma pós graduação.

          O que os fanáticos pela MS (como você) sempre apresentaram como sendo um retrocesso (ambiente CLI) a MS apresenta como alternativa viável e muito prátyica em diversas situações. claro, é um ambiente que no Unix remonta seus princípios de MULTICS. O SC foi um dos bons atos da MS.

          • maginotjr

            @Gilberto Martins, Esse é o grande problema. Qualquer um pode achar o que quiser, mas a diferença é a afirmação de que o Windows é melhor que Linux ou do que o Mac OSX por sua popularidade ou pelo fato de existir mais jogos/aplicativos pra essa plataforma. Isso não muda os fatos, de que a base UNIX é melhor que a base da Microsoft, é igual alguem ficar dizendo que o sol é menor que a terra e ficar toda a hora querendo afirmar isso pelo fato de que pessoas moram na terra e não no sol, isso não muda o fato do sol ser maior e ponto final, quem diz o contrario e ainda insiste no problema se mostra ignorante e burro.

            Concordo que cada um tem que usar o que quiser, e principalmente o que souber usar melhor.

            Mas não venham usar mil desculpas pra definir qualidade como se fosse popularidade.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @maginotjr, por favor ressalte no texto que eu escrevi o que lhe serviu para afirmar que estou usando desculpas para definir qualidade como se fosse popularidade.

          • ThiagoTietze

            @Gilberto Martins,

            Bah, pra deixar claro pela ultima vez e não vou me estender…
            Não defendo maldita bandeira nenhuma. Só acho teus argumentos muito rasos pra serem considerados um ponto de avaliação na definição de uma estrutura de TI.

            Sim, eu trabalho com Linux, e sim, trabalho com Microsoft.
            Sim, eu não sou DOIDO de colocar um Windows Server com um ISA, na ponta de uma estrutura de rede.
            Sim, eu não soi DOIDO de utilizar um Gateway de mensageria baseado em Microsoft.

            Já, parâmetros como “minha inicialização de SO dura X minutos” não são relevantes pra mim.
            Outros parâmetros tais como “não conigo fazer um filtro num arquivo no Windows”, são também tão rasos quanto. E ainda por cima não verídicos.
            Acho que a questão de utilizar linah de comando, nem é necessário comentar, certo?

            Mais uma vez, utilizar ESTES argumentos pra definir “quem é melhor”, é realmente um saco (talvez da mesma forma que dizer q o Windows é melhor por ser mais “popular”, também o seja…)

            Enfim… Fim de papo… Trollar eh legal mas nem tanto…

          • maginotjr

            @ThiagoTietze,E qual o TEU argumento? Até agora não vi nenhum argumento que prove que o windows tem uma melhor arquitetura, na boa, manda um livro ai pra nos ler, aceito ideias, vai que tudo o que eu sei ta errado, assim como teu Windows é o bixo, funciona perfeitamente, é o melhor OS que existe, muiiiiiiiito melhor que a base UNIX.

            Bem coisa de virgem mesmo, aquele tipo de rede que vive com problemas….
            depois eu que sou um Troll… ta certo

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @ThiagoTietze, ok, fim de papo. Não consigo continuar conversando quando você se posiciona como inflexível sem apresentar argumento forte o suficiente para isso. Esqueça o meu “raso argumento”, ele só se destina a quem consegue entender analogias, e assim vai além do texto.

            Quanto a ser “doido” de usar ISA na “ponta da rede” ou de “utilizar um Gateway de mensageria baseado em Microsoft”, talvez seja por você não saber fazer isso. Tive a oportunidade de trabalhar com profissionais que REALMENTE sabem fazer isso, e não tiveram nenhum problema.

            Repito, a fragilidade do SO está no profissional, o quão mais capacitado/preparado ele é para desempenhar o trabalho. Claro, quando o profissional “se garante” em fazer esta ou aquela tarefa apenas usando o SO X, ele sempre assim fará. Mas ele não pode culpar o fornecedor Y pelo seu desconhecimento e/ou desinteresse.

      • luizfelipestang

        @Gilberto Martins, O Ubunto tem um start do estado S4, é como se praticamente voltasse da hibernação, não da para comparar com o Windows, é injusto, o Windows não tem isso, ele incia cold sempre todas as veses. E o Windows Server com tudo instalado é muito mais coisa para carregar que o Ubuntu.

        • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

          @luizfelipestang, No caso que eu citei, o tempo foi medido depois da máquina ter sido ligada na energia. Esta condição que você mencionou diz respeito ao desktop. Estou me referindo ao Ubuntu Server 10.04, ambiente CLI, sem nada de servidor x.org. Ou seja, a inicialização é muito rápida mesmo.

          Claro, relembro que esta comparação foi feita sem nenhum serviço ativado nos dois. Nada de AD funcional no W2008, nada de squid no Ubuntu, nem nada. nenhum servidor. Apenas o SO puro.

      • Rodrigo8

        @Gilberto Martins, ubuntu para servidor ta de sacanagi

        • Rodrigo8

          esqueci.. vcs desligam os servidores ? estao preocupados com reiniciar ? minha ultima preocupaçao, é vcs tem um serio problema de configuraçao

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @Rodrigo8,

            1) “ubuntu para servidor ta de sacanagi” – A Canonical fornece suporte gratuito de 5 anos para continuidade do software, além de planos de suporte por email, on-line ou telefone. As correções de falhas são rapidamente disponibilizadas. Tenho usado Ubuntu em trabalhos pessoais meus e em locais onde trabalhei, entre eles órgãos estaduais. Qual o(s) problema(s) que você encontrou no uso de Ubuntu Server em atividades corporativas ?

            2) “vcs desligam os servidores ? estao preocupados com reiniciar ?” Que bom que você está perguntando, e não afirmando nada (não estou considerando a afirmação do final da tua frase). Os servidores aos quais me referi são de testes. Logo que tenhamos concluído nossa integração, estes comporão a rede de onde trabalho. Aliás, estamos integrando serviços em Linux com serviços em Windows, mais especialmente o AD.

          • http://bsrsoft.com.br André Luis Pereira dos Santos

            @Gilberto Martins,

            Aqui no datacenter temos apenas 20.000 servidores Ubuntu.

            É sacanagem mesmo… kkk

            O Ubuntu alia facilidade na administração, estabilidade parecida à do Debian e atualizações frequentes.

            É o paríso para quem controla milhares de servidores.

            Nossos clientes estão satisfeitos.

            PS: Temos aproximadamente 1.500 servidores Windows entre 2003 e 2008.

  • http://www.comodismo.com mts.abreu

    Muito legal esse artigo, concordo com muito do que foi dito, essas “grandes” empresas tudo se copiam, e não tem mocinho e vilão.

  • lets2rock

    Bem, acho que isso só prova a maestria da MS em copiar/kibar. Digo isso por que, provavelmente, essas idéias foram criadas muito antes, só que o desconhecido Phill Gates, bisavô do moço da foto, fazia parte de uma empresa chamada, e teve acessos aos projetos, então…

    Tá, tá, parei. :D

  • http://hamacker.santhanna.net hamacker

    Copiar também é um mérito, o terrível é ficar apenas na cópia superficial.
    O Win95 foi a cópia escrachada do Mac, na época.
    Muita propaganda enganosa na época, 32bits era pura enganação, na realidade apenas o WinNT o era.
    Os jogos que diziam ser melhores era um fiasco ainda me lembro quando jogava pitfall para Windows95, eu tinha que dar alguns saltos, a máquina dava aquela paradinha (soluços) e no jogo o herio henry pitfall perdia a vida porque o salto não pegou impuso – maildita paradinha.

    Embora eu prefira o Linux para trabalhar, reconheço que o Win7 é o estado da arte da Microsoft, para ficar melhor só se portassem ele para Linux.

    • PauloDDD

      @hamacker, Bons tempos de Pitfall. Oncinha chata aquela não?!

    • thE Masterkey Blaster

      @hamacker,

      embora eu concorde com boa parte do seu comentário. Até onde me lembro, não era tão enganação assim. O win95 era 32 bits, o que atrapalhava era se você tivesse aplicações 16 bits que faziam o kernel rodar em 16 bits em modo de compatibilidade (isso continuou nos windows desktops à frente até acho que o XP…).
      Me lembrou até um atirgo muito interessante falando sobre o Windows 3.11.
      Se o Windows 3.11 exigia um processador 32 bits, porque ele era chamado de 16 bits?
      resposta nesse blog aqui. (em inglês)

      • http://hamacker.santhanna.net hamacker

        @thE Masterkey Blaster,

        Ter algumas caracteristicas 32bits não quer dizer que o sistema é um 32bits puro sangue.
        Porque se for assim, tinhamos no win3.1 acesso 32bits I/O, a Api win32s, …
        Chega a ser uma aberração o Win95 depender do MSDOS para ser carregado, tirava o himem do config.sys e o windows não subia mais, que 32 bits era esse ? um dos piores.

        Quem chegou a ver o OS/2 ou NT, sabia que dava para formatar um disquete e rodar um programa simultaneamente, no Win95 era tudo meia-boca.

        • thE Masterkey Blaster

          @hamacker,
          Você leu o artigo do blog que eu linkei? tá em inglês, mas acho que vai gostar ;)

  • gustavoneves

    Esse Post tem cara de Post pago tentando mostrar que MS é …, caso não seja.

    —————————————————————–
    Eu sempre comentei que que se pegassem todos os que trabalham nos projetos Windows(OS)
    E mandassem eles pra p…
    —————————————————————–
    Montassem uma equipe com todos os responsáveis pela microsoft games, directx, alguns do .NET e do SQLServer. Seria um OS muito bom e confiável, talvez precisasse de uma placa de vídeo muito forte hehe mas seria excelente.
    —————————————————————–
    O que me incomoda na MS é a falcatrua atrás de bugs. Vírus ??? caramba são bugs que acharam vamos corrigir isso hoje e o WindowsUpdate vai atualizar automaticamente e você não precisa se preocupar com isso mais.
    —————————————————————–

    Se fosse um OS gratuito todo bugado que é o Windows que se exploda.
    Mas é pago e bem pago e se esses bugs afetam a produtividade ai que indigna mais.

    • http://www.infob.com.br/site epassos

      @gustavoneves, é realmente fazer um SO é bem fácil. O fato de ele ter que ser compatível com uma infinidade de hardwares pelo mundo não faz diferença?

      Não existe sistema seguro quando o usuário ou administrador é burro como porta.

      • gustavoneves

        @epassos,
        Mas ele pode continuar sendo compatível com Hardwares comentei de a propria MS fazer mas com o cuidado e qualidade dos jogos da MS.

        Ser compatível com milhares de hardwares não é tanto beneficio assim. intel , amd , ibm dominam o mercado de cpus e chipsets temos poucas também.

        Dispositivos usb não são tão complicados de criar o driver.
        Todos os que comprei até hoje rodarem bem no linux & mac.

        Ser compativel com coisa velha da epoca do Windows ME não é benefico nenhum pro WIN
        ——————————————————————————————-
        Acredito que boa parte das empresas que criam “periféricos” são meio burrinhas nesse ponto.

        Fazem o seu proprio driver não expõe as informações necessárias p/ criar um etc, não atualizam direito o driver quando atualizam.

        Ao enves de liberar o source que usaram p/ a MS Apple Linux etc e liberar o source.
        Afinal não interessa p/ um empresa que vende impressora ganhar $$$ vendendo driver da mesma.

        ————————————-

        Acredito que um dia o Windows vai ser muito bom, quando os “pelegos” que criam ele no momento se aposentarem.Não falo do tio bill afinal duvido que ele programe algo.

        Mas hoje ele ainda não serve pra produção. (no meu caso)

        • thE Masterkey Blaster

          @gustavoneves,

          “Ser compativel com coisa velha da epoca do Windows ME não é benefico nenhum pro WIN”

          pro win talvez não… mas pros usuários é sim. Vale lembrar que o Vista foi muito pisoteado por não ser tão compatível com os programas e periféricos anteriores quanto se esperava… (se esperava, no caso, o usuário em geral)

          “Fazem o seu proprio driver não expõe as informações necessárias p/ criar um etc”
          Acho que isso é mais medo de roubarem conhecimento (como é comum hoje na china) do que do resto…

          “não atualizam direito o driver quando atualizam”
          Eu tenho que concordar, elas não atualizam direito mesmo… Mas… wait… não era você que disse que não era importante ser compatível? ou você quer dizer que a culpa da MS se preocupar com os drivers antigos é das fabricantes de Hardware?

          • gustavoneves

            @thE Masterkey Blaster,
            Sabe uma coisa que a Apple manda bem nesse ponto:
            Ex: Macbok com core 2 duo 2 cpus de 2.4ghz 3mb cada hd bacana todo o hardware dentro dos requisitos recomendados pro OSX.

            Ai vc vê direto uns pcs fraquinhos sendo vendidos com o Windows ai o cara pega aquela pc de loja entope de porcaria.
            1 mês depois diz que o vista é uma bosta etc etc etc.

            Falta a MS vender seu proprio hardware. Um pc Bacana com requisitos e com o design MS com mouse MS e teclado etc.
            Monitor. acredito que não seja tão complexo pra MS criar seu proprio pc.

            Apple só tem a placa mãe Apple.
            Placa de video nvidia.
            cpus intel
            net broadcom.

            etc etc.

          • thE Masterkey Blaster

            @gustavoneves,

            A MS já até teve um computador… e tinha o…. MSX :D

          • gustavoneves

            @thE Masterkey Blaster,

            Hahah esse não conta é 1983~1995

            dúvido que rode até o 3.11 haha

            mas isso ia ser bom p/ a MS mesmo que custasse o preço dos Sony Vaio de hoje
            quer ver como um hadrware faz a diferença poe um windows num macbook. O Hardware ajuda muito hehe.

  • maginotjr

    rapaziada, o nivel de conhecimento de vocês em SO é tão ridiculo quanto o do cardoso. Nunca vi tanta besteira sendo falado sobre SO, começou no post e ta continuando nos comentários, sério galera, vão ler um pouco sobre SO, arquitetura de sistemas, vão entender um pouco sobre como um sistema operacional funciona e depois comecem com esses comentários rídiculo sobre *NIXes e M$.

    Chegaram a falar de vírus e que o Linux não tem esse tipo de coisa por que o windows é mais popular, isso foi o cúmulo da ignorância, pois se soubessem o que tão falando iriam saber a diferença de como um vírus se comporta em um sistema UNIX e em sistemas Windows.

    http://www.submarino.com.br/produto/1/21496070/sistemas+operacionais+modernos?menuId=1332
    comecem por esse, depois que terminarem a índice de referência é muito bom.

    • gustavoneves

      @maginotjr,

      Concordo contigo nesse ponto de Vírus.

      Vírus é como chamam um programa que explora um bug.

      Uso OSX como Workstation ele tem bugs
      Servidores Linux Tem bugs.
      FreeBSD tem pouquíssimo mas tem seus problemas.

      O que me incomoda é como corrigem esses bugs.

    • barefoot

      @maginotjr, estou me sentindo tão burro! Meu nivel (sic) de conhecimento em SO é tão fraco que vou pedir desculpas à minha professora, Tia Isabel. Juro que tentei ler o ‘Tanembaum’, mas jogar Quake era tão bom…

      • maginotjr

        @barefoot, ta desculpado

        tao vendo pessoal, pelo menos tem gente que admite a burrice.

        (outro porra bosta que faz uma faculdade de m** igual essas de TI do brasil que ensinam portugol e se acha o cara.)

        • thE Masterkey Blaster

          @maginotjr,
          ô moderaçãooooooo!!

    • http://www.lordpinguim.blogspot.com lordtux

      @maginotjr, Pelo menos temos liberdade para pensar independente de crenças. Tem gente que defende SO como se fosse a própria mãe, isso sim é ridículo.

      • gustavoneves

        @lordtux,

        heheh normal defender tipo time de futebol

        Tem um amigo assim MS até a morte etc etc.

        Uso linux pra que o Linux funciona bem mac como desktop porque ta bom por enquanto.
        BootCamp Windows-XP sem anti-virus nem nada só pra jogos.

        Legal é tirar proveito do que o OS faz de bom e não depender dele.

        • ThiagoTietze

          @gustavoneves,
          O problema é defender sem embasamento.

          Ou simplesmente dizer que “rapaziada, o nivel de conhecimento de vocês em SO é tão ridiculo quanto o do fulano…”

    • luizfelipestang

      @maginotjr, É incrivel que essas pessoas que entendem do funcionamento de SO não entendem nada do mercado de negocios e ficam achando que somente aspectos tecnicos é o que importa. Esquecem do lado humano, que inclusivel é a peça mais fraca, e na segurança os sistemas são tão seguros quanto a peça menos segura. Logo a culpa de virus e invasões é do usuário sempre. Não somente do sistema, mas sim do sistema operacional e do usuário tambem. Se não é o Windows é o OSx, ou até mesmo Linuxes mal configurados.

      • maginotjr

        @luizfelipestang
        não é questão de explorar um bug, é questão de nível de segurança do próprio SO, explorar um Bug qualquer sistema no mundo tem, chama-se exploit, vírus não é exploit, vírus é uma burrice.

        Pros windows fans ai, por que o Windows tem o Registro? Não devem nem saber, afinal M$ é o que é hoje por que tem um sistema muito bom! (by @Zmaster)

        querem usar Windows, usem. Querem criticar o Linux, o MacOS X critiquem, mas façam isso sabendo o que tão falando. O Windows ta cheio de joguinho, claro que tá, mas isso não faz dele um sistema melhor, mais robusto, eficiente e mais bem desenhado. Até por que desenho desenho de software nesse nível normalmente utilizam equipes de cirurgioes (http://www.amazon.com/Mythical-Man-Month-Software-Engineering-Anniversary/dp/0201835959)

        Quem fala mal do MacOS X como sistema são aqueles que primeiramente nunca o utilizaram, segundo são aqueles que nem sabem o que se passa por baixo dos panos do SO: comecem por esse livro http://www.amazon.com/gp/product/0321278542/

        E pra aqueles que acham que depende so de mercado, hoje a Apple vale mais do que a Microsoft, ué, a m$(e uso denovo, quero ver meu lpi3 nao valer nada por causa desse sifrão -> server pro @Peter Perpendicular) não possui os melhores produtos já que tem o maior mercado?

        To fora desse papo já que Censuram minhas respostas!.

    • Fantasmazul

      @maginotjr, Eu me senti tão ridículo quando o Linux atualizou e não carregou a interface gráfica, tive que perder horas revirando foruns tentando achar uma solução para o problema (usando Windows, que burro dá o 0 pra mim), que foi a desinstalação dos drivers da NVIDIA que deixaram de ser compatíveis com o Kernel versão XXX.

      Me senti ridículo, mas não tão ridículo quanto você e seus comentários.

    • http://bilgi.com.br/mr Moisés Robles

      @maginotjr,

      somos todos burros, você é o f.o.d.ã.o… espero que você aproveite muito bem seu emprego como.. han, pra vc dizer isso deve no mínimo ser engenheiro? ou não, é um estagiário de m3rda que só que não sabe o que fala?

  • maginotjr

    não é questão de explorar um bug, é questão de nível de segurança do próprio SO, explorar um Bug qualquer sistema no mundo tem, chama-se exploit, vírus não é exploit, vírus é uma burrice.

    Pros windows fans ai, por que o Windows tem o Registro? Não devem nem saber, afinal M$ é o que é hoje por que tem um sistema muito bom! (by @Zmaster)

    querem usar Windows, usem. Querem criticar o Linux, o MacOS X critiquem, mas façam isso sabendo o que tão falando. O Windows ta cheio de joguinho, claro que tá, mas isso não faz dele um sistema melhor, mais robusto, eficiente e mais bem desenhado. Até por que desenho desenho de software nesse nível normalmente utilizam equipes de cirurgioes (http://www.amazon.com/Mythical-Man-Month-Software-Engineering-Anniversary/dp/0201835959)

    Quem fala mal do MacOS X como sistema são aqueles que primeiramente nunca o utilizaram, segundo são aqueles que nem sabem o que se passa por baixo dos panos do SO: comecem por esse livro http://www.amazon.com/gp/product/0321278542/

  • maginotjr

    fui censurado =X
    pelo menos a atitude combina com a microsoft.

  • joseeduardofigueiredoaraujo

    Não se enganem, não se vendem sistemas operacionais(SO),vendem atualizações.Acho que me fiz entender ou não?????

  • gustavoneves

    Parabéns pelo Post Carlos Cardoso.

    O nível de engagement ao assunto ta aumentando heheh.

  • http://hamacker.santhanna.net hamacker

    Mas tem algo que a MS não copiou de ninguém.
    A cultura da atualização obrigatória.
    Na década de 80 e inicio de 90, as pessoas não atualizavam com tanto rigor os seus sistemas e tampouco seus computadores.
    Tinha gente rodando Autocad 4 tanto quanto ainda rodava Autocad 7.
    Com o Win95, tudo passou a ser tão efêmero.
    Todos correram para trocar de computador ou fazer upgrades e estamos fazendo até hoje a cada novo release do Windows. A partir daí, como um vírus, todos os produtos (software e hardware) ainda mal testados (poderiam até ser chamados de beta) são lançados no mercado e vendidos como a ultima bolacha do pacote e quando vem uma atualização todos ficam agitados.

  • http://twitter.com/vitprado Vitor Prado

    Se manter como líder de mercado é complicado, ter essa visão é importante mesmo.
    Agora eu imagino, o que que eles estão planejando HOJE ?

    obs: MeioBit vendendo iPhone no meio dos posts? =\

    Os links daqui já foram mais valiosos…. pra nós, é claro…

    • http://erasedcitizen.wordpress.com Lepper

      Link valioso é com o Laguna. Aposto que ele recebe por fora por cada link que posta.

      • http://twitter.com/vitprado Vitor Prado

        @Lepper, Mas o que eu não entendi ainda… o Meiobit vai começar com isso de links no meio dos posts mesmo? =\

        Tudo bem o site gerar uma grana… tudo bem querer cada vez mais… mas no meio do post é foda, nós PRECISAMOS dos links para sobreviver!! kkkkkkk

        Espero que esse sacrifico valha muito a pena.

  • maginotjr

    Todos falam muito do Linux, beleza, o Linux é um sistema Free, aberto e muito bem estruturado apesar de muitas mão mexendo nele ao mesmo tempo. Se o teu Linux deu problema ao iniciar, problema é teu que é burro e usa um sistema sem saber usar, vai pro Windows e fica feliz nele, não vai mudar o fato de um sistema ser melhor que o outro a diferença é claro é que provavelmente teu windows é 100% original, não deve ser pirata e não deve ter nenhum software pirata não é mesmo? Aposto que se fossem obrigados a pagar pelos softwares que usam e não pudessem simplesmente baixar o crack ou o torrent vocês teriam opniões bem diferentes. Vocês são tudo hipócritas, defendem um sistema pago e dúvido aquele que pagou por todos os softwares que usa, mas tudo bem, a gente sabe que sempre existe meio crime no brasil assim como tem meio bit.

    E pra aqueles que querem saber sobre mim é só perguntar, ta aqui meu email: [email protected], não tem o que esconder e garanto que não sou nenhum estagiário desinformado ou ignorante (como falaram), e diferente da maioria, tenho minhas opniões bem formadas, não sobre a razão de se usar o SO que quiser, afinal isso é a escolha de cada um, mas sim na verdade de saber e falar o que é um sistema bem feito de verdade e não essa ilusão que vcs vivem que mais parece uma crença do que uma ciência. A base UNIX é de fato melhor que a da m$ (denovo eu vou usar o $ e vou continuar usando) isso é fato e pronto. Independente do software xyz que se use em qualquer sistema, fato é fato.

    E quem quer ficar no Windows, problema é teu, vai continuar limitida, em um sistema defeituoso, proprietário e sem graça, quer pagar vai pro MacOSX enão, não precisa ir pro Linux já que é um sistema complicado feito apenas pra quem sabe o que ta fazendo (vão discordar agora tb?).

  • sanducero

    ” Particionamento on the fly – “Suporte a reparticionamento sem reboot” ”

    20 anos depois, e instala um programinha e dale reboot nele. nota 10, hein! acho que é Pesquisa e Imaginação, em vez de Desenvolvimento.

    • luizfelipestang

      @sanducero, Deve ser porque a utilidade pratica disso para o usuário é minima. Por isso somente imaginaram, mas nem gastaram tempo desenvolvendo algo que não vai trazer nada de bom, ainda mais considerando que existem falhas e coisas que o usuário pode precisar antes de um particionador.
      Nem me lembro da ultima vez que formatei o meu hd do pc de desenvolvimento, faz uns 2 anos que tenho o mesmo XP. A ultima vez que fiz isso foi quando comprei pc novo.
      E meus clientes geralmente formatam o pc e limpam tudo, não tem necessidade de particionar sem reiniciar, se para reinstalar o SO tem que reiniciar de qualquer forma.

  • skyvolt

    A Micosoft, quer dizer a Microsoft tem mesmo uma visão de futuro. Lembram do livro que Uncle Bill lançou nos idos de 1996 se não me engano? Lá falava de muita coisa que hoje já temos. Para verem mais o que a Microsoft planeja para o futuro, algo como 2019, sei lá se tanto tempo assim, procurem no YouTube por “A Glimpse Ahead” ou “Microsoft Labs 2019″ e vejam o que eles imaginam (ou estão construíndo) o futuro.

  • maginotjr

    Todos falam muito do Linux, beleza, o Linux é um sistema Free, aberto e muito bem estruturado apesar de muitas mão mexendo nele ao mesmo tempo. Se o teu Linux deu problema ao iniciar, problema é teu que é burro e usa um sistema sem saber usar, vai pro Windows e fica feliz nele, não vai mudar o fato de um sistema ser melhor que o outro a diferença é claro é que provavelmente teu windows é 100% original, não deve ser pirata e não deve ter nenhum software pirata não é mesmo? Aposto que se fossem obrigados a pagar pelos softwares que usam e não pudessem simplesmente baixar o crack ou o torrent vocês teriam opniões bem diferentes. Vocês são tudo hipócritas, defendem um sistema pago e dúvido aquele que pagou por todos os softwares que usa, mas tudo bem, a gente sabe que sempre existe meio crime no brasil assim como tem meio bit.

    E pra aqueles que querem saber sobre mim é só perguntar, ta aqui meu email: maginot.junior at gmail.com, não tem o que esconder e garanto que não sou nenhum estagiário desinformado ou ignorante (como falaram), e diferente da maioria, tenho minhas opniões bem formadas, não sobre a razão de se usar o SO que quiser, afinal isso é a escolha de cada um, mas sim na verdade de saber e falar o que é um sistema bem feito de verdade e não essa ilusão que vcs vivem que mais parece uma crença do que uma ciência. A base UNIX é de fato melhor que a da m$ (denovo eu vou usar o $ e vou continuar usando) isso é fato e pronto. Independente do software xyz que se use em qualquer sistema, fato é fato.

    E quem quer ficar no Windows, problema é teu, vai continuar limitida, em um sistema defeituoso, proprietário e sem graça, quer pagar vai pro MacOSX enão, não precisa ir pro Linux já que é um sistema complicado feito apenas pra quem sabe o que ta fazendo (vão discordar agora tb?).

    • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

      @maginotjr, não vou comentar todo o texto que você escreveu, pois boa parte dele eu discordo, mas não vai resultar em nada. Entretanto quero lembrar de um documento que você conhece, já que você não é nenhum estagiário desinformado. O Linux Advocacy tem um capítulo Canon of Conducts (para os que não conhecem, podem ler este texto completo em http://www.datasync.com/~rogerspl/Advocacy-HOWTO-6.html), de onde separo o seguinte:

      – Always remember that if you insult or are disrespectful to someone, their negative experience may be shared with many others. If you do offend someone, please try to make amends.
      – Respect the use of other operating systems. While Linux is a wonderful platform, it does not meet everyone’s needs.
      – Refer to another product by its proper name. There’s nothing to be gained by attempting to ridicule a company or its products by using “creative spelling”. If we expect respect for Linux, we must respect other products.
      – Don’t insist that Linux is the only answer for a particular application. Just as the Linux community cherishes the freedom that Linux provides them, Linux only solutions would deprive others of their freedom.
      – There will be cases where Linux is not the answer. Be the first to recognize this and offer another solution.

      Apenas poucos itens foram citados, deste documento relativamente antigo (1995/1996). Entretanto, este documento é muito importante e deve ser conhecido por todos os que trabalham com software livre. Evitam problemas desnecessários.

      Em tempo, no passado, deixei de colaborar com o Meio Bit por causa de extremismos e fanatismos, tanto para MS, como para Linux. Retorno agora esperando encontrar melhor qualidade nos posts.

      • maginotjr

        @Gilberto Martins, Cara, a tua visão ta distorcida? Aonde eu to sendo fanático ??? Eu falo de um fato e isso é fanatismo? Não to pedindo pra ngm usar nenhum SO, mas não vou achar inteligente, sensato ou certo comentários ridiculos dizendo que a plataforma da MS é melhor, não é. Ponto. Por mais que alguem goste de um ou de outro a base UNIX é tecnicamente melhor, mais robusta, segura e estável.

        Além do mais, diferente do pessoal q me chama de troll, virgem, e daqui a pouco vao estar chingando minha mae, Ignorante e Burro não palavrões, e se querem provar diferença mostrem com comentários certo e inteligentes.

        Agora vem dizer que não é hipocrisia? A maioria que comenta aqui usa/usou software pirata. Ai pega o Linux pra cristo dizendo que é uma *** por que não tem um software xyz de graca pra esse cidadao utilizar, por que o cara nao faz ao invez de reclamar? Nao, ao invez de fazer, ele reclama e baixa um torrent desse software pra windows e o usa. Isso pra mim é hipocrisia.

        • thE Masterkey Blaster

          @maginotjr,
          acho que Eu perdi alguma coisa… quem reclamou que não tem um software xyz de graça?

        • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

          @maginotjr, por partes:
          1) “Cara, a tua visão ta distorcida? Aonde eu to sendo fanático ??? … Por mais que alguem goste de um ou de outro a base UNIX é tecnicamente melhor, mais robusta, segura e estável.”
          Você está transparecendo um fanatismo pela plataforma *nix. Ela não atende a todas a necessidades. Há detalhes que vão além do técnico, que podem inviabilizar *nix em detrimento de soluções MS (There will be cases where Linux is not the answer. Be the first to recognize this and offer another solution).

          2) Sim, usei muito software pirata, até entender que há alternativas. Entretanto, usar alguns softwares piratas me criou um padrão operacional que não pode ser seguido com os softwares livres de antes. Como eu estudava para certificação, achei melhor adotar uma postura mais rígida comigo: “ou funciona com Linux ou não uso”. Hoje me atende em quase tudo que faço. Entretanto, usuários finais não se prestariam a isso, e em algumas situações, o custo e o tempo necessários para envolver uma equipe ou uma empresa toda neste ambiente pode inviabilizar uma migração. Quando a Canonical adotou o mote “Linux for human beings” ela conseguiu diminuir distâncias do Linux para a MS.

          • gustavoneves

            @Gilberto Martins,

            Eu trabalhei em uma empresa que 90% do software era nix

            Servidores BSD & Linux

            A parte contabilidade e financeiro era Windows, por causa dos softwares utilizados.
            Obs. não era o office eram ferramentas de contabilidade e um CMS que eles utilizam
            http://www.benner.com.br/novosite/web/ muito bom mas era 100% MS e com sqlserver.

            o Proxy / gateway e firewall no começo era uma bosta um Linux mal Configurado.
            Depois entrou alguem que sabia o que tava fazendo e migrou pra um BSD bem configurado que funcionava muito bem.

            A única queixa do pessoal do suporte era que eles tinham que reiniciar os servers windows com maior freqüência que os linux/bsd.

            O Linux/bsd era reiniciado só pra update ou manutenção do hardware.

            No mais o Windows ia muito bem devidamente configurado.
            E um detalhe importante o server SQL server estava isolado da internet apenas com as portas do DB e sem anti-virus e nunca vi dar problema nele.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @gustavoneves, você relatou aqui um excelente exemplo de 1) experiência do profissional responsável, e 2) multiplataforma atendendo a uma necessidade.

            Quanto aos servers windows necessitarem de reinicialização constante, isso sempre foi fato, devido a um gerenciamento de recursos pouco eficazes, principalmente até o 2003. Espero que haja melhoras no W2008.

            Só pelo que você relatou quanto ao isolamento do SQL, já deixa claro a existência de um projeto minimamente configurado. Excelente !!!

          • gustavoneves

            @Gilberto Martins,

            Mas é bem comum reclamarem um monte de um OS linux / mac / win

            ai vc vai ver o cara tem um hardware mediano win/linux default

            rodando isa + sql server+ad + compartilhamento do diretório de mp3.

            Ai ferra qualquer OS.
            Mas esse caso ai que citei é bacana sim.
            Eu tinha um server que rodava algumas apps nossas com
            Linux / MySQL / Tomcat / SVN +/- isolado da net também.
            Ele servia a APP pela porta 80 mas não saia nada alem disso.
            os arquivos eram publicados pelo svn da rede local.

            resumindo na rede-local era 80+porta do svn que não lembro agora + 3306

            Na net em outra interface era apenas porta 80
            isso escondido atras do firewal que tinha na empresa e o balanceador.

            cara nunca deu problemas aquele server.
            Só paramos de usar porque a app foi colocada em outro server melhor junto com outros servers.

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @gustavoneves, é a diferença do fator humano. É comum ver servidores e usuários no mesmo segmento, quando deveria haver um firewall entre segmentos, com restrição de acesso com critérios como protocolo, endereço de destino e portas de destino. Isso, no mínimo.

            Como se pode então afirmar que SO1 é melhor/pior que SO2 ? Aí está minha preocupação com os técnicos oportunistas. É bem verdade que projetar uma estrutura destas encarece o trabalho, e sempre haverá o filho do amigo da prima do amante da esposa do [...] do conhecido do colega que cobra apenas R$ (1/8 do valor que eu cobrei), e o nosso cliente vai querer diminuir nosso custo balizando nosso esforco pelo esforço do “técnico”. Ou seja, nos rebaixando.

            E nós perdemos tempo na guerra de bandeiras …

            Sds

  • RodyBr

    Gostei do post Cardoso.
    Bill Gates tem os seus méritos (tirando o caso do DOS). Uso Ubuntu desde a versão 7, e estou feliz com meu Ubuntu 10.04 numa partição e Win 7 Ultimate (que comprei na FNAC) na outra partição. E digo que ambos não são perfeitos, mas ambos me satisfazem pois cada um atende algo que preciso que outro não me atende.

    • maginotjr

      @RodyBr, Claro que o Bill Gates tem seus méritos, quem não queria ter feito o que ele fez e ter ficado bilionario igual ele ficou?
      A Microsoft inteira é uma corporação que conquistou praticamente o mundo inteiro com seus produtos o único problema é que desde o começo trabalharam com uma base defeituosa e por questão de mercado nunca mudaram radicalmente como a Apple mudou do OS 9 pro OS X, ai hoje a gente encontra um Windows “melhor” porém ainda compatível cmo o passado, e logo com os problemas. Se m$ (to usando o $ denovo!) quisesse poderiam acabar com os vírus e malwares, mas o preco disso seria uma troca geral do sistema, o que traria incompatibilidade com os softwares atuais…..
      Agora, colocando uma OBS aqui, isso que eu gosto no Mac OS X, traz o bom dos 2 mundos, tem as vantagens de ter ótimos programas desenvolvidos por grandes empresas e a base sólida de um sistema Unix.

      • http://www.meiobit.com Ricardo Bicalho

        @maginotjr, Só esqueceu de um problema: quem paga a conta?

        Existem empresas grandes que ainda usam IE6 porque possuem centenas de máquinas em uma dúzia de departamentos, espalhados por vários países e cada um com suas particularidades tecnológicas.

        Se fosse fácil assim quebrar a compatibilidade com o passado, o COBOL não estaria sendo usado até hoje para realizar transações bancárias, nem a Receita Federal usaria INGRES e SYBASE como base de dados.

        A Microsoft se deu mal com o Vista porque não deu opção aos clientes, pagantes, de se manterem no passado. Resultado? XP Mode no Windows 7.

        • maginotjr

          @Ricardo Bicalho, concordo 100%.

          Isso é fato, para uma empresa como a MS que dominou o mercado seria um prejuizo de bilhoes a troca radical de sistema, ou talvez funcionasse como uma boa jogada de marketing aonde a queda precede uma acensão, mas quem arriscaria? A Apple já estava em uma condição melhor, já que estava a beira da falência na época que inovaram tudo, inclusive o sistema pro OS X.

  • http://www.meiobit.com Ricardo Bicalho

    @maginotjr, Por favor, pare de usar o m$. Matenha a conversa em alto nível.

    • maginotjr

      @Ricardo Bicalho, cara, como tu foi um dos pouco que foi sensato no que falou e além de tudo educado até vou abrir mão do $ pra esse tópico, mas que é uma idiotice se sentir queimado por um cifrão é.

      • http://www.meiobit.com Ricardo Bicalho

        São regras do blog. Acho toda a discussão que levanta bandeiras uma perda de tempo. Quem realmente importa, os CEOs, continuam ganhando dinheiro, os programadores continuam programando e melhorando.

        Amigo meu desistiu de tocar um projeto pequeno opensource por falta de auxílio. As “contribuições”, segundo ele, eram pedidos de features e reclamações.

        • maginotjr

          @Ricardo Bicalho, O mundo OpenSource sofre muito pra receber dindin, é aí aonde eu tenho orgulho de defender esse lado, por que a maioria dos projetos opensource são incentivados e iniciativas de pessoas que querem aprender, crescer e fazer algo realmente bom, sem intenções malignas ou motivas por grandes corporações. Fico chateado quando vejo pessoas reclamando que o seu Linux não funciona algo como se isso fosse culpa de alguma empresa e não de pessoas que se comprometem mais do que precisam em projetos sem nenhum retorno simplesmente pra poder oferecer boas alternativas para essas mesmas pessoas que estão reclamando ao invez de ajudar.
          Trabalho a um certo tempo com projetos opensource, e hoje em dia a cultura tem mudado, as empresas estão utilizando cada vez mais programas de incentivo pra subsidiar projetos OpenSource. O problema é que a lacuna está do outro lado, do lado profissional. Muitos projetos nem saem do papel por falta de bons profissionais, ou pelo menos profissionais capazes, eu mesmo já procurei diversos profissionais pra contratar e não encontro, se tiver em qualquer lugar e aparecer um cara dizendo que é bom em Linux/BSD/UNIX/C eu terei pelo menos 2 vagas pra esse profissional, porém ta ai o desafio, cadê esse cara?

          É isso…

          • barefoot

            @maginotjr, he he, gente boa em Linux/BSD/UNIX/C tem, so acho difícil ter que trabalhar com uma pessoa tão tensa como você. Relaxa brother, ler o ‘Tanembaum’ não lhe dá licença para esculhambar os outros na internet (senão eu já teria lido). Aliás, vamos ter um pouco mais de cautela, não vale a pena começar uma guerra por causa de um post do MeioBit.
            PS: Parabéns Cardoso, seu post acendeu os ânimos.

          • maginotjr

            @barefoot, a cara, ngm nunca reclamou, até gostam, os usuarios é que não gostam mto ;)

          • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

            @maginotjr, gente boa em Linux/BSD/UNIX/C tem, mas outras ofertas razoáveis chegaram antes. Felizmente as ofertas estão aparecendo com mais força e com excelentes remunerações.

      • http://livresocial.blogspot.com Gilberto Martins

        @maginotjr, Mais uma da Linux Advocacy para este caso:
        – Refer to another product by its proper name. There’s nothing to be gained by attempting to ridicule a company or its products by using “creative spelling”. If we expect respect for Linux, we must respect other products.

        • gustavoneves

          @Gilberto Martins, @maginotjr
          O Conceito GNU Linux é muito bom.

          Apenas se preocupar em criar algo bom e sem criticar outros etc.

  • http://www.tomasvasquez.com.br/blog Tomamais

    Calma povo. Primeiro, os méritos aos devidos. Sugestão: tem muita menção aqui sem referência. Assim é fácil apontar o dedo. Referências, please!

    Tomás
    http://www.tomasvasquez.com.br/blog
    “importa mesmo quem inventou? Pra mim importa se eu vou poder comprar….”

  • 1berto

    Na verdade este documento parece muito mais do que um brainstorm, deve ter muita ‘besteira’ lá e pinçaram as coisas ‘boas’, seja o Cardoso para incendiar o tópico, seja quem divulgou inicialmente. Hoje em dia se valoriza por demais a idéia, mas entre uma idéia de brainstorm e a implementação de uma funcionalidade vai uma BELA distância.
    A maioria das novidades do iPhone (que não precisa provar nada para ninguém) já estava por ai e a Apple acabou licenciando e juntando tudo num pacote só.
    Manter a liderança passa por Muita, mas muita coisa, ser o primeiro a ‘inventar’ algo útil não é garantia de que será você a ganhar dinheiro com isso.
    Veja um motor a explosão… É um princípio simples, muita gente deveria conhecê-lo mesmo naquela época, difícil era fazer um motor que funcionasse…

  • Max Power

    Fazia um tempo que o Cardoso não escrevia um texto tão polêmico. Ele não escreve bem sobre sexo e ciência e os textos sobre iPads eram um nojo. Muito bom esse artigo.

  • http://hamacker.santhanna.net hamacker

    A forma de postar antes era melhor, agora eu respondo uma msg e volto para o topo.
    Acho que se o motivo foi ter a página atualizada pós-post, o publico do meiobit é conhecedor do F5.

    • thE Masterkey Blaster

      @hamacker, OFF: também percebi essa diferença, mas talvez tenha algo mais envolvido que ainda não estamos sabendo…
      só me incomodei que alguns dos meus comentários estão aguardando moderação novamente… e não tem links neles dessa vez :(

    • Paulo Freitas

      @hamacker, Seria legal se usassem o DISQUS.