App mais idiota do mundo reproduz todos os inconvenientes da fotografia com filme

canon-axe-smash-casey_0

Eu não tenho nada contra um saudosismo saudável. Lembro com muito carinho do meu ZX Spectrum, de como me virei para implementar rotinas de números complexos e coloquei o bicho para produzir fractais. A diferença é que eu também lembro que para renderizar uma fractal em 256 × 192 pixels ele levou mais de 24 horas, com o micro aberto e um ventilador resfriando o Z-80. Disso não tenho saudades.

Não me entendam mal, eu acompanho vários canais “saudosistas” no YouTube, como o Techmoan, o Lazy Game Review, o Retro Man Cave, o 8-Bit Guy, a Fran Blanche, Obsolete Geek e o GameHut (bota no search não vou linkar esse monte de canal). Todos eles falam de tecnologia de outros tempos, mas ninguém quer voltar pra eles. É legal restaurar um PC 286 e brincar com ele? Com certeza, mas ninguém em sã consciência o usará como máquina principal.

Aí entram os malditos millennials, que adoram pagar de saudosistas de uma época em que nunca viveram.

cqh87ql

A nova moda é a fotografia. Não, não estou falando de entusiastas que mantém laboratórios, usam câmeras de filme, revelam e ampliam seus negativos. Isso é legal, estou falando de algo que usa a tecnologia moderna, iPhones, para trazer de volta toda a parte chata da fotografia por filme, um app da Pior Coréia chamado Gudak.

unnamed-file

O app simula uma câmera vagabunda descartável dos anos 80.

Está vendo o quadrado claro na borda superior do celular? É um “viewfinder”, a imagem do que você está fotografando aparece só ali, mas calma que piora.

Você tem um “rolo de filme”, antes de poder visualizar as fotos que tirou, precisa fotografar 24 vezes. Aí então é só… mandar revelar. Isso mesmo. O app vai então levar TRÊS DIAS pra liberar as imagens. E elas poderão vir com efeitos de luz vazada, superexposição e todos os lixos que quem usavam essas máquinas vagabundas está acostumado.

1

Agora a cereja do bolo: essa desgraça hipster faz um sucesso desgraçado na Pior Coréia, já foi baixado 1,3 milhão de vezes e custa US$ 0,99. Ou seja, enquanto eu estou aqui num sábado de noite reclamando, o japa que fez essa bobagem faturou US$ 1,287 milhão.

Fonte: CNet.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Joao Holanda

    É aquela velha máxima enquanto tiver otário no mundo sempre terá malaco pra faturar em cima deles

  • Ivan

    Acho genial esse povo que cria uma coisa idiiota e lucra ainda, queria ter essas ideias.

    • Alvaro Carneiro

      eu sempre digo: se quer ficar rico faça um produto/serviço para idiotas, o mercado é quase infinito.

      o problema é conseguir pensar como tal – penso em contratar alguns idiotas para gerarem idéias.

      • Na verdade desafio é conseguir ser muito inteligente e criativo, mas sabendo que você deve direcionar sua inteligência para ideias completamente imbecis. Acho que o cara que criou esse app é isso, um sujeito totalmente brilhante que soube ganhar uma grana com uma ideia pra retardados… 😛

        • Ivan

          Isso que ele falou, quando se é inteligente é dificil pensar como idiota….

          • Alvaro Carneiro

            É essa a questão! Foi o que eu disse acima. Pensar como idiota é complicado.

            É preciso desligar o cérebro, desativar todas as reações naturais.

            Lembro da época que trabalhei em uma agência web, pqp, os programadores não conseguiam imaginar que usuários idiotas tentariam preencher o campo CPF com letras (um exemplo) – mas quando o software ficava online, os “problemas” apareciam.

          • Ivan

            Sei que em programas vc tem que fazer tudo a prova de idiota, sempre pensar que o usuario vai fazer todo tipo de burrice.

          • Daniel

            Eu levei muito tempo para “entender” porque: Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo encontra-se parado no andar. Era relevante a ponto de ser lei a plaquinha…

          • Ivan

            kkkkkkk pior é precisar colocar em caixa de ovo que contém ovo.

          • Lui Spin

            Eu já tive um chefe que me falava, que se pudesse blindar a máquina fisicamente e também por software, ele faria.

            Funcionaria mais ou menos assim, as máquinas ficariam com uma chapa de metal, onde o usuário só teria acesso ao botão ligar. E quando digitasse a senha do Windows, já logava com o ERP aberto, em tela cheia, sem opção de fazer mais nada.

            Pq o que essa gente tem criatividade para fazer besteira, é impressionante.

          • Reinaldo Matos

            Não é uma coisa impossível de se fazer… Se parar pra pensar, um caixa eletrônico é basicamente isso…
            Não sei se ainda é assim, mas o Itaú por exemplo, é uma aplicação executando em Windows XP.
            Trabalhei na ADP por 5 anos, que é uma empresa que possui um ERP mais focado em Folha de Pagamento, e um belo dia, encontrei o sistema rodando em um outro cliente através de um Totem dedicado só pra rodar o sistema, e nada mais…

            Teoricamente, a prova de pangarés, mas a experiência diz que não podemos duvidar de duas raças… Usuário e Desenvolvedor…

          • Lui Spin

            Sim, quando eu trabalhei em uma empresa que prestava serviços para o Banespa, era exatamente assim. Um sistema rodando em tela cheia, num XPzão da vida.

            È um pouco mais difícil fazer isso em um ambiente de escritório, com orçamento limitado, diretoria jogando contra devido aos gerentes mimados reclamando com eles e tal, mas seria um sonho.

          • Sergio Fagundes

            Eu já faço isso a 2 anos com linux… a máquina liga, não precisa senha, não precisa apertar nada, o programa de pdv abre e a pessoa trabalha. Ela digita o comando pra desligar o pdv, ele desliga. Só tem o teclado próprio para PDV a impressora, o monitor e a cpu que não fica blindada mas fica fora do alcance do chute “distraído” do operador de caixa. E sim, o programa de PDV é para windows e eu uso wine para rodar ele.
            Tenho também uma estação que os repositores, expositores e vendedores usam para fazer as etiquetas de preços dos produtos. No ERP só precisa digitar a senha do usuário e ele abre apenas com a função de verificar preço e emitir etiqueta habilitada. Atalhos de teclados todos desabilitados para a pessoa não tentar driblar com um ctrl+alt+fX…

          • Lui Spin

            Muito bom! Sempre que possível o certo é fazer isso mesmo.

          • Lui Spin

            A gente logo pensa que ninguém, nem mesmo um idiota compraria algo assim.

      • Maicon

        Oi, me enteresso

    • Christiano Nascimento Amorim

      você já começou a dar dinheiro pra sua família?

      • Ivan

        Não, mas quando fizer meu app passo o link pra vc comprar.

        • Christiano Nascimento Amorim

          hehehehehe

    • kenji

      Nós podemos facilmente ter esse tipo de idéia, qualquer (sic) 15 minutos de jogar conversa fora numa roda de amigos rende várias. O problema é que temos um filtro que evita que as levemos a sério e que, por acaso, só se desliga nas piores horas.

      • Ivan

        Eu tenho uma ideia bem legal, idiota mas legal, de tão obvia nem sei se ja colocaram em pratica.

  • Bobo sou eu que não tenho essas ideias pra tirar dinheiro de hipster

  • tenfelipe

    Fala serio Cardoso, esse App devia ser de instalação obrigatória em todo celular de mãe.

    E ainda devia ter cota de rolo de filme por mês!

    • ElGloriosoRangerRojo™

      Só posso concordar! hahahah

  • Alvaro Carneiro

    ah…. decepcionante… achei que o app cobrava para revelar as fotos.

    o ideal seria vender o app e depois vender as revelações de 12, 24 e 36 fotos.

    com variações de preço de acordo com o prazo: 1 dia, 3 dias, 7 dias.

    garanto, o cara ia ficar mais rico ainda.

    • Nilton Pedrett Neto

      Vc pensa pequeno… Ele deveria vender o programa que se apagará depois de 24 fotos E cobrar pela revelação (digital). Depois o sujeito teria que comprar a câmera NOVAMENTE pra poder fotografar.

      • Ivan

        Já da pra lançar um concorrente, vc tem que comprar os filmes, 12 fotos 0,99 dolares , 24 fotos 1,99 dolares 36 fotos 5,99 dolares

    • Diogo

      E vender os filmes também…

    • Geraldo Vilger de Almeida

      O app ilabnet faz isso do jeito certo e é brasileiro. É só baixar e usar o PIN vilger

  • Samuel

    Eu achei muito bom! haha

  • Hahaha, eu to rindo mas to preocupado
    Quem aí topa criar um app VHSTape, grave seus vídeos em 480p com todos os artefatos que só a pior fita tinha, e assista de forma linear, com som mono e em preto e branco. Se quiser som estéreo, close caption e cores, que pague o dobro (de preferência em Bitcoin)
    Ah é, tem que “rebobinar” também.

  • Hemeterio

    Uma das falas do trailer de Ready Player One é: as vezes eu penso que deveria ter nascido nos anos 80. Pois é, sem HDtv, Internet, sem impressoras coloridas, sem iphone, wifi, e uma longa lista de etc. Tb adoro aquela epoca, passei dos 9 aos 19 por la, mas nem por isso quero voltar.

    Parece aquelas historias em quadrinhos que detonam o romantismo medieval: a princesa tem os dentes podres aos 19, ninguem toma banho, ninguem sabe ler, todo mundo bebia agua da mesma bacia dos porcos e outra longa cadeia de etc…

    • André K

      “Parece aquelas historias em quadrinhos que detonam o romantismo medieval…” não tinha dentista, médico, remédio para dor de cabeça, remédio para dor de barriga, roupa limpa diariamente, luz fácil à noite, livros. etc… Se bem que em muitos lugares aqui no Lisarb ainda não tem muitas dessas coisas.

  • 🤦🏽‍♂️

  • André K

    Não vejo a hora de lançarem apps para voltarmos com as seguintes “features”: dar a partida com manivela, lixar o platinado, lixar o cachimbo, molhar a bomba de gasolina ou esperar ela esfriar, câmbios não sincronizados… Vixe… Tem muita ideia genial aí para render uns bons $$$. Se esse app da retro câmera conseguiu…

    • Fernando Rüeckl

      Verdade, a Ford podia trazer o modelo T de volta e cobrar 3 rins desse tipo de gente.

    • Ivan

      Tesla retro com motor a combustão.

    • Rafael Rodrigues

      Câmbio não sincronizado… Que lindo!!! Eu pagaria para ver um millennial arranhar MUITO 11 de 10 trocas de marcha.

      • Leonardo

        Ou então dar partida em carro carburado a álcool no inverno sem arriar a bateria.

        • Felipe Silva

          Na serra do Rio Grande do Sul! (vai precisar de uma bateria de caminhão)

  • ditom

    Eu gastava meu TK90X bem e nunca precisei de ventilação forçada. Tive sorte. 🙂

  • Vagner Da Silva

    Se não tiver erro de paralaxe não presta… nada era mais legal que enquadrar a família e metade sair cortada porque o viewfinder estava mal posicionado.

  • Smartfox

    Daqui a pouco começam a reinventar TVs de tubo, walkman, brasilia, etc.

    • Don Scopel

      pode riscar walkman da sua lista… Sony Walkman NW-ZX2 (sem falar nos projetos hipster q deve ter por ai)

    • Salles Magalhaes

      TVs de tubo: antes as TVs eram curvas (tubo) e todos ficaram maravilhados com a chegada da TV tela plana (que inovacao!). Hoje a moda e’ TV de LED com tela curva.

      • Mas a curvatura é no sentido oposto. Eu não achei nada imersivo as telas de LED curvas, pra mim ficou a mesma coisa.

  • Felipe Rafael
    • Ivan

      tinha que resetar o Brasil

      • Alvaro Carneiro

        É bomba nuclear, reset total. E já deixa pré-combinado, após 200 anos quando a radiação baixar, alguma nação inteligente colonizar. Portugal tá fora.

    • Calma que logo logo aparece um clone do WhatsApp mas que simula um fax, onde você desenha ou escreve a mensagem, e pra enviar ele faz aquele barulhinho maravilhoso e demora uns 3 minutos pra mensagem chegar.

      E claro, a outra pessoa tem que ter o mesmo app e estar online ao mesmo tempo, se não é impossível enviar a mensagem.

      • Bnk

        cara…..iss vale ouro. Apague implemente, mas na loja da Apple.

        • Salles Magalhaes

          Primeiro voce tem que ligar para a pessoa e dizer: sinal de fax por favor.

          • PugOfWar

            rapaz, vcs tão perdendo de ganhar uma grana

      • Vou te falar que há chances de fazer sucesso com os hipsters.

  • Ney Oliveira

    Se te serve de consolo, Carlos Cardoso, eu concordo plenamente com você. E por incrível que pareça, após ler a matéria, não fiquei pensando no app, mas sim nas pessoas que o compraram. Como pode? 😱🤔

  • Mailson Silva

    Estou estudando um jeito de acumular internet no aplicativo pra usar depois…eu já conversei com alguns engenheiros de computacao, e eles falou que é difícil, mas estou aí tentando criar… não posso perder a minha fé.

  • Henrique Ogata

    Que merda!
    Ah! Japa / japonês – Japão
    Coreia – Coreano

    • FrankTesl

      you must be new here

    • Você é novo aqui, né? XD

    • Bem vindo ao Meio Bit, eu serei seu guia.

  • Igor Alves

    Cardoso, não esqueça dos 30% da Apple pra cada app vendido… 🙂

  • Leonardo

    Cardoso, se vc continuar escrevendo falando das merdas q os millennials fazem vão te taxar de millennialfóbico eim!

    • Theuer

      Relaxa, este clube já está cheio aqui.

  • Charles Roll

    Enquanto existir os idiotas, que pagam por coisas inúteis, e idiotas.
    Existirão os inteligentes e oportunos, que saberão como tirar proveito deles.

    • Bnk

      se eles estão se divertindo com isso, deixa eles.
      ps: nao tenho o app, não.

  • Davos, o lord cebolito!

    Geral falando que deve-se pensar como idiota pra ter “idéias imbecis”, porém na lógica de mercado em que vivemos, não existe ideia idiota, existe ideia mal ou não executada, posta em prática. Na real, a maioria das pessoas não desenvolve uma coisa dessas não é por ser inteligente demais pra ver o óbvio – inclusive pode-se argumentar que é o contrário – o problema é que as pessoas geralmente pensam em idéias com base em um certo padrão de qualidade próprio, visando entregar algo útil, com valor, algo que realmente faça alguma diferença na vida das pessoas.

    E, se a sua parada é enricar e dane-se como, fazer seu pé de meia e sumir no mundo, você tem que esquecer seus valores e convicções sobre o que você considera útil e começar a pensar em gerar necessidades e observa-las sem preconceitos. Você tem que zerar seu filtro pessoal e direcioná-lo pra criar algo que vai gerar retorno e ponto.

    Do contrário, você vai continuar míope pra um vasto mercado!

    Agora…. tem um nerdcast em que o Azaghal, JN e Guga falam a base pra esse tipo de aplicação, que é uma arte: A arte de não entregar nada.

    NC 570 – Fakestarters: A arte de não entregar nada.

    Pega os argumentos deles e aumenta um pouco só o nível de seriedade no planejamento e desenvolvimento, mas bem pouco e pronto, fique milionário. hahahaha.

  • ricardo alvez

    Achei bem idiota também. É melhor comprar uma câmera analógica e fotografar. Por falar nisso, até hoje eu uso filmes e acho bem legal, não que eu substitua, mas um tri-x 400, é insubstituível. O P&B feito pelo digital não é P&B, é conversão de cores em tons de cinzas, muito artificiais por sinal.

    • Salles Magalhaes

      “O P&B feito pelo digital não é P&B, é conversão de cores em tons de cinzas, muito artificiais por sinal’ –> mas na camera analogica e’ basicamente isso tambem, nao?

      • ricardo alvez

        E verdade amigo, mas piora quando é editado, o digital ao meu ver tentou copiar e melhorar o analógico, oferecendo ferramentas para edição, e acho que até conseguiu até determinado ponto. Cabe ao fotógrafo editar de forma que não altere os tons, contrastes etc… O trabalho analógico é extremamente artesanal, da revelação do negativo até a copia final do papel, passa por vários processos. Eu não uso tanto meu laboratório como antes, mas muitas cópias finais estão muito próximas do resultado final do digital.

    • Theuer

      Se o problema realmente for esse, pegue uma monochrome.

  • rbanffy

    Eu queria muito ser suficientemente idiota pra ganhar dinheiro assim.

  • Gilson Lorenti Fotografia

    saudade nenhuma dessa época. Uma revelação profissional poderia demorar até 10 dias e não conheço nenhum técnico de laboratório que viveu bem na velhice por conta dos produtos químicos. Deixem essa loucura no passado.

  • Reinaldo Matos

    Só falta me dizer que além de esperar os 3 malditos dias para ver a foto, tenho sempre que comprar um “Rolo de Filme” novo, sempre que for usar o aplicativo…

  • Thiago

    Ahhhh droga! já ia começar a desenvolver um app para simular o discador antigo de telefone… Mas JÁ TEM! 🙁

    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ssaurel.rotarydialer&hl=pt_BR

  • Lui Spin

    Isso não é nem saudosismo. É sadomasoquismo.

  • ElGloriosoRangerRojo™

    Eu adorava a época do filme. Minha mãe não tinha paciência de esperar muito pelas revelações dos filmes (que demoravam uns 3 dias nas lojas do bairro), então sempre íamos numa loja de revelação do shopping, que revelava em uma hora. Nesse meio tempo eu sempre enchia o saco dela pra ir no parquinho e tomar sorvete.

    O prenúncio da diversão infantil era ouvir o barulhinho da câmera rebobinando o filme. Eu já sabia que em breve ia ter passeio e parquinho! hahahah

  • Leonardo Eloi

    Achei a proposta bem bacana, mesmo que seja um modinha que rapidinho seja esquecida, o que já nem faz diferença pra quem criou pelo tanto que já arrecadou. Particularmente não tenho saco pra todo esse protocolo pra tirar uma foto, mas se teve tudo isso de público, que bom pra eles.

  • Diego Assis

    Legal a ressalva sobre o entusiasmo com processos fotográficos analógicos (que vai “um pouquinho” além do fetiche desse app). Para muitos fotógrafos esse entusiasmo é incompreensível, como se a fotografia se resumisse ao seu seguimento comercial: “Por que você está interessado nisso? É passado, não serve mais para o (MEU) trabalho. Deixa o filme morrer em paz, seus hipsters!”. Ou mais compreensível: “Usei por muitos anos, agora agradeço a deus pela câmera ser um computador que tirou a química, a física e a matemática da minha frente.”
    Entendo esse bode da galera mais velha, principalmente quando o entusiasta jovem que não viveu a época chega mal embasado evocando superioridade TÉCNICA do processo analógico e depois vai para casa escanear o filme num epson de mesa. Mas um fotografo nem compreender mais o fascínio com os filmes, com a química, com as técnicas, com o laboratório, com as câmeras mecânicas…. é bizarro.

  • Daniel Agl

    Olhando a segunda imagem, usar máquina datilográfica no lugar de um PC, para mim é superação, ou fez promessa ksks’

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples