Hellblade supera expectativas (e isso é bom para todos)

hellblade

Eu realmente não sei se posso apontar o Hellblade: Senua’s Sacrifice como uma das grandes surpresas de 2017, afinal tinha uma grande expectativa em relação ao jogo da Ninja Theory. Porém, depois de encarar a sua perturbadora campanha e ter a sensação de que este não é um jogo para todos, fico surpreso por saber que o seu desempenho comercial já pode ser considerado acima do esperado.

A notícia de que o título tem se saído bem nas lojas foi dada pelo diretor criativo do estúdio, Tameem Antoniades, que além de ter revelado um detalhe interessante que pode ter sido um dos responsáveis por eles terem obtido sucesso, também falou sobre a criação de títulos de ponta.

Ele vendeu melhor do que as nossas expectativas. Publicá-lo por conta própria abriu muitas portas e possibilidades que simplesmente não tínhamos até este ponto.

 

O modelo de publicação AAA meio que funciona em ciclos, mas isso realmente não serve muito bem para desenvolvedoras como nós, de meio porte… você não está totalmente no controle do seu destino. Como vimos ao longo dos últimos anos, dezenas de boas desenvolvedoras desapareceram. A única maneira de você ir contra isso é encontrando outro caminho. Isso parece ter funcionado para nós.

O caso é interessante porque se pensarmos bem, o Hellblade: Senua’s Sacrifice tinha tudo para fracassar. Lançado numa época onde boa parte das empresas estão mais interessadas em lucrar com as microtransações, o jogo não possui uma campanha muito extensa, não conta com uma jogabilidade muito profunda e foi vendido pela metade do preço cobrado por um lançamento, mesmo tentando se vender como um título que costuma ser classificado como AAA.

Além disso, com um enredo que gira em torno dos problemas mentais da protagonista, alguns poderiam acusar o game de tentar levantar uma bandeira de forma gratuita, mas o trabalho feito pela Ninja Theory foi tão cuidadoso que a maior parte dos jogadores parecem ter consigo entender a mensagem.

E assim como eu não ache que o fim da Visceral Games represente a derrota dos jogos single-player, não serei hipócrita a ponto de afirmar que o Hellblade: Senua’s Sacrifice veio para salvar o estilo. No entanto, que é muito bom ver um jogo como ele obter sucesso, isso é.

Fonte: Game Informer.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Julio da Gaita ✔

    Concordo, as vezes é melhor uma campanha ótimas mas curta, do que um jogo SP + MP que te obrigue mesmo de forma passiva a comprar micro-transações, e pensando q a maior parte do publico consumidor de games são de jovens a adultos, quase todo mundo não tem tanto tempo assim pra “farmar” e fazer rmissões repetitivas e intermináveis e se ver obrigado a colocar a mão no bolso.

    Quanto ao Hellblade parece ser um jogo bem honesto, a um preço ótimo já no lançamento, ainda não comprei porque…. achei meio tenso pra mim…rs

    • Alice Woodstock

      Também prezo por campanhas ótimas e curtas. Com o trabalho e responsabilidades o tempo vai ficando escasso e muitas vezes o que eu quero é apenas ficar imersa em uma boa história e esquecer da vida por alguns momentos. Em muitos casos se a história se extender demais pode acabar sendo cansativa.

      • Julio da Gaita ✔

        É bem ruim mesmo pensar; “Nossa tenho q terminar esse jogo”, o que era pra ser prazer acaba virando obrigação, o ultimo grande que não terminei pq achei muito superficial e previsível foi “Horizon Zero Dawn” comecei achando que ia “platinar” o jogo mas achei a história tão previsível e genérica que desanimei.

        Parei antes da “Épica Luta Final”, e não tenho nenhuma vontade de saber como a história termina, comecei AC Origins e achei a história bacana mas ainda to estranhando a mudança das mecânicas pra RPG e alguns problemas na mecânica de combate e IA dos NPC’s.

        Mas parece interessante.

    • Jefferson Viana

      Quando falam de boas campanhas e curtas lembro sempre do modernwarfare e modern warfare 2, eu não sou contra jogos grandes, mas tenho problemas serios com jogos de mundo aberto, normalmente não tem foco, passar muito tempo farmando ou andando pras missões, e meio que a historia não tem a tensão de um spec ops the line.

      • Julio da Gaita ✔

        é bem ruim mesmo que jogos de franquias interessantes acabam virando mundo aberto (dizem que reforça o fator replay) em detrimento da narrativa, mecânicas de gameplay, e ainda adicionam microtransações no bolo todo.

        Um exemplo disso é o ultimo Metal Gear , joguei todos e tenho ótimas lembranças do Snake Eater e Guns of the Patriots mas nenhuma lembrança boa de Phantom Pain parece algo pela metade, um grande mundo aberto que depois de 15 minutos você não tem nenhum interesse em andar por aí, e que sacrifica a narrativa.

        Estou jogando o AC Origins, e tenho poucas horas de jogo, matei só o primeiro Boss da região tenho minhas criticas quanto ao sistema de combate e o modo como “RPG’zaram” o jogo, mas a história parece bem interessamte, mas ainda fico com a impressão de um “The Witcher” do Egito.

        Tem o COD WW2 pra sair e tenho até interesse pela campanha, mas como comprei na pre-venda e joguei as betas, estou decepcionado por não terem cadenciado mais no MP, mas vamos ver…

        • Jefferson Viana

          Eu ainda vou jogar ultimo metal gear , mas por tudo que eu vi, ele realmente parece incompleto, isso deve ter sido o estopim do racha entre a konami e kojima, ele deve ter pedido mais 1 ano pra finalizar e eles não quiseram,

        • SignaPoenae

          MGS 5 devo ter jogado umas duas horas apenas. Detestei o jogo. Fallout 4 joguei menos de 1 hora. Raimbow six siege, cheguei na tela de título, e vi que tinha que se cadastrar numa conta ubisoft pra jogar o mp, abandonei na hora.

          Enquanto isso, estou me divertindo pra kralho com os indies da steam. Acabei de fechar o incrível Transistor, o excelente Salt and Sanctuary, estou jogando o divertido Hollow Knight e pretendo comprar o Sundered e o Pyre que também parecem incríveis. Tudo isso no meu pc pangaré com uma placa de vídeo vagabunda.

          Antes de comprar não achava isso, mas meu PS4 foi uma das piores comprar que fiz.

          • Julio da Gaita ✔

            Caramba cara, você realmente não tá dando “sorte” com jogos de PS4…rs, ainda dá tempo de vender e recuperar uma grana até, acho que você não é muito fan de MP pelo visto..rs, onde acho que os consoles levam grande vantagem pela base de usuários, ausência de cheaters e talz.

            Mas dá uma chance ao Uncharted da vida, The Last of US, apesar de que não gostei muito do ultimo no PS3 achei muito drama com zumbis, mas na época o gráfico e a jogabilidade eram excelentes, comprei em uma promoção na versão pra PS4 pelo multiplayer.

            Transistor é um jogão mesmo, joguei a versão piratex no PC zerei, e fiquei tão envergonhado por ter baixado uma “forma de arte” de maneira escrota e fiz questão de comprar Bastion que é o jogo anterior da mesma produtora e Transistor em um bundle, joguei ambos novamente (Bastion é um jogassoasoo), até escorreu umas lágrimas do meu rosto heteronormativopatriarcalcisgenêro o plus da Narraçao + Trilha Sonora Foda + História sensacionais, é a mesma narraçao do Transistor.

            Pra nós que temos PC (notebook) da xuxa o console é uma boa opção pra jogar os AAA multiplataforma, jogando AC Origins ( se gostar de RPG vale a pena, eu não gosto tanto assim e até agora ta bacana) e o FIFA 18 querido…rs

            O Pyre ainda to esperando sair uma promo bacana dele, pq vi q há uma mudança bem grande em relação aos últimos trabalhos da Publisher “Super Giant”.

    • Luis Silva

      “farmar” kķkk que palavra engraçada kķkkk me lembra os newbie de Snipes nos FPS KKK

      • Julio da Gaita ✔

        snipes nos FPS?! baralho do counter strike?

  • Bruno Renostro

    Eu to travado nesse jogo, não curti essa parada de ficar procurando símbolos pra abrir portões, só passo raiva nisso

    • Marcos Arbugeri

      Caminhe pelo mapa, quando começam aparecer as runas no ar, é porque você está se aproximando de alguma 😉

      • Grade, Tardigrade

        Entendeu o início da frase dele?
        O cara não aprendeu a jogar o game, aí fica travado e coloca a culpa onde?!

        • Bruno Renostro

          não to colocando a culpa em ninguém, eu não curti, eu fiquei travado…opinião pessoal minha, eu ainda não desinstalei porque quero me dedicar mais ao game e passar desses entraves

          • Grade, Tardigrade

            Entendo, jovem! Eu só quis demonstrar que muito “review” por aí é baseado em análises como a sua, onde o cara não consegue jogar e diz que o jogo é ruim. Mas eu estou vendo que não é o seu caso!
            =D

      • Bruno Renostro

        já tinha sacado isso…mas tem uma runa que não acho de jeito nenhum, quando der um temo vou recorrer ao youtube, por enquanto estou dedicado a shadow of mordor

    • Julio da Gaita ✔

      ainda bem que não peguei o Hellblade, a ultima coisa que quero passar enquanto jogo é raiva…rs

      • Flávio Pedroza

        Então, fique longe desse aqui: XCOM 2.

        • Julio da Gaita ✔

          Hahaha, se eu te dissesse que já larguei jogos sem terminar só de passar raiva…rs, exemplo; Jurei q ia terminar o GOW Ascension na dificuldade mais dificil e joguei o jogo todo feliz com o desafio e chegando na fase final existe um bug que deixa quase impossível passar pela fase.

          Larguei um “cenário” antes do final e me recusei a jogar abaixando a dificuldade, meses depois vi o final no youtube…rs

    • Grade, Tardigrade

      Cara, pra mim isso foi de menos. O único lugar que eu apanhei um pouco mais foi na hora da luta contra o Valravn, mas ainda assim ele te dá todas as dicas de onde vc precisa ir pra que as runas façam sentido.
      Tá jogando com fone de ouvido? Se não tiver, jogue! A qualidade do trabalho de áudio é absurda!

  • paulokdvc

    Gosto de campanhas curtas e que façam algum sentido. Melhor do que aquele feijão com arroz longo, e que no final fica sem tempero algum.

    Spec Ops: The Line
    Brother – A Tale of the Two Sons

    Estes games que citei, são curtos e tem uma sintonia perfeita com o enredo.

    Isso me lembra quando li O Hobbit, e depois fui ver o filmes que fizeram. Conseguiram estender 1 (UM) capitulo em um filme p/ vender mais. Então, eu não ligo se é curto, desde que o enredo seja muito bom.

    • Grade, Tardigrade

      Spec Ops: The Line é sensacional!
      Vou jogar de novo!
      =D

      • Jefferson Viana

        Spec Ops: The Line é sensacional! 2
        Eu ainda espero que um jogo como the division tenha a narrativa, historia e tensão de spec ops

      • SignaPoenae

        Até comprei denovo na steam, mas meu pangaré velho de guerra não aguenta rodar ele …
        Agora é contar as moedinhas pra comprar uma placa de vídeo.

  • Otávio Tucunduva Mattana

    Deu vontade de jogar de novo já. O jogo é maravilhoso.

  • Grade, Tardigrade

    Cara, eu achei esse jogo muito bom!
    Jogabilidade não é lá essas maravilhas, mas é muito boa. As lutas são interessantes e o enredo é um espetáculo!
    Eu valorizo o trabalho na história do jogo, isso me prende, muitas vezes, mais do que a jogabilidade em si e nesse jogo eles capricharam! Sem contar a ideia do áudio 3D binaural, que te transporta pra dentro da cabeça da personagem. Eu, sinceramente, só queria que ele pudesse ter sido mais longo. Não tenho UM motivo sequer pra falar mal desse jogo, pra mim ficou perfeito.

  • Alguma mínima chance de sair pra Xbox?

  • mateuslira

    Fico muito feliz por ver essa notícia, a ninja theory é uma das minhas favoritas, hevenly sword, enslaved e DMC me marcaram bastante, acompanhei o desenvolvimento de hellblade dês de 2015 no canal deles, e é bom ver q superou as expectativas, então agr com o sucesso só resta torcer por um enslaved 2 ou DMC 2 por exemplo kk
    (Pena q esse último depende da Capcom 😐)

  • f4v3r0

    Jogo singleplayer vai morrer junto com a tv, com o rádio, com o papel e com o computador de mesa.

    • SignaPoenae

      Só quando for o ano do linux, aí pode esperar sentado que o meteoro cai!

  • Hellblade, Outlast, Cuphead, entre outros jogos ambiciosos que trazem coisas novas além dos preços excelentes. Joguei 30 minutos por conta do curto tempo, mas fiquei surpreso em como ele é cheio de detalhes.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis