Novo Kindle Oasis chega ao Brasil por R$ 1.149

Em evento realizado nesta terça-feira (10) em São Paulo a Amazon apresentou a segunda geração do Kindle Oasis, seu e-reader ergonômico com experiência premium e preço equivalente, com algumas poucas porém interessantes melhorias.

A Amazon decidiu nos últimos tempos diversificar a linha Kindle com quatro tipos distintos de e-readers, voltados para tipos de consumidores bem diferentes: o tradicional é o básico absoluto, para quem consome livros em escala e não quer gastar muito, o Paperwhite é quem deseja um mínimo de conforto conferido pela tela retroiluminada, o Voyage é para quem deseja uma experiência próxima de um livro de verdade; o Oasis por sua vez foi criado tendo a ergonomia como prioridade, permitindo que o leitor o manuseie facilmente com uma só mão. Cada um com um preço bem distinto e por causa das suas características especiais, ele foi posicionado como o top de linha para quem deseja o melhor e está disposto a pagar.

O Novo Kindle Oasis (este é o nome oficial) mantém tudo o que a Amazon considera como acertos e traz alguns ajustes para melhorar ainda mais a experiência de uso. O principal é a tela e-ink, que saltou de seis para sete polegadas (o único Kindle com uma tela desse tamanho) mas mantendo a resolução de 300 ppi, permitindo comportar 30% mais palavras por página e reduzindo o número de mudanças; outra característica importante é a adição de proteção IPX8, o que lhe confere proteção contra poeira e mergulhinhos acidentais. Isso faz do Novo Oasis o primeiro modelo de Kindle a prova d’água a chegar ao mercado. Por fim a capacidade dobrou, de 4 para 8 GB.

O design não mudou: o corpo possui os mesmos 3,4 mm de espessura da versão anterior em sua borda mais fina e um peso distribuído em seu lado mais gordinho, que desloca o centro de gravidade e garante uma pegada firme. Os botões de navegação permanecem e mudam de função automaticamente, permitindo que você o utilize tanto com a mão direita ou esquerda sem dificuldade.

O Novo Kindle Oasis deu uma engordadinha no entanto, pesando 194 g contra 131 g do original; ainda assim ele permanece mais magro que o campeão de vendas Kindle Paperwhite (204 g).

O aparelho agora conta não com dez, mas 12 LEDs para iluminar a tela e o ajuste de brilho é competente, permitindo seu uso mesmo debaixo do Sol escaldante: você não terá dificuldades em ler o que quer que seja e ainda há controles de acessibilidade, que permitem por exemplo inverter as cores da tela. Você pode também escolher entre mais tamanhos de fonte e tons de negrito que no modelo antigo, tudo para que sua leitura seja extremamente confortável e agradável.

Pois bem, vamos ao que interessa: o Novo Kindle Oasis está disponível a partir de hoje no Brasil através de pré-venda e custa R$ 1.149,00, mas o kit não mais acompanha uma capa como seu antecessor (que custava R$ 1.399,00); você poderá adquiri-las separadamente e há duas versões, de tecido impermeável nas cores preta ou azul por R$ 169 ou o modelo premium, feita de couro e disponível nas cores preta ou vermelha por R$ 199.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Vinícius Cordeiro

    Saudade do Kindle DX, com sua tela gigante de 9,7 polegadas. T_T

  • Germano

    O Kindle me fez voltar a consumir livros com mais frequencia, apos um hiato de anos em que quase nao vinha lendo, em boa parte pela inconveniencia que é carregar um livro consigo as vezes – o Kindle e muito mais leve e menos volumoso que a maioria dos que escolhia. E nas raras situacoes que mesmo ele fica dificil carregar, tem o app.
    Fato, virei fã de ebooks, e considerando que o preço desse brinquedo esta na casa dos celulares mid-end (e olhe lá), mas com uma vida util muito maior, compraria um desses facil se ja nao tivesse um kindle keyboard que e o que mais carrego comigo devido ao 3G gratuito que ainda funciona – mesmo sendo um dispositivo de 2010 – e tambem um Kindle Paperwhite que fica na minha mesa em casa, bom para ler inclusive antes de dormir devido a retroiluminação.

    • Nícolas Wildner

      Exatamente este salto que fiz: Do Kindle Keyboard pro Paperwhite(7 gen). É uma beleza poder ler livros no ônibus do trabalho, e guardar no bolso interno do casaco.

      Não tenho nada contra livros físicos, mas num apartamento de menos de 40m2, fica difícil ter espaço pra livro de versão “árvore morta”.

  • Gink Labrev

    O mais interessante é que ao contrário dos demais eletrônicos, esse Kindle veio para cá com mesmo preço dos EUA. (U$ 359,99) que na cotação atual é R$ 1.141,02 …

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      será que foi isento de taxação por ser um livro? rs

      • DPSousa

        O STF já havia decidido que dispositivos dedicados para leitura de ebooks não devem ser taxados.

        • Luiz

          se fosse taxado ia custar facil R$ 4k

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Eu realmente não sabia!

        • Vin Diesel

          Se o STF pensasse, tirava e ou reduzia os impostos de muitos outros dispositivos eletrônicos, não vão ser produzidos aqui, é china, não adianta fazer isso para achar que uma empresa vai produzir aqui e gerar emprego. Mas se todas essas coisas que o brasileiro curte estivessem aqui por preços sem impostos o que o governo ganharia? Uma maquina girando de gente comprando, prestando serviço, uma verticalização de usados. O descarte seria mais rápido, gerando mais negocios e grana circulante. Mais gente compra? mais quebra, mais serviços… Prova disso é uma tv de 50 polegadas que custa em media 3000. Deixa um Ricardo Elétrico anunciar na hora da novela essa TV por 1500 para vc ver o caos que dá. Dinheiro tem, só nao circula…

          • Sophos Nsm

            Mas de onde vem tirou que stf pode cortar imposto? Ereader foi só pq são considerados livros que já são isentos

          • gbitte

            Não é papel do STF isso. Não cabe a ele decidir o que deve ser taxado e porque motivo, ele só fez uma interpretação de uma lei existente que diz que material de para a impressão de livro é isento de imposto então ebook é isento de imposto.

    • Flavia

      O novo kindle Oasis custa $249.99.

    • SignaPoenae

      Tem promoções em que o Kindle básico e paperwhite sai mais barato que o preço praticado nos EUA. E ainda em 12x sem juros, não sei se lá eles praticam parcelamento.

  • To nem aí 😎🍺

    Kindle gourmet

  • Franklin Anderson de Oliveira

    meu kindle é um ipad air, com app do kindle e uma biblioteca bacanuda !

    • Kimzark

      Mas tem uma diferença aí, com um Kindle você não tem o problema de reflexos na tela, sem contar o preço (nas promoções da amazon você consegue por 200 pila o de entrada).

      • Franklin Anderson de Oliveira

        Verdade, esse meu argumento só vale pra quem ja tem um ipad, e talvez não vale a pena comprar um kindle

        • DPSousa

          E depende muito de gosto pessoal também. Eu tenho um iPad de 9,7″ e um Android de 8,4″ e não acho legal ler em nenhum deles.

          O Kindle Paperwhite é disparado a melhor experiência de leitura que já tive, digital ou analógica.

          • Sophos Nsm

            Além de que 5ablet prejudica a visao

        • Sophos Nsm

          Luz azul prejudoca retina. Quase fiquei cego. Bateu um medão

      • Veritas46

        Sem contar a bateria que dura mt mais, por isso vou compra um kindle e deixar o ipad só pra pdf’s de livro técnicos

    • Sophos Nsm

      Quase fiquei cego com tablet

  • Fiquei tentado a trocar meu paperwhite de 2ª geração. Quem sabe quando tiver promoção…

    • SignaPoenae

      Tenho um paperwhite de 1º e um de 2º geração e um Kindle de botão (aquele primeiro modelo comercializado no Brasil).

      As diferenças mais notáveis da 2º geração pra primeira é o software que recebeu atualização do sistema, que deixou muito mais prático de usar o aparelho, novas fontes, e uma melhora sutil na iluminação na parte inferior e superior da tela.

      Se você tiver os dois pra comparar, vai com certeza achar o de 2º
      geração melhor, mas se tiver apenas o de 1º geração, vai achar ele
      incrível do mesmo modo. Na minha opinião, não vale a pena trocar de aparelho apenas por isso.

      • Na verdade o que me atraiu nesse novo voyager é a tela maior.

        • SignaPoenae

          Pois é cara, também queria um e-reader com tela maior para ler mangás, mas: 1- não vendem e-reader com telas maiores no Brasil; 2- não vendem e-mangás no Brasil.

          Aí fica difícil.

  • Ursinhomalvado

    Acredito que tem alguns enganos no texto. A tela do Kindle Paperwhite não é retroiluminada, ela tem leds que iluminam por cima da tela, pelas laterais do aparelho. Pelo mesmo motivo não faz sentido a afirmação de que os 12 LEDs do Novo Kindle sejam vantagem no sol. Se há luz ambiente em quantidade você nem precisa dos LEDs. O problema é dentro de casa. A tela dos Kindles são ótimas, mas não refletem a luz como um papel. Dentro de casa normalmente uso algum ajuste de iluminação por LED, a leitura fica mais confortável já que o contraste aumenta.

    • SignaPoenae

      Com Sol incidindo direto, ou em um ambiente aberto, deixar a iluminação no máximo melhora a experiência de leitura. Em ambientes escuros, sempre uso uns 20~40% de iluminação, no máximo.

      • Mas a tela é de e-ink. Até o kindle básico é legível à luz do sol por causa dessa tecnologia.

        • SignaPoenae

          É legível, mas com a iluminação do paperwhite, “o branco fica mais branco” no sol, o que dá mais contraste para o texto. Não que eu leia no sol, mas qualquer melhora é bem vinda.

          • Eu tenho um paperwhite. Vou testar sob luz natural se a iluminação faz diferença.

          • Vila Jr

            Tbm tenho. Faz.

  • DPSousa

    Ele possui bluetooth para pareamento de fones de ouvido e app do Audible.

    Alguma novidade sobre o lançamento do Audible no Brasil?

    • Veritas46

      O Audible não funciona no Brasil? Por exemplo se eu assinar nos EUA, funciona aqui?

      • DPSousa

        Que eu saiba sim, mas eu me referia ao lançamento do serviço em português pela Amazon do Brasil.

  • Quero aproveitar o post para fazer uma pergunta para o pessoal que usa Kindle.

    Eu era usuário do Kobo (até o meu quebrar) e o que gostava bastante nele era a facilidade em colocar qualquer arquivo de leitura sem precisar fazer conversões e coisas assim. Lembro que no início o Kindle tinha um problema com isso, ao menos foi o que me falaram na época.

    Como está agora? É fácil colocar arquivos de fora da Amazon nele?

    • Ursinhomalvado

      Se você se refere à livros comprados noutras lojas, acho que não funciona porque tem DRM que não é o mesmo do Kindle. Você pode usar o Calibri, que é grátis, para converter arquivos sem proteção para o Kindle, basta ligar via USB ou enviar para o seu email Kindle e ele vai direto para a Nuvem e você pode baixar no seu aparelho, app para celular, etc.
      Existem programas que prometem quebrar o DRM de ePub e convertê-los para o Kindle, mas nunca usei. Não são grátis.
      +++++++++++++++

      Fiz um teste agora e tenttei mandar um ePub para meu email kindle. Deu erro em retorno dizendo que só converte:

      Microsoft Word (.doc, .docx)
      Rich Text Format (.rtf)
      HTML (.htm, .html)
      documentos de Texto (.txt)
      Documentos compactados (zip, x-zip)
      Mobi book

      Imagens do tipo JPEG (.jpg), GIF (.gif), Bitmap (.bmp) e imagens PNG (.png).
      Documentos no formato Adobe PDF são entregues sem conversão para o Kindle DX e para os Kindles de segunda e de última geração.

      Adobe PDF (.pdf) pode ser convertido para formato do Kindle e entregue em caráter experimental.

      • Bem isso que eu queria saber, muito obrigado 😀

        Eu comprei um bundle de livros uns anos atrás, mas acho que não eram ePub, então não terei problemas. E bem legal esse esquema de enviar por email, facilita bastante a coisa.

    • SignaPoenae

      @ursinhomalvado:disqus
      Complementando a resposta, O calibre possui plugins para quebrar o DRM dos livros comprados em outras lojas, é bem simples de fazer.

      Comprei um E-book da cultura uma vez, e até para abrir ele no PC o maldito DRM não deixava. Passei o e-book no Calibre e depois mandei tranquilamente pro Kindle.

    • Big Dexter

      A questão dos formatos do Kindle continua na mesma. Mas isso não chega a ser um empecilho muito grande pois os e-books podem ser convertidos em formatos compatíveis.

    • Continua, mas a Amazon disponibiliza um aplicativo chamado “Send to Kindle” onde você coloca os arquivos e os mesmos aparecem sem fios no Kindle já convertidos. É sensacional e fácil de usar.
      Além do aplicativo, todo Kindle tem um endereço de e-mail. Basta enviar um e-mail para esse endereço com os arquivos que deseja colocar nele que a conversão acontece. Dá para enviar vários arquivos em um zip que o sistema da Amazon faz a conversão de todos e disponibiliza no aparelho devidamente separados.
      Só não rola se os arquivos tiverem DRM.

    • Sophos Nsm

      Tem que converter mas faço isso em segundos no calibre. Além disso da pra fazer todos os seus livros de uma vez. E se for pouco ainda da pra enviar seus livris pela Internet coisa que o Kobo não faz

    • Sophos Nsm

      Eu tinha essa neura que VC tem mas depois de experimentar o sistema do Kindle não volto pra os genéricos nunca mais

  • zé garruchada

    Nem de graça.

    • Christiano Nascimento Amorim

      uai pq?

  • Que preço é esse? Resultado de alguma parceria com a Apple Brasil?

    • Numa conversão direta, o preço está igual ao praticado nos EUA.

      • Só que o nosso salario não recebe conversão direta do dollar, esta muito caro pro padrão Brasil.

        • Então não é o produto que é caro. Somos nós que ganhamos mal. O produto não está com sobrepreço só porque chegou no Brasil. Custa o mesmo que lá, só que o brasileiro médio tem que comprometer mais sua renda para adquirir.

  • Vitor RV

    Meu objeto de desejo é o Kobo Aura One, mas infelizmente a Livraria Cultura não trouxe para o Brasil. É uma espécie de iPad Pro dos ereaders.

    • Big Dexter

      Eu acho o Kobo Aura One o melhor e-reader do mundo. É uma pena que mesmo após mais de um ano de lançamento, nunca tenha chegado aqui no Brasil. Nesse ponto a Amazon teve uma visão bem diferente, ao lançar o Novo Kindle Oasis aqui no Brasil junto com os EUA.

    • cquintela

      Pode importar, não paga mais imposto.

  • Vin Diesel

    Desculpem, mas com R$ 1.149,00 eu vou ao sebo e compro muito livro. E ainda posso fazer uma coisa bem legal que é esquecer o livro por aí par alguém recebê-lo de presente. Alias, existe algum site que faria o rastreamento de livros free? Você deixa um código no livro e quem recebe passa no site e um contador vai informando quantas pessoa e quais lugares esse livro passou. Existe? Se não existe, bora fazer? Até porque se você chega aqui com um MVP de qualquer coisa, aprece “especialista” para dar palpites vindo até do g1… Deve ter algum cara bom. Eu doo o dominio e o espaço em disco para tal projeto.

    • SignaPoenae

      Na minha opinião, não existe razão para se comprar um oasis, a menos que você esteja com muito dinheiro e tempo sobrando.

      Um paperwhite qualquer atende 90% de quem quer um e-reader, e os outros 10% apenas querem uma tela maior ou botões pra virar página.

      É a mesma diferença entre comprar um livro convencional e uma Fucking edição de colecionador.

      • Vin Diesel

        exato

  • Big Joe

    Tomara que este não tenha alguns pontos brilhantes na tela, como o meu.
    Até Kindles de mostruário eu já vi com isso. É como se fosse alguma poeira, ou algo assim, no vidro. Não é “dead pixel”.
    Já viram isso?

    • Sophos Nsm

      Limpe a tela. Se continuar são micro arranhões na tela. Se você tirar a luz eles desaparecem para esses pontos são a luz sendo refletida nos atenções ou sujeira ou gordura

      • Big Joe

        Já estavam lá qd tirei da caixa. Limpei e etc. Mas parece que é por dentro. Fiquei meio decepcionado com o controle de qualidade deles.

  • Cardoso (não aquele)

    Tudo o que quero é um Kindle maior onde eu possa ler mangá a 100% do tamanho original. As letras ficam muito pequenas no Kindle “comum” que tenho.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis