Criadores de emulador do PS3 recebem aviso da Atlus

persona-5

Nós sempre vimos fabricantes de consoles se posicionarem contra emuladores, mas você lembra de algum estúdio que ameaçou processar os criadores de tais programas? Pois é o que aconteceu esta semana com a Atlus e o emulador para PlayStation 3 conhecido como RPCS3.

Recentemente o software ganhou popularidade ao rodar de maneira bastante satisfatória um dos jogos mais elogiados do ano, o Persona 5. Então, como muitas pessoas sem um PS3 ou um PS4 começaram a recorrer ao emulador, a editora resolveu tomar uma providência e justificou a atitude da seguinte maneira:

Acreditamos que a melhor experiência para os nossos fãs com os nossos títulos (como o Persona 5) está nas plataformas para as quais eles foram desenvolvidos. Não queremos que suas primeiras experiências tenham quedas de frames, falhas ou outros problemas que possam surgir com a emulação e que não supervisionamos pessoalmente. Entendemos que muitos fãs do Persona adorariam ver uma versão para PC.

 

E embora não tenhamos nada para anunciar hoje, estamos ouvindo! No momento, a melhor maneira de jogar o Persona 5 é no PlayStation 4 ou no PlayStation 3.

Como os criadores do RPCS3 possuem uma campanha no Patreon, a Atlus solicitou ao serviço que ela fosse cancelada, já que infringia as leis de direitos autorais. A empresa japonesa inclusive afirmou que o problema deles não estaria com o emulador em si, mas por a sua propriedade intelectual estar sendo usada sem autorização. Para a editora, o simples fato de o jogo rodar fora dos consoles da Sony já seria algo ilegal, já que para fazer isso os usuários precisam quebrar o DRM do título.

Já da parte dos responsáveis pelo RPCS3, eles afirmam que a Atlus não tem razão em reclamar, pois os jogadores estariam apenas utilizando cópias legais do Persona 5 no emulador e convenhamos, isso é no mínimo de uma inocência sem tamanho. Por isso eles dizem que continuarão trabalhando no desenvolvimento do programa.

Tudo isso indica que o caso ainda terá muitos desdobramentos e embora seja sempre muito complicado esses grupos tentarem lutar contra um gigante, estou curioso para ver se a Atlus realmente tem razão nesta tentativa de acabar com a produção de um emulador.

Vale lembrar que a mesma empresa já havia ameaçado jogadores que tentassem fazer o streaming do Persona 5 e fico me perguntando se essas atitudes não poderão ter um impacto bem negativo na imagem da empresa.

Fonte: Siliconera.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Se a sony n se imrpota pq atlus tem de? NEM A NINTENDO se importa com o CEMU !!! LOL

    • Curioso a a Nintendo não se importar com o CEMU. Deve ser por ignorância a existência desse emulador, porque a Nintendo é muito chata com essas coisas. Pra você ter uma ideia, seus games de android não rodam com root ou com androids alternativos. Mandou um cease e desist no fan remake do Metroid 2. Persegue games inocentes grátis usando o Mario, e por aí vai.

      • Ivan

        A ultima vitima foi o mario 64 online, o criador já recebeu um aviso…

        • Alberto Prado

          Aí que eu pergunto. Pq esses caras não faz na surdina? Tipo, como que ele vai receber o aviso? Ele deve se identifica… Pq não cria toda a forma de contato com ele de maneira fake? Se derruba um site em que ele publica, só subir outro.

          • Ivan

            Já pensei nisso, será que os caras colocam telefone fixo de casa no site? email pessoal e endereço? hauehauh

          • Mas após receberem o aviso, eles passam a operar na surdina, e dizem que o game está sendo atualizado por ráquers ou algo assim, que o código fonte intermediário e uma cópia em alpha vazou, não assumindo mais autoria.

          • Na surdina o cara não ia ter fama, ninguém vai dar o trabalho de fazer algo se não for para aparecer…

      • exatamente pior que no caso do RPCS3 ele é open source ja o CEMU os cara pedem dinheiro pra continuar fazendo ele em full time work a nivel que to jogando zelda BOTW sem problemas, MK8 a 60fps lol ate mods ja se tem.

    • Ivan

      Nintendo acha ruim até os videos dos jogos no youtube imagina emulador…

    • Diogo

      A Nintendo não se importa com os emuladores, mas se importa com as ROMs. Já vi vários sites serem derrubados (ou eles só tiram as ROMs dos jogos da Nintendo) por conta disso.

      • Yskar

        Recentemente tiraram tudo deles do Emuparadise inclusive (mas não do forum).

      • EmuManíaco

        Nao se importa? ela simplesmente cansou é de tomar carcada em processos contra emuladores.

        • Diogo

          Por isso mesmo… Algum adiantou? Rs…

  • Essas empresas que lutam tanto para manter quase inacessível seus games para “não perder dinheiro”, poderiam simplesmente lançar os games no PC e demais plataformas e ainda teriam mais lucro.

    • Depende cara as vezes o gasto necessário para portar um jogo para uma plataforma é maior que o retorno nas vendas, no caso do Persona é um jogo voltado para o publico japonês então faz sentido só ter versão para o Playstation, já que a Sony domina no Japão…

      • Yskar

        Nem tanto, Persona e SMT é bem popular no ocidente também, japoneses não costumam fazer por versão mióptica e medo de pirataria.
        Não a toa são os primeiros a abraçar o Denuvo como se fosse o último bote do Titanic.

  • Alice Woodstock

    Ainda me dá uma certa raiva essa campanha de exclusividade. O público de console e PC são diferentes. Eu tenho dinheiro pra comprar um console, não jogo nada pirata mas não vou comprar um equipamento pra jogar um jogo e depois ficar encostado num canto por meses ou até anos. Por isso acabo por não conhecer muitos jogos exclusivos por não estarem na minha plataforma favorita.

    • Maom

      Essa campanha de exclusividade sempre foi assim. Vc tinha que ter Master pra jogar Alex Kidd e Nintendinho pra jogar Mario.

      • O povo adora “esquecer” disso.

        • ludiaz

          Ou só jogou de PS2 pra frente…

        • Isso fazia sentido pra Sega e Nintendo na época porque ambas tinham seus consoles. Diferente da Atlus.

          • Exclusivos? Sempre foi assim e sempre vai ser (infelizmente).

      • Alias a Nintendo tinha um contrato de exclusividade para publicar os jogos no Super Nintendo, a Sega foi muito prejudicada com isso, mas conseguiu bons jogos apesar de tudo…

      • gomes86

        Pois é, mas não estamos mais nos anos 80.
        Hoje a maioria dos jogos sai também para PCs e campanha de exclusividade se tornou sinônimo de boicote á plataforma X ou Y.

        • Maom

          Era a mesma coisa. Ou vc acha que a briga por exclusivos entre Sega e Nintendo era pq? E outra, já existiam jogos multiplataforma inclusive PC na época.

          • gomes86

            Correção: o PC praticamente não existia como concorrente. Não como o coringa que é hoje, que praticamente anula uma porção de exclusivos (SFV, Recore…) e os torna em exatamente o que eu acabei de citar: ferramentas de boicote à plataforma X ou Y.

          • Maom

            Como não? De onde vc tirou isso? Eu tinha 10 x mais jogos no meu DOS do que eu tinha no meu master system. Inclusive os multiplataformas que eram melhores no PC. Pq na época o rei não era nem console nem pc, os jogos tops e grandes graficos ficavam nos arcades.

          • gomes86

            Se você quiser defender que o (IBM)PC era relevante para a indústria de games justo na época da rixa Sega x Nintendo, e enquanto a “plataforma” PC se fragmentava entre Amiga, DOS e Mac, eu só posso desejar boa sorte.

          • Maom

            Não era nem sombra do que é hj assim como o mercado de consoles. Grandes títulos e “gêneros” de jogos nasceram no Amiga, DOS e Mac. E sim o PC fazia concorrência pros consoles uma vez que tirava deles possíveis compradores como eu que não tive um Nintendinho por estar satisfeito com o meu PC- DOS e preteria o Atari na sala pra jogar mais no MSX na época que custava umas 10 vezes mais numa era que um computador não era uma ferramente de acesso ao mundo como é hj onde não havia internet. Era uma mera ferramenta mais prática que uma máquina de escrever para o meu pai e uma unidade de entretenimento para mim.

          • gomes86

            Exceto que, sim, o mercado de games era mais do que mera sombra do que é hoje, talvez até mais saudável do que foi a 7ª geração.
            E era quase 100% focado em console.

          • Maom

            Não era. De onde vc tira essas afirmações?

    • João Alves

      Tô nessa. Não tenho como jogar Madden.

    • Mas não é exatamente a exclusividade de certos jogos que fazem a gente escolher uma plataforma ou outra? Isso não é só pra videogames… É pra tudo na vida que existe concorrência. Normal.

      • Mas a exclusividade não é eterna. Geralmente é de 1 ano ou algo assim. Depois de um tempo acho que seria possível lançar o game para outras plataformas. E essa exclusividade entre a Sony e Atlus me parece ser meramente uma política da Atlus, e não um contrato ou vantagem paga pela sony.

      • Alice Woodstock

        Não é o caso do PC, minha escolha não tem nada a ver com exclusivos e no caso dessa plataforma acho que ninguém escolhe por causa disso afinal é a que tem menos exclusivos de peso. Muitos escolhem o PC devido ao poder gráfico. Eu escolhi pela possibilidade de mods, por gostar da parte de configuração (montar a máquina, instalar sistemas operacionais), poder jogar com qualquer controle, retrocompatibilidade (nostalgia dos jogos de DOS, uso só o PC desde 95 minha mãe nunca deixou eu ter videogame então emulei mega drive e super nintendo num 486 para jogar os mesmos jogos que meus amigos) e jogos baratos (tenho uma coleção de mais de 700 na steam)

        • Muitos escolhem o pc pq é mais fácil arrumar jogo pirata. Fazer download, emular… ¯_(ツ)_/¯

          • EmuManíaco

            PC é uma plataforma com “vantagens” mesmo. Muita gente compra hardware top de linha e depois vai la e fica só no tapa-olho.

          • Grade, Tardigrade

            Tenho PS4, XOne e um PC de nível bom pra top, e só jogo no PC por ter pirataria à vontade!

            Julguem como quiserem, continuarei assim!

          • Yskar

            Hoje em dia nem é mais taaaanto assim, compensa mais fazer os dois do que só ficar no tapa-olho, hoje em dia dá pra comprar os jogos por preços bem interessantes, mas tem certos jogos que não vale a pena pagar o que pedem ou aceitar certas safadezas como Denuvo.

        • EmuManíaco

          Por mais que eu basicamente tenha PC desde 1992 hoje não sinto o menor “tesão” em jogar nele. Acho extremamente sacal ter que ficar me preocupando se roda em tal hardware ou sistema operacional. Fora uma coisa que me incomoda muito desde sempre no PC… As famosas “travadinhas”.

          • Alice Woodstock

            ?! no meu PC não tem nenhuma “travadinha”, talvez um ou outro jogo em que o port não é tão bem feito mas nem mesmo quando eu tinha o 486 eu tinha isso, só mexer um pouquinho nas configurações e rodava liso. Mas eu gosto de mexer nas configurações (o que a maioria odeia)

          • EmuManíaco

            As vezes tu tem o dobro de ram necessaria e mesmo assim da problemas. Eu odeio ter que configurar game nativo de pc.

          • Alice Woodstock

            Hoje memória de vídeo influencia mais do que a ram, o carregamento de texturas é mesmo um problema nos ports mal feitos. Uma coisa que acho que os consoles deveriam preservar é a simplicidade. Sempre acreditei que console é pra quem quer botar o disco e jogar e vejo notícias de lançamentos quebrados mesmo nos consoles e acabam exigindo correções, jogos que você instala e depois tem que baixar quase o jogo inteiro de novo e até jogo pela metade (no caso do switch) pq não tem espaço no cartucho. No PC alguns jogos ainda dão trabalho embora seja muito menos que antigamente, tive que mover o GTA V pro meu SSD para que rodasse perfeito. Eu não troco a liberdade do PC por nada, por isso digo que são públicos diferentes vejo muitas reportagens tentando comparar poder de fogo, gráficos e exclusivos quando na realidade não é isso que importa no quesito PC x Console. PS: uma coisa que eu acho um desaforo ter que pagar pra jogar online num console (PSN, xbox live gold), espero que essa moda não venha para o PC.

          • EmuManíaco

            Aí que ta. Voce não paga pra jogar online. Voce paga pra manterem e criarem serviços. A acessibilidade, conteudo exclusivo e desenvolvimento de softwares não são gratuitos.

          • Cara, se vc tem um PC descente, nunca mais quer saber de console.
            A diferença gráfica e de preços é gritante e é só ter o mínimo de conhecimento técnico.
            Hoje em dia não dá pra comparar, PC está a anos luz inclusive dos “novos” consoles PS4 Pro e Xbox X que já serão lançados desatualizados.
            É um investimento inicial maior e pode até não ser tão prático quanto um console, mas a longo prazo sempre é o melhor negócio.
            Esse negócio de exclusividade só segura fã fervoroso de uma determinada franquia mesmo.
            No meu caso, eu só deixo de jogar os exclusivos e foco nos outros 6.000 jogos que eu tenho na fila pra terminar (Sim, eu tenho isso na minha conta do Steam e não gastei nem 10% do preço normal desses jogos rs).

          • EmuManíaco

            Não concordo. Não troco a simplicidade de consoles atuais e o conforto de jogar com controle em todos os jogos por pc de jeito algum. Principalmente hoje no xbox. que tem muitos jogos gratuitos e ser viços fantasticos.

          • Adalio Siqueira

            videogame só era simples de verdade até o PS2

          • EmuManíaco

            acho super simples a atual geracao

          • Adalio Siqueira

            É simples, mas não é só bota o cd e jogar como antes. A atual geração é tão simples como a Steam é simples.

          • EmuManíaco

            ta falando besteira. botar o cd e jogar ainda é possivel… claro que vc tem que instalar no hd mas nao e como se vc fosse obrigado a baixar as atualizacoes de games

          • Adalio Siqueira

            Besteira? “claro que vc tem que instalar”… sem mais

          • Com controle vc pode jogar no PC tb, inclusive jogo com um de Xbox 360 de boa e tem suporte pro de Ps4 e do One hj em dia tb.
            No meu caso, minha TV fica do lado do pc e j conectada na placa de vídeo.
            Basta eu jogar o jogo pra TV e ir pro sofá, quer mais praticidade que isso?
            Fora que em FPS, não há controle melhor que mouse e teclado.
            E isso sem contar serviços como o Steam Big Picture que deixa a interface do steam totalmente adaptada para navegação por controle.
            E se for falar em jogos gratuitos a disputa fica injusta heheh
            No PC toda semana tenho uns 5 jogos de graça com algum AAA no meio de vez em quando.
            Esses dias mesmo, o Humble Bundle estava com o Outlast + DLC free.
            Console hoje em dia, é só pra quem quer exclusivo ou quer ter zero de trabalho mesmo e não se importa a pagar mais por conta disso.
            Todo o resto não é mais justificativa rs

          • EmuManíaco

            joga la diablo 3 com controle, ou mass effect no pc.

          • Ué e pq não?
            Os dois tem suporte pra controle e se não tiver, basta instalar um software e qualquer jogo terá suporte pra controle.
            Até FPS se vc quiser 😛

          • EmuManíaco

            nao funciona da mesma forma. fora que nao e nativo. gambiarra to fora.

          • hahaha quem falou que não?
            O suporte do PC a controles é exatamente igual ou melhor até que o dos consoles.
            Inclusive mtos jogos reconhecem o controle e exibem os botões na tela como se estivesse em um console.
            E mesmo que vc fizer via software, o tempo de resposta é o mesma e vc perde 5 minutos no máximo configurando e uma vez só.
            Vc é muito Preguiçoso, isso sim! heheheh

          • EmuManíaco

            Vc realmente nao sabe como funciona a jogabilidade desses jogos em cada plataforma. chama de preguicoso mas e um puta ignorante.

          • O único ignorante aqui é vc amigão.
            Não tem conhecimento de porra nenhuma e coloca defeito onde não existe e nem sabe como funciona.
            Usa o google de vez em quando que vai te ajudar.
            Eu sei exatamente como funciona a jogabilidade dos jogos que citou, inclusive já joguei Diablo sem problema nenhum e digo mais, é mto melhor jogar jogos desse gênero no teclado e mouse.
            O mesmo serve pra Mass Effect, vc está falando besteria.
            Não comecei a jogar videogame ontem não, já tive consoles, mas larguei essa vida depois do PS1, tenho total conhecimento no que eu estou falando.

          • EmuManíaco

            “Não tenho conhecimento de porra nenhuma” kkk… Só tive msx e pc desde o 386, só tive consoles desde o atari, maquinas arcades originais e etc… A jogabilidade point and click pode ser uma maravilha pra ti. Mas nem todo mundo tem mais saco pra isso. Jogar diablo praticamente como uma beat an up/ rpg é bem mais divertido. continue sendo um babaca achando que o mundo gira em torno do que vc acha ou não vai dar certinho.

          • A experiência que vc tem é a mesma que eu tenho manézão, não sei como consegue falar tanta asneira se conhece isso tudo mesmo.
            No mínimo deve ser um daqueles tiozões que nem em celular sabe mais mexer pq é “muita tecnologia” hahah
            Já falei que jogos do tipo Diablo dá pra jogar da mesma forma no console e PC (e vc ignorou pq é uma mula), isso não é desculpa.
            Se tem preferência por consoles pela praticidade, comodidade e exclusivos tá blz, jutificado. Agora não venha inventar motivo que não existe falando besteiras desse tipo.
            Abraço! 😀

          • Tio ta ai?

            Eu penso q quem é usado para o desenvolvimento de um console é o computador então quem é melhor? Mesmo tendo condições jamais vou pagar 350 reais num forza 3 ou gran Turismo! Particularmente prefiro PC ja q vc paga 3000 num console joga dois anos e depois ele sai d linha e param d lançar jogos para ele enquanto o pc continua ai direto firme e forte , tbm penso q a longo prazo PC ganha no quesito $ pois ate mesmo vc comprando o jogo original sai mais barato do q no console! Paguei 35 reais no the crew com todas as updates enquanto no console custa 150! Jogo desde a época do nintendo 8bits ja passei master system mega 3do ps1 ps2 neo geo e beo geo cd phantom gameboy gameboy advanced 90% dos consoles eu ja joguei mas ainda prefiro pc ate mesmo pq os consoles de hoje estão tentando se aproximar do pc em relação aos recursos e opções! Tenho certeza q alguem ja ouviu falar q da para intalar o Linux no ps3 obs: gosto é igual bunda cada um tem a sua/gosto não se discute

          • EmuManíaco

            Cara pessimos exemplos. Forza 3 custava 89R$ em midia fisica e não existe gran turismo pra ps4. consoles tem vida util media entre 5 e 6 anos. So o ps3 e 360 que exageraram e duraram mais de 10 anos.

          • Theuer

            Meu irmão sempre teve consoles e eu nunca me interessei por jogar, não sou Gamer.
            Por trabalhar com vídeo, sempre tive Macs e depois que a Apple virou piada, passei a ter hackintoshes parrudos e Steam. Aí meu amigo… 🙂
            Acho a Steam animal demais. Tenho simuladores de corrida e voo, a maioria deles com mods que a Steam atualiza automaticamente. Impossível ser mais simples e barato.
            Nada contra os consoles, mas no meu caso eu sou o tipo de público que um estúdio com jogos exclusivos para consoles simplesmente nunca receberá meu dinheiro.

          • É bem isso aí mesmo.
            Eu tb não tenho nada contra consoles, pelo contrário, sempre acompanho as novidades, achei a ideia do Switch mto boa e tudo mais.
            Mas é fato que os consoles também estão convergindo para o modelo de negócio do PC. O Lançamento do PS4 Pro e do Xbox X, são provas disso.
            Se vc analisar friamente as plataformas, não tem como falar que os PCs não estão mto na frente.

        • Adalio Siqueira

          Concordo… e tambem meu caso, nao quero ter 2 ou 3 aparelhos para jogar. tenho o PC por outros motivos e aproveitando dei upgrade nele pra poder jogar.

      • gomes86

        Talvez no tempo em que consoles custavam 200 dólares (no lançamento) e não precisavam de assinatura paga… Fosse negócio comprar apenas por alguns exclusivos.

  • Humberto Jorge

    Gostei da atitude da Atlus. Não quer proibir o emulador, coisa que a subsidiária deles, a Sega fez com Fusion, Kega e dentre tantos emuladores, incentiva a produção deles, inclusive o Sonic novo é fruto disso. E deu uma porrada, pra galera se acalmar e não fazer Persona no PC, com risco de fechar o Patreon. Molecada, tem que aprender que certos jogos japoneses são feitos pra Videogame porque é cultural e boa parte disso sempre estará com uma exclusividade, para ter o aparelho. Lembrem-se, jogos japoneses são feitos para o mercado japonês, se pegou no ocidente, eles estão meio que se lixando pra isso. Não tem sentido a galera comprar um XBox só pra ver Netflix. Cof. Cof.

    • Ani

      Persona 5 já funciona no PC, já terminei o jogo. E a performance irá continuar melhorando no emulador inclusive. Leia o statement oficial do RPCS3 no reddit.

      • Humberto Jorge

        Sim, isso é eu que eu tô falando. A Atlus poderia pedir a suspensão do emulador como a Nintendo fez e a Square também, mas não. Só tá pedindo pra parar de emularem. Eu joguei P5 no PS4, adorei.

        • EmuManíaco

          pedir, perder e pagar as custas do processo.

    • Não tem essa de jogo feito pra isso ou pra aquilo… Se o cara conseguir fazer rodar em uma torradeira, é mérito dele e ninguém tem nada haver com isso.
      Ele só não pode sair ganhando grana com isso (como muita gente tem feito aqui no BR com os emuladores mais antigos), aí sim fere a propriedade intelectual da empresa.

    • Yskar

      Ah sim, o Patreon recusou o pedido de DMCA takedown da Atlus pois emulação cai na parte de FAIR USE da legislação americana, ela não pode exigir ONDE a pessoa pode consumir o produto dela.

      Fonte:
      reddit. com/r/emulation/comments/72lo12/statement_atlus_usa_attempts_to_shut_down/

  • MM

    Vendo o progresso desse jogo, pergunto: The Last of Us já roda em emulador?

    • Leonan Sena

      Esse e o MG 4 não da boot por que falta emular partes do OS do ps3 que controlam esse aspecto. Mas espero que aconteça igual o Okami HD, não dava boot numa versão e em outra iniciava o jogo e estava com desempenho em 100%

    • Yskar

      AINDA NÃO, mas pro meio do ano que vem provavelmente vai.

  • ElGloriosoRangerRojo™

    Depois de centenas de jogos mal e porcamente feitos para o PS3 (não falo só da Atlus) os caras vêm falar de queda de framerate, qualidade gráfica e blablabla? Fala sério…

    Sem falar que os caras acabaram de deixar claro que não adianta comprar o jogo deles. Eles querem inclusive controlar o que você vai fazer com a bendita mídia…

    • Já que o jogo é deles, então eles podem fazer isso, ué…

      • SignaPoenae

        A partir do momento que você compra, o jogo passa a ser seu.

        • Errado. O jogo nunca vai ser seu. Você apenas adquire o direito de executá-lo dentro dos parâmetros permitidos pelo verdadeiro dono do software: a empresa que o criou.

          • SignaPoenae

            Tenho uma nota fiscal que diz que uma mídia física contendo The last of us Remastered é meu. Não assinei nenhum contrato antes ou depois da compra dizendo que eu poderia utilizar o jogo apenas da forma x ou y, então se eu quiser colocar em um drive de BD e rodar no meu pc, eu posso.

            No mais, contratos unilaterais – principalmente aqueles que você tem a opção de concordar apenas depois de comprar ou pagar – são facilmente anuláveis no Brasil.

          • Não, não pode, a menos que seja EXPRESSAMENTE permitido.
            The Last of Us, você disse? Atrás da caixinha tem a licença, que você concorda no momento da aquisição:
            https://www.playstation.com/en-us/legal/softwarelicense-brp/

            A real dona do software não tem culpa se você não lê o que está comprando…

          • SignaPoenae

            Não, não tem a licença.
            Tem um link, que aponta para uma licença. E já que a mesma não é informada integralmente nem pode ser consultada na hora da compra (fui na americanas peguei o jogo na prateleira e depois já passei no caixa – não te dão nenhuma opção de acessar a licença), não é culpa minha não ter lido antes de comprar.

          • Ignorância de uma regra não o exime do cumprimento dela.

          • cagar regra, sempre tem 1 a cada 10 D:

          • Yskar

            A mídia é de fato só uma licença de uso ao portador, não existe mais PROPRIEDADE real no século XXI para software.
            E concordo com a parte que você disse de contrato de adesão, PORÉM eles não vão mudar o sistema deles para se adequar as leis daqui, então ainda vale DEFACTO o que eles praticam no exterior.

          • EmuManíaco

            Eula não passa por cima da lei de cada país meu caro.

          • E existe algum país cujo as leis dizem que você é dono da propriedade intelectual de outros só porque pagou tostão em uma cópia dela? Fale-me mais sobre isso.

          • EmuManíaco

            A partir do momento que você compra a mídia ela poder ser usada da forma que bem entender. Inclusive criar copias de segurança. Ou seja pode fazer inclusive ISOS.

          • É mesmo? Onde diz isso?

      • EmuManíaco

        Nao podem.

        • Sim, podem, já que são os reais donos.

          • EmuManíaco

            Não podem. Ja existe decisões que proíbem tal tipo de “proteção”

          • Como o quê, por exemplo?

    • Guilherme

      Pois é. Que eu saiba, a versão PS3 de Persona5 não é exatamente estável nos 30fps que ele roda.

  • Ainda me pergunto do por quê da Sony, Nintendo e cia não saírem podando cabeças de emuladores. Quer acabar com a pirataria via emulação? Mata os programas que rodam as roms/isos que resolve tudo.

    • Alice Woodstock

      Ao contrário da pirataria em si, a lei não é a mesma para os emuladores. Por isso o PCSX não vem com os arquivos de bios (protegidos por direitos autorais). Embora dá pra passar por cima da lei, é um pouco mais difícil do que quando a lei já está do lado das empresas.

      • Mas emuladores que não dependem de bios (qualquer coisa de Nintendo 64 pra trás) são casos de engenharia reversa clara. As empresas são muito sussa…

        • Hardwares são protegidos por leis de patentes por um certo período de tempo apenas, após isso você pode fazer engenharia reversa sem problema.

          No Brasil, por exemplo o prazo é de 20 anos http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9279.htm

          • Humn… interessante. Não sabia desse prazo.

          • Yskar

            Fora que engenharia reversa é totalmente proibido pelo DMCA yankee também.

      • Yskar

        o RCPS3 não usa BIOS, usa os arquivos de update fornecidos pela própria Sony, você não precisa de um PS3 ou de algo que tenha nos chips e HD nele para fazer o RCPS3 rodar como você precisa nos emuladores de PS1 e PS2.

  • Dou uma e se for bom dou mais

    Sony x Bleem, Sony x Connectix (VGS)… Padrão?
    Edit: a tá… foi o estúdio. Não foi a sony pelas costas porque com os dois de cima ela tinha tomado tanta porrada que teve que comprar uma e ficar anos sofrendo processo mesmo após o fechamento da outra (por práticas ilícitas de comércio, ela ameaçou de tirar os jogos de certas cadeias de lojas caso elas continuassem vendendo o bleem, e entre vender meia dúzia de emuladores e centenas de jogos podemos imaginar o que aconteceu.

  • Ani

    Não dá para escrever nem RPCS3 direito não? Que notícia desinformante, nossa, ler o statement oficial em vez de ficar adivinhando seria o mínimo né?

    Se não consegue interpretar o inglês, procure um tradutor, por amor de deus.

    • Apesar do tom desnecessariamente agressivo, você poderia ser mais específica quanto as desinformações presentes no texto? Sobre as adivinhações que fiz ao invés de ler o comunicado?

    • Yskar

      Mas que tristeza, logo com a foto de minha waifu tendo essa atitude feia com o Dori?

  • André Rios

    Quem pensa em diversão são os consumidores…empresas pensam em dinheiro

  • Vejamos, a Atlus quer que removam o Patreon, do contrário, parem o trabalho no RPCS3 isso?
    Poderia dizer que isso é puro barulho porque os caras odeiam o PC e querem o dinheiro, mas estamos falando de uma empresa japonesa, que faz jogos para console por questões financeiras e culturais. O osso é que isso vai disparar o sino para as outras fazerem o mesmo.

  • Renato Kazuo Matsubayashi

    Isso que dá ficar lançando jogo pra geração passada…

  • Yskar

    “se a Atlus realmente tem razão nesta tentativa de acabar com a produção de um emulador”
    Boa sorte tentando acabar com algo que é opensource, huehueuhe.

  • EmuManíaco

    Japoneses hoje são o apice de fazer merda em videogames. Nao é a toa que hije sao praticamente irrelevantes.

  • Joel NYAPPY

    Emulador eh vidaaa!!!
    Os caras tem um puta trabalho pra fazer o jogo rodar o mais liso possível. Além dos gráficos ficarem 4K ou mais lindos ainda, o que não eh possível nos consoles, a não ser nesses atuais.
    PS: Amo consoles e não desmereço as desenvolvedoras, tento o máximo possível apoia-las. 😉

  • gomes86

    Francamente, não parece uma “inocência sem tamanho”. Não estamos falando de cartuchos raros e sim de um jogo de 30 dólares facilmente encontrado em qualquer lugar é com proteção de cópia difícil de ser quebrada.
    Ou seja, é provável que muitos usuários realmente usem o emulador com um disco original.

  • Julio Verner

    Bem que fizeram em dar de ombros! E qualquer coisa libera o código(é fechado?)… E já era.
    O jogo é tão “bom” que foi o primeiro título “real” a ser plenamente jogável…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis