ad

Wonder Boy mostra que o Switch pode ser ótimo para os indies

wonder-boy-the-dragons-trap

E enquanto alguns estúdios menores tem sofrido para se destacar no 3DS, outros parecem ter encontrado no Switch um porto seguro, um videogame onde seus jogos podem ter um desempenho comercial superior ao visto em outras plataformas com bases instaladas bem maiores.

Um exemplo disso foi revelado pela Lizardcube, desenvolvedora que recentemente nos deu o excelente Wonder Boy: The Dragon’s Trap, aquele remake do título que foi lançado há quase 20 anos para o Master System. Segundo os responsáveis pelo estúdio, o desempenho no videogame da Nintendo foi tão bom que por lá as vendas superaram o registrados nas outras três plataformas juntas: PC, PlayStation 4 e Xbox One.

O mais interessante é que embora esse desempenho seja emblemático, não parece ser um caso isolado. De acordo com uma matéria publicada pelo site Gamasutra, várias empresas tem elogiado a Nintendo por ter feito do Switch uma plataforma bastante acessível aos indies. Veja por exemplo o caso da MixedBag, que mesmo tendo vendido mais cópias do seu Forma.8 no iOS, obteve um resultado melhor no Switch por esta versão ser vendida com um preço maior.

Outro fator defendido pelas companhias que tem trabalhado com o misto de console e portátil é a facilidade para adaptações. Para David Amador, da Upfallstudios, a BigN melhorou muito a maneira como os jogos são feitos se comparado com o que tínhamos com o Wii U ou o 3DS. O problema no entanto estaria na falta de uma segunda tela, mas o fato de podermos jogar na TV ou em qualquer lugar acaba compensando isso.

Já para o pessoal da AwesomeStudio, o fato de as versões da engine Unity para PC e para o Switch não serem a mesma é algo que tem os incomodado. Isso tem feito com que o Dimension Drive apresente alguns erros no videogame que não temos nos computadores. No entanto, o fato de terem se dedicado a otimizar o título para o Switch acabou beneficiando o PC, já que até as máquinas mais modestas agora conseguem rodar o jogo satisfatoriamente.

Além disso, no geral as empresas que tem trabalhado com a Nintendo elogiaram muito a maneira com a fabricante tem lhes tratado, seja na abordagem inicial para convencê-los de que seus jogos deveriam ser lançados para o Switch, seja oferecendo uma documentação detalhada para os desenvolvedores.

Com isso, pode até ser que o novo videogame da Nintendo acabe sofrendo com a falta de títulos de grande porte, mas em se tratando de indies, acho que o futuro está garantido.

Fonte: Engadget.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Julio da Gaita ✔

    Devido a base de jogos disponíveis pra o Swicth ser menor se comparado as outras plataformas, é normal que jogos indies tenham maiores chances de sucesso no Switch do que em outras plataformas com bases de usuários maiores e uma coleção de jogos bem maior.

    E até pela base de usuários da big N qualquer jogo saudosista tem grandes chances de sucesso, é um publico bem diferente.

  • Além de ser o tipo de jogo que agrada quem é fã da nintendo, acredito que a falta de bons jogos no começo da vida do switch e com tanta gente tendo comprado o console, isso colaborou para o sucesso na plataforma.

    • Concordo, colabora bastante.

      Sobre o volume “pequeno” de jogos, só o Zelda – Breath of the Wild é uma obra de arte mesmo, to impressionado, nunca dei a atenção merecida pra essa série, no Wii nem dei bola… Agora to impressionado, está deixando meus jogos do PC no chinelo, tem muito, mas muito mais liga que The Witcher ou Fallout, nem se compara… E o esquema de tirar da TV e seguir jogando no “Tablet” em qualquer lugar é sensacional… Esse VG é impecável.

      • Felipe Braz

        Eles poderiam aproveitar e requentar alguns títulos como smash bros e xenoblade chronicles x

        • O clamado F-ZERO a mais de década

        • Por mim podem lançar todos os jogos da nintendo que sairam pro Wii-U, já que a maioria não jogou por que dava pra ver que o video game não ia pra frente e até alguns do Wii.

          • Felipe Braz

            Fato. E já ajudaria na questão de quantidade de títulos disponíveis.

          • Todos, leia-se Super Mario Maker. =D

          • Mario 3d world, Donkey Kong Country: Tropical Freeze , Yoshi’s Woolly World, Paper Mario: Color Splash, New Super Mario Bros. U, Star Fox Zero, fora os portes de Zelda Wind Waker e Twilight Princess.

        • Xenoblade Chronicles do Wii. Aquele é um jogo que merecia um remaster no estilo do Final Fantasy 12. Era muita areia pro caminhãozinho do Wii. Poderiam remasterizar tbm o The Last Story, Pandora Tower e o Metroid Prime Trilogy que a Nintendo fez questão de não deixar as pessoas comprarem. E do Game Cube o Eternal Darkness. Acho que já me dava uns motivos pra comprar um Switch.

          • Felipe Braz

            Bah, falou tudo agora!

          • The Last Story ao menos está disponível no VC do Wii U.

    • Confirmado Doom 2016 e Wolfenstein 2 para Switch!!! Com certeza será capado na questão de texturas e efeitos, mas poder destroçar monstros em um portátil é algo que a maioria dos donos provavelmente irão curtir.

  • Jean Franco

    Eu AMO indies. Faz tempo que não dou bola para Nintendo, mas talvez o Switch me conquiste.

  • Tiago

    Dória, Wonder Boy In the Dragon’s Trap foi lançando 1989 para o Master System, há quase 30 anos. Há quase 20 anos os PlayStation 2 estava sendo lançado.

    Quanto ao Switch, esse videogame é para isso mesmo: jogos menores e mais rápidos. Os grandes jogos AAA devem ser jogados no PS4 ou XBox. Esses simples são perfeitos no Switch. E melhor, são jogos de 10 a 20 dólares.

    Sabendo para serve o Switch e usando-o certo, ou seja, sem bater de frente com o PS4 em poder, todo mundo ficará feliz com o Switch.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis