Cientistas criam técnica para imitar fala em vídeos

!AVISO! Este texto é sobre uma PESQUISA ACADÊMICA, o vídeo é uma prova de conceito de uma técnica em sua fase inicial de desenvolvimento. Abstenha-se de comentários “ah tem defeito” “ah dá pra perceber que é falso”, “ah, no Linux tem isso”. Obrigado.

 

unificationparttwo6

Antigamente uma imagem era prova cabal para resolver uma disputa, mas as técnicas de manipulação foram crescendo, e hoje é preciso uma complicada análise forense antes que uma foto seja usada como prova válida em um tribunal. Vídeo costumava ser mais aceitável, forjar vídeos não era possível, ao menos dentro de um orçamento realista.

Agora há vários grupos desenvolvendo técnicas para criar vídeos onde pessoas falam coisas que nunca disseram. O mais recente é o “Synthesizing Obama: Learning Lip Sync from Audio”, criado por pesquisadores da Universidade de Washington. Eles criaram uma rede neural que analisou 14 h de vídeos de Barack Obama, estudou como ele pronuncia os fonemas, micro-expressões, etc e gerou um modelo.

Em seguida um áudio foi usado como input, e o software gerou um vídeo novo de Obama falando o texto, com perfeita sincronia labial.

Agora imagine um bom imitador gerando o áudio, e um vídeo com qualidade propositalmente piorada, para esconder os artefatos da geração. Se com posts no Facebook de fakes do Bolsonaro pessoal já pira, imagine um vídeo do Obama confirmando o Pizzagate por exemplo.

A grande verdade é que mais que nunca, não devemos acreditar em tudo que vemos. Ou ouvimos.

Aqui o vídeo do trabalho dos pesquisadores. É impressionante.


Supasorn Suwajanakorn — Synthesizing Obama: Learning Lip Sync from Audio

Fonte: Engadget.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Bruno Ligiéro

    Fascinante…

  • Anayran Pinheiro

    Você sabe que o mimimi da galera está alarmante quando a primeira coisa que se lê na matéria é um aviso de como ler a matéria…

  • Não gostei. Este troço tem defeito, dá pra perceber que é falso. No Linux tem isso tem isso há muito tempo. É fake e gay.
    Obrigado.

    • Quando visito meu pai sinto a mesma coisa. Ele me olha de baixo para cima e diz: este é fake. Até hoje não entendi o que quer dizer.

    • Kang Otro ✓

      kkkkk

  • Gradash

    Fake news vão bombar!

  • Deja Vu versão 2.0

    http://meiobit.com/348635/wowtune-coloca-hillary-obama-e-trump-cantando-juntos/

    • Luiz Cunha

      Nada haver uma coisa com a outra.

      • Ok. Forcei a barra no anterior.

        http://www.express.co.uk/news/world/654330/Video-technology-Putin-Donald-Trump

      • Felipe V.A.

        Não tem a ver no que foi estudado, mas sim com a finalidade. Esse outro sistema elimina a necessidade de “um bom imitador gerando o áudio”.

        • Luiz Cunha

          Por isso mesmo, nada haver uma coisa com a outra.

          • Wagner Felix

            Tem razão, nada a ver mesmo… o da cantoria foi feito com força bruta mesmo, o outro é só por software :D.

    • Tal link está presente no texto.

  • Eu só notei pequenos defeitos e sinais de que é fake porque fui ver o vídeo com esta disposição e conhecimento de como foi gerado.

    Se eu tivesse visto o vídeo sem alguém falar do que se tratava, e sem a introdução da explicação, passaria como verdadeiro tranquilamente.

    • Pensei a mesma coisa. Se os pesquisadores exibirem 3 vídeos (sendo 1 falso e 2 verdadeiros) e pedir pra identificar o falso, a chance da gente errar é muito alta. O resultado está bem satisfatório.

  • cloverfield

    Eu lembro de um episódio de Alienígenas do passada onde um ufeiro dizia que outro ufeiro foi na Nasa “a convite” e enquanto esperava numa sala eis que do nada aparece na frente dele o próprio Werner Von Braun.
    Quando eles se encontraram Von Brau disse para o ufeiro em questão: “nós tivemos ajuda deles”. “De quem?”, perguntou o incrédulo (Hahahaha!) ufeiro. E Von Braun admitiu: “Dos aliens”.
    Agora realiza: um dos principais responsáveis pelos programa espacial americano, sem nenhum motivo aparente, confessa para o primeiro ufeiro que aparece na frente dele que aliens estão ajudando os americanos.
    O entrevistado, claro, não apresenta nenhuma prova disso realmente ter acontecido.

    Esse programa vai ser um prato cheio para divulgar essas coisas…

  • Cocainum

    Quero ver Neil deGrasse Tyson dizendo que a Terra é plana, hehehe.

    • DanielBastos

      Eu não duvido que ele mesmo faça. E ainda na forma de debate.

      • Dou uma e se for bom dou mais

        É capaz de ainda ganhar o debate e provar que a terra é plana.

  • ²He

    WATAFUK?! o.O

  • Wagner Felix

    Impressionante e assustador.
    Em alguns momentos cai no vale da estranheza, parecem jogadores de FIFA Soccer comemorando gol, mas considerando que é uma etapa muito inicial do projeto, é assustador!

  • Vagner Da Silva

    Fico na dúvida sobre isso ser bom ou ruim pra traduzir falas na dublagem, é que havia um seriado policial recente (não lembro o nome) em que a protagonista era uma loira linda, mas que tinha a voz (no original) de uma senhora manca e fumante de 125 anos de idade e a dublagem corrigiu a falha da natureza.

  • ACHO que daqui há alguns anos o “enhance” dos programas de TV irão funcionar de verdade. E algumas décadas para o do Blade Runner! 😀 LOL

  • Meganegão

    Não importa quem vai ganhar ou quem vai perder. Todo mundo perde.

  • Pingback: Cientistas criam técnica para imitar fala em vídeos | Notícias Legais()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis