Netflix deixa de funcionar em aparelhos Android com root ou ROMs alternativas

netflix-android

Nem todo mundo que usa dispositivos Android com root ou apela para ROMs customizadas é adepto da pirataria, mas é bem verdade que tais soluções são empregadas por aqueles que não desejam pagar por apps ou pretendem consumir conteúdo de formas não-legítimas.

Foi pensando nisso que o Google implementou o sistema de DRM Widevine, destinado a sites e apps de vídeo que deixam de funcionar em dispositivos que não possuam certificação da gigante das buscas (no caso das ROMs) ou foram alterados de alguma forma. E o mais novo parceiro do Google nesse sentido, para tristeza de boa parte de seus assinantes é a Netflix.

Desde o último sábado (13) o serviço de streaming para o Android, que foi atualizado para a versão 5.0 se tornou incompatível com dispositivos que possuam ROMs alternativas ou que façam uso de root, independente do motivo ou circunstância. O app sequer pode ser baixado pela Play Store e está deixando de funcionar aos poucos nos aparelhos em que já está instalado, de modo a bloquear todo mundo de vez.

netflix-play-store

Agora que a Netflix permite que o usuário faça download de seus filmes e séries favoritos para seus dispositivos móveis, até mesmo para desktops é imperativo combater a pirataria e não dar maiores chances para que seu conteúdo original ou licenciado seja facilmente coletado, ainda que a Locadora dificilmente ficará desabastecida. A medida visa dificultar ao máximo soluções simples que um usuário final poderia empregar para baixar os vídeos, quebrar o DRM padrão e reproduzir o conteúdo em qualquer lugar, sem restrições.

Por enquanto a atualização não impede que todos os usuários de root e ROMs alternativas tenham acesso ao Netflix; embora não seja mais possível baixa-lo pela Play Store ele ainda roda via sideloading (instalar o arquivo .apk diretamente no smartphone ou tablet) e alguns ainda podem rodar o aplicativo instalado normalmente, mas a empresa alerta que é uma questão de tempo para que todos os que não possuem sistemas homologados pelo Google percam o acesso por completo, sem exceções. Em suma, no more Netflix and Chill para esse público. A única maneira de manter o acesso é fazer uso de versões do app anteriores ao 5.0 e impedir sua atualição; por outro lado é fato que com o passar do tempo os usuários dessas plataformas ficarão sem uma série de novos recursos que a Netflix vier a introduzir no aplicativo para Android.

É evidente que a próxima medida da Netflix é repetir o feito com iPhones e iPads que utilizem jailbreak e dispositivos Windows 10 Mobile com root (e não duvido que a versão UWP também deixe de rodar em versões piratas do Windows 10 para desktop), impedindo qualquer possibilidade de usuários de dispositivos móveis tenham acesso fácil a seu conteúdo e o compartilhem de modo ilegal. Quem quiser piratear mesmo vai continuar a fazê-lo utilizando desktop, placas de captura e outras mumunhas, a intenção aqui é apenas não facilitar.

Pior para os usuários de ROMs como o LineageOS e cia. ou que fazer uso do root para fins de performance, terão que acessar a Netflix por outros meios.

Fonte: Android Police.

Relacionados: , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis