ad

Phil Spencer defende os jogos vendidos como serviço

horizon-zero-dawn

Durante muito tempo eu tive vontade de comprar um Xbox One, mas quando finalmente decidi adquirir um console da atual geração, primeiro optei por um Wii U e depois por um PlayStation 4. O que me levou a desistir do videogame da Microsoft foram seus exclusivos, ou melhor, a falta deles. Sim, existem muitos títulos interessantes sendo produzidos pelos estúdios da Gigante de Redmond, mas se posso jogá-los no PC, porque eu investiria em um One mirando neles?

Essa é sem dúvida uma questão bastante pessoal, mas outra coisa que tem incomodado alguns donos de um Xbox One é a ausência de títulos de grande porte feitos pela Microsoft. Pois ao explicar porque isso tem acontecido, Phil Spencer fez um comentário que me deixou bastante preocupado.

O público para esses grandes jogos guiados pela história… Eu não diria que ele não é grande, mas não é tão consistente,” afirmou o chefe da divisão Xbox. “Você terá jogos como Zelda ou Horizon Zero Dawn que serão lançados e se sairão muito bem, mas eles não tem o mesmo impacto que costumavam ter, porque os grandes jogos vendidos como serviço estão capturando uma grande parcela do público. Os estúdios internos da Sony fazem muitos desses jogos e são bons nisso, mas fora disso, é difícil — eles se tornaram raros; É uma decisão de negócios difícil para essas equipes, você está remando contra a maré.

Spencer ainda disse que adora jogos que foquem no enredo, citando o Thimbleweed Park e o Inside como exemplos, mas defendeu que como parte da indústria, ele precisa garantir que tantos estes quanto os jogos entregues como serviço possam ser bem sucedidos.

Embora a intenção do executivo talvez não tenha sido essa, acho muito triste pensar na possibilidade de estar chegando o dia em que as os jogos de grande porte entrarão em extinção, com as empresas preferindo apostar nas malditas microtransações para conquistar o público.

Pensando como alguém a frente de uma plataforma, acho que a linha de raciocínio de Spencer faz sentido. Para um estúdio menor ou mesmo para uma editora, é muito mais seguro não apostar dezenas de milhões de dólares num título cuja certeza de vendas não existe, mas e quanto à própria Microsoft?

O problema é que enquanto os donos de um PlayStation 4 ou um Wii U (e imagino que em breve os do Switch) receberam diversas grandes produções, no Xbox One esses exclusivos tem aparecido numa quantidade bem menor e quando isso acontece, com a ressalva de que eles ainda podem ser jogados num computador.

Torço muito para que essa estratégia defendida por Spencer não seja adotada em massa, mas a verdade é que se ultimamente eu não andava com muita vontade de comprar um Xbox One, agora tenho menos ainda.

Fonte: The Guardian.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • tuneman

    que bobagem. o xbox one é cheio de exclusivos. tem Halo, gears e logo vem um novo Forza. todo mundo ama Forza!!!
    /s

    • mas e novas IP’s exclusivas?

      isso me faria completar a triade toda: NIntendo,Sony e M$ lol

      mas como n tem algo que nao seja do meu interesse, meh =[

      • Tuelho a jato

        Os exclusivos solitários kkkkk.

        Todo mundo sabe que o Xbox tem no máximo 2 a 4 exclusivos.

        Quando falamos que Xcaixa nãotem exclusivos , queremos dizer que NÃO TEM EXCLUSIVOS INÉDITOS .

        A Nintendo já disse que não tem aí pra essa rage MS vs Sony e tá tocando o barco .

        A Microsoft mesmo que diga que não está competindo com a Sony , continua buscando Bater o PlayStation mesmo que seja cutucando em algumas propagandas e não tem feito jus às provocações.

        Dreamcast e Sega Saturn eram aparelhos incríveis com pelo menos 2 anos de antevisão do futuro ,mas morreu .

        GAMECUBE veio com a promessa de erradicar a pirataria pelo uso de uma tecnologia antipirataria nos VCD e morreu também.

        Se esse Scorpio Caixa não tiver poder e jogos ,nada vai mudar e será o novo Dreamcast e a Microsoft a próxima SEGA .

        • por isso mesmo que nao completei a coleção incluindo um xbox no meio, se fosse one ja eh caro manter 2, imagina 3 lol

          scalebound eu tava maluco e tinha agradecido ao menos teria no pc, mesmo que seja empurrado naquela windows store que ninguem usa além daquele senhor de idade que é leigo e comprou uma calculadora sem saber que existe numa no sistema XD só que né, ja era ao menos por agora, vai saber lol

    • Eu desprezo Forza e não gosto nem um pouco de Halo nem Gears.

      Sim, também não sei porque fui comprar um Xbox One… 😕

  • Lá vão eles querer entupir a todos de pay-to-win…. ê M$….

  • Assim fica complicado eu defender o Project Scorpio, que como hardware é premium.

    • Concordo.

    • Bernard Voller

      O Scorpio pode se tornar um N64 sem exclusivos, ou ainda pior, o como o primeiro XBOX, que tinha hardware mas não teve apoio.

    • jairo

      $$$ , só isto

  • Vinícius Santos

    tio Phil é muito bom no que faz, conseguiu alavacar o One e tudo o mais, mas bem sem sentido isso que ele disse. Acho que estava em um momento existencial, sei lá.

    • Eu costumo gostar muito das declarações dele, principalmente por não ter medo de elogiar o trabalho dos outros, mas dessa vez não.

      • Jhonatas

        Cara, eu já tinha lido a entrevista completa e sinceramente não entendo essa repercussão toda. É o caminho que o mercado já vem tomando, infelizmente, não é de hoje. É mais uma constatação (uma lamentação, até), certamente embasada em vários números, acesso as publishers, CEOs, etc. Além de apreciar bons títulos, ele é CEO tb, n vamos esquecer.

        Vejo a galera detonando a plataforma como se fosse a MS q tivesse gerado essas práticas, quando a maioria esmagadora dos exemplos dados ai nos comentários são de 3rd parties. Infelizmente isso já chegou aos 1st parties tb (mta gente reclamou de Halo 5 e Gears 4), pq dá muito dinheiro. Fora isso todos os problemas levantados existem e ele está ciente disso e deixa muito claro, vamos ver a resposta na E3.

        Pra finalizar, a minha opinião é que o mercado de jogos vai amadurecendo como outros mercados (musica, cinema) onde as grandes produções (blockbusters) vão bancar esses títulos mais “story-driven” (GTA bancou vários títulos da Rockstar). Outro exemplo q me veio aqui: os produtores da Playground (Forza Horizon 3) cansados de fz somente jogo de corrida, vão utilizar a engine pra produzir uma nova IP.

        • E eu não posso não gostar de para onde a indústria está rumando? Talvez você tenha pulado a parte do texto onde eu disse que como alguém a frente de uma plataforma, o Phil Spencer está certo em defender os interesses de todos. O que não concordo é com a maneira como a própria Microsoft parece estar dando de ombros para os grandes títulos.
          Repetindo, olhando como um executivo, acho que estão certos ao fazer isso, como jogador, não.

          • Jhonatas

            Compartilho da mesma opinião, talvez n tenha ficado claro nos meus “infelizmente”. Meu único ponto de discordância é a questão do “dar de ombros”, eu sei, é sua impressão. Mas tem muita gente reclamando, eles não vão ignorar. Ele já reconheceu isso antes e nessa entrevista apenas constatou q nesse cenário fica cada vez mais difícil pra um estúdio apostar em outros títulos e lamenta não ter first parties tão boas qto a Sony e Nintendo nesse aspecto.

            Certamente após ter rodado bastante (teve até no Japão esses dias) pós-cancelamento do Scalebound ele viu q n é td dia q vc tem um estúdio de “grandes títulos” dando bobeira por aí.

            Enfim, vamos aguardar a E3 pra ver a resposta.

          • Mas a impressão que eles tem passado é essa. Fecharam estúdios, cancelaram desenvolvimentos e dos grandes ficaram Forza, Halo e Gears, sendo que daqui pra frente deverão sair pra PC.

  • Pingback: Phil Spencer defende os jogos vendidos como serviço | Notícias Legais()

  • Sejamos sinceros, desde que a Microsoft abriu seus exclusivos pra PC tambem, não vale mais tão a pena comprar um Xone, e a dobradinha PS4 e PC faz muito mais sentido.

    Sobre os jogos, não acho que os grandes entrarão em extinção não. E o cancelamento do scalebound e fable mostra indícios que isso é uma mentalidade DA Microsoft.

    Mas sim, o perfil gamer tá separando um pouco da galera que curte só o Online, mas o pessoal do single player ainda é forte!

    • Bernard Voller

      Na minha opinião depende,
      A começar que tu investe num console ao preço de uma VGA. Se for um gamer solitário na sua casa até concordo, mas se tem mais pessoas que curtem jogar, considero uma boa a compra do console.

      • Por isso eu disse dobradinha PS4 e PC, que aí você cobre todos os exclusivos rs. Se você não for desesperado por jogar no ultra, com uma placa de vídeo de R$500~700 você consegue jogar de boa.

        Eu não sou fanboy de console, optei pela Sony desde o PS3 por conta dos exclusivos que me atraem mais que os do xbox. E no meu caso com mulher e filho que também jogam, todos aqui ficamos dividindo PS3, PS4 e PC kkk

      • Josisclelson

        Concordo com Bernard, meu computador tem quase 10 anos, se eu fosse investir num novo pra jogar só no médio e gastar a mesma coisa q num xone, não iria compensar, melhor pegar um xone e ter mais tranquilidade, pois jogar no médio (pc) agora, daqui um ano já nem roda direito mais…
        Agora vai do gosto pessoal quanto aos exclusivos, eu gosto bastante dos q vem na Live e a retrocompatibilidade, já fui um gamer mais hardcore pra ter q jogar AQUELE jogo…

        Agora concordo q a M$ está vacilando quanto aos exclusivos, espero que achem uma saída, pois é bom ter uma certa concorrência

        • Thiago Alcalde

          Sobre o preço eu achava isso também, tenho o ps3 há 9 anos e só comprei 7 jogos por causa do preço ( importando alguns para pagar mais barato, vieram de navio ). Agora com o meu PC completo que adquiri em outubro de 2015 eu gastei R$ 3000,00, mas em compensação tenho uma enorme biblioteca de jogos além de muitos títulos AAA por uma fração do preço.
          Posso demorar para comprar os jogos pois muitas vezes espero o preço abaixar, mas a diferença é que nos consoles o preço não abaixa nunca, você tem que ter sorte de alguém estar vendendo o jogo que você quer jogar.

          • Josisclelson

            Pelo contrário, nos console abaixam sim, depois de meses do lançamento, até um ano depois, peguei jogos como Fallout 4, GtaV, Just Cause 3 por menos de 60 reais, a Live facilita isso tb e/ou a black friday, tem que pesquisar bastante.
            Você mesmo disse “Posso demorar para comprar os jogos pois muitas vezes espero o preço abaixar”, isso ocorre em qualquer plataforma.

    • O vírus

      procura no YouTube tem um cara jogando the last of us em um Surface , então oque eu acho desnecessário é ter um ps4 a partir que jogos exclusivos estejam no psnow . E logo chega no Brasil , e uma internet de apenas 5 Megas com ping decente e baixo vai roda que é uma beleza .

      E lembrece que a maioria prefere a facilidade e praticidade de um console.

      E não um PC pra ficar batendo cabeça atrás de Melhor memória,HD, placa de vídeo e processador .

      Quanto ao que foi dito o Phil está correto jogos de história a partir que se zera ou vai pra prateleira ou é vendido ..

      Jogos online é o caminho overwatch está ai para provar isso com mais de 30 milhões ativos.

      • PS now não rolou bem nem lá fora, por isso tiraram de todas as plataformas quase… Aqui no Brasil não teremos tão cedo.

        E só você olhar a mudança nos jogos que antes eram só multiplayer que você vai ver que eles estão adaptando seus jogos para o público que prefere o single-player. Titanfall 2 e battlefront 2 são a prova disso.

        • O vírus

          Será , a Sony anunciou que pretende usar este serviço no Brasil .

          • Eles cancelaram grande parte das plataformas que tinham o PS now. Nem com a conexão lá de fora com Ping curto tava rolando bem. Só pesquisar.

            Streaming de jogos tem indícios que será o futuro, mas não a curto/médio prazo. Tem muitos pontos pra melhorar ainda. E pode ter certeza, quando chegar nesse ponto, nós aqui no Brasil estaremos ferrados!

          • Artur

            esse ninja ai é um chorume fanboy do xbox mingau.

            se a MS vender merda em lata, ele vai vir aqui postar que é bom, dizer que comeu e achou delicioso e que a MS é deusa e esta sempre certa e burro é quem não come merda em lata.

          • Matheus Freitas

            kkkkkkk esses caras vivem com xbox mil grau na boca. Qualquer um que é pró a microsoft é da xbox mil grau. kkkkkkk menos cara, menos.

          • Artur

            bom, aqui ele não posta as imagens do xbox mingau, mas na IGN sim.

            claro, a fanboyola da MS, rebolando na frente do kitreco e usando o windows phone na bunda, pode dizer “não vale”

        • Se tratando de lucros, sim, jogos multiplayer podem trazer mais receita. Mas que os jogos single player vão morrer? Isso não!

        • Rakuyo

          Verdade só não comprei o batlefront pela falta do single player, ainda bem que esse novo terá campanha!

      • KappaKeepo

        Não brother, ninguém leva a psnow a sério e não funciona direito aqui com server US.. mesmo se fosse caso de ter server br, vc ainda teria que enfrentar a qualidade horrível da internet brasileira e o input lag monstro. Boa sorte tentando jogando bloodborne via psnow.

        • mateuslira

          Bloodborne via psnow kkkkk, seria uma “magavilha” kkk

      • mateuslira

        Cara, o psnow é um serviço q ainda não está em sua época certa, talvez daki uns 15 anos ele esteja realmente acessível pra todo mundo, da forma q vc deu a entender, por enquanto é muito mais negócio (e mais barato)
        Vc pegar um ps4 msm
        Esse é o tipo de recurso q já está prontinho pra funcionar, só oq ainda falta é a infra estrutura necessária

    • Zalla

      cara o mercado foco não é o cara que tem a dobradinha ps4 + pc…esses são os gamers mesmo que devem ser uma minoria..o foco deles acredito, seja o usuário doméstico, o pai que compra um console para dar para o filho, comprar pra si mesmo, etc…esse acho que não liga pra esse fato de o pc compartilhar os mesmos exclusivos

      • Mas eu não disse sobre mercado foco, eu disse que se você quer aproveitar todos os exclusivos vale a pena bombar um pouco o PC que a 99% já tem em casa e ter um PS4.

        Como usuário final, eu quero só é jogar tudo que eu puder.

  • F4v3r0

    Essa opinião dele reflete bem a posição dos jogos do Xbox frente ao ps4 e ao switch

  • Inquisidor

    vão cagar os jogos .
    vc está sem cristais e por isso não pode entrar na dungeon, deseja adquirir mais s10 cristais por 1 dollar ou esperar 30 minutos para regenerar 2 cristais?

    • Alvaro Carneiro

      é esse o caminho… kkk to imaginando:

      jogo de corrida: seus pneus gastaram, novo carregamento de pneus leva 24 horas para chegar, mas se quiser voce pode pagar pela entrega expressa e ter os pneus agora!

      • Bambino VJ

        Ou pedágios reais nas ruas fictícias de Los Santos!

  • Cocainum

    Um PC com a capacidade do Scorpio não é tão “barato” assim, lembrando que os consoles costumam ter performance melhor que os PCs com hardware teoricamente “equivalente”. Então, você vai precisar de uma máquina muito boa para jogar um Halo 6, por exemplo, com a mesma qualidade do Scorpio.

    Outra questão diz respeito aos preços. Eu já achei muita promoção de mídia física com preços bem mais baixos que os praticados na loja da Microsoft, sendo que apenas jogos comprados na MS Store é que podem ser jogados tanto no PC quanto no Xbox.

    O que eu quero dizer é que, apesar de ser uma opção a mais, o que é sempre bem-vindo, a possibilidade de jogar no PC não necessariamente substitui o Xbox em todas as situações.

  • Bernard Voller

    Foda-se se os jogos poderão ser jogados num computador. A questão é que mesmo os jogos podendo ser jogados no PC não há exclusivos de peso. O XBOX One parece ser um XBOX “requentado”, pois está muito a sombra do console anterior. Nota-se um grande descaso, parecendo que a MS desistiu dessa geração — em se tratando de games. Tem uma outra divisão da empresa, (mobile) que já foi ralo abaixo.

    Espero muito que a empresa consiga resgatar o entusiasmo e confiança do público gamer. Mas pelas ações que ela tem seguido nessa geração, com uma campanha inicial desastrosa, além de matar o Kinect, ficam muitas incertezas. De certeza é que Sony ganhou de presente essa geração apenas trilhando o caminho do óbvio sem grandes deslizes.
    Sou gamer das antigas (geração 8 bits) Atualmente no PS4.

    • Matheus Freitas

      Ah mano, olha a foto de perfil do cara! kkkkkkk. Falta de exclusivos de peso cara? Cara, nem deveria te responder porque pela sua foto já da pra notar que é um retardado,mas fazer o que?
      Halo é o que? Gears é o que? As duas franquias forza é o que?? O que te faz pensar que é um jogo de peso? “Peso” baseado em que? Na sua opinião? Cara dentre 500 exclusivos (futuros ex-exclusivos), apenas 2 venderam bem, que foi o Horizon Zero dawn e Uncharted , que nem venderam direito em uma base de 60 milhões, apenas 1% compraram essas merdas. Aposto que mesmo que a microsoft investi-se 2 bilhões em um jogo você diria que “não vale”,”não é jogo de peso”.

      • Bernard Voller

        Não sei por que tanta acidez. Se voc. tivesse compreendido o que eu escrevi ali, perceberia que está relacionado muito mais pela falta de concorrência devido ao fracasso em que a MS nessa geração do que simplesmente falar dum console um uma CIA. Pois bem. Sobre esses títulos que voc. citou – que são continuações surgidas lá na geração passada – pois são bons jogos e tem seu público sim.
        Diante da posição confortável em que a Sony se encontra, ficamos a mercê duma PSN bem aquém das exigências da maioria do público, políticas, suporte a desejar, jogos muitas vezes mais caros que o do XONE.
        Algumas apostas de jogos exclusivos da Sony não foram bem e concordo, mas a variedade e o que está anunciado dão garantia ao público.

      • Ovelhinha

        Falta de exclusivos de PESO é isso:

        Novas IPs de PESO do PS4 destruindo as IPs de peso consagradas do Xbox.

        e pelo teu papinho ai, da para ver que é mais uma OVELHINHA do Xbox Mingau.

        vomita criterios para desmerecer o PS4, mas quando aplica no xbox, detona a marca.

        https://uploads.disquscdn.com/images/9884f8029c2d96ff7c0be5c659ca4c766fd4ac0dde5a1940f584b65fda666077.jpg

        • Matheus Freitas

          O dia que a sony tiver 3 jogos da sony no e-sports e um jogo no hall da fama aí a gente conversa, seguidor de sorteio fake mil grau.

    • Matheus Freitas

      kkkkkk Quer falar de descaso?Descaso é a Sony recusar EA Access. Descaso É ficar 3 anos inteiros pendurado de remasters, só com uncharted 4. Descaso é a Sony #ForThePlayers lançar aquela merda de jogo do No Man Sky (que por sinal, ficaram botando totalmente a culpa da desenvolvedora) ao invés de terem cancelado. Descaso é por 4000 reais na goela dos brasileiros no lançamento. Descaso é colocar os preços mais caros na PSN. Descaso é vender um console 4k fake na goela do consumidor. Descaso é prometer 1080p 60 fps que nunca entregaram até chegar o PS4 Pro. Descaso é aquele serviço de merda da plus instável que só oferecem 2 jogos indies de navinha.

      • Bernard Voller

        PS4 Pro a 399 dólares é uma ótima pedida, faz muito pelo valor. A Sony deixou claro que nem tudo rodaria a 4K nativos, mas as melhorias não ficam só em torno de resolução, mas aumento de frame rate em 1080p em vários títulos atuais e a maioria que ainda virá;
        PS4 no lançamento custou 399 dólares e o custo de 4000 aqui teve outras razões oriundas de impostos. O que pensas sobre o Brasil, imposto e serviços prestados a coletividade. Nem vale comentários…; sim concordo, alguns jogos são mais caros, mas a MS não cobra menos por ser boazinha, ela quer se manter viva na competição e esse é apelo. Na Europa um lançamento “pelado” (edição simples) custa 59 euros. Nos EUA 59 dólares. Aqui sai 160- embora mais caros, Se comparar o preço de um console na Europa/EUA e Brasil e comparar preços de jogos, perceberá que a disparidade fica muito mais em torno do hardware que do software, então nem reclamo; o serviço da Plus eu concordo com você; sobre 1080p a 60fps é uma questão discutível, pois nova geração traz consigo novos motores gráficos, logo jogos que exigem mais. Placas de vídeo lançadas a 3 4 anos com valores de lançamento em torno de 400 dólares entregavam desempenho acima de 1080 60fps em títulos ditos pesados? Ingenuidade voc. esperar isso de um console.
        Segue a lista: Nesta não tem remaster só coisa que já saiu…
        inFAMOUS: Second Son
        Killzone: Shadow Fall
        Knack
        Nights of Azure
        The Order: 1886
        Ratchet & Clank
        Star Ocean: Integrity and Faithlessness (Square Enix)
        Tearaway Unfolded
        Until Dawn
        Bloodborne
        Disgaea 5: Alliance of Vengeance
        Driveclub

      • Ovelhinha

        Ta no direito dela.

        Ninguém prometeu EA acess e depois voltou atras, e ninguém comprou PS4 com EA Acess para depois ser capado.

        Mas já vi que sucesso para vc é “Cancelar jogos pq é melhor para os jogadores”

        e ai vai uma lista de empresa que tem respeito pelo consumidor:

        https://uploads.disquscdn.com/images/00a7ea0b24ed8114005e5c6447c4df223174cc93d58f058eff43d523377e7e7a.jpg

  • Tuelho a jato

    Disse a empresa que não teve nenhum lançamento grandioso como os citados .

    Isso é muito fácil é só fazer um jogo de lutas tipos os que estão no PlayStation 3 e 4 (Gof oficial War Ascension) ou fazer ítens cosméticos que são pra diferenciais os jogadores que pagam dos que não pagam e não afetam a jogabilidade do game.

  • Discordo totalmente da mentalidade do Phil, até me arrisco a dizer que isso é dor de cotovelo pelo concorrente ter mais exclusivos, e single player.
    Com tantos exemplos de sucesso como The Witcher III, The Last Of Us, Uncharted e God of War, a frase “eles não tem o mesmo impacto que costumavam ter”, é bem equivocada. O mundo não funciona assim, talvez para eles, mas no geral não.
    A industria sempre quis dinheiro fácil, mas tem que saber fazer direito. E não é com a mentalidade do Phil que isso vai acontecer.

    • Phil Spencer é maluco, “O público para esses grandes jogos guiados pela história… Eu não diria que ele não é grande, mas não é tão consistente,”. Diz que esse publico não é grande mas tem a brilhante ideia de lançar um RTS, Halo Wars 2 pra um console, com certeza o publico console de RTS é maior que os “guiados pela história”.
      Esse cara se contradiz muito pqp.

  • O vírus

    Pô Dori vc nunca teve one e quer fazer críticas de jogos? Kkkkkkkk

    Ps4 só teve remaster até final de 2016 ? ah não me venha fala de the last Guardian jogo cagado? Uncharted 4 ? joguinho cover ? Sem online ? Zero acabou?

    Vou simplificar pra vc ; é moda ser haterzinho e críticar tudo que vem dá ms ,mas tudo !. A geração teve ótimos jogos e todos injustiçados “pela mídia especializada” que nem sequer tem o console? Essa de geração tem que acabar mesmo só vale quando lhe convém ?

    Pode jogar alguns jogos no PC ,mas se esqueçe que a maioria prefere a praticidade de um console? Até parece que todo todo mundo tem um PC gamer em casa! Faz mais sentido não ter um ps4 e jogalos até em um positivo com Intel Centrino 1,7ghz via psnow ? Kkkkkkkk

    • Até pensei em argumentar, mas você falou tanta besteira que acho que nem vale a pena.

      • Alvaro Carneiro

        Fez bem. Não dá mesmo.

      • O vírus

        Acho que tem mais besteira nesse teu texto aí hein !

        Vc zerou oque do Xbox?! pode ser do 360 mesmo ?Fala ai ,pq olha que ainda tem jogo do 360 que eu pretendo jogar que não joguei ainda , e essa retro me dá essa oportunidade .

        Desnecessário ter um Xbox pq posso jogar no pc ? Essa possibilidade chamada Xbox
        play anywhere foi lançada recentemente e não é todos jogos , faria sentido se todo mundo tivesse um PC Game em casa ? Só que não! Sabia que milhares preferem o console pela praticidade?

        E mesmo tendo pra PC a divisão Xbox cresceu 4 % no último balanço da ms ! Que coisa não.

        Agora se vc tá esperando joguinho historinha single do tipo zerou acabou esqueça ,fique na Sony , Nintendo ..

        Ms mira online , e tem jogos aí que provam que online é futuro , overwhacht oi?!

        • Ms mira online , e tem jogos aí que provam que online é futuro , overwhacht oi?!

          Não é pra menos que o Xbox One tá cada dia pior. Pra rodar jogueco online, qualquer porcaria serve. E Fifa, que roda até em caixa de sapato.

          • O vírus

            Kkkkkkkk

            Vai que é doença ..vou nem responder ..

          • Não esperava resposta mesmo. Foi mais um desabafo. 👍

          • Deivid

            Cada dia pior? Humm, interessante essa informação sem embasamento.

          • Embasamento tem, só não expus. 😜

      • Depois de ler seu comentário é que fui ver o que o cara tinha escrito e, bem…
        Não a pena mesmo.

        • O que acho engraçado é a pessoa querer usar como argumento coisas pessoais, como “o que você zerou no Xbox?”

          Só disse besteiras, tem um comportamento típico de adolescente fanboy e ainda quer questionar minha bagagem como gamer.

      • Ovelhinha

        Vc não viu, mas esse cara ai é cria do xbox mingau.

  • Vinícius

    Descanse em paz, Xbox.

  • Yskar

    Lendo esse tipo de coisa fico feliz em ter um bom computador e de existirem emuladores e indies, a indústria está uma merda é assim podemos dizer foda-se essa merda.

  • Costa Gomes

    acho muito difícil ele admitir que é isso mesmo, Xbox não tem exclusivos e nem temos intensão de fazer .

  • RôShrek

    Gosto muito do Phil, acho que ele deu uma guinada no xone e, mais importante, está buscando um espaço sem necessariamente copiar o rival, o que é sempre bem-vindo. A questão principal pra mim é que a verdade é uma só: o que vende console é jogo. Os outros serviços podem fazer a diferença, mas só depois que o primeiro item for atingido. Eu tenho os dois consoles , PS4 e Xone, e jogo majoritariamente o PS4. Só ligo o Xone pra jogar, veja você, o Killer Instinct, que por acaso é um exclusivo.

    • “Gosto muito do Phil, acho que ele deu uma guinada no xone e, mais
      importante, está buscando um espaço sem necessariamente copiar o rival, o
      que é sempre bem-vindo. A questão principal pra mim é que a verdade é
      uma só: o que vende console é jogo. Os outros serviços podem fazer a
      diferença, mas só depois que o primeiro item for atingido.”

      Concordo totalmente.

  • Terra Nova

    Não vi a Nintendo e nem a Sony reclamando…

  • Por coisas assim que vejo como o Xbox está piorando. Logo, vão lançar o “Xbox One 2, o retorno”, com um super hardware, pra rodar o quê? Bostinhas online como Overwatch e Minecraft, onde você consegue sodomisar os jogadores com bonés e tatuagens estilosas para seus personagens ocos e sem alma? Os caça-níqueis disfarçados de jogos como For Honor, The Division, Star Wars Battlefront ou, no máximo, em pedaços como Hitman e Killer Instinct onde o jogo custa 3x o valor real?

    A retrocompatibilidade é o que me mantém no videogame, mas duvido muito que vá adquirir qualquer outro Xbox depois da lambança que estão fazendo com ele.

    • Cortana ✔

      Não importa, a Microsoft está observando se o Xbox sobrevive por si só. O que agora importa é a plataforma Xbox, que também está no PC.

      • Deveriam licenciar a marca e liberar para outros fazerem o hardware. Um mercado entulhado de Xboxes de tudo quanto é tipo, tamanho e especificação aproximaria ainda mais os consoles dos PCs (que, aparentemente, é a ideia da MS) e acabaria de vez com gerações de hardware, já que só a Sony investiria nisso.

        • Cortana ✔

          Também gostaria de ver o Xbox OS liberado para vários OEM.

  • Jefferson Viana

    Mas qual mensagem os usuários estão dando pra industria? For honor foi um sucesso, online do cod até mesmo em multi ruins vende como aguá,

    • Cortana ✔

      A Microsoft resolveu seguir o dinheiro, investimento menor e doletas caindo na conta por muitos anos. O próprio Phil Spencer já recomendou a compra do PS4, disse que adora os jogos da Sony.
      A Sony está sozinha no mercado de consoles.

    • Ovelhinha

      on line serviço é o futuro, ou a nova moda?

  • Artur

    imenso sucesso que Halo 5 e Gears 4 estão tendo focados em MP.

    vão vender menos que Horizon Zero Dawn, IP NOVA exclusiva single player.

    zelda com certeza vai passar Halo 5 e Gears 4 somados em vendas.

  • Julio da Gaita ✔

    ta aí algo que posso falar com experiência própria, comprei um Xbox One no lançamento e há um mês atrás vendi o x1 e comprei um PS4 por causa justamente dos exclusivos da Sony e de achar os exclusivos da MS ótimos mas bem genéricos com a exceção de Forza Motorsport que é uma bela exceção.

    A Microsof é imbatível em serviços como disse o Phil Spencer, a live entrega jogos decentes e bons descontos também, oferece o EA Acess que é ótimo também e já conta com vários jogos inclusive FIFA 17.

    O meu único arrependimento é o controle, tinha uma edição especial pro x1 com grips nos pads traseiros, e comprei o “normal do PS4” que não tem nada disso e com uma bateria bem fraca ./ e uma interface bem simplória.

    Pra muito nego que só joga FIFA, Forza ou jogos multiplataforma quase sempre o x1 é a melhor escolha, já os melhores exclusivos e experiências memoráveis? PS4

  • Davos, o lula europeu!

    Então pra que lançar o project scorpio? Sinto que uma plataforma com tamanha magnitude estivesse voltada para jogos mais pujantes!

    • Cortana ✔

      Pelo mesmo motivo da Valve lançar as Steam Machines. Conveniência na sala de estar.
      Ao mesmo tempo, tire da cabeça os exclusivos, a Microsoft não pensa mais nisso para vender consoles, aquela disputa pra ver quem vendia mais consoles, quem tinha mais exclusivos, o Phil Spencer deu cabo.
      Agora console da Microsoft é só pra quem quer praticidade.

  • Cássio Amaral

    Desculpa de perdedor. Se o video game dele estivesse liderando o mercado, o discurso seria completamente o contrário.

    • Cortana ✔

      O console já não é tão importante para a Microsoft, já que agora unificou a plataforma Xbox com o PC.

  • Terra Nova

    O raciocino é simples em que setor a MS esta ganhado dinheiro? assinatura da LIVE ou seja…
    Tio Phil está se focando em estimula esse setor… E como se faz isso? “jogos online, mais assinatura, mais dinheiro”.
    Quanto mais tempo o usuário passa online mais a MS ganha dinheiro.

  • Christian_Silva

    Concordo que essas declarações do Spencer não pegaram muito bem, mas daí a não ver razão para comprar um xbox one tanto no texto principal como nos comentários me pareceu um pouco exagerado. Tenho as duas plataformas e jogo mais no xbox one. A Live tem promoções muito boas e estou cheio de jogos comprados a preços bem camaradas (ou ainda recebidos junto à mensalidade anual (que por sinal dão uma surra nos da Sony)) – tanto que nem lembro a última vez em que comprei mídia física. Exclusivos? A maioria dos títulos estão fora desse rol de exclusivos e acredito que somente os fãs leais dos respectivos títulos se preocupam excessivamente com essa questão. A questão PC, bem, não se trata de se puder jogar no PC não vou fazê-lo no console. Não é assim que funciona. Aliás, montar e manter uma máquina pra rodar dá trabalho e não é barato. A eterna facilidade de se sentar no sofá e jogar sem nenhuma preocupação que os consoles trazem não deve ser subestimada. O PC vem para complementar a jogatina. Vc pode escolher onde jogar com os títulos “Play Anywhere”! O Forza já é assim. Portanto, não achei justa essa “des-recomendação” do Xbox One.

    • É a sua opinião, a minha é que não vale a compra e tanto que quando fui pegar um console novo há pouco mais de uma mês, preferi o PS4. O motivo? Bem simples, o que tem para One eu jogo no PC.
      Para mim, jogos exclusivos são o que me fazem investir numa plataforma e o One não tem. Isso no entanto não quer dizer que você ou qualquer outra pessoa não devam comprar o videogame.. Cada faz o que quer com o seu dinheiro.

      • Christian_Silva

        Sim Dori. Seu artigo também é uma opinião pessoal, como vc bem escreveu. O meu ponto é que a decisão de compra de uma plataforma de jogos não passa somente pelo seu portfólio de títulos exclusivos ou associado ao fato de existir versão PC ou não. Os serviços/facilidades oferecidos por cada sistema também influenciam. Essas variáveis, junto com o perfil de cada jogador (disponibilidade financeira, tempo para jogar, aptidão para certos tipos de jogos, preferência pessoal, etc) definem a escolha da(s) plataforma(s), o que não inviabiliza nenhuma delas a ponto deixar de recomendar uma ou outra.

      • Deivid

        Só concordo com o fato de cada um ter sua opinião. Como o camarada ali em cima explicou, e muito bem por sinal, montar um bom PC gamer que rode os exclusivos MS não é pra todos, e ainda devem ser comprados na loja da MS. Eu particularmente gostaria de ter os dois consoles, pois também gosto dos exclusivos da Sony, que não são aquilo tudo que falam, mas optei pelo Xone e não me arrependo nem um pouco. Tenho tudo nele que não me faz querer outro console e nem PC. Existem muitos perfis de gamers, e eu me encaixo nos que não tem muito tempo pra jogar, por isso não tenho todas as plataformas. Pra muitas pessoas, os exclusivos não definem a compra de um console, vide as vendas de FIFA, GTA, COD entre outros. Contrariando sua conclusão, eu recomendo bastante o Xbox por vários outros motivos, mas cada um cada um né.

  • Bruno Costa

    Acho essa ideia brisada. Jogos menores e com foco no público casual são casualmente sucessos. Não dá pra apostar 100% que são o futuro e que fazer grandes produções é remar contra a maré. Talvez se ele visse os números de venda do PS4 e os do XONE e comparasse o número de grandes jogos exclusivos para cada um ele tivesse uma opinião diferente, já que a razão pela maioria optar pelo PS4 e não pelo XONE é justamente o portfólio maior de grandes jogos exclusivos.

  • Ariel

    Eu não acho que um PC compete diretamente com o console. Eu não compro nenhum console pois sou apaixonada por PC desde que me entendo por gamer. Me divertia tanto tentando fazer os jogos rodarem da forma que eu queria, quanto jogando em si na época do MSDOS. Quem compra um console quer plugar e jogar sem ter trabalho, mesmo os consoles tendo se tornados mais complicados que antigamente eles ainda são melhores nisso. Ao menos no meu caso amo o PC pelas possibilidades de configuração, mods, jogos baratos, e conseguir rodar jogos de 1995 na mesma máquina que rodo os lançamentos usando o controle que me der na telha (na steam é possível configurar qualquer controle pra emular teclado ou outro controle). O que gastei no PC o ano passado e esse ano daria pra comprar dois consoles dessa geração mas não trocaria meu PC por nenhum console por mais que tenha exclusivos.

  • Paulo de Tarcio Santos Freiri

    Vixi, mais uma interpretação mal feita do que o cara falou, além desse trecho estar bem mal traduzido sem muito sentido já que está ao pé da letra do original.
    Muitas pessoas querem um jogo pra jogar ele por muito tempo, e não só finalizar a campanha e já era, tem gente que nem joga as campanhas dos CoD e dos BF, vão logo para o multiplayer, ele quis dizer jogos nesse sentido. Pra que pagar caro em um jogo pra depois de algumas horas finalizar ele e deixar ele parado?
    E o povo fala tanto de exclusivos e é o que menos vende no PS4.

  • Carlos Ferreira

    No dia que pararem com os grandes single players, e tudo for dominado por joguinhos de microtransações(AKA pay-to-win). Esse vai ser o dia que videogame morrerá pra mim. Jogo apenas no PC. Mas se eu pudesse ter console seria um ps4, simplesmente pelos exclusivos. A única coisa que me interessa no Xbox é o Forza.

  • Zalla

    Na boa, não me afeta em nada o jogo poder ser jogado no computador, mimimi dos grandes isso…muitos gamers não possuem pc gamer, simplesmente optam por ter um console…

  • Monstro Medieval

    Eu tenho esse receio há algum tempo. Por que investir milhões num jogo super elaborado, que exija um hardware de topo pra funcionar quando dá pra fazer um Flappy Bird que roda em qualquer smartphone e ganhar muito com as micro transações?

  • Paulo de Tarcio Santos Freiri

    Se alguém ainda quiser uma informação mais completa sobre esse assunto, recomendo esse vídeo abaixo, pois o autor se preocupou em ler e reler o texto original e formular uma interpretação de simples entendimento, e não só colocar no tradutor e já era.

    https://www.youtube.com/watch?v=zWk4wY9Pem4

  • Cortana ✔

    Como eu já havia previsto, a Microsoft unificou a plataforma e deixou o Xbox provar por si só se merece continuar sendo produzido.
    O negócio é PC: https://youtu.be/Dvg2bSfq8aA

    • Ovelhinha

      nossa, o cara vem bostejar video do xbox mingau

  • Diego Matias

    Ele quer ver a questão puramente como negócio. Quer ganhar o máximo gastando o mínimo e usa essas desculpas de que os grandes lançamentos estão na contramão da indústria.

  • Jhonathan Vieira

    Em parte ele tem razão, se olhar a receita que a EA, Valve e Blizzard têm arrecadado com as microtransações fica claro que para RETORNO de investimento o melhor é essa pegada. A questão é: sua plataforma possui apelo no mercado e um grande público pra garantir esse retorno? Aqui é onde as grandes produções com enredos elaborados brilham e fazem a diferença. Eu acredito no equilíbrio do mercado, principalmente com relação ao gênero dos jogos, pelo menos enquanto os consoles durarem. Os valores de produção estão sim absurdos e é cada vez mais arriscado, mas nem sempre um grande jogo é um jogo caro, e parece que muitas publishers e developers ainda não aprenderam isso.

  • Thiago Alcalde

    O problema desse comentário é levar a exceção como regra, já foi demonstrado que o Free to Play é sustentado por cerca de 1% da base de jogadores que são compulsivos.
    O alcance do free to play é inegável mas querer que este seja o padrão do mercado é basicamente excluir o mercado daqueles que se dizem “gamers” por aqueles que “jogam um joguinho”.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis