Android está prestes a superar o Windows como o SO mais utilizado do mundo

A gente vem batendo nessa tecla há anos: o mercado de PCs está em queda livre e não dá sinais de recuperação. Cada vez mais computadores e notebooks se convertem em produtos de nicho e mesmo no Brasil o número de residências com PCs caiu. O motivo é simples: cada vez mais pessoas percebem que podem resolver sua vida com um smartphone e/ou tablet e que investir numa máquina estática como um desktop ou razoavelmente portátil como um laptop não é mais tão interessante.

Obviamente que em tal cenário a popularidade do Android explodiria, dada a grande variedade de aparelhos disponível e há tantos ativos hoje (e os números continuam aumentando) que em breve o robozinho do Google se tornará o SO mais utilizado do planeta, deixando o Windows para trás.

A informação veio da StatCounter, empresa que monitora o tráfego na internet principalmente para coletar estatísticas de uso de navegadores e sistemas operacionais. De acordo com seu último relatório a adoção do Android cresceu exponencialmente de 2012 para cá, enquanto o market share do Windows despencou. iOS e macOS (ex-OS X) permanecem na mesma e sem nenhuma surpresa, o Linux nem pontuou.

Os resultados são estarrecedores. Em fevereiro de 2012 o Windows respondia por 83% dos acessos à internet enquanto o Android ficava com apenas 2,2%, abaixo inclusive dos sistemas Apple. Hoje o sistema da Microsoft responde por 38,6% das conexões e o robozinho, 37,4%. Ou seja, estão virtualmente empatados e observando o crescimento exponencial do sistema móvel do Google, não vai demorar até que o Windows perca a coroa; é provável que isso aconteça antes do fim do ano.

Ainda que tenhamos observado a queda da popularidades dos computadores, é impressionante como o Android cresceu em cinco anos. Ainda que muito reclamem um dos fatores que ajudou o Google a atingir tal patamar foi justamente a famigerada fragmentação, onde existe uma pletora de dispositivos de todos os tamanhos de tela, premium e baratos para todos os perfis. Quem quer um smartphone de ponta vai encontrar um, quem deseja um aparelho barato mas competente também vai encontrar um smartphone Android que lhe agrade. Diferente da Apple, que oferece poucos (e caros) modelos Mountain View atende todo mundo.

De novo vale frisar: o mundo pós-PC para o qual estamos caminhando não significa o fim dos computadores pessoais. Quem precisa de máquinas mais potentes, em sua maioria profissionais continuará utilizando Windows, Mac ou Linux e a Glorious PC Gamer Master Race jamais abrirá mão de jogar com tudo no máximo em seus desktops da NASA. Edição de vídeo, captura de áudio, modelagem 3D, tudo isso depende de máquinas mais poderosas mas cada menos pessoas as adquirirão, e os computadores pessoais voltarão a ser o que eram no início: equipamentos de nicho para quem realmente precisa.

Os demais, a grande maioria do público continuarão felizes com seus smartphones e tablets, talvez com um tecladinho Bluetooth para trabalhar em suítes de escritório mobile (iWork e Office) e todo o resto, de e-mail a redes sociais e consumo de conteúdo pode ser feito em um aparelho mais portátil e muitas vezes, mais barato e útil.

Com o Android liderando o mercado de SOs, claro.

Fonte: StatCounter.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Rafael

    Na realidade o Linux não aparece, mas um dos tantos filhos dele vai acabar finalmente vencendo a ~guerra~ contra a Microsoft…

    • Diego Marco Trindade

      Zeus derrotando os Titãs.

    • Luiz

      A Microsoft desistiu da guerra fazem 2 anos.

    • tuneman

      Se levar em consideração qualquer coisa que use um kernel linux então essa “guerra” já foi vencida faz tempo.

      • gbitte

        Se for assim tudo é unix like menos a MS.

        • Linux
          Is
          Not
          UniX

          • gbitte

            Android
            Is
            Not
            Linux

          • Felipe Braz

            Android é uma distribuição Linux de acordo com a Linux Foundation e com o chefe de software livre da Google, Chris DiBona

          • Petrus Augusto

            Pensamento padrão de brasileiro quando um especialista diz algo que ele não concorda: bahhh… não importa, ele não sabe de nada, quem sabe sou eu.

          • Raposão do Ártico 🦊

            Fazendo algum esforço até dá pra chamar o AOSP de distro… agora, Android? Android(tm) é mais fechado que cu de político na mãos o moro

          • Felipe Braz

            Especialistas da área e os próprios envolvidos falam que é mas vc tá “serto”. Parabéns champs!

          • Raposão do Ártico 🦊

            Especialistas? Que especialistas? Não sei se vc frequentar fóruns etc., mas esse assunto nunca foi unânime

            especialista de c* é rola, amigo, que argumento mais falacioso… “mimimi autoridade no assunto disse que é então é”

          • Mirai Densetsu

            Se o político em questão for petista, concordo. Mas se for tucano ou aliado deles, o cara estará de boa. Conseguiram até censurar as delações contra aquele mineirinho…

          • Marcelo Eiras

            Então dê uma uname -a no console do android.

    • Que guerra? Ainda tem guerra?

    • Bruno Costa

      Não tem nada do Linux no Android. NADA. Seria como dizer que humanos tem algo de macaco neles, já que tem o mesmo antepassado. Nada muda, segue a regra:

      Ano do Linux = Ano Atual + 1 com Ano Atual tendendo ao infinito

      • Josué Silveira dos Santos

        Linux é kernel, como o Android usa o kernel Linux então Android é Linux.
        Linux perdeu a guerra dos desktops, mas está ganhando a guerra dos smartphones.

        • Bruno Costa

          Linux não é Unix. Linux não é Unix. Linux não é Unix. Repita isso várias vezes ao dia até estar devidamente entendido.

          • Petrus Augusto

            Linux é o kernel, o Android roda sobre o kernel Linux, logo, Android == Linux.
            É simples cara, agora, que el foi modificado e otimizado para dispositivos móbile, isso concordo totalmente, que os init e outros programas são diferentes, concordo totalmente, mas, Android é Linux (kernel). Não adianta entrar em negação.

            É sobre o os humanos e macacos, cara, nós somos macacos (primata).
            Somos mais inteligentes que os outros, mas, nós continuamos a ser macacos. 😉

          • Raposão do Ártico 🦊

            Linux é kernel, é comparável ao NT, não ao Windows

          • Petrus Augusto

            Sim sim, eu concordo que comparar Android com Windows é o mesmo que comparar Torradeiras com Maquinas de Lavar.

            Não faz sentido, mas, o que eu falei foi o fato do Android ‘não ser linux’, e bem, ele é… Agora, se a comparação faz sentido é outra conversa (e não, não faz sentido algum)

          • Raposão do Ártico 🦊

            Bem, se ele é linux, então você pode baixar o kernel lá no kernel(ponto)org, compilar e instalar no teu celular né? como qualquer outra distro de linux

          • Petrus Augusto

            Sim, você pode… O problema é o resto das configurações, como eu falei, o kernel liberado junto ao Android é bem modificado, é um Linux Kernel, mas modificado.

            Mas em teoria, sim, você pode baixar o source do Android, baixar o Kernel que quiser (gentoo-sources, por exemplo), modificar o kernel no source no pacote Android, compilar tudo e meter no telefone. (claro que não vai ter os GApps, ai é outra história)

            E se quiser não precisa nem baixar o source do Android, com root, modifica a imagem do kernel existem pelo seu e pronto.

            Depois disso, é só se prepara para os ‘kernel panic’. ^^ hahaha
            É menos trabalho usar o disponibilizado junto ao Android.

          • Raposão do Ártico 🦊

            Cara… distro vem de distribution, distribuição.

            Android(tm) não é distribuido, você não pode pegar o código-fonte do Android(tm)

            Veja, tem uma enorma diferença entre Android Open-Source Project e o Android(tm).

          • Petrus Augusto

            Mas, eu não estou falando das distribuições, e sim do kernel.
            Android(tm), a versão Google, com os GApps, todo fechadinho e bonitinho não é livre para todos. Tanto é que teve (ainda tá rolando isso eu acho) um estresse ai na UE sobre isso e tal…

            Dai, vem o Android Open Source Project, que certamente tem diferenças da versão oficial (e bem capado), esse sim tem o source aberto.

            Ambos, rodam sobre linux, mas, não são distribuições/builds iguais. Nunca falei isso.

            Pera, não estou entendendo mais nada nessa thread…

            Estamos falando se o Android é Linux (kernel) ou não? Estamos falando se o Android é uma clássica distribuição Linux like?

            Sério, to um tanto perdido agora… xD

        • Petrus Augusto

          As pessoas pensam que Linux é o GUI… Só pode.

      • Lucas Timm

        Pode não ser uma distruição GNU/Linux® que tu ou o Stallman gostaria, mas é Linux sim abiguinho.

      • Marcelo Eiras

        Só o kernel, pouca coisa…
        Dê um uname -a no console do android

      • Felipe Braz

        Repetindo meu comentário anterior:

        “Android é uma distribuição Linux de acordo com a Linux Foundation e com o chefe de software livre da Google, Chris DiBona”

      • Mirai Densetsu

        Discordo. Grande parte do genoma humano é idêntico ao de macacos. E, biologicamente falando, o ser humano pode perfeitamente ser considerado uma espécie de gorila.

    • Jack Silsan

      Eu diria neto, e bastardo

    • Raposão do Ártico 🦊

      Linux não é sistema operacional

  • jairo

    Finalmente mais um reinado que cai

    • Breno

      HahAhhahHa

    • PugOfWar

      é o que dá ficar velho, vc vê o fim de várias coisas, e o nascimento de várias outras

      • jairo

        E isto é ótimo.

    • Jack Silsan

      No capitalismo monopólio nenhum é positivo pra nós

  • Smartfox

    Talvez, um dia, vejamos a Microsoft enterrada, a Google sofrendo como o Yahoo e uma nova empresa, com mentes mais jovens, inovando e ditando novas tendências.

    Quem diria que um simples buscador viria a ser o que é hoje?

    O mercado é assim mesmo. Geralmente os que ocupam as posições mais confortáveis acreditam que nunca perderão o trono um dia (como a Nokia e a RIM), até que seja tarde demais para tentar se reinventar.

    • Bruno

      Intel não curtiu o seu comentário.

      • Jack Silsan

        Já a Qualcomm curtiu pra car alho

    • tuneman

      IBM é outro grande exemplo.

      • Eu diria que parcialmente. Acho que você não conhece direito o portfólio da IBM. Sabe quem é o pioneiro em inteligência artificial? A IBM com o seu Watson. Sabe quem é a pioneira em sistema de monitoramento de comportamento de usuários em sites? Mais uma vez a IBM, com o Tealeaf (essa ferramenta consegue dar um replay em exatamente o que um determinado fez num site e onde ele clicou, o que ele preencheu em algum campo, é um nível de monitoramento que nem o Google tem).

      • Rafael Rodrigues

        Vc está por fora. IBM ainda está MUITO por cima em muitas áreas. IBM não era só aptiva…

    • Holandês Louco

      WordPerfect, Lotus, Novell, Borland também estão nesta lista.

    • Mas você se esqueceu de uma pequena coisa: a Google é uma empresa recorrentemente inovadora. Ela está constantemente investindo em novas tecnologias e comprando uma penca de outras. Os fundadores sabiamente aprenderam com os erros dos outros que você citou. Não é impossível, mas acho que a ruína do Google está há algumas décadas de acontecer.

    • Theuer

      Ótimo comentário!
      Imagine dez anos atrás você falar numa roda de amigos:
      “Ah bicho, essa Nokia e Motorola aí são tudo merdinha, vão durar nada!”
      Hehehe

    • Jack Silsan

      Verdade. Talvez um dia a Microsoft venha a falir. Ou o Google, ou a Apple, ou o Facebook. Mas no momento isso parece ser algo impossível de acontecer.

  • Falta agora a Google tomar vergonha na cara e gerir o sistema e os updates com mão de ferro, fazendo o inverso do que tem feito e ignorando a vontade das fabricantes e operadoras… tal qual a Apple… Ai não teremos mais aquele monte de problemas, falhas e dependência de roms alternativas para manter o aparelho atualizado.

    • Francisco Lunardi

      E tirar a principal “qualidade” dele? Aquela que os fabricantes mais gostam?

    • Daniel

      #Creêmdeuspai# dele virar uma apple eu sou obrigado a voltar pro nokia 3310 (antigo…não o novo)

    • chiappa

      O ponto aqui é que hoje o ônus se ** inverteu ** : não é mais o Android que precisa dos fabricantes, e sim os fabricantes que precisam dele : afinal, se um fabricante não usar Android no seu device, vai usar o que ?? Aquele troncho do WebOS, que nem o criador/principal utilizador em outros devices (LG) consegue corrigir os freezings e paus doidos que dá de vez em quando ?? Tizen, que nem com o apoio da Sammy decolou, até mesmo em mercados tipo Índia ?? Enfim, não tem alternativa pro Android, dado que a Apple não libera o dela e o Windows Phone morreu…
      Assim, entendo que no início o Google tinha que engolir, aceitar e licenciar o Android pra qualquer torradeira, pra qualquer fabricante que quisesse, sob quaisquer condições para obter Volume : agora que ele é o líder inconteste e todo o mundo depende dele deveria Justamente ser a hora do Google “apertar o cerco” e passar a ditar Exigências, ** impondo ** condições mais rígidas pra diminuir a fragmentação, aumentar a segurança….
      Infelizmente não foi isso que vimos agora com o Android 7, e pelo jeito não vamos ver nunca, infelizmente…

      • tuneman

        logo aparece alguem pra insistir que o Surface Phone vai virar o jogo.

      • Theuer

        Concordo exatamente com isso, que fabricante a essas alturas conseguiria lançar um aparelho sem Android.
        Tenho esperança de que a Google comece pensar em formas de diminuir a bagunça.

    • Raposão do Ártico 🦊

      Se ela fizer isso, as vendas de novos aparelhos vão cair e as OEMs vão falir

      a grande sacada do android foi a obsolescência forçada (nem programada é, é forçada mesmo)

  • abraaocaldas

    “, onde existe uma pletora de dispositivos de todos os tamanhos de tela, premium e baratos para todos os perfis”
    Ai fica dificil né, comparar um pc com um celular.

    • Eduardo Scharf

      Antigamente as pessoas tinham sede e compravam uma piscina pra tomar água. Agora existe a opção de garrafinhas. É óbvio que uma piscina tem mais opção de uso, mas somos poucos que mergulham e nadam. Garrafinhas vencem no dia-a-dia dos comuns.

    • DumbSloth87

      Tinha PC do Milhão baratinho e PC fodão de 10 Mil Reais, mesma coisa.

      • abraaocaldas

        Só esqueceu que celular é de uso pessoal e computar é de uso compartilhado.

  • Breno

    O Windows é e continuará sendo a maior plataforma operacional do planeta. Não é um simples sistema de telefone que vai mudar isso. Aceite.

    • Bruno

      IBM falou algo igual do MSDOS, e já sabemos o final da historia.

      • Deilan Nunes

        Mas, mesmo hj a IBM continua sendo uma gigante no meio corporativo, caminho da Microsoft é meio parecido

        • Felipe Braz

          Talvez seja o ramo que trabalho que não envolve nada da IBM, mas gostaria de saber se estão vivendo só do nome ou estão fazendo algo realmente rentável/notório.

          • Breno

            Computação quântica.

          • Alberto Prado

            Em termos de faturamento hoje ela tá igual ela estava em 1998.
            Eu tenho muito respeito por ela e suas pesquisas, mas parece que ela não sabe converter isso em dinheiro. Se ela continuar assim vai ter o mesmo destino da Nortel, Motorola, Kodak que tiveram um caminhão de patentes mas ainda assim foram pra vala.

        • CtbaBr©

          A IBM foi e continua sendo um grande desenvolvedor de tecnologia!
          Mas foi o Bill Gates (Microsoft) que revolucionou a informatica, sem ele talvez os programas ainda estivessem restritos a determinadas funções especificas, sem opção de qualquer tipo, algo parecido com engessamento dos atuais sistemas híbridos para celulares!

    • André G

      As câmeras digitais nunca irão superar as câmeras de filmes e as locadoras de vídeo nunca serão superadas pelos serviços de streaming.

      • tuneman

        filmes digitais nunca irão superar filmes em película.

        • André G

          Filmes digitais já superaram

          • tuneman

            Sim. Eu falei essa frase justamente por isso.

    • Felipe Braz

      O que embasa o teu ponto de vista? as indicações mostram o contrário.

      • Deilan Nunes

        mesmo l chromeOS ultrapassando o windows com alguma folga, o windows ainda vai der o principal no mrip corporativo que é oque da dinheiro de verdade

        • Nem sempre, muita empresa usa servidores LInux justamente pela forma como a Microsoft cobra por seus servidores windows.
          Um Windows Server, que você compra sempre por valores acima de 1000 reais, se você for usar um AD, e quiser configurar os usuários para logar nele (mesmo que só pra acessar pasta compartilhada) você tem que pagar mais uma quantidade por usuário, ou seja, vc paga pelo software, e cada usuário que vai interagir com ele precisa de uma CAL que é comprada separadamente.

          No sistema inicial até vem uma quantidade de cals, entre 5 e 10, qualquer coisa acima disso é pago separadamente.

          • Agora com o novo SQLServer 2017 que vai rodar em Linux e o .Net Core que também roda acredito que isso deve mudar mais ainda…

          • Correto… Nas parte de servidores web e firewall o Linux é praticamente unanimidade, com exceção de firewall do tipo hardware mesmo (Sonicwall, Cisco etc)

        • Felipe Braz

          Bem, vc esta pegando um cenário atual e o abordando como imutável. O windows hoje domina nesse tipo de ambiente (e mesmo hoje existem exceções, como aqui aonde eu trabalho) pela familiaridade do usuário. Mais simples ter o mesmo ambiente em casa e no trabalho do que ter que aprender duas coisas diferentes.

          O que vc está ignorando nessa equação, por exemplo, é que a geração atual que já nasce conectada. E o uso de sistemas como android, ios e conceito de nuvem já começam desde cedo.
          Quando essa geração chegar aos mais altos postos do mercado de trabalho, será que eles vão preferir um desktop engessado ou vão usar tudo na nuvem através de smarthones, tablets, coisas conectadas (ou o que vier no futuro)?

          Em função da tendencia atual, eu aposto na nuvem. E quando isso acontecer (e já está começando) vai ser completamente irrelevante qual sistema operacional vai estar sendo utilizado, tanto em ambiente domestico como corporativo.

          • Breno

            E atualmente a nuvem Azure é a que mais cresce. A Microsoft nunca perde.

          • Felipe Braz

            Microsoft != Windows
            O próprio azure tem servidores linux.

            Note que ninguém falou que a microsoft iria perder, e sim o windows, e isso a longo prazo.

          • Claro. Vão colocar Android nos servidores. Afinal, é disso que o artigo trata.

          • Breno

            Interessante.

    • Aceita que doi menos, já tem um monte de gráficos e pesquisas indicando essa tendência, o windows vai ficar sistema operacional de nicho apenas, apenas nos ambientes corporativos, usuários domésticos estão nem ai para computadores

      O Android não e apenas um sistema de telefone, ele estará presente em outros dispositivos e vem ai a nova versão do ChromeOS que vai ser fundir com o Android

      • Yskar

        Num futuro próximo até os jogadores de PC poderão não ter de usar windows se não quiserem.

        • Poucos jogos na Steam rodam em Linux, espero que isso aumente, pensei em instalar o Steam OS, mais isso me desanimou e acabei deixando o Steam rodando em modo tela cheia em cima do windows mesmo no meu desktop console que fica do lado da tv…

          • Yskar

            Tem aumentado de forma estratosférica recentemente, inclusive uma quantidade grande de jogos não nativos rodando perfeitamente usando WINE (mais especificamente PlayonLinux), se você não tem jogos com Denuvo ou joga mais indie ou jogos antigos já dá até para não usar windows (6617 de 27534 já foram portados nativamente, mas se lembre que o Steam também tem muita coisa que era abandonware e jogos de antes de 2005, jogos até DX10 já rodam muito bem via wine).

            Mas ter dualboot é sempre útil, apenas deixe a unidade dos sistemas separados da unidade dos jogos, o melhor é em um HD separado e formatado em NTFS, já que agora os Linux já suportam 100% o mesmo NTFS que o W10 usa.

        • Muitos jogos da Steam já podem ser jogados no Linux, falta só as fabricantes de VGA tomarem vergonha na cara e fazer um driver decente para o mesmo.

          • Da minha lista de jogos da Steam apenas uns 20% rodam em linux, por isso ainda uso windows no meu desktop console que fica do lado da tv…

          • Da minha, acho que uns 50%, o que se compararmos com alguns anos atrás é muita coisa, se levarmos em consideração que títulos grandes como Shadow Of Mordor e Borderlands 2 rodam nele

          • The Witcher 3 e outros que eu gosto não rodam então complica…

          • Verdade… mas como eu disse… os drivers de vídeo no Linux em geral estão meio hagados ainda, então tem que usar o driver da comunidade, que muitas vezes dá de 10×0 no proprietário, mas funciona… rs

          • O problema são as tecnologias e APIs proprietárias, tipo a nVidia tem umas APIs exclusivas que só ferram quem usa placas da Radeon, até para windows os drivers são meio bugados ainda…

          • Pois é, e 90% dos jogos usam essa bodega de API… kkk
            Raramente se vê um jogo hoje em dia que não abra com o logo da nVidia nele… kkk

          • PugOfWar

            o problema é o directx que é proprietário, senão seria ainda mais fácil portar os jogos

          • E tem essa também… quando a M$ abrir o directx ai já era… kkk

          • tuneman

            não precisavam nem fazer. se abrissem de verdade o codigo fonte dos drivers ia ter nego fazendo coisas absurdas com as VGA

          • Yskar

            Mas convenhamos que de uns anos pra cá melhoraram de forma colossal, mas concordo, ainda está bem longe do que deveria ser.
            Ao meu ver deveriam focar nos Debian x64 e deixar as outras distros se virarem, para engrenar sacrifícios tem de ser feitos.

          • Concordo! Debian é vida… Kkk

        • Breno

          PC sem Windows? Não creio.

          • Yskar

            Só para quem quiser assim.
            Talvez eventualmente (quem sabe) a MS vai migrar de fabricante de software para fabricante de hardware (vide o surface studio e a tentativa do windows phone), aí a galera remanescente que ama seu desktop parrudo vai ter de fazer a transição para outro OS.

      • Breno

        Usuários domésticos não trazem lucros. A Microsoft está presente onde o dinheiro circula. O Windows faz todo o sistema global girar.

        • SAP fez parceria com a Apple e levou a plataforma para o iPhone, a maior parte dos servidores rodam Linux, não sei não se continuar assim nem no mercado corporativo a Microsoft vai sobrar…

      • Raposão do Ártico 🦊

        Vai lá fazer um TCC no Android… manipular imagens, desenvolver programas etc

        • Quando eu fiz faculdade muita gente fez o TCC usando os computadores da biblioteca e do laboratório

          • Raposão do Ártico 🦊

            E os computadores da biblioteca e do laboratório rodavam Android né

          • Rodavam Linux e Windows Xp, acredito que devem ter trocado pois isso faz uns 10 anos…

            Leia melhor meu comentário eu disse “o windows vai ficar sistema operacional de nicho”, “usuários domésticos estão nem ai para computadores”

            Eu não disse em momento nenhum que o Windows iria morrer eu só disse que ninguém quer ter em casa pois não faz mais sentido

          • Raposão do Ártico 🦊

            Windows será de nicho?

            lolwat

          • E o que eu observo na minha volta, não vejo mais tanto computadores com windows igual há 10 anos atras, minha mãe nem tem mais computador em casa só usa o ipad

            E essa molecada nova a maior parte nem sabe usar um Mouse, estão tão acostumado com o teclado touch do celular que se ver um teclado de verdade nem vai saber usar, só que com isso os conteúdos estão migrando de texto para videos o que eu não gosto muito…

          • Raposão do Ártico 🦊

            amigo, 90% do mercado e vc diz ue é de nicho?

            sabe porque android tem mais? porque se uma pessoa tem 1 PC ao longo de 5 anos… em 5 anos ela teve no mínimo uns 2 androids

          • Eu conheço muita gente que tinha PC em casa há 10 anos atras e agora não tem mais, e porcentagem assim quer dizer nada, pois a base instalada de PC diminuiu sim, e só olhar por ai, conheço gente que inclusive trabalha com TI e não tem computador em casa, até porque algumas pessoas chegam em casa e nem querem saber de computador, principalmente quem já fica o dia todo no trabalho na frente de um.

            Eu prestei serviços para Rodobens, lá a diretoria exigiu que todos os sistemas rodarsem em iPads, o mercado agora e mais amplo e o PC perdeu o foco principal e virou apenas um dos modos de acesso, não o principal e essa tendência vai só aumentar…

            Até a SAP fez parceria com a Apple soltou um kit de desenvolvimento para iPhone, se até ERP estamos tendo em smartphones, não duvido de mais nada…

          • Raposão do Ártico 🦊

            Amigo, as pessoas que você conhece não são referencias pra nada. As estatísticas estão aí. Você pode dizer que fulano não usa PC há anos, que teu vizinho nunca teve um PC ou que sua cunhada parou de usar.

          • Eu tenho um site que está no 331º lugar no Alexa no Brasil com 2 milhões de usuários unicos por mês, então não vem me dizer que não tenho dados, alias eu tenho mais dados que muita gente, estou acompanhando a migração para mobile faz anos, os dados do meu site só indicam isso.

          • Raposão do Ártico 🦊

            Cara, você se supera nas falácias.

            Mas blz, vou confiar no teu site de merda no Brasil do que em nas estatísticas de várias empresas globais

          • A Microsoft seguiu esse caminho e ignorou o mobile e deu nisso, meu site tem acesso de varios outros países também, e só você acompanhar a tendência que vai ver isso, uma coisa e dado consolidado outra e tedencia, se eu olhar os dados de 2010 até 2017 você vai ver que o Mobile está crescendo a niveis gigantes e o desktop/PC não, e não e só a venda, os dados de acesso a internet estão dizendo isso, tem menos pcs conectados a internet

            A Microsoft está transformando o Windows 10 em um sistema mobile, incluindo lojas, anuncios, etc, vai usar o mesmo modelo de negocios, pois a venda do Windows não dá mais certo, o Windows vai acabar ficando um tablet com teclado com Apps de celulares esticados, só que App esticado por App esticado o pessoal vai acabar escolhendo o Android…

  • Bruno

    Então eu vivi para ver isso. Nunca pensei que veria a Microsoft perder o primeiro lugar.

  • Maom

    E todo mundo sabe que o Linux vai explodir e passar todos esses juntos até ano que vem, afinal vai ser o ano do Linux.

  • Germano

    Ano do Linux finalmente chegou – para quem como eu pensa que o Android não é muito mais que mais uma distribuição Linux.

    • Luiz

      O Android é muito mais que uma distro, o user mode é totalmente refeito, bem como todo o resto do tolling, dos services, da arquitetura de driver, etc. Linux apenas o kernel mesmo.

      • Mais ou menos, o Android está mais para um X-Window (assim como o KDE e Gnome), só que roda dentro de uma JVM modificada.

        • Flavio Menezes dos Reis

          Wagner, KDE e Gnome não são X-Window, estão mais para desktop enviroment. X-Window seriam xorg, wayland…

          • Eu sei, mas só quis passar a ideia de que o Android não é o sistema operacional em si, ele é apenas um software que roda em cima de um SO, o que viabiliza a execução do Android é um Linux mesmo.

    • Estas bem equivocado, não chega nem perto de uma distro

      • Felipe Braz

        Fala conterrâneo, blz?
        O google a a linux foundation afirmam que o android é uma distro do linux, não sou eu que vou contrariar. =)

        • Raposão do Ártico 🦊

          Google, aquela empresa que 90% do faturamento é publicidade?

          • Felipe Braz

            Até porque o faturamento dela vir em sua maioria de publicidade anula completamente a palavra da linux Foundation e da própria google. Tá “serto”

          • Raposão do Ártico 🦊

            é, tá serto você dizer algo sem fonte
            alias, linux foundation e nada são a mesma coisa

            e olha que eu uso linux

            toda distro precisa publicar o código-fonte… vai lá ver o código-fonte do Android(tm)

            se vc acha que Android e AOSP são a mesma coisa, só lamento

          • Felipe Braz

            ” linux foundation e nada são a mesma coisa”
            “e olha que eu uso linux”

            Parabéns champs!

  • Rin Tezuka

    Então será o ano do google/linux.

    • +1

    • Daniel

      +2

    • João A.

      Depois de tanto esperar, finalmente está chegando o ano do linux.

    • Raposão do Ártico 🦊

      Se Android = Linux e Android tem mais falhas que o Windows..

      Então o Windows é mais seguro que o Linux?

      Porque na hora de considerar o marketshare, o Android é Linux… na hora de considerar as falhas, Android não é Linux.

      • David Kwast

        Android usa o Kernel do Linux, mas não usa muita coisa normalmente usada no GNU/Linux acima do kernel. Ele pode ser e não pode ser, depende do que consideramos só kernel e do que consideramos como sistema operacional. É fato que o Android só existe como é hoje por causa de tudo que rolou na comunidade do Linux anos antes. Linux nunca foi exatamente o mesmo que falar “Distribuição X (GNU/)Linux”. Mas também muita gente nem liga e na dúvida pode falar sim que é Linux, com seus defeitos e qualidades.

        • Raposão do Ártico 🦊

          Entendo… então na hora do “ano do linux” o android conta, mas nas falhas, não

          • Cocainum

            O próprio termo “ano do Linux” o pessoal está usando errado.

            Quando essa provocação foi criada, o enunciado completo era: “Ano do Linux no desktop”. Android não é sistema desktop. Então, sorry, não foi desta vez.

          • Raposão do Ártico 🦊

            Ah, entendi, finalmente alguém concorda comigo que Android e ChromeOS falhou miseravelmente no desktop assim como a MS falou miseravelmente no mobile.

          • David Kwast

            Claro que falharam, alguma dúvida? Linux é muita coisa. Muitos fracassos e muitos sucessos. Linux não é uma empresa só, muito menos só empresas. Linux não é uma montagem só de sistema operacional. O nome Linux pode significar uma coisa para cada um, dependendo de como se olha. O fato de ter dado certo no Android só mostra que o problema não é o Kernel e nem técnico, assim como muita coisa na vida.

          • Ralk2

            O android não falhou nos desktops, o Android ta chegando agora nesse mundo e não pelas mãos do google. Podemos dizer q ele vai começar de verdade quando algumas maquinas vierem de fabrica com o Android, dai sim tará valendo.

      • Rin Tezuka

        Vc está totalmente certo, seja feliz.

    • Mirai Densetsu

      Isso é, quando os fãs de linux decidirem de uma vez por todas se o Android é ou não um Linux.

      Quer que ele negue que Android seja Linux? Mostre a ele qualquer matéria falando que mais de 90% das ameaças novas criadas tem como alvo o Android.

  • Francisco Lunardi

    A verdade é que esses usuários que migraram NUNCA precisaram realmente de um PC, usavam por falta de opção.
    A grande maioria das pessoas tem um uso básico mesmo dos smarts, não precisavam de um SO tão robusto quanto o Windows, por isso muita gente apostava no sucesso de Linux (um dia…), pois não haveria dificuldade de usar qualquer outro SO, o que ele precisava era apenas de um “banho de loja” e propaganda.

    • O PC era a unica maneira de acessar a internet, então se você quiser-se usar a internet realmente não tinha escolha, estamos começando a entrar no mundo conectando aonde tudo vai ter acesso a internet e nisso o computador perdeu espaço…

      • Yskar

        Pessoalmente acho isso fantástico, novamente o mercado vai ser de nós, os power users e num mercado assim as tramóias que a Microsoft costumava fazer perdem efetividade, então para sobreviver ela vai ter de produzir produtos melhores, pois as tramóias vão ter migração para outro OS como efeito.

        • Quando eu era mais novo eu tinha que dividir o PC familiar, era um saco ter que esperar dar meia noite para conectar e ter que dividir ainda por cima, agora e tão simples as coisas, basta sacar o celular do bolso para ter internet…

          E pensar que eu vi o PC entrando nas casas das pessoas e agora estou vendo sair…

          • Francisco Lunardi

            Outra coisa, dificilmente vc via ou vê mais que dois PCs em uma família mas é muito comum cada um ter o próprio smart, isso também ajuda essa estatística.

          • Yskar

            Uma coisa que nunca pensei que fosse ser possível é ver filmes/séries/animes deitadão na cama com fone de ouvido e uma telinha perto do rosto, isso é muito bom.

            Ainda penso em comprar um tablet e um daqueles braços articulados para prender no criado-mudo do lado da cama.

            Mas uma coisa que não abro mão é ter um desktop parrudo e ligar ele ao meu roteador com cabo ethernet RJ45 azulzão velho de guerra!

    • Xultz

      Minha mãe tem um computador desktop, comprou há uns 6 anos atrás. Ela basicamente acessa o facebook e gmail com ele, e fica olhando fotografias no screensaver. Isso resume 99,3% do uso que ela faz do computador. Ou seja, um exemplo típico do que você citou.

    • Firmo

      Exatamente.

  • Xultz

    Alguém sabe como tem se comportado as vendas de Chromebooks no Brasil? Me parece que no meio acadêmico nos EUA os Chromebooks são a regra, será que estão vendendo bem no Brasil?

    • Yskar

      Não vendem bem por que aqui são caros bagarai por não serem fabricados aqui.
      Uma tia minha tem um que trouxe dos EUA e é só elogios, mas os Chromebooks devem migrar para Android daqui a um tempo.

    • Acredito que não, eu tive maior trabalho para comprar um Chromebook no ano passado, pois a maioria dos vendedores das lojas nem sabiam que ele existia, aqui no Brasil não existe marketing nenhum, quem sabe com essa nova versão do ChromeOS que está para sair isso muda…

    • Vinicius Zucareli

      Eu ainda acho (sem estatísticas) que os Surface e outros portáteis windows dão show em termos de número de vendas em relação a Chromebooks.

      Eu sinceramente não sei como alguém consegue produzir algo num chromebook.

    • Bob

      Tenho 3. São perfeitos para minha utilização. Se precisar usar algo do Windows, acesso via Citrix.

  • Está provado, ano+1= ano do linux 😀

  • Acho que o Android vai ultrapassar, sim, mas discordo sobre a parte de “um tablet e um tecladinho bluetooth”.
    No momento em que um usuário precisa de um teclado físico, já começa a considerar Windows como sistema operacional.

  • Engraçado que todo mundo achou que os Netbooks iriam ser a principal forma barata de acessar a internet e hoje em dia eles sumiram do mercado…

    • A idéia por trás dos netbooks foi passada pra trás com a ganância das empresas (era pra ser barato, alguns custavam mais que notebook), ter um hardware simples mas decente pra internet e tarefas simples de escritório (pelo que se acreditava, mas o povo comprava netbook querendo ver vídeos e páginas com flash e rodar Crysis) mas era inferior ao que o povo queria, que não era ao que a idéia se destinava….

      E por fim se popularizaram os tablets e smartphones (agora os foblets, ou telha-fones). Mesmo não tendo um preço acessível (que era idéia primária em cima dos netbooks).

      • Germano

        E ponha um teclado e mouse em qualquer tablet e voce tem la seu netbook.

      • Alberto Prado

        As vértebras do meu pescoço nunca gostaram de netbooks. Eu teria que fica no tradicional mesmo.

    • Mesma coisa com o Chromebook

  • Bruno do Acre – (Etevaldo)

    A venda de motos vai superar a venda de carros, e estão comparando os dois??

    • chadefita

      kkkkkkkkkkkk

    • grande_dino_2

      É.
      No caso seria a popularidade de coisas diferentes com a “mesma” finalidade.
      Carro e moto são motorizados que servem pra ir de lá pra cá e de cá pra acolá.
      Windows e Android servem para “fazer esse negócio com tela funcionar”.

    • Vinicius Zucareli

      Muito apropriado!

      Android é SO exclusivo para consumo de conteúdo.

      Windows é SO pra qualquer coisa, mas mais utilizado para produção de conteúdo.

    • K9s10

      Isso se chama burrice!!!

    • Christiano Nascimento Amorim

      a venda de tênis supera e muito a venda de motos! e para cada venda, DOIS são adquiridos!

  • chadefita

    Se levar em conta que a maioria das patentes que o Android usa são da MS…

    • tuneman

      nem tanto. a validade dessas patentes depende da legislação de cada país.

      • Lucas Cruz

        As patentes venciam ano passado e a microsoft renovou

        • tuneman

          ok, mas nao me refiro a isso. muitos paises nao aceitam patentes de software.

          • Lucas Cruz

            Ah sim

  • K9s10

    kkk hoje está difícil de não rir kkk

  • Urso Azul

    Não usam computador em casa porque usam o que normalmente tem no trabalho de quase todo mundo para tudo que se precisa. Quase ninguém fica completamente sem acesso à um, até editar um documento vira um parto.
    Além disso, vai demorar décadas até o meio corporativo em geral se livrar deles.

  • É sério mesmo que eu li compararem um SO de celular com um SO de PC?

    Ô clickbait, hein? Quem da redação do Meio Bit redige seus textos (não necessariamente os artigos do site) no celular?

    Eu estou ouvindo essa bobagem que o PC está desaparecendo desde a década de 90. Esqueceram que Estatistica é a arte de torturar números. Uma casa com 4 pessoas dificilmente terá 4 PC, mas terá celulares. Não é a venda de PC que está diminuindo, os celulares que estao crescendo em venda. Sei lá, talvez porque fica difícil de ligar na rua pela falta de orelhões? Mas na hora de fazer a inscrição do ENEM farão como? Pelo celular? Tenho muita certeza disso. Redigir trabalhos escolares com o Word do celular e sua grande desenvoltura? Claaaaaaaaaaaaro que sim.

    • Alvaro Carneiro

      E é preciso considerar: quantidade não é qualidade. Dane-se que tem 100 vezes mais Android que Windows. E daí? São coisas diferentes.

      E concordo, celulares e tablets popularizaram muito – e abriram um novo mercado de consumidores, gente que passou a usar algo para navegar, ler email etc. – muitos aí não usavam computador/windows. Quantidade de tias e vóvós no whatsapp…

      • Exato. O pessoal que já não usava PC antes e continua não usando.

    • Concordo parcialmente contigo, porque a tendência é o Android ser um sistema híbrido, tanto que já temos notebooks com dual boot de Windows 10 + Android, que quando conectado ao teclado dock, este vira praticamente um desktop. Ainda é algo que considero embrionário, mas a tendência é melhorar muito, assim como o Windows melhorou exponencialmente desde o Windows XP.

      • A tendência é eu me tornar imperador do Universo, nem por isso as pessoas me chamam de Vossa Alteza. Já temos Android instalado nos notebooks em dual boot? Anda não vi nenhum à venda. Android ainda é um sistema operacional de celular, fim. Daqui a pouco vão contabilizar iPhone/iPad junto com Macs para dizer que Macs são os dispositivos que mais vendem.

        Colocar uma alface no setor de frutas não fará dela uma fruta.

        • Islan Oliveira

          Tem alguns daqueles híbridos nesse esquema de Dual Boot, mas só chineses. De marcas relevantes? Nunca vi nenhum.

        • Luiz

          Não sem antes guerra comigo pelo Quadrante IV, não mesmo!, eu não permitirei.

      • CtbaBr©

        Eu espero que um dia venhamos a ter uma outra opção de sistema para PCs!
        Mas sinceramente, esse Android que roda em celulares e tablets é tão “especifico” que me lembra os programas da IBM gravados em EPROMs, onde o usuário não tinha nada a fazer a não ser usar!

    • rodmalkav

      Curioso que pensei exatamente como voce. A estatística foca especificamente acesso a internet. Eu tenho PC em casa ainda e definitivamente uso 5x mais o celular para acessar sites e etc…

      Entendo ao que esses números estão dando a entender no que vamos chegar no futuro mas nem de longe acho que o “windows perdera sua hegemonia como SO”.

      Por favor, nao se tornem esse tipo de site. Por favor!

    • Exato! E tem mais: ninguém mais troca de PC a cada dois anos. Um PC hoje dura mais de 5 anos fácil.

      • nayara

        sim. E o mesmo está acontecendo com os tablets.

        Esse pra mim foi um dos motivos do fracasso dos smartwhatchs. Quiseram impor o mesmo ciclo de atualização de um celular pra um relógio e com o mesmo marketing (mais processador, mais memória, mais câmera, etc). Não aprenderam com o netbook.

        • Theuer

          Concordo. Essa visão acaba explicando mais um ponto do sucesso das Smart… Bands!
          Elas eram simples pedômetros. Aí ganharam monitor cardíaco, depois ganharam notificações agora muitas e muitas ganharam uma telinha para a leitura das notificações… e tudo isso na casa dos U$30. Essas sim possuem um valor que encoraja serem trocadas em períodos de um ano para se obter novas funções.
          Agora… o valor de um celular em um SmartWatch com limitações que para funcionar 100% depende de um… celular. Aí é comprar e casar com ele por alguns anos.

    • CtbaBr©

      Realmente não é possível traçar um paralelo entre esses dois sistemas!
      Em se tratando de PC, a Microsoft “ainda” é a melhor opção!
      Mas… O Windows 10 limitou bastante o controle do usuário sobre o software, com isso a Microsoft parece querer deixar o Windows para PC cada vez mais parecido com o sistema para Smartphones e Tablets!
      Muito triste isso!

      • SiouxBR

        Só por curiosidade, quais são essas limitações ao usuário que o Windows 10 impôs? Vi uma série de benefícios para o usuário ao invés de limitações…

        • CtbaBr©

          “O Windows 10 limitou bastante o controle do usuário sobre o software”! Um dos controles que o usuário perdeu, foi poder escolher quando fazer atualizações, com o 10 você ligou o PC, o sistema conecta e faz a atualização, você querendo ou não!

          • SiouxBR

            O que é ótimo, já que teremos menos máquinas desatualizadas e sob vários aspectos, mais seguras…

          • CtbaBr©

            Você não tem mais escolha mesmo, é isso ou é isso!

          • jacob

            É ótimo até você ter seu sistema parado por causa de uma atualização com bugs, como já aconteceu em outras oportunidades. E ainda tem possíveis questões a respeito de privacidade e de features indesejadas que te forçam goela abaixo.

    • Jack Silsan

      Em qual trecho do artigo houve comparação entre os sistemas? O que eu li foi simplesmente uma comparação de uso tanto via quanto para navegação

      • A começar pelo título. Você acha certo comprar o uso de dois SO que não têm a ver um com o outro. Ok, eu vou comparar o uso do Photoshop com o Corel Draw!, já que são dois softwares gráficos. Não, péra. Vou comparar um porsche Cayenne com um ônibus da linha 474, provando que porsches são muito ruins pois não levam mais de 40 passageiros e é por isso que Mercedes rulez.

        • Jack Silsan

          Insisto na minha pergunta: em que momento os sistemas foram diretamente comparados, em termos de recursos que cada um oferece?
          Eu li uma comparação de uso para navegação, nada mais

          • Insistindo na resposta: no título.

            Existe uma coisa chamada escola. É lá que somos alfabetizados. Experimente.

          • Jack Silsan

            Grosseria não serve de argumento. O título reflete a realidade.

          • Monkey

            Entendi parecido. A comparação foi em termos de QUANTIDADE DE USUÁRIOS e do uso realizado pela MAIORIA.

          • Jack Silsan

            Exatamente. A comparação é apenas de uso via e para navegação. Não é uma comparação direta, listando recursos oferecidos.
            O engraçado é que o próprio MeioBit tirou sarro dessa opinião de que a comparação foi descabida
            https://uploads.disquscdn.com/images/2ef1a2b6da0b575a21a4f88c0e6a1db1e9b59509baf8d9773f3c3891c0899d07.png

          • rodmalkav

            Acho que o ponto nao eh esse. A questão é que todo o desenvolvimento do texto (inclusive a conclusão dele) leva a crer que PCs estão morrendo, windows vai morrer, iada iada…

            A comparação de acesso a internet é valida (a estatística esta ai) mas não da pra se concluir o que o texto conclui. Longe de mim ser fanboy e ate entendo o titulo do bait (a visita precisa vir) mas acho que estávamos esperando pelo menos uma conclusão mais pe no chão.

          • Jack Silsan

            Ok. Realmente o final do texto é tendencioso, “Com o Android liderando o mercado de SO’s, claro”. Porém o autor ressaltou que o Windows não perderá propósito, pois continuará sendo uma das duas principais plataformas para trabalho (a outra é o MacOS)

          • Maom

            Esfregou a cara dele no asfalto agora! kkkkk

          • Jack Silsan

            😆😂

          • Artur

            quando a MS prometeu “1 bilhão de dispositivos windows”, ela contava windows pc e celular (ahuuha WP).

            agora os fanboys da marca falam que não vale comparar celular com PC…

            heheheh

          • Jack Silsan

            Ela contava com Windows para PC’s, tablets smartphones, Xbox… O Windows 10 é um sistema para várias telas. O específico para smartphones deverá ser descontinuado em uns dois anos – e isso é uma aposta minha, não li em lugar nenhum. Pois o Windows completo para ARM possivelmente canibalizará o Windows 10 Mobile

        • Monkey

          Nunca jogou supertrunfo?

    • alvi junior

      falou tudo.

    • nayara

      As vendas de geladeira estão caindo faz anos no Brasil. Não significa que estamos na era do pós-geladeira, mas que a maioria das pessoas potencias para adquirir já o fizeram e é um item que não é troca anualmente.

      O mesmo está acontecendo com os computadores, a diferença é que não tem ‘analista de blog formador de opinião’ no mercado do eletrodoméstico.

    • Jorge Dondeo

      SO é SO, não importa de ta num carro, pc, ou nave espacial.

    • Jorge Dondeo

      “Não é a venda de PC que está diminuindo” A venda de pcs esta sim diminuindo.

    • doorspaulo

      Em casa, somos em dois, mas temos 5 máquinas. Dois PCs gamers, dois notebooks e um HTPC xD

      Claro que é algo muito fora da curva, mas para quem precisa trabalhar, apenas smartphone/tablet e inviável.

      Já tentei usar um iPad no lugar do note, mas não dá, não tem como. Múltiplas abas abertas, planilhas, documentos, PDFs, etc, SO móvel não consegue lidar com isso. O máximo que conseguia fazer bem era editar documentos, um de cada vez, claro.

      E os PCs atingiram um nível de desempenho que é “bom o suficiente” desde os C2D. No trabalho anterior, eu usava um E8400 com 4GB DDR2 e um SSD, hardware de 2008, sendo usado em 2016, e estava ótimo para o meu uso, não havia motivos para trocar.

      Meu notebook é um modelo de 2012, e está perfeito até hoje, com 5 anos de uso (um T430), apenas com upgrades de RAM e um SSD.

      Hoje, só compra PC/Note quem tem um muito antigo ou o atual foi pra vala.

      Nem o pessoal master race troca mais de PC como antigamente. Quem comprou um i7 2600K em 2011 (!!), ainda está bem servido (na medida do possível, não vai querer empurrar GTX 1080 também né), e faz apenas upgrades de VGA, pois 16GB de RAM já é padrão faz muito tempo nesse meio.

      PC se tornou um bem durável, por isso não vende tanto.

    • Mirai Densetsu

      A diferença é que as pessoas trocam de celular uma vez a cada 2~3 anos em média. Enquanto pessoas que tenham PC ou notebook trocam de máquina uma vez a cada 5~6 anos.

      E isso sem falar que notebook novo é caríssimo. E os mais baratos são lixos.

  • Cocainum

    Quando a gente tirava sarro das falhas de segurança do Android, daí Android não era Linux…

  • ⚔️ 🇳 🇮 🇳 🇯 🇦 ⚔️

    E sendo assim se caminha cada vez mais royalties para a microsoft ,de patentes, fabricantes,etc.etc.etc.

  • Antonio Azevedo

    Li todos os comentários.
    Concordo que em breve os escritórios também vão optar por trabalhar em cima do Android.
    Já há empresas que possuem todo o gerenciamento de seu serviço em sistemas na nuvem, facilmente acessíveis de um celular ou tablet. Tirando os nichos de computação pesada, a maioria das empresas que trabalham com comércio ou serviço na verdade não precisam investir em dar um PC ou notebook para cada empregado. A vantagem financeira e de simplicidade em disponibilizar todo o sistema de controle de tarefas de forma online vai ser mais um fator para apoiar a expansão do Android sobre o Windows.

  • Parabéns Meio Bit, site número um em tecnologia no Brasil, olha a audiência e volume de comentários. Chegaram lá

  • Gogoni acabou de destruir a piada do Cardoso de que o ano do Linux é year() + 1.

  • Theuer

    Não entendi tantos Haters na matéria.
    Não vejo onde está o absurdo em comparar o Android com o Windows, se estes foram usados para a MESMA COISA.
    Ninguém é burro de não saber a diferença entre um e outro, mas neste caso, o uso foi o mesmo!

    • Raposão do Ártico 🦊

      tem que ser muito burro pra comprar um sistema móvel com desktop hoje.

      vai lá fazer seu TCC, criar um software, manipular imagens etc lá no Android

      android = cosumo de mídia
      windows = produção de conteúdo.. e ainda dá pra consumir mídia

      • Theuer

        Tem que ser MUITO burro(ou brasileiro médio que não possui capacidade de interpretação de texto mesmo) para não entender que:
        ” StatCounter, empresa que monitora o tráfego na internet principalmente para coletar estatísticas de uso de navegadores e sistemas operacionais”
        significa, como você mesmo citou, “Consumo de mídia”. Seja ela conteúdo escrito, imagens, áudio ou vídeo(o que engloba também as redes sociais).
        Você veio falar sobre “Produção de conteúdo” justamente com uma das milhões de pessoas que tem isso como seu ganha pão, e como produtor de conteúdo eu digo; concordo com a matéria!
        Na produtora há cinco ilhas de edição(OSX, mas vamos fazer de conta que são Windows para melhorar as estatísticas para os Haters da matéria), cada ilha é de um editor que possui no bolso um Android e em casa um número X≥1 de Android TV.
        A resultado dessa conta é MUITO simples, mesmo “geradores de conteúdos” acabam tendo mais dispositivos não-windows fazendo trafego de dados na internet que o PCzão mesmo. Imagina TODO o resto da população que não não depende de um PC para trabalhar!
        Já li coisas legais no Expresso, não imaginei uma limitação dessas vinda de você.
        Espero que tenha sido apenas um ponto fora da curva.

        • Raposão do Ártico 🦊

          O raposão do ártico (disqus) é diferente do expresso do ártico (blog)

          no disqus eu entro pra aloprar… no blog é mais sério

          mas continuo achando que não dá para comprar windows com android porque cada um tem uma finalidade específica.

          é como comparar picape com sedã.

  • Angelo Vale

    Pessoas que continuarão a usar PC: estudantes que precisam criar textos para trabalhos escolares; fotógrafos que editam imagens; profissionais da área de áudio e vídeo; pessoas que gostam de assistir filmes numa tela maior; pessoas que precisam de grande espaço de armazenamento; pessoas que ainda gravam DVDs ou Blu-ray; pessoas que gostam de jogos 3D de ultima geração e etc, etc, etc

    • AfterBurner

      Programadores.

      • Angelo Vale

        Isso!!!

    • Jack Silsan

      Concordo.

      Você compraria um cellular PC em formato de phablet, com Continuum e Windows 10 Cloud (completo para ARM)?
      Estendo a pergunta acima para todos aqui

      • tuneman

        olha, seria muito pratico para mim: um smartphone que conecta-se na minha TV e suporte HD externo para reproduzir filmes nela.
        mas já existem androids TV Box que fazem isso por uma fração do valor….

        seria similar com meu uso do notebook. poderia ter uma smartphone foderoso por 3 mil reais que traga uma experiencia ‘similar’ ao PC, mas prefiro continuar a ter PC e celular separados.
        se um estragar eu nao fico sem o outro. =D

        • Jack Silsan

          Legal
          Eu compraria um cellular PC, e usaria ele pra trabalho. Ainda tenho um Lumia, que me atende bem, e devo migrar pro Android ainda esse ano. Ficarei com meu Lumia e farei dele um iPod.
          Eu também preciso de PC, mas como eu disse, se fosse um celullar PC seria melhor pela portabilidade

  • Thomaz de Oliveira dos Reis

    Android é Linux, não faz muito sentido separar em um texto que já coloca na mesma balança SO mobile e Desktop. Ainda mais que a queda percentual do Windows é mais relaciona ao hardware do que ao software.

  • Cássio Amaral

    Comparação sem sentido algum.

  • Diogo Afonço

    android é e nao é um S.O pra mim, chega a parecer um pouco piada chamar a plataforma de S.O, é um S.O trivial , com jogos triviais , aplicativos em sua grande maioria triviais e os mais engajados nunca se equiparam a de um SO de vdd, nao possui ergonomia equiparavel a um S.O de “mesa”, os hardwares para esse “S.O” são efêmeros, por isso soa ridiculo chamar androids de SO, pra mim deveriam criar outro nome para esses “S,O’s” de celular.

  • Jack Silsan

    Isso faz eu me lembrar que se o Snapdragon 835 consegue dar conta do Windows completo, não importa se for num cellular PC ou em um híbrido, então o mesmo processador pode dar poderes tremendos ao Android. Aposto que o Google tem alguma carta na manga pra fazer proveito tanto das tecnologias emergentes quanto do vindouro domínio

  • De acordo com os comentários desse clicbait, podemos formar uma regra: “Quanto mais perto de superar o Windows, mais o Android se torna Linux aos olhos dos adoradores do pinguim.”

    É muito engraçado! A essência da luta pelo Linux era a Liberdade, era ir contra o “monopólio do Windows, sistema controlado por uma perversa mega-corporação”.

    Aí, segundo estão dizendo, o Ano do Linux finalmente chegou. Como? Através de uma mega-corporação que domina 87% do mercado de SO para smartphones e chama o “Linux” pelo nome que deu ao produto que lhe PERTENCE: Android.

    Mas nada disso não impedirá os Guerreiros da Liberdade de comemorar. É muita comédia!

    • Rafael

      Perdão mas… onde tem alguém comemorando?

      • “Na realidade o Linux não aparece, mas um dos tantos filhos dele vai acabar finalmente vencendo a ~guerra~ contra a Microsoft…” (RAFAEL, 3 dias atrás)

        Até o momento, esse comentário informando que “um dos tantos filhos do Linux” vai, FINALMENTE, vencer a ~guerra~ contra a Microsoft tem 19 curtidas. Algumas dessas curtidas podem ser apenas “é isso mesmo, concordo contigo”, mas, sejamos sinceros: a maioria é comemoração pela “vitória na ~guerra~”.

        Por curiosidade, você tem alguma consideração a fazer sobre “esse filho do Linux” no que tange ao fato que ele repete o fenômeno do Windows, porém no ambiente mobile? Quase um monopólio, controlado por uma mega-corporação… Não te parece que essas características do Android o tornam muito semelhante ao ~monstro~ que era combatido pelo… Linux?

        • Rafael

          Eu particularmente fiz uma constatação e não uma comemoração.
          Sobre o monopólio, eu não o acho ruim de toda forma. Se ele resolve a maioria dos problemas e se atualiza sempre, buscando soluções inteligentes, é obvio que vão procurar mais ele e por isso será mais consumido. Por isso o Windows é o que é, pois se ajustou/encaixou às demandas pessoais.

          • Eu acho que o Windows (e, agora o Android) sofrem com essa falta de concorrência. Ou melhor, não se otimizam na velocidade que deveriam por não terem água subindo pela cintura.
            E o melhor exemplo é o Android. Eu usei Windows Phone por anos e te juro que existiam funções no velho Nokia Lumia 930 muito mais intuitivas e fluidas do que as que encontro no Android que tenho hoje.

  • Artur

    quando a MS prometeu “1 bilhão de dispositivos windows”, ela contava windows pc e celular (ahuuha WP).

    agora os fanboys da marca falam que não vale comparar celular com PC…

  • Andre

    É bem por aí mesmo, muita gente que não é heavy user tá abandonando o notebook em casa, e ficando só com o smart.

    • Jose X.

      muita gente ? acho que todo mundo que não tem uma necessidade específica abandonou o pc…em minha casa são 2 notes pegando poeira já faz alguns anos (não o meu caso, que uso pc montado com monitor grande)

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis