reCAPTCHA do Google evolui e não mais exigirá testes para separar humanos de bots

Por muitos anos o CAPTCHA foi um serviço razoavelmente confiável para separar usuários humanos de bots em serviços de login, mas com o tempo as máquinas evoluíram. O Google ajudou bastante o reCAPTCHA Team nesse processo e de forma gradual: no início, quando ele funcionava só com palavras o esforço dos usuários em reconhecê-las ajudou a digitalizar livros; depois, com os números de residências todos forneceram uma mãozinha para o Street View (que chegou a atingir 99,8% de precisão).

Posteriormente foi a vez de identificação de imagens, principalmente para ajudar o Google a aprimorar seus algoritmos de reconhecimento de elementos em imagens. No fim o Google lançou uma ferramenta mais aprimorada, um sistema que utiliza aprendizado de máquina e análise de risco que identifica tudo o que o visitante faz ante, durante e depois de clicar na caixinha.

A lógica é simples, um usuário humano possui um comportamento mais errático do que uma máquina e dessa forma, seria menos propenso a emitir falsos negativos. Ainda assim os bots conseguem de certa forma driblar o teste de Turing resumido (é exatamente esse o significado do nome, Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart) e passar.

Agora o Google juntou tudo o que aprendeu e apresentou uma versão ainda mais potente e desafiadora (para os bots) da ferramenta, que simplesmente não utiliza teste algum. Trata-se do Invisible reCAPTCHA.


Google Webmasters — reCAPTCHA: Tough on Bots, Easy on Humans

Por razões óbvias o Google não revela como o sistema funciona, mas infere-se que ele age da mesma maneira que o teste da caixa mas sem a caixa. Ao abrir um formulário, um site ou uma opção de login que utilize o Invisible reCAPTCHA ele tentará de cara identificar se você é um humano ou um robô, e caso não passe no teste o acesso é bloqueado de cara. Aos demais nada é preciso fazer, mas caso o algoritmo tenha alguma dúvida ele exibirá um desafio/teste.

O Google diz que o novo reCAPTCHA está preparado para as novas ameaças online, dando um forte indício que mesmo a última versão não era perfeito. Ao aprimorar os algoritmos e ocultar o método de avaliação, Mountain View e reCAPTCHA Team dão um passo além para dificultar ainda mais a vida de malandros e seus bots, e facilitar as coisas para os demais usuários. Afinal, nada mais chato do que digitar uma sentença longa ou identificar placas de trânsito em uma seleção de imagens.

Embora sempre hajam outras opções.

Fonte: Google.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Ivan

    Agora o youtube precisa aprender a não cair no golpe da visualização do site de animes.

    • K9s10

      ???

      • É que rolou uma treta no qual certos youtubers estavam se utilizando de um bot para inflar suas views. O bot em questão injetava um botão de play do vídeo do YouTube em sites de stream (ilegal) de animes. Aí quando a pessoa ia dar play pra assitir um anime, ele automaticamente dava play no vídeo do youtube que ficava oculto e mutado na página do site.

        • Ivan

          Pior que assistia anime nesse site, fui entrar hije vi que tava off R nem sabia, depois que vi a treta no YouTube

        • O (ex)Datilógrafo da AEB

          Que ideia genial.

        • Theuer

          Genius!

  • Malcan

    Caraio, não vou passar em nenhum teste, achava um saco “em busca do vale encantando”.

    • Agora pra passar no “New Captcha” do google, vamos ter que “pesquisar no google” … ??? ô.O

      • Ivan

        Ou pesquisar no YouTube

  • K9s10
  • 🦊 RaposaDoida 🦊

    Ujoãozinho Vine não gostou dessa noticia.

    • Graças a ignorância não sei quem é o “uJoanzinho Vine”, e não é por conta da notícia que irei lá dar play em algum vídeo dele enfiando Amoeba na própria bunda (presumo, já que é mais um “cretino Youtuber” que se filma com coisas idiotas, pois não irei lá pra descobrir…) gerando views e mais dinheiro pro zé ruela…

      • Ivan

        Acho que já até deletaram o canal

      • 🦊 RaposaDoida 🦊

        Também não conhecia até ele se pego usando bots, e você está certo ele é uma amoeboy não perca seu tempo com esse lixo, mas lembrando que ele só ganha view se você fica até o final do vídeo.
        Pesquisei o assunto por está atrelado ao meu campo profissional, o que vale apena é o vídeo do cara que descobriu o esquema watch?v=j3Dazaz4g0I&index=7

        • Ivan

          Vish então não dou view pra ninguém sempre fecho antes kkk

          • 🦊 RaposaDoida 🦊

            o limite é 50% se você passar disso você da o view para o cara.

        • Não é até o final do vídeo, a view conta a partir do momento que abriu o vídeo e deu o play, porém a retenção de publico não fica lá grandes coisas, caras como esse não merecem 10s de retenção de público.
          Quem cria um canal no youtube e tenta levá-lo a diante só com a divulgação que youtube proporciona (nenhuma) juntamente com redes sociais, e tentando fazer material de qualidade sabe do que estou falando.
          As vezes nossos vídeos com todas as metatags, título, descrições impecáveis ficam lá na 1453ª página da pesquisa, enquanto o do zé da amoeba fica lá na primeira, mesmo não tendo nada a ver com o termo pesquisado.

          Isso falo por experiência, afinal eu e minha esposa estamos neste barco há um tempinho tentando levar algum conteúdo legal. Mas a falta de tempo para editar vídeo direto e o algoritmo do youtoba não ajudam… kkk

          • 🦊 RaposaDoida 🦊

            Mas agora que descobrimos o segredo das amoebas pode ser que esse tipo de conteúdo de uma parada ou pelo menos reduzida, sei como é passar horas editando um vídeo para o youtube, e ao final do trabalho você não ter visualizações e um canal porcaria com 2 milhões de views pq o cara misturou refrigerantes.

          • Pois é, é frustrante, decepcionante entre outros sentimentos do gênero… temos vídeos há mais de semana sem mudar a quantidade de views, mas BTW, um dia quem sabe cheguemos a conseguir, pelo menos, pagar o investimento com as views do youtube.. kkk

          • E. Bicalho

            Aproveita para compartilhar com a gente seu canal… Tenho fome por canais novos! :v

          • Bom… colei o link aqui duas vezes, mas alguém no meio bit não quer deixar, vou colocar no meu profile do disqus, se alguém se interessar… rs

            Ou se preferir, procurar no youtube por “Viajemos Juntos”.
            Valeu pelo interesse!

          • E. Bicalho

            Links não são permitidos aqui, não diretamente… Na próxima coloque o link entre e , sem os espaços, é claro.

            http://youtube.com/c/viajemosjuntos

          • Então… foi assim mesmo que coloquei… e conhecia o esquema do , mas acho que alguém do meiobit achou que eu estava fazendo propaganda ou spam, sei lá... as duas vezes que coloquei ficou como aguardando moderação e nenhuma das vezes foi publicado.

            Ou eles simplemsmente não foram com minha cara... kkk

            Mas muito obrigado por ter colocado o link, espero que tenha gostado do conteúdo ;-)

          • E. Bicalho

            Não é que não tenham ido com a sua cara, apenas não utilizam a ferramenta de moderação… Utilize o code que será postado direto, sem necessidade de aprovação.

          • rs… beleza.
            Deixa eu testar novamente http://youtube.com/c/viajemosjuntos

            O que me deixou meio assim é que mesmo usando as outras vezes não veio… rs

        • Theuer

          Eu queria tanto que não existisse monetização no YouTube.

      • Theuer

        Porra Mario, claro que cedo ou tarde terei que saber que história é essa de amoeba.
        …e vou me arrepender.

        • Pode ir procurar, já que isso já esfriou por aquelas bandas.

  • Ivan

    Melhor que isso só o questionário que fizeram que tem pra ver se entendeu a matéria antes de poder comentar

  • Atrollando Natuacara

    “O Google diz que o novo reCAPTCHA está preparado para as novas ameaças”

    Fujam para os bunkers!!!

    https://uploads.disquscdn.com/images/9931a79fe765d2c8aa2a50d8f192b22797f2e1502b17b20f4e6f2389d270b8e5.jpg

    • Ivan

      Seek and destroy

      • Search and Destroy…

        • Chicken Little

          looking for and destroy

        • Ivan

          Seek and destroy é mais legal, nunca escutou?

  • PugOfWar

    quanto preconceito quanto aos pobres robôs(e futuros mestres). Se eu sou um robô e quero acessar o site comofas?

    • Lucas Linki

      Vocês já estão roubando nossos empregos, agora querem acessar nossos sites?!

  • Thiago

    Não fazem sentido o primeiro e segundo parágrafos. A validação se a pessoa é humana não é feita por batimento? Ela digitar as letras e/ou números certos serão batidas com a base relativa àquela imagem.

    Exemplo: Letras bizarras onde a pessoa vai ler e digitar o resultado. Ela não está ensinando a máquina em nada, pois a máquina irá fazer o batimento daquele texto com a sua própria base que contém a resposta certa, de forma a barrar acessos indevidos.

    A mesma coisa vale para imagens: Qual imagem contém fachadas de loja. Se você erra uma ele já te informa que está incorreto.

    Estou errado?

    • Theuer

      Está, mas você mesmo explica porque.
      Quando a máquina possui base o suficiente para saber se é certo ou errado, é justamente porque ela aprendeu. E esse é o objetivo.

    • Claudio Roberto Cussuol

      No inicio eles usavam 2 palavras, uma previamente conhecida pela máquina e a outra para aproveitar a sua mão de obra braçal para ensinar a máquina.
      Desde que você acertasse uma das duas, poderia digitar qualquer bosta na outra.
      Mas como a maioria das pessoas não sabia disso, acabavam funcionando como voluntários.
      Atualmente não sei como é feito, mas o reCaptcha não utiliza os princípios básicos que você descreveu, de letras propositalmente embaralhadas.

      • Thiago

        Hummm aí dá para conceber mesmo como eles fizeram! Valeu

    • Luis Eduardo Boiko Ferreira

      Chama-se aprendizagem de máquina semi-supervisionada, aonde alguns rótulos são conhecidos, outros não.

  • Igor Alves

    Que alívio, tava cada vez mais difícil provar que eu era humano, se continuasse assim eu iria acabar me convencendo de que sou um robô! :p

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis