ad

UE: a Apple entra com recurso contra decisão que a obriga a pagar R$ 45 bilhões em impostos

apple-retail-store

Demorou um pouquinho, mas a Apple finalmente respondeu à decisão da União Europeia de que a maçã deve pagar o absurdo montante de € 13 billhões (o equivalente a R$ 45,64 bilhões hoje) em impostos devidos, por conta de um acordo de isenções com o governo da Irlanda que segundo as regras do bloco econômico, não poderia ter sido feito.

Para variar Cupertino está se fazendo de vítima, mas essa desculpa não vai colar.

O rolo é o seguinte: entre 2003 e 2014 todas as operações de vendas exteriores aos Estados Unidos realizadas pela Apple, preferencialmente na Europa não foram realizadas em cada um dos países em que está presente e sim repatriadas para a Irlanda, onde um acordo entre o governo e a empresa garantiu benefícios fiscais em troca de geração de empregos no país. Os censores europeus entenderam que a manobra foi uma via de mão dupla, a Apple maximizava seus ganhos no velho continente recolhendo muito menos impostos que seus concorrentes (há muitas outras companhias que fazem a mesma coisa e que também estão na mira da Comissão Europeia, entre elas Google, Dell e Microsoft), ao mesmo tempo em que a Irlanda era beneficiada com giro de capital e mais empregos gerados do que em seus vizinhos.

O grande problema é que esse acordo é, sob a lei vigente da União Europeia, ilegal. A Irlanda não poderia em hipótese alguma oferecer vantagens à Apple ou qualquer outra empresa como forma de gerar vantagens internas sobre os outros países signatários do bloco, ao mesmo tempo que a Apple não pode se aproveitar de tal artimanha para conseguir mais dinheiro e sonegar impostos. Assim a Comissão Europeia para a Competição, presidida pela durona Margrethe Vestager (a carrasco do Google) decidido que ambas as partes estão erradas, a pena para o governo irlandês ainda está para ser definida (é bem provável que receba uma multa gorda) mas enquanto isso, a Apple foi condenada a pagar uma quantia equivalente a tudo o que sonegou, mais juros e correção monetária: um total de 13 bilhões de euros.

margrethe-vestager

Comissária Gordon Vestager: tolerância zero com as grandes companhias

Na ocasião a Apple declarou que paga até o último centavo em impostos no continente (só que com uma isenção indevida) e acusou a União Europeia de tentar arrancar seu dinheiro (que pelas regras não é seu). Agora Cupertino entrou com uma ação formal contra a decisão da Comissão, com o conselheiro geral de assuntos jurídicos da Apple Bruce Sewell, alegando que o bloco elegeu a maçã como “alvo conveniente” e que o conselho antitruste é “movido por manchetes”, querendo prejudicar a Apple apenas para aparecer na mídia.

Sewell também alega que a Comissão ignorou evidências apresentadas pelo governo irlandês e ignorou décadas de de um plano de isenções fiscais no país para aplicar a multa, o que sinceramente não se justifica: a Irlanda é signatária do bloco, ela não pode legislar independentemente das decisões da União Europeia e precisa seguir as regras do jogo. A isenção jamais poderia ser concedida, e se não estão contentes que façam como o Reino Unido e pulem fora do barco.

O mais divertido nessa história é que até o gabinete de Barack Obama se meteu na confusão, acusando a União Europeia de tentar arrancar dinheiro que pertence em primeiro lugar ao s Estados Unidos. Basicamente o Trump vai ter que descascar esse abacaxi.

Não vou defender a União Europeia tampouco, visto que o bloco impõe uma série de regras protecionistas ao extremo e draconianas que não se aplicam na prática a todos os países, mas são as regras do jogo. Embora a Apple alegue inocência ela também não é, não há ninguém certo nessa história. E como a Comissão costuma ouvir muito pouco as reclamações alheias (vide o sufoco que o Google passa nas mãos da Vestager) é bastante improvável que a Apple consiga reverter essa situação.

De qualquer forma, os próximos capítulos dessa novela prometem ser emocionantes.

Fonte: Cult of Mac.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • jairo

    Que cobrem também do 2o maior benificiario que foi o governo dá Irlanda.

    • Fernando Rodrigues de Sousa

      Tem que cobrar de ninguém, se fosse bom pagar as pessoas pagariam voluntariamente, pare de defender o roubo!”!!

      • jairo

        O que? Vc não.paga impostos ? E como ficam educação , saúde , caixa 2 , desvios? Parlamentares?

        • Fernando Rodrigues de Sousa

          Quanto você paga de imposto extra? favor me informar quantas GRU’s vc já recolheu voluntariamente para a união…

          A educação, saúde e etc poderiam ser pagos diretamente, pq raios vc precisa de intermediário cara pálida?

          • Alberto Prado

            Pq ninguém vai abrir uma escola lá no meio do pantanal, ninguém vai fazer cota pra passa asfalto no bairro, fazer uma estação de tratamento de esgoto, pesquisa sobre doenças que não dão retorno financeiro, ter um exército nacional, etc. Ou seja, quer queria, quer não, o estado ainda se faz necessário em maior ou menor grau, mas ainda necessário.

          • Rafael Rodrigues

            Nem tente iluminar… Olha o naipe dos argumentos do beócio…

        • É jairo, tem gente com vida tão fácil por aqui…

          • jairo

            Tá difícil para todos nós -)

    • Pote

      Eles devem ter alguma ação nesse sentido contra o governo irlandês, ou algum tipo de sanção.

  • Jorge Dondeo

    A cada dia que passa a decisão Reino Unido de sair dessa porcaria parece mais acertada.

    • Então vc queria que a UE fosse igual essa suruba fiscal aqui do Brasil onde cada estado cobra o ICMS que quiser?

      • Alexandre

        Queria que não fosse essa extorsão fiscal, você quis dizer?
        Sério, depois não entendem o por quê do Brexit…
        União Socialista Européia descendo a ladeira a olhos vistos…

        • Jose X.

          Apple devia transferir as operações da Irlanda para os EUA pra escapar dessa “extorsão fiscal” né…um IRExit para a Apple…por que não fazem isso ? dica: foram para a Irlanda justamente para escapar da “exortsão fiscal” dos EUA…

      • Eu voto para que igreja não tenha mais isenção de impostos, atue regularizada como mais uma empresa, o dízimo sofra impostos e as igrejas sejam obrigadas a dar algo tipo um cupom fiscal no valor do dízimo, ainda colocando como oferta de fé do fiel para igreja local, e não para a instituição por trás que lucra com tal fato, e colocando como crime de estelionato a cobrança de dízimo através de sacolinha e o leilão de quem dá mais que os pastores e demais lideres religiosos tem feito até então, ficando PODRES DE RICO.

        • Você fala do que não sabe.

          Sem mais.

          • Shhhhiu… quem diz que não deu iphone pra pastor por que tava arranhado não pode reclamar de imposto…

        • Fernando Rodrigues de Sousa

          Quanto você recolhe extra de imposto, quantas GRU’s vc já recolheu em favor da união? larga de ser hipócrita, só aceito ver alguém defender mais imposto quem recolhe mais voluntariamente

          • Rafael Rodrigues

            Eu já fiz isso. Onde pego meu salvo-conduto para reclamar?

      • Jorge Dondeo

        Só acho que cada país tem direito a decidir sobre seus assuntos, sem ter que ficar submetido a um grupo, órgão externo.

        • Também tem todo direito de sair da UE. Pra começo de conversa, ninguém obrigou ninguém a entrar. Se entrou, que siga as regras do bloco.

          • Jorge Dondeo

            Por isso que disse que a decisão da Gra-Bretanha foi acertada em sair. Não vai ter um monte de burocratas eleitos sabe la por quem, cagando regra no país deles.

          • OverlordBR

            Não vai ter um monte de burocratas eleitos sabe la por quem, cagando regra no país deles.

            Na verdade, isto irá continuar… só que os burocratas serão conterrâneos. 😉

    • Rolando

      É verdade, a tal comissão manda e desmanda nos países como a antiga URSS fazia com os países que ocupava.

      • Jorge Dondeo

        Pois é, acabou que por outros meios, a Alemanha venceu a segunda guerra.

      • Jose X.

        só que a UE não “ocupou” os países, foram os países que decidiram fazer parte da UE…se não está bom para a Irlanda a solução é simples, um IRexit, ninguém vai mandar tanques pra lá pra proibir a Irlanda de sair da UE (provavelmente vários outros países da UE vão até gostar)

        • Rolando

          Não ocupou os países mas quando os países aderiram a UE os mandachuvas não eleitos pela população dos países também não tinham o poder tirânico que tem hoje, duvido que a população de muitos paises aceitariam aderiar a UE se soubessem que ela iria decidir cada aspecto da vida deles, desde a educação até as leis. Quanto a sair, o jogo baixo e infantil da meia dúzia que comanda a UE mostrou que não é tão fácil assim sair de um clube que não aceita a democracia quando ela vai contra os seus interesses.

  • Vinicius Zucareli

    Interessante dizer que um pais não pode legislar sober sue territorio, e tem que seguir regras de burocratas qua ninguém votou….

    • abraaocaldas

      A partir do momento que você faz parte a união europeia você tem que seguir a legislação do bloco. Se não quer seguir, sai do bloco, simples assim.

      • Fernando Rodrigues de Sousa

        Espero que a irlanda saia

        • Rodrigo M

          A Irlanda não era nada antes dos investimentos da UE

          • Andre

            A Irlanda era um produtor de crises. Sua crise bancária foi tão grave quanto a da Grécia e apenas em 2010 foram concedidos 85 bilhões de euros em empréstimos do FMI e da UE.

          • Ou seja, mais que devido a UE cobrar a Apple pela Irlanda para tirar uma baita fatia desse bolo…

          • Jorge Dondeo

            Caraca, foi longe agora.

          • Rodrigo M

            “The European Union had contributed over €10 billion into infrastructure. By 2000 the Republic had become one of the world’s wealthiest nations, unemployment was at 4% and income tax was almost half 1980s levels. During this time, the Irish economy grew by five to six percent annually, dramatically raising Irish monetary incomes to equal and eventually surpass those of many states in the rest of Western Europe.”

            https://en.wikipedia.org/wiki/Economic_history_of_the_Republic_of_Ireland

            Apenas recentemente a Irlanda saiu de uma economia conturbada e se tornou um pais rico, as custas de muito investimento estrangeiro.

            https://en.wikipedia.org/wiki/Celtic_Tiger#European_Union_Structural_and_Cohesion_Funds

            Então, por que a UE foi ruim para Irlanda?

          • Jorge Dondeo

            “A Irlanda não era nada antes dos investimentos da UE” Resumir a milenar ilha da Irlanda, toda sua história, cultura, guerras, tradições, povo em nada antes da UE, é froids.

          • Rodrigo M

            Reconheço que não fui claro o suficiente: Economicamente a Irlanda não era nada antes da UE.

            E isso não é culpa do seu povo. A Irlanda sofreu muito com a colonização da Inglaterra de um jeito que:
            1. Pouca gente fala fluentemente o seu idioma original.
            2. As melhores terras ficaram com os Ingleses que exportavam alimento enquanto o povo morria de fome.

            Se quer realmente entender toda história da Irlanda recomendo começar por aqui: https://en.wikipedia.org/wiki/Great_Famine_(Ireland)

            “During the famine, approximately one million people died and a million more emigrated from Ireland,[4] causing the island’s population to fall by between 20% and 25%.”

            Eu tive o prazer de morar na Irlanda e gostaria de ainda estar morando lá, mas economicamente ela não não tinha condições de chegar no nível de hoje sem todo investimento que foi feito.

          • Jorge Dondeo

            Saquei.

          • Então temos na balança progresso x soberania?
            Isso é um belo combustível pra treta.

          • Rodrigo M

            Não vejo como problema de soberania já que:

            1. Irlanda não foi obrigada a entrar.
            2. Irlanda aceitou as condições impostas pela UE.

            Não quer cumprir as regras da UE, basta sair da UE. O que não dá é aceitar as regras e depois não cumprir.

        • abraaocaldas

          Pra que ?

          • Jorge Dondeo

            Soberania? Auto governo? Democracia de verdade?

          • abraaocaldas

            Hum..
            Para mim essa situação é de que eles querem os benefícios sem as obrigações. Você tem que ser responsável com suas escolhas para depois não ficar de mimimi.

          • Jorge Dondeo

            Não falei que não tem que pagar, só falei que era melhor sair, para ter soberania verdadeira. Nem tudo se resume só em dinheiro.

      • Vinicius Zucareli

        Interessante que quando era o Brasil e o FMI você e seus colegas de DCE não pensavam em seguir os compromissos assinados…

        • abraaocaldas

          Que bosta é essa que eu li?

    • Jorge Dondeo

      E nego ainda critica o Brexit.

  • Rômulo Catão

    Alguma coisa não ficou boa nessa frase, tem de arrumar.

    Assim a Comissão Europeia para a Competição, presidida pela durona Margrethe Vestager decidido que ambas as partes estão erradas

  • Fernando Rodrigues de Sousa

    Hmmm….. então a apple quer ficar com o resultado do seu trabalho sem o abuso da união europeia e nego acha que isso é ilegal? DANE-SE a lei, escravidão tb era lei, nazismo tb, pelo amor de ZEUS, lei é feita por burocrata com interesse, quero mais que a apple sonegue o máximo de imposto, obrigação que todo cidadão de bem tem

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Tá aí um cara H-O-N-E-S-T-O, eu voto em você… pra ir com o Lula pra Curitiba

    • PugOfWar

      Bom, não era a Apple que ia arcar com os custos do imposto extra, que iria ser repassado para o comprador, então os cidadãos dá UE, também se beneficiaram.

    • Rafael Rodrigues

      Cuidado com a transgressão, assassinato também é lei. Vai que você cruza com outro louco com você que “não concorda” com a lei…

  • Multa no CU dos outros da maçã é refresco… =P

  • A Irlanda recebe o devido e a comissão tira a parte dela da multa que
    aplicará na Irlanda… todo mundo fica “feliz”, menos a Apple que tomará
    uma merecida currada e sairá mancando das Zoropa….

  • “Entre 2003 e 2014…”
    Peraí! Estão querendo dizer que a Irlanda está dando isenção ilegal para a Apple há ONZE ANOS, ninguém notou, e agora querem cobrar tudo com juros e correção monetária?
    Não entendo isso como “sonegação” da Apple. Se ela fez um acordo com um PAÍS para obter isenção, como pode ser acusada de sonegar imposto?

    • A Irlanda estava sob regras da União Europeia, as quais não seguiu, então usando a lei e as regras estão fazendo a Irlanda cobrar, muito provavelmente para após tirar uma gorda fatia, na multa que irão aplicar na Irlanda… tudo dentro da burrocracia a que todos entraram em acordo, menos a Irlanda e Apple…

      Então tal qual nossa receita federal nos currando ano após ano, a UE pode sim fazer a Apple pagar a Irlanda e cobrar outra multa da Irlanda. Se vão conseguir os €13 billhões (o equivalente a R$ 45,64 bilhões hoje) já é outra história… Apple no fim das contas vai enrolar e vai diminuir o valor pra pagar parcelado…

      • Pois é, mas no caso, eu sou a Apple, você é a Irlanda e o MeioBit é a União Europeia.
        Eu faço um acordo contigo para fornecer fotos da Luciana Vendramini nua. A condição é que devo montar um sistema de impressão dessas fotos na sua casa, em troca, você não vai me cobrar imposto por isso.
        Aí, mantemos nosso acordo por onze anos e, de repente, chega o xerife Cardoso do MeioBit, falando em nome dos consumidores dos nudes, dizendo que você, Mário, não poderia ter me dado isenção do imposto sem ao menos ter reservado uma quantidade de fotos íntimas da Luciana para o acervo pessoal dos dirigentes do MeioBit.
        Então, de repente, você chega para mim e diz, na cara-de-pau, que eu tô devendo onze anos de impostos.
        Peraí! Tá aqui, tá assinado! Tu disse que se eu instalasse a impressora na tua casa, não precisaria pagar o imposto! AGORA TE VIRA, NEGO VÉIO!

        • Realmente…. a coisa lá tá estranha, ou por razões e interesses escusos que desconhecemos pra ter havido esta vista grossa da UE no caso durante tanto tempo, ou por que (e acredito mais nesta) descobriram agora a cifra estratosférica do montante que a Apple “lucrou” com a isenção (sendo uma brecha também para outras empresas) e cresceram o olho querendo uma fatia…

          Vão fazer a Apple pagar de um jeito ou de outro, vai demorar e muito provavelmente a Apple vai diminuir o valor… ou vai ter treta e saída da Irlanda da UE… Aguardemos os próximos capítulos. Ainda mais por que tem uma lista de outras empresas a entrar no pente fino e no meio dessa dinheirada toda que irão cobrar to eu aqui chupando o dedo e pensando em 6 números pra jogar amanhã…

          E se não for a playboy dela escaneada, pode vir que já to ligando a impressora… xD

    • Macedo

      A Irlanda não é soberana para acordos comerciais, assim como todos integrantes da UE…

  • Ah, só para manter uma contagem: aqui temos mais um caso de “Grande Empresa versus …” e, novamente, temos um Juiz Gogoni se posicionado contra a Grande Empresa. Depois, quando saem comentários que o Gogoni seria de esquerda, a galera se espanta.
    Em tempo, não sei qual a ideologia do Gogoni, mas se posicionar sempre contra “a grande corporação” é um comportamento que enche de orgulho qualquer militante do PSOL.

    • Macedo

      tive que logar para responder essa: qualquer um de direita com certeza estaria igualmente do lado da comissão por um simples motivo: concorrência desleal. A Apple, assim como outros, está se valendo de vantagens ilegais para conseguir preços e margens melhores para seu negócio (aqui no Brasil temos regras parecidas que impedem os estados de fazerem acordos agressivos demais para atrair empresas, evitando guerra fiscal, se um estado sai da linha, prejudica todos os demais e o mercado como um todo)

      • Alexandre

        Um pouquinho de imitação da Caneta Desesquerdizadora para você: “aqui no Brasil temos regras parecidas, que garantem aos estados cobranças sempre mais altas de impostos em cima das empresas, evitando competição fiscal, pois se um estado sai da linha prejudica todos os outros no cartel de impostos”.

        • Macedo

          se foi ironia foi num nível alto demais pra mim…

        • Ivan

          Pra resumir todos tem que cobrar os mesmos impostos pra não dar problema pro estado/pais vizinho.

      • Depende! Alguém de direita e intervencionista estaria contra a Apple porque ela “feriu os interesses europeus”, exatamente como você disse. Já alguém de direita, mas com pensamento não-intervencionista, seria contra os impostos (tem alguém aqui nesse debate que se manifestou nesse sentido).
        De modo geral, concordo com quem diz que é por essas e outras que a UE está se esfacelando.

        • Macedo

          a segunda parte está errada por um ponto: quem é contra os impostos é contra os impostos para todos, então defenderia a cobrança correta da Apple e ao mesmo tempo a extinção dos impostos (ou redução)

          • Sim, você tem razão. Eu realmente deixei minha lógica perdida em alguma gaveta lá em casa. Num caso desses, só há uma coisa a ser feita: ir comentar no G.1.

      • Jorge Dondeo

        Discordo, um país conceder isenção, ou benefícios para trazer empregos para seu país, é uma obrigação moral. Bizarro é a Irlanda ter que ficar se submetendo aos desmandos de Bruxelas. Imagina se o Brasil resolve que quer negociar um acordo bilateral com quem quer que seja, e ter que ficar pedindo benção da argentina, paraguai etc…

        Bloco econômico é uma coisa, a UE já virou uma nova URSS.

        • Macedo

          não estou questionando se o acerto entre eles é bom ou ruim, o fato é que há um acerto nesses termos, e qualquer um de direita apoiaria o cumprimento do acordado, do contrário é anarquia

        • Rafael Rodrigues

          A pauta não é se é bom ou ruim. Trata-se de respeitar as regras.

          Não concorda, pula fora, como UK.

          • Jorge Dondeo

            É vero.

    • gbitte

      A quantide de impostos é questionada, não a existência. Quem é direita via de regra sabe da importancia do estado e crítica quanto esta é exarcebada. Mas o que Apple fez foi negociatais com politicos para bular o fisco e a concorrência e é exatamente o que os liberais discriminam. Esse estado concedendo benecies a empresários esta mais para keynesianismo mas desse jeito nem isso.

      • Opa, se já está provado que houve negociata com políticos irlandeses para burlar o fisco tudo muda de figura.
        Eu tinha entendido que houvera um acordo entre Apple e governo da Irlanda para isenção de impostos em troca de instalação de fábricas naquele país.
        O que ainda não entendo é como essa ilegalidade (segundo a UE) perdurou por onze anos.

        • Provavelmente a UE fez vista grossa pois era uma injeção de produtos e tecnologia em seu território e quando ela se deu conta na fatia que ela tava deixando de beliscar, só agora que o olho cresceu.

          • Macedo

            acho a mesma coisa, esperou consolidar para quando fosse cobrar não valer a pena pra Apple zarpar dali…

          • Bah, mas, nesse caso, também teria sido pilantragem por parte da UE.

          • Macedo

            e vc acha que tem algum santo nessa história? hehe

  • Lucas Timm

    Pior que a maioria das globais tem operações fortes na Irlanda.
    Apple, Microsoft, Dell, Google, Sony… Se outras ações começarem a aparecer, não duvido a Irlanda dando ragequit também.

    • Apple é só o começo… não lembra do inferno que a UE fez com a Microsoft querendo repartir a empresa?

    • Jose X.

      a maioria das globais tem operações fortes na Irlanda
      deve ser por causa do clima

  • Leiner Vitor

    Sou de direita, e não consigo ficar do lado da corporação, o motivo é simples, a direita precisa que as regras sejam respeitadas. O “esqueminha” está mais que claro, e acho justo a apple restituir o que ganhou com a sonegação, até porque o market share da empresa se expandi, se consolida e isso não tem como restituir pra concorrência…

    Porem, só uma coisa me soa estranho demais, como NÃO DESCOBRIRAM isso antes? E como conseguiram aprovar esse tipo de acordo? Não tinha um fiscal pra ver isso?????

    • Alvaro Carneiro

      Não muda nada. Se o “fiscal” não descobriu o seu golpe por anos, não significa que está isento da dívida.

      Eles sabiam que estavam enrolando e assumiram o risco.

      E veja, nao estao perdendo nada. Perder significa que algo era seu e voce deixou de ter, perdeu.

      Eles vao apenas devolver aquilo que pertence aos outros.

      • Leiner Vitor

        Sim, claro, pra eles ainda é vantagem levando em consideração o que eu falei “até porque o market share da empresa se expandi, se consolida e isso não tem como restituir pra concorrência…”

        Abraços!

    • Macedo

      acredito que o fisco esperou a Apple se consolidar para quando fosse cobrar não valer a pena pra ela zarpar dali…

  • Jefferson Viana

    O certo seria acabar com qualquer estado ou órgão estatal e as pessoas e empresas se gerenciarem e se auto-governarem

    • Jose X.

      tem algum exemplo onde isso deu, que não tenha sido na idade da pedra ?

    • Comunista!

    • Jefferson Viana

      Acabar com aberrações como salrio minimo, que 2 pessoas livremente acertem os salários entre si, se o contratante quiser pagar 10 mil e o contratado aceitar tudo bem, assim como se o contratado aceitar LIVREMENTE trabalhar só por comida.

      • Rafael Rodrigues

        “contratado aceitar LIVREMENTE trabalhar só por comida”

        E eu vivi para ler isso…

      • Jefferson Viana

        A liberdade dos indivíduos deve ser máxima, o conjunto de valores e organização social esta abaixo das vontades e do desejo do individuo, só assim nos livraremos da escravização do estado sobre nossas vidas.

      • O (ex)Datilógrafo da AEB

        Fumou maconha?

        • Jefferson Viana

          Mais ou menos, ahahhaha

      • Rodolfo Oliveira

        LIVREMENTE ?Que planeta você vive ?

  • Jose X.

    o interessante é ver os cardosetes chamando a UE de comunista, União Soviética, etc 🙂

    afinal de contas, porque a Apple (e outras empresas americanas) usaram Irlanda como base de operações, e não os EUA ?

    a resposta é óbvia: para fugir dos impostos nos EUA

    • Deilan Nunes

      usa na europa pq a irlanda e o pais que tem menos imposto na droga da uniao europeia… a america do norte é os EUA

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        usa na europa

        O USA não fica na Europa…

  • Deilan Nunes

    e bringadeira viu vey…essa uniao europeia e uma merda mesmo

  • Pelo que vejo, as pessoas comprariam os produtos da Apple ainda que fossem mais caro do que hoje. Apesar disso fica 11 anos numa situação que tira proveito sobre os concorrentes, alguns provavelmente nem existem mais.
    Não sei se vocês entenderam, mas para a Apple ela ganha mesmo que pague os impostos atrasados (mesmo corrigidos). É que nem o camarada que não paga a conta aguardando uma possivel anistia, no final, se ela acontecer, paga mais barato e tira vantagens sobre os que pagaram a conta em dia.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis