Uso de câmeras por policiais gerou um efeito colateral totalmente inesperado

robocop-miguel-ferrer-e1342128351850

Os Estados Unidos estão vivendo uma crise de confiança nas instituições, principalmente na polícia, que por mais que — e é verdade — seja em sua maioria profissional, as chamadas maçãs podres estragam a fruteira inteira. A maioria dos incidentes com mortes sempre acabava no disse-me-disse. Algumas vezes as únicas testemunhas eram os policiais envolvidos, afinal homens mortos não contam histórias.

Uma campanha bem grande, com apoio até do Obama fez com que um monte de departamentos de polícia passassem a usar câmeras como parte dos uniforme dos patrulheiros. As preocupações de que isso colocaria em risco a privacidade dos policiais acabaram não acontecendo.

Policiais ruins foram devidamente flagrados, mas os policiais bons não ligam pra isso, se preocupam mais com o fato de vários tiroteios controversos terem sido resolvidos quando as câmeras provaram que sim, havia um motivo para usar força letal.

tumblr_lp6chjqgn41qztogwo2_1280-copy

Há casos onde os policiais protestaram quando programas de teste foram encerrados e tiveram que devolver as câmeras. Alguns compraram GoPros do próprio bolso. Agora uma pesquisa do Departamento de Criminologia da Universidade de Cambridge apontou um outro resultado das câmeras.

Durante um ano eles acompanharam sete departamentos de polícia, nos EUA e no Reino Unido, identificando as denúncias de violência policial. Antes das câmeras as denúncias totalizaram 1.539 reclamações, 1,2 por policial. Um ano depois das câmeras instaladas, as reclamações caíram para 113.

A suspeita de que os policiais com câmeras são mais contidos e não abusam dos civis não se aplica, já que a pesquisa usou grupos de controle, com policiais sem câmeras. Não houve diferença significativa entre as reclamações sobre os dois grupos.

Aparentemente as pessoas se tocaram que acusar os policiais de violência e abusos se volta contra elas, se houver uma câmera. É um caso onde foi excelente para ambas as partes, afinal não é todo dia que o mesmo remédio que te livra das maçãs podres também elimina as goiabas bichadas.

Fonte: Cambridge.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Na banânia essa iniciativa também seria ótima, se fosse acompanhada da unificação das “puliças” seria perfeita.

    • Christiano Nascimento Amorim

      as câmeras seriam “perdidas” ou “estragadas” com uma frequência ridícula.

      • Cocainum

        “…mas infelizmente, a câmera não estava funcionando.”

  • Macedo

    Bom dia Cardoso! Excelente texto, confirma o que o cidadão de bem já suspeitava: que a maioria dos policiais querem apenas cumprir seu papel. Falo isso porque eu mesmo já fui parado 23847347x (uso moto na grande sp) e nunca tive problema com nenhum policial, sempre fui tratado com respeito (mesmo que as vezes sob mira de arma quando estavam procurando alguém).

    Sobre o trecho:
    “A suspeita de que os policiais com câmeras são mais contidos e não abusam dos civis não se aplica, já que a pesquisa usou grupos de controle, com policiais sem câmeras. Não houve diferença significativa entre as reclamações sobre os dois grupos.”

    Para mim não ficou claro como se saiu o grupo de controle, como foi comparado o policial com e sem camera, entendi que só pelo fato do povo saber que alguns tinham camera não quiseram arriscar reportar, mesmo que não vissem a camera no policial, confere?

    • Junior Capitanio

      pessoal não sabe se o policial ta ocm camera ou não, essa e a diferença

    • Mateus Azevedo

      Exatamente. As pessoas preferiam não arriscar por não ter certeza se o policial tinha ou não uma câmera.

    • Lui Spin

      Exatamente.

      Já foi parado várias vezes, e cumpro o procedimento padrão. Abaixo o vidro, mantenho as duas mãos no volante, só respondo o que é perguntado sem comentários desnecessários, etc.

      O policial checa os documentos, sempre estão em ordem, fala bom dia e me libera pra ir embora. Eu respondo bom dia e vou embora de boas.

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Estar sobre mira de arma é normal e padrão, ninguém nasce com estrela na testa.

      • K9s10

        Só o Lula.

    • K9s10

      É por ai, efeito moral.

    • Sophos Nsm

      experimenta ser negro por um dia.

      • Macedo

        racial card? really?….. boa parte das vezes que fui parado estava de jaqueta e luva, não havia pele exposta, e ainda assim o tratamento semelhante em todas as vezes…. e em quase todas blitz que fui parado vi outras pessoas serem paradas, brancos, negros, amarelos, e os únicos que tinham tratamento diferenciados eram os engraçadinhos, os que tinham passagem pela polícia e os que estavam irregulares, de resto não presencial tratativa diferente pela cor (não que não exista, só não é padrão como algumas pessoas querem fazer acreditar)

        • Sophos Nsm

          sim cara racial card… ou vc acha que não existe racismo?

        • Sophos Nsm

          qualquer um pode ser parado. mas se for preto ou pobre a chance de ser mal tratado aumenta exponencialmente. ou vc ja viu a policia meter o pé na porta do zé dirceu? vai numa favela que vc vai ver isso quase todo dia.

  • Leonardo

    favor emoldurar essa noticia/pesquisa para mostrar aos zé droguinha de textão de facebook!

  • Rolando

    Excelente texto, deveriam fazer isso no Brasil porque a primeira coisa que a maioria dos advogados (pelo menos os que aparecem nos noticiários) fazem é acusar a polícia de abuso e violência.

    • Othermind

      No brasil iriam licitar gopros, cada uma sairia por uns 6 mil e chegaria para os policiais tekpix…

      • Se chegarem.

      • Putz… Já trabalhei num órgão público onde fotografar era parte essencial do trabalho e… Bem, TekPix era muita “marca”, nos arranjaram mesmo uma Genius, imitação de uma TekPix.
        repetindo: nos arranjaram uma GENÉRICA DA TEKPIX.
        Como se diz: “Pode abandoná!”

  • Seria excelente se as cameras tivessem infravermelho. Assim a galera do BLM não poderá dizer que a vítima não aparece direito em noites de Lua nova.

  • Luis

    E as vezes nem com câmera o puliça consegue conter a ignorância, quem viu o negão sendo espancado por cometer o crime de esperar a mãe chegar sentado na varanda sabe.

    Vc vê nitidamente uma pessoa que cresceu sabendo que não pode fazer movimentos bruscos ou ser ríspido com a policia, 20 minutos tentando se explicar calmamente, eu com 5 minutos de perguntas imbecis já tinha mandado pra aquele lugar.

    • Luis

      Update

      O cara que atirou no sargento da marinha no shopping por causa de CADEIRAS era (Surpresa!!) PM.

      • Mirai Densetsu

        Imagino o quão comum cenas como essa ficarão se liberarem as armas no Brasil.

        O pior é que não vou poder sequer ir ao cinema sem me envolver em um tiroteio.

        • Edmilson_Junior

          Imagino que reduziria, acha que o PM atiraria tendo o medo de que outros 5 a volta atirassem nele em seguida?

          • Mirai Densetsu

            Atiraria sim. Com certeza atiraria.

  • Alexandre

    Esquerdosos que relincham que a polícia é a fonte de todos os males e que os bandidos são “vítimas da sociedade” não gostaram dessa notícia.
    Como é que vão fazer discurso de coitadismo agora?

    • Artepan Panfleteria

      Excelente comentário! É isto mesmo….

    • Então, tem um candidato no Rio de Janeiro que defende a ideia de que com a criação de “eventos culturais” que coloquem uma porção de gente na rua, diminuirá a criminalidade sem precisar de policiais porque em locais “ocupados” diminuem as ocorrências de assaltos, etc..

      • Jean_csouz

        Locais com mais gente = faz mais sentido deslocar policiais para lá. Presença de policiais no local = diminuição de furtos e roubos. A lógica dele não está equivocada não. O problema é como incentivar a população a ir nesses eventos?

        • ffcalan

          Não tem nenhuma lógica, pois os eventos não teriam a presença de policiais: “…diminuirá a criminalidade sem precisar de policiais porque em locais “ocupados” diminuem as ocorrências de assaltos…”

          • Obrigado, ffcalan. Foi isso mesmo que entendi do programa do Freixo. Alias, rastreei ele até baixar o PDF completo no site da campanha e, na essência, ele propõe a criação de mais secretarias, a reestatização de serviços que já foram concedidos, a melhora das remunerações dos servidores públicos (como no caso da guarda municipal) e a criação de todo um sistema de conselhos populares para “consultar o povo” antes de decidir o que fazer.
            Resumindo: aumento da burocracia e do tamanho do Estado.
            Tem ideias boas, como auditar todos os contratos, mas não consigo entender de onde virá o dinheiro para aumento de burocracia e do tamanho do Estado. Isso não ficou claro para mim.
            Já no caso de ocupar as ruas sem policiais, bom… É uma ideia… Ok, sendo bem diplomático, é uma ideia “infeliz” para ser posta em prática na cidade onde surgiu o termo “arrastão”.
            Além de que, mesmo que haja toda noite um turbilhão de eventos culturais na Lapa, por exemplo, ainda teríamos toda questão do entorno da Lapa, de como chegar e como sair de lá, etc. etc. etc.
            “O povo nas ruas tornará a cidade segura” soa muito mais como esperança utópica do que como proposta concreta.

      • poeiradasestrelass

        Freixo tem outras propostas pra segurança, como melhorar o plano de carreira e as condiões dos guardas municipais

      • Jean

        Não sou carioca, mas to com dó deles. Crivella ou Freixo? Dúvida cruel.
        Quero que o Freixo ganhe, assim SP e RJ serão dois laboratórios, ver qual prefeito vai ser melhor.
        Aposto 100 contos no menino da TV!

        • Cara! Pensava exatamente como você. Seria um laboratório muito interessante, mas, depois, mudei de ideia. É que um dos dois experimentos, do jeito que são antagônicos, vai dar muito errado e, como consequência, muita gente vai sofrer.

          Então, que ganhe o Crivella mesmo que foi o primeiro dos candidatos do Rio a adotar um discurso moderado. E vamos acompanhar com interesse o desenvolvimento da gestão Doria em São Paulo. Por causa da minha ideologia política, tenho fé que ele faça uma excelente gestão.

      • O (ex)Datilógrafo da AEB

        Considerando que prefeito não é responsável pelo policiamento. A proposta dele tem lógica.
        Aqui no RJ temos a praça XV que é caminho pras barcas. No FDS, só não fica um deserto porque skatistas usam o local. E por causa da movimentação dos skatistas a pivetada simplesmente não rouba no local. Antes de ocuparem o espaço, era bem problemático.

    • poeiradasestrelass

      A esquerda nunca disse isso, desse jeito. vc está deturbando tudo com uma falácia

      • Alexandre

        Não!???!! Mimimi polícia violenta, mimimi, polícia fascista, mimimi, pelo fim da PM… Fala sério!
        Câmeras no uniforme, como disse o texto, pegam as maçãs podres, mas também inibem as falsas comunicações de abordagem policial inadequada. Simples assim.

    • Mirai Densetsu

      Continuando a apontar dados, enquanto direitosos continuam zurrando em pleno negacionismo.

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Cara posso me considerar de esquerda e garanto que a esquerda nunca vendeu esse discurso.

  • Marcogro®

    Aqui no RJ houve um projeto de pôr câmeras nas viaturas da PM. A questão é que o projeto apresentou vários problemas, entre eles a sabotagem, com lacres rompidos, manipulação e o extravio de imagens…
    Como diria o filósofo Vin Diesil: “Isso aqui é Brazil”…

    • Diego Marco Trindade

      E aquele caso dos dois policiais que foram gravados no carro com dois moleques e voltaram só com um? Será que era só teste?

      • Marcogro®

        Será?

  • “…afinal não é todo dia que o mesmo remédio que te livra das maçãs podres também elimina as goiabas bichadas…”

    Aí você nota que o Cardoso não é da roça. Goiaba sem bicho NON ECSISTE!

    • O problema nunca é encontrar um bicho, é encontrar meio… xD

      Proteína, diliça… e ninguém procura os pedaços da cabeça do bichinho no suco… xD

  • Eu tenho amigos que tem um pré conceito com uma visão deturpada de policiais. Não podem ver um q já falam q são abusivos, violentos, coxinhas, e outras coisas.

    Qdo estão comigo no meu carro, faço questão de passar devagar por um carro de polícia ou policiais na rua e desejar um bom trabalho.

    Precisam ver como ficam pianinhos na frente dos oficiais.

    • Artepan Panfleteria

      Legal. Esses seus “amigos” são esquerdosos com certeza…

    • Acho que é uma cultura que o brasileiro desenvolveu desde a época da Ditadura e que mantém até hoje, mesmo sem a ditadura. (tipo aqueles macacos da experiência que tomavam choque elétrico toda vez que um subia uma escada para pegar uma banana…).

      Outro dia, no aeroporto de Porto Alegre, presenciei a seguinte cena: uma garotinha de colo começou a se agitar e dar gritinhos e o pai (ou tio, sei lá que infeliz era aquele) disse para ela ficar quieta e apontou para um canto aonde estava um segurança, dizendo: “Fica quieta! Shhhh! Olha a polícia ali! Você não quer que ele venha aqui, quer?”

      Cara! Quase mandei um tapão no pé do ouvido do abobado que faria até os netos dele nascerem surdos. Num aeroporto onde, na semana anterior, traficantes foram fuzilar um desafeto que estava na FILA DO EMBARQUE, aquele pateta usa a polícia (que, felizmente, estava lá) para ameaçar uma garotinha de colo! :/

      • ochateador

        Esse “adulto” aí deveria viver em uma solitária pelo resto da vida. Falar uma estupidez dessa é dose.

      • Sophos Nsm

        mas quem deve ser responsavel por punir mau comportamento (guardadas devidas proporções) não é o estado do qual a policial faz parte?
        queria o que? que a mãe dissesse pra o filho que se ela for mal comportada o chefe do morro ia fazer microondas com ela?

        • Huahuahuahuhau!
          Acho que existem outras formas de educar uma criança que não sejam na base da ameaça, sejam ameaças usando agentes públicos, sejam ameaças usando bandidos…

          • Sophos Nsm

            tem o papai noel, homem do saco, kibungo, bicho papão, etc
            🙂

          • Nada a ver com o que estamos discutindo, mas…

            Em certa época da adolescência, minha famiglia enfrentava problemas com uma espécie de surto de doenças em diversos parentes. Quando eu digo famiglia, é assim, com “gl” mesmo, porque somos italianos e morávamos quase todos numa mesma rua de cidadezinha do interior. Tutti buona gente, tutti cattolici.
            E foi assim que identificamos o culpado pelo surto de doenças: um quadro de um menino com grandes olhos azuis chorosos que estava pendurado na parede da sala da casa de uma tia. Acontece que fontes de confiança afirmavam que bastava virar o quadro de cabeça para baixo e o próprio demônio era avistado!
            Diante dos fatos, tomamos a decisão mais racional. Numa noite de começo de inverno, tiramos o quadro da parede e saímos em procissão com o intuito de queimá-lo embaixo de um viaduto próximo.
            No caminho, em meio a orações e lançamento de água benta para todos os lados, passamos por uma parada de ônibus e reparei que um mendigo imundo dormia ali.
            Colocamos o quadro encostado no pilar do viaduto e ateamos fogo em meio a uma cantoria religiosa e ficamos ali, olhando a criança da pintura ser consumida pelas chamas.
            Na volta para casa, tomei a dianteira e, ao passar pela parada de ônibus, notei que o mendigo não estava mais lá. Eu ainda estava olhando em redor quando ele surgiu muito perto de mim, saindo do meio do matagal na beira da estrada, e me olhando com cara feia.

            Foi aí que me esqueci de minha famiglia e desatei a correr e só parei quando entrei dentro do meu quarto e tranquei a porta, ofegante. Acontece que o mendigo me encarou furioso, olho no olho, e – valei-me Nosso Senhor Jesus Cristo – eram os mesmos olhos azuis que estavam no quadro!

          • Sophos Nsm

            kkkkk

    • Acredito que todo mundo que se baseia apenas em uma pequena amostragem , ou uma experiencia pessoal, ou baseia sua opinião apenas no que um grupo ideológico fala acaba sendo injusto. Existem policiais bons, policiais ruins, gente de esquerda bom e gente de direita bons. Mas não existe ninguém extremista que seja realmente bom, por que so olha o propio umbigo. Mas uma coisa que revolta muita gente é o corporativismo, se um policial ruim comete um crime, ele não vai ser investigado com o mesmo rigor que um cidadão comum, assim como um juiz nunca da ganho de causa de um cidadão comum contra um juiz do supremo. Assim como também da revolta que quando um policial é bom e arrisca sua vida, geralmente não tem o seu trabalho reconhecido como deveria, mas a culpa pra mim é mais dos policiais ruins que sujam o nome da corporação e da ineficiência de puni-los exemplarmente, do que da sociedade que não tem um senso critico adequado.

      • Jorge Dondeo

        Eu acho que aliviar a barra de um policial corrupto é até mais nocivo do que a atitude do corrupto. Acho que eles deviam ser mais agressivos com os desonestos. Como o capitão nascimento faz com os policiais bandidos no filme.

        • Esse filme apesar de ficção é baseado em fatos reais e mostra oque acontece no brasil, policiais que se matam pelo povo, sem valorização de um lado, policiais corruptos cheios de grana do outro lado. Impossível para o cidadão saber quem é quem , apenas quem convive com eles pra saber. Mas na duvida, tratar com respeito e cordialidade a todos.

          • HomeroGamer-BanidodoMB

            Acontece que quando um policial corrupto cai na mão dos Caxias ele se fode sim. O problema de corporativismo é entre apenas os corruptos, que como tem gente na alta roda e lambem as botas deles conseguem se safar.

            Infelizmente é aquele caso de uma minoria que não presta sujando todo o resto.

          • Paulo de Tarso

            Qual é pior, policial corrupto ou policial assassino? (desconsiderando os corruptos e assassinos)?

          • Jorge Dondeo

            Acho que o assassino.

          • Jorge Dondeo

            Mas uma duvida que tenho, todo órgão sofre algum tipo de fiscalização de outro órgão independente não?

          • Theuer

            Fiscalização até tem, o problema é o resultado:
            O supremo por unanimidade “condenou” o juiz César Henrique Alves, acusado de venda de sentença!
            Pena:
            Aposentadoria compulsória!

            Que tal? O FDP comete um dos crimes mais sórdidos que um juíz pode cometer e sua pena é não precisar mais trabalhar para receber seu salário…

          • Sophos Nsm

            infelizmente não cara. só ver em paginas policiais o tanto de defensor daquele policial que apareceu no fantastico espancando um vendedor de tapetes.

            mais que isso. na ação o cara chamou uns 17 policiais pra prender o cara e continuou com os abusos na frente desses 17 e nenhum fez nada. pelo contrario até tentaram destruir a gravação. porra dentre dos 17 nao tinha um que prestasse?

      • rbsouto

        Extremismo e fanatismo cegam o julgamento. Não importa qual bandeira. Atrocidades são cometidas.

        Muita gente tira a humanidade do policial e do militar no momento que o mesmo coloca um uniforme. Mas são gente como a gente, com família, sonhos, salário contado e tem um trabalho difícil, perigoso e pouco reconhecido.

        Em 2016 (até semana passada):
        Rio de Janeiro: +90 policiais assassinados
        Estados Unidos: 99 (país inteiro).

        • Rio não tem apenas crime organizado, está virando quase uma FARC.

          • K9s10

            O que pensar do Rio, que quando teve a oportunidade de votar em gente de pulso mais firme, vota em Freixo é Crivella. Flávio que teve 424.307 votos e acabou na quarta colocação, declarou que votará em Crivella. O Rio merece todo tipo de desgraça é talvez assim volte a brilhar.

          • O que vai brilhar no rio são as balas traçantes… =X

          • K9s10

            kkkkkkkkkkkkk

          • Freixo vai libertar a cidade!

      • Sophos Nsm

        anakin minha critica aos bons policiais é a defesa dos maus. ja encontrei muito policial bom na minha vida. mas nunca encontrei um policial que não defendesse a maça podre do cesto. na policia o corporativismo é medonho.
        quando fui na delegacia prestar queixa contra um policial que me xingou dentro da delegacia os demais me “aconselharam enfaticamente” a não prestar queixa pq “com policial não se mexe”.

        • Cacio Frigerio

          Mas é claro. Você foi pelo caminho errado. Quando eu apenas citei o nome da corregedoria a coisa andou lindamente.

          • Sophos Nsm

            pois é… mas a quantidade de pessoas pagas pra registrar um crime defendendo um policial criminoso me deixou assustado.

          • Cacio Frigerio

            Tem tanta coisa que me assusta na vida. Mas eu nunca deixei o medo me dominar. Sempre fiz aquilo que eu achava CORRETO e é este conselho que eu te dou. Ja vi pessoas se ferrando por fazer o CERTO, mas o numero de pessoas que se ferraram por fazer o ERRADO, foi MUITO MAIOR, então a minha escolha é facil: fazer o certo sempre!

    • Luis

      hahaha bem otários esses seus amigos.
      Eu passo mão na bunda e chamo de viado aí eles atiram em mim e todos rimos.

    • Mirai Densetsu

      Talvez porque esses amigos estiveram em protestos que não sejam a favor do que o governador/prefeito quer. E nesse caso, a polícia já chega descendo a porrada, coisa que não acontecia com os protestos pró-impeachment (não porque os protestantes pró-impeachment fossem mais civilizados, são brasileiros afinal, mas sim porque a posição política da corporação apoiava a manifestação).

      • Cássio Amaral

        Talvez porque os que participavam dos protestos pró-impeachment não eram vândalos como os que participavam dos movimentos contra. Só esqueceu de mencionar isso.

        • Sophos Nsm

          foi por isso que o governador mandou abrir as catracas nos protestos pró impeachment e mandou parar os metros no dia dos protestos contra o impeachment?

          cara vc é inocente assim mesmo ou só ta querendo causar?

        • Mirai Densetsu

          Você só esqueceu de mencionar que existem estudos de organismos internacionais provando que a polícia agia diferente conforme a ideologia política de quem protestava.

          Se bem que esse “esquecimento” foi proposital: a Veja não mostrou isso. E como são eles quem chamam qualquer protestante de esquerda de vândalo…

          • Cássio Amaral

            A Veja mente e você que fala a verdade, Ok então. Eu já fui em mais de um protesto a favor do Impeachment, e ambos e não aconteceu absolutamente nada. E se tivesse, pode ter certeza que seria algum fanático pago pelo PT pra fazer arruaça.

            Agora veja uma manifestação da CUT, MST, UNE e outras organizações que são massa de manobra do PT, sempre dá confusão por causa do vandalismo, como depredação do patrimônio público e privado e agressão aos policias. Aí depois se fazem de vítimas quando apanham merecidamente da polícia.

          • Mirai Densetsu

            E você acredita na Veja? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            Estou vendo que você é um idiota útil mesmo. Boa sorte aí

          • Cássio Amaral

            E você acredita na Dilma, Lula, esquerdismo, socialismo, comunismo? Engole o choro, se não está gostando do país com o governo atual, vai embora pra Venezuela, Cuba ou pra Coréia do Norte, lá que é o paraíso dos vermelhinhos, sqn.

            Ah, esqueci, que como todo bom membro da esquerda caviar, apoia a o comunismo mas prefere vive no conforto do capitalismo e com a liberdade da democracia.

            E é menos pior ser um idiota útil do que um inútil como você.

          • Mirai Densetsu

            Wow! O pacote acusação completo, com várias coisas que eu nem sequer acredito e com direito até a me mandar pra Cuba! Wow cara, você é um jenio, como disscuti beim! Noffa, que maximu!

            O melhor da sua resposta é o hurr durr comunismo. Leia um livro de história antes de ficar passando vergonha na Internet. OK, champs?

    • Sophos Nsm

      1. a maioria das pessoas que conheço (incluindo eu ) ja sofreram abusos de policiais por mais de uma vez. talvez o fato de eu ser pobre e negro contribua pra isso.
      2. policiais são servidores publicos e como tal seu serviço é passivel de criticas, especialmente quando mal feito. sabe aquela critica que vc faz ao sus ou a aquele burocrata? pois é, seus amigos tb podem fazer com policiais.
      3. não acha estranho que seus amigos ficam “pianinhos” na frente de policiais? sabe como isso se chama? medo! medo de serem agredidos, medo de serem presos por fazer uma critica, medo de abuso de autoridade! e tem medo por um bom motivo! não é raro que policiais abusem da autoridade. infelizmente os abusadores encontram defensores como vc.

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Cara isso depende muito da referência de policial que vc tem na sua comunidade. Aqui onde eu moro (baixada RJ) a maioria já tomou tapa de PM na cara. Eu mesmo já tomei uma dura e sofri abuso policial, quando era adolescente. E não estava fazendo nada de errado.
      E no RJ já estamos acostumados com uma polícia que rouba, é abusiva e etc.. são muitos poucos policiais que se salvam. Hoje em dia tenho que recorrer a uma palavra mágica, quando tomo dura. Uma “safeword” que alguns amigos policiais me ensinaram, só assim pra ficar tranquilo.

      Um exemplo de abuso policial no RJ, arrastar uma vítima pela rua, detalhe que era uma mulher.. https://uploads.disquscdn.com/images/f0a1a9fa6bb2170145f9c147563979ee12f1244eaf478f70e68ffd7dff22a304.jpg

  • andrethurler

    Cardoso falou de uso de Go Pro pela polícia e atraiu comentaristas do G1.

  • Aqui no Brasil não daria certo: quando os policiais entrarem numa comunidade carente, a gravação vai parar e os técnicos que as verão até reportarão o “problema” mas os superiores vão dizer que foi problema de hardware. Corporativismo.

    • Sophos Nsm

      exato

  • Adriano

    É interessante como a febre ideológica contaminou muita gente que nada mais faz a não ser criticar o “oponente” usando como fato caricaturas de facebook…

    Vamos muito longe dessa forma….

  • Jorge Dondeo

    Show de bola! No Brasil é mas do que necessário.

  • HomeroGamer-BanidodoMB

    Aqui no Brasil seria a mesma coisa. Já vi muito vídeo de “jovens sendo brutalizados” pela polícia só para achar um outro vídeo que mostrava o ANTES da brutalização. E acredite, a maioria até Gandhi iria rezar pela cartilha de São Benedito, seria preciso muito sangue de barata.

    • Alexandre

      Sim, os tais videos da “midia ninja” estão aí para provar isso. Cuidadosamente editados para omitir o antes. É o mimimi esquerdoso vitimista de sempre… Polícia opressora etc…

  • Constatação interessante. E faz sentido. Saber que tem uma câmera inibe tanto o abuso policial (se bem que sempre pode ter aquela desculpa do ‘a câmera não estava funcionando’) quanto aqueles que tentam “dar um migué” para tentar processar o estado e ter algum ganho pessoal

    • “…quanto aqueles que tentam “dar um migué” para tentar processar …”

      Tem muito motorista na China, Rússia e outros países pra lá botando câmera no carro não é a toa… =|

      • Sim, sim, não é à toa que temos tantos vídeos de dashcam vindo dessas regiões 😀

        • Tem um que provavelmente foi “hagada” no trânsito, que o cara para o carro na frente do sujeito, saem 4 querendo intimidar pra confusão com algo em mãos, o motorista sozinho com chave de roda só aponta pro próprio retrovisor pra mostrar que tem câmera, os vagabundos desistem e vão embora.

  • OverlordBR

    Há casos onde os policiais protestaram quando programas de teste foram encerrados e tiveram que devolver as câmeras.

    Em um dos últimos programas do Bill Maher, falaram exatamente sobre isto.
    E que os policiais querem as câmeras para se protegerem de falsas acusações. 🙂

    Aparentemente as pessoas se tocaram que acusar os policiais de violência e abusos se volta contra elas, se houver uma câmera.

    A American Civil Liberties Union enviou uma carta de 11 páginas para o governo federal norte-americano exigindo que a polícia de Los Angeles (uma das que mais usam câmeras nos EUA) liberassem toda e qualquer gravação feita por policiais ao público.

    http://www. latimes. com/local/lanow/la-me-ln-aclu-lapd-body-cameras-20150903-story.html

  • “Uso de câmera é ótimo…” não, é lindo as vezes…

    Enquanto isso no RJ… xD

    https://uploads.disquscdn.com/images/d5d2e53b646ef389eef747aed42401ee0b503ff52c9caaa20c179a815e82d066.gif

    • K9s10

      Valeu pela ótima gif.

    • gfg

      Boiei agora.

      • x2

        • brunodmjr

          Jogando alguém em um “microondas” do penhasco, fazendo alusão ao desenho do pica-pau? Eu acho, não tenho certeza.

  • Jefferson Viana

    Não sei de que polícia tantos falam aqui, minhas experiência com polícia em 60% das vezes foi ruim, já param e deram “baculejada” em meus colegas de universidade que caminhavam logo atras de mim voltando para casa de estudante, mas não me pararam na hora, detalhe : eles eram negros, já fui parado por PM no carro que queria força uma multa para suborno, já vi PM pararem na esquina e onde morava quando adolescente, que era uma boca de fumo, em vez de prender deram calcetadas nas mãos do marginais ,menores em sua maioria, e mandaram sair correndo !!!? Ai o FDP volta no outro dia que nem um bicho barbarizando no bairro por que acha que alguém de durou, etc,etc… ,

  • Mario Neis

    A questão é que PM raso, sem estrelinha no ombro se f** de todos lados…

    uma história que exemplifica a m** institucionalizada é a seguinte:

    imagine a situação de uma velhota na frente da casa do governador fazendo greve de fome por algum motivo qualquer… atraso da aposentadoria por exemplo… o governador ( que é o Chefe da PM, manda o comandante destacar uma viatura pra resolver a situação, com uso de força se eles acharem que precisa…)

    Aqui a situação se divide em duas…

    o soldado novato, que recém entrou na praça e ainda está com o conteúdo que estudou para o concurso de PM fresco na memória se nega a bater na velhota por não haver motivo/amparo legal pra isso… vai ser preso por uns 15 dias por insubordinação….
    o soldado antigo que estava com ele desce a lenha na velha e manda passear… a cena foi filmada e ele vai responder perante o tribunal militar… vai pegar os mesmos 15 dias de cadeia por fato consumado/ uso excessivo da força

    aqui a história faz o ‘turning point’ que vai fazer o novato se vender e tornar-se um soldado “antigo”… A prisão militar é na caserna… quem manda nessa prisão é o alto comando da Polícia… então.. independentemente do que aconteça tu vai ir pra lá… é melhor ir por não fazer o que o dono da prisão manda… ou ir pra lá passar por ter cumprido a ordem do cara que controla o local onde tu vai pagar a pena?
    15 dias levando banho de mangueira na madrugada pra aprender quem manda X 15 dias de ‘férias’ com TV/Videogame e comendo junto com os oficiais a comida do rancho?

    todo dia de manhã o coitado do novato acorda se olha no espelho e pensa “e hoje? vou ser policial e ajudar o povo ou vou ser soldado e servir ao Comando?”

    mas se tu disser que desmilitarização seria uma boa solução pro problema orgânico da polícia tu é imediatamente um petralha que tem que voltar pra cuba…

    precisamos de mais policiais… mas por paixão sem racionalidade o povo pede mais soldados..

    • Ok, quando sair em DVD eu assisto. 😛

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Por isso é necessário a desmilitarização da PM.

  • PP CarvalhoF

    Realmente é uma ótima ideia usar câmeras digitais acopladas aos policiais (não só para registrar abusos, mais também ajudar em N outras coisas como reconhecimento de suspeitos e quem está com mandado de prisão por exemplo). Só não entendo porque (ao menos nos que vi) é colocada na altura do peito. Poderia ser algo como o (finado) Google Glass que ficasse “montado” na cabeça e apontando para onde o policial olha. Seria muito mais interessante assim (já que também poderia haver alguma “colaboração remota” para passar informações para o agente).

  • Pingback: Acontecendo agora: Uso de câmeras por policiais gerou um efeito colateral totalmente inesperado via /r/brasil | alinegarciadias()

  • Sophos Nsm

    experiencia 1:
    2 da manhã parado por um policial: baculejo, pega minha carteira tinha uns 6 ou 7 reais. – não anda com dinheiro não? tu é pobre em viadinho? tapão no ouvido e manda andar sem olhar pra tras (ficou com os 6 ou 7 reais).

    experiencia 2:
    estavamos em um bar e o policial chega e manda todo mundo deitar no chão. chovendo meu irmão deitou mas não colocou a cara no chão ficou meio levantado. o policial da um chute nele e fala eu mandei deitar no chão! ele levanta e tenta discutir, vai preso, na delegacia o policial fura o timpano dele deixando ele permanentemente surdo de um ouvido.

    experiencia 3:
    dentro da delegacia após tentarem arrombar minha residencia. vem um policial civil e pergunta se eu sou irmão de XXXXX. eu digo que sim, e ele diz que meu irmão tava barbarizando em um show (justamente o caso acima e portanto mentira), que eu tinha que me foder mesmo que tinha que tomar no cu, etc. FALOU ISSO DENTRO DA DELEGACIA. Eu achando que estava protegido por ter um zilhão de testemunhas mandei ele me respeitar e se tivesse algo a falar falasse direto com meu irmão. ele começar a vociferar quase cuspindo em mim e a gritar me ameaçando de prisão por desacato e eu disse que não houve desacato que havia abuso, ele me deu um empurrão até que um colega viesse e falasse: “para cara, estamos dentro da delegacia” (imagine se estivessemos fora), ele foi mas não sem antes me ameaçar dizendo que ia topar comigo por ai.

    experiencia 4:
    no carnaval na entrada do show o policial vem revistar (procedimento normal). eu não sabia os procedimentos então ele me da um empurrao e fala: levanta as mãos seu merda. (fui xingado por não ter levantado as mãos).

    experiencia 5: o policial pede pra um cara da minha rua abrir a porta pq ele queria revistar se havia um bandido pulado o muro no quintal. o vizinho disse que não abriria pq ele não podia invadir a casa (eu teria deixado entrar mas enfim ele estava tambem certo em não deixar). o policial chuta a porta arromba e ainda da um murro no vizinho que não era criminoso.

    experiencia 6: em uma blitz meu pisca estava queimado. o procedimento correto seria aplicar a multa e apreender o carro. o policial no entanto revista o carro e acha um pen-drive, mostra pra mim e coloca no bolso DELE e fala: estou te liberando e CUIDADO QUE A MULTA É CARA. ficou com meu pen-drive.

    experiencia 7: o policial para a moto taxi em que eu estava e decide nos revistar. abre a mochila e joga tudo no chão. pergunta pq eu estava com tanto dinheiro. eu explico qu eestava voltando de viagem. ele diz que eu não posso andar com tanto dinheiro não (pq????). manda eu pegar tudo do chão e seguir viagem.

    experiencia 8: esta eu não presenciei com um amigo de amigo que é menor, o policial vai revistar e usa abuso de força e da um tapa na cara do guri. o guri liga pro pai que é juiz da infancia e o policial começa a chorar na frente dele pedindo perdão. se não fosse filho de juiz ele teria dado outro tapa na cara.

    ja tive experiencias positivas? tive sim! tive varias. a policial é parte importante da sociedade. mas pra mim que venho de comunidade carente é muito dificil acreditar que especialmente o abuso de poder não seja um problema generalizado com tantas experiencias ruins.

  • Julio Verner

    Imagina no Pasto Continental onde polícia é mero batedor de traficante de armas, drogas e o resto tudo…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis