Samsung fora: TSMC é a fornecedora exclusiva de chips da Apple

apple-a9

O A9 pode se tornar o último processador que a Samsung produziu para a Apple

Não é novidade para ninguém que Apple e Samsung trocam tapas e beijos. Enquanto vivem brigando nos tribunais por patentes e cópias de características que ambas praticam (embora a maçã leve vantagem por julgar os casos em casa), elas se mantém próximas em outras questões como por exemplo fornecimento de componentes. Os iGadgets utilizam alguns dos produtos desenvolvidos pela Samsung e outros fabricantes, e o maior dos incômodos para Cupertino é a dependência que ela tinha em relação ao processador.

Embora ela mantivesse dois fornecedores, a TSMC até pouco tempo atrás não conseguia superar a Samsung no processo de litografia e/ou não era capaz de suprir a demanda, mas os tempos estão mudando e a gigante coreana não vai gostar de para onde o vento começou a soprar.

A Samsung conseguiu garantir sua participação na produção de processadores para a Apple em 2016, sendo responsável por uma parte dos chips A9 que equipam as linhas iPhone 6s e 6s Plus após ficar de fora do A8. Só que houve um pequeno problema:


Jonathan Morrison | iPhone 6s Chipgate – Does it Slow Down Your Phone?

Os processadores Samsung presentes nos iPhones 6s e 6s Plus apresentaram uma performance inferior aos da TSMC na mesma geração. Os chips coreanos esquentam mais e consequentemente drenam a bateria mais rapidamente, o que para usuários de iGadgets é um problema e tanto. Embora a Apple oficialmente tenha declarado que tais diferenças de performance eram um problema menor, a gente sabe muito bem que não é assim que a banda toca: Steve Jobs era obcecado com a experiência de uso perfeita acima de tudo, e a menor possibilidade de prejuízo já disparava todos os alarmes de Cupertino em seu tempo.

E ao que tudo indica Tim Cook pensa da mesma forma. Já sabíamos que a TSMC garantiu a exclusividade no fornecimento de processadores A10 para o iPhone 7, que deverá dar as caras em breve. O que ninguém esperava, e isso deve ter enfurecido a Samsung é que a rival taiwanesa também assegurasse os direitos da linha A11 sozinha, os chips que equiparão a futura linha iPhone 7s em 2017 (ou 8, ou qualquer outro nome que resolverem utilizar). Ao que tudo indica a performance dos chips na geração atual, somada à capacidade de entregar processadores no processo de 10 nanômetros como a maçã especificou sem dificuldades pesou na decisão de excluir a Sammy do páreo.

Este é o fim da linha para a Samsung? Não necessariamente. Embora a Apple adore um cenário em que não dependa de componentes da rival coreana é fato que caso no futuro eles produzam processadores do jeito que Cupertino deseja, sem que estes apresentem problemas ela voltará à briga. No entanto ficou para 2018, e é certo que os engenheiros devem estar quebrando a cabeça neste momento para fazer de sua versão do A12 um chip realmente capaz de equipar os futuros iPhones.

Até lá a TSMC colherá os louros sozinha.

Fonte: DigiTimes.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis