Adivinha quem odeia ciência? Acertou, o Brasil!

Que o Brasil não gosta de ciência não é novidade, vide a proporção cientistas/videntes nos programas vespertinos. Nossos museus vivem caindo aos pedaços, pessoas batem palmas pra escolas que trocam evolução por criacionismo no currículo e se um sujeito quer ser levado a sério, melhor ignorar a apropriação cultural, colocar um turbante e se passar por paranormal.

Aqui cientistas precisam correr sacolinha, pois nem o governo nem as empresas se coçam para conseguir R$ 50 mil para um planetário inflável. A promessa de verba do Congresso pro telescópio do ESO no Chile só saiu depois de anos de atraso e pressão pública, mesmo assim só acredito quando entrar na cota, dado nosso histórico de vexames, como a participação na Estação Espacial.

Mesmo quando não há grana de ninguém daqui envolvida a capacidade brasileira para atrapalhar e sabotar ciência está presente. Vide o caso do Projeto Alexa, onde a NASA doou equipamentos mas a Receita Federal não quis saber e cobrou impostos. Sim, ciência aqui paga imposto, tá pensando o quê? Quer isenção monte uma igreja, não um laboratório.

Agora o Brasil fez de novo. Veja:

CGW-n0BUIAAqlGy

Quer se deprimir? Clique aqui e leia a matéria.

Basicamente o Clube de Astronomia Louis Cruls é um pequeno e humilde grupo de pessoas que ama o Cosmos e, dentro de suas limitações faz divulgação científica entre interessados, escolas, etc. Eles resolveram participar de uma maratona de astronomia solar dia 21 de junho, envolvendo gente do mundo todo.

A Maratona está sendo organizada pela Charlie Bates, uma ONG americana. Ela doou 2.600 óculos de observação solar para o CALC. Nada chique, um equipamento baratíssimo, feito de papel-cartão e filtros de plástico:

169

BIIIIIG MISTAKE! Os óculos, que provavelmente com o frete custaram US$ 364,00 foram considerados uma afronta. COMO o Brasil ousa interessar crianças e jovens em algo assim, ciência? Se erguerem a cabeça para o alto podem parar de pastar, e isso é um perigo.

A Receita Federal cumpriu seu papel de manter o status quo e apreendeu os óculos. As explicações do Clube não foram suficientes, apesar de terem toda a documentação da doação. Para aprenderem a não desafiar a mediocridade reinante, foram cobrados não só impostos como uma multa de R$ 1.300,00.

Agora para retirar os óculos de papel no valor de R$ 1.150,00 o CALC terá que pagar R$ 2.700,00. Até amanhã, do contrário a transportadora será obrigada pela Receita Federal a recolher a encomenda e mandar de volta para os EUA.

É complicado sair do atoleiro quando as próprias instituições jogam contra. Que incentivo essas crianças terão, quando o simples ato de se interessar por ciência é punido com multa?

Nosso destino é pastar.

P.S.: uma dica pro CALC e todo mundo que queira receber doações de materiais sem chamar atenção das autoridades anti-ciência: mande vir dentro de bíblias. Ninguém vai questionar, ninguém vai cobrar impostos, exigir licenças e carimbos muito menos se preocupar em abrir.

il_fullxfull.150772015

Atualização

Boas notícias, os óculos de papel foram liberados, mas não pela Receita, e sim graças a um mecenas que pagou esta tributação absurda e sem qualquer justificativa.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Mateus Azevedo

    É pra cair o cu da bunda!

  • Aldo Campos

    “O ESTADO é uma instituição dirigida por gangues de assassinos, pilhadores e ladrões, cercada por carrascos voluntários, propagandistas, sicofantas, vigaristas, mentirosos, palhaços, charlatões, enganadores e idiotas úteis! Uma instituição que suja tudo que toca!”
    (Hans-Hermann Hoppe)

    • Luis

      Pena que alternativa é a anarquia

      • Aldo Campos

        A alternativa é LIBERDADE! Visão mais primitiva de achar que estamos ferrados se não existissem a casta podre estatista!Eu não preciso de um funcionário público fedorento dizendo o que devo comprar, cuidar da minha saúde, segurança ou qualquer coisa que esses sacos de pústula acham para roubar meu dinheiro! Temos alternativa sim, um estado minúsculo ou INEXISTENTE!

        • Luis

          Quiz : Qual dessas sociedades não tinham “funcionários públicos” e sucumbiram a estados organizados.

          Egípcios, Romanos, Persas, Chineses, Espanhóis, Tupi Guaranis,
          Apaches, “qualquer tribo da Africa” .

          Isso que vc acha que pode existir é a versão mundo bizarro do comunismo, um quer estado em tudo outro não quer nenhum estado.

          • Aldo Campos

            É deve ser uma bosta as pessoas cuidarem de si mesmas, sem interferência de um parasita fedorento de merda se aproveitando dele! Definindo do formato da tomada a quanto ele pode ganhar de salário num mês! É uma merda ser livre mesmo, a prova sou eu, que assim que aprendi sobre as “vantagens” de carteira assinada, NUNCA mais trabalhei com uma! Resultado? Ganho MAIS e trabalho menos! O bom mesmo é sustentar um estado, que junto com a dívida ativa (causada pelo estado) consome 97% de tudo que “contribuímos”

          • OverlordBR

            É deve ser uma bosta as pessoas cuidarem de si mesmas, sem interferência
            de um parasita fedorento de merda se aproveitando dele!

            Pessoas cuidarem de si mesmas?
            KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

            Pessoas precisam até de uma placa de sinalização em uma praia comprovada e sabidamente cheia de tubarões PARA EVITAR QUE AS MESMAS ENTREM NA ÁGUA E MORRAM!

          • Rodrigo Menezes

            E ignoram a placa, morrem e a família quer processar o estado…

          • Wancharle

            amigo vc sempre sera controlado…se não for pelo estado (que tem que pelos menos fingir que trabalha para sociedade) será pelo mercado. E quando digo mercado não digo o “santo mercado” em que os consumidores são os opressores em busca de produtos inovadores… digo o mercado real em que quem manda é o monopólio, o marketing e a obsolecencia programada e os consumidores são apenas massa de manobra.

          • Anderson Torres

            Monopólio? Qual, aquele que você defendeu acima – a saber, o monopólio da distribuição das frequências de telefonia? Ou talvez os monopólios mais ineficientes desse planeta, a saber os elencados na Constituição de 1988 (urânio, petróleo e derivados)?

            Marketing? Claro, até porque você chegou ao meiobit espontaneamente, haha!

            Obsolescência programada? Deve ser uma experiência reconfortante ver um Pentium MMX rodando vídeos em 1080p, baixados em poucos minutos numa eficientíssima rede discada. Ah claro, e a Microsoft tem o dever de continuar dando suporte ao MS-DOS…

          • Wancharle

            não defendi monopolio nenhum neste exemplo…pelo contrario defendi foi a intervenção do estado para distribuir as frequências para milhares e nao 4 operadoras limitando muito a quantidade de quanto uma operadora pode possuir do espectro de frequência de forma que seria impossível uma operadora ser grande o suficiente para monopolizar o mercado…
            Mas entenda o que vc quiser, pois pensar e acreditar num mundo que é diferente do que existe na realidade é permitido para todos.

          • Anderson Torres

            Mas o governo não enfrenta concorrência. Logo, defender que o governo deva intervir para distribuir frequências é defender um monopólio sim, senhor. Ademais, são as próprias intervenções governamentais que limitam a oferta de operadoras a somente quatro. Ou cê acha que as operadoras não usam de conchavos políticos para garantir sua posição?

            Mas, entenda o que você quiser. Acreditar em um simulacro da realidade não é (ainda) proibido por lei…

          • Wancharle

            o governo enfrenta concorrencia sim( de outros governos) que sao avaliados pela populacao… em todo o caso as operadoras fazem conchavos tanto no liberalismo quando num governo corrupto…ao adotar o liberalismo nao signfica que as empresas passam a ser santinhas… elas serao tao piores quanto sao hoje com ajuda de governos corruptos e terao muito mais facilidades para criar o seu monopolio… a diferenca eh que o estado, num governo eleito pelo povo, tem que prestar contas a populacao se a qualidade cair a populacao troca o governo por um que faca uma gestao melhor, no liberalismo nao temos essa opcao (o mais proximo eh vc comprar as acoes duma empresa para trocar a diretoria algo muito mais dificil para maioria dos consumidores do que trocar um governo). E nos dois sistemas ainda temos o problema da manipulacao do povo /consumidores pelo marketing/prograganda. Resumindo: achar que o liberalismo vai resolver os problemas atuais atraves da retirada das regulacoes eh o mesmo que achar que acabando com as leis que prendem ladroes iremos acabar os ladroes…nosense.

          • Anderson Torres

            O governo não enfrenta concorrência, em um sentido amplo. Tudo bem, pode-se alegar que em algum sentido é possível se livrar de um governo impopular, como ocorreu com Collor. Mas é mais fácil deixar de beber Coca-Cola e passar a tomar Dolly, do que tirar a Dilma para colocar o Bolsonaro!
            Ao se “adotar o liberalismo”, o estado passa a não interferir na economia. Neste sentido, deixam de existir muitas das barreiras reguladoras, e daí as empresas não terão a quem subornar. Ou, pelo menos, terão mais trabalho em comprar políticos e juízes…

            E o governo sendo menor terá menos pontos cobertos por falcatruas – ou você pensa que é fácil fiscalizar a malha tributária do atual governo? Ou você acha que vai ser fácil prender os mensaleiros e os petroleiros do atual escândalo?

            E ninguém precisa comprar ações da Coca-Cola para mudá-la – basta comprar ou deixar de comprar. Nunca ouviu falar de boicote?

            E achar que vamos curar os males da intervenção estatal com mais intervenção é estupidez. Ou cê acha MESMO que o caso desses óculos é culpa do mercado desregulado?

        • Giuliano Santana Nascimento

          A melhor alternativa é o Estado Mínimo em uma República, com instituições independentes.

        • Nilson Baptista Junior

          Devem ter tomado drogas, que o digam Espanha,Grécia,Itália,Portugal,interessante é que países ditos defensores ferrenhos do Liberalismo parecem não seguir o que defendem. Quase todos os precursores liberais tiveram escravos e nunca se preocuparam em libertá-los em nome do benefício da democracia liberal. Outro exemplo mais moderno, A crise do subprime,as empresas de créditos imobiliários nos EUA quebrando uma a uma, por má administração de fundos, e adivinhem quem apareceu para salvar as empresas com mais de 1 trilhão de dólares em recursos?? O Estado. No caso das maiores empresas americanas e européias, como a Lockheed, a GM, a IBM, a Microsoft, a Exxon Mobil e as construtoras, se não fosse o capital de giro do estado Americano e os investimentos estatais e de empréstimos de Estados Europeus, além das operações financeiras de seguros, já teriam quebrado há muito tempo. Observem a “livre concorrência” na Europa: os produtos agrícolas são em 80 % dos países europeus subsidiados pelo governo, e os produtos de países emergentes sofrem duras taxações quando tentam entrar nesses mercados. Pois bem, onde está a livre concorrência?? Onde está a não-intervenção estatal?? As maiores empresas de pesquisa dos EUA, que recebem gigantescas somas de recursos para desenvolvimento de tecnologia são estatais: a NASA E AS FORÇAS ARMADAS AMERICANAS. A Exxon Mobil, que causou um derramamento de óleo gigantesco no Alaska em 1989, com o petroleiro Exxon Valdez, recebeu ajuda de seguros e indenizações sabem de quem?? Da “Mão Invisível”, para nós bem visível chamada de Governo!!
          Vejamos o caso do Brasil. Recentemente, Bancos fraudulentos que deram golpe de bilhões na sociedade foram socorridos pela mão bondosa do Estado. É o caso dos Bancos Econômico, Bamerindus, Nacional, Marka, Fonte Cidam, Opportunity e outros. A Vale do Rio Doce, o maior escândalo da História Econômica do Brasil, recebeu e recebe dinheiro de investimentos do BNDES. É muito comum os liberais vociferarem: agora a Vale está dando lucro!! Agora a telefonia funciona a contento!! Pois bem, nós respondemos a eles: retirem o BNDES dos investimentos dessas empresas e vamos ver o lucro da Vale e das Telecom estrangeiras!!. E os casos da Variglog e dos Mega-investidores Naji Nahas, Sérgio Naya e Daniel Dantas?? Todos muito bem informados com os papéis do governo, e suas aplicações monetárias, não havia nada de iniciativa privada. Isso sem contar que no Brasil, 90% das pesquisas tecnológicas são financiadas com dinheiro público, sobretudo concentradas nas Estatais e nas Universidades Federais. O que seria da Votorantin, da Norberto Odebrecht e da Camargo Correa sem as obras do governo?? O que seria da Alston francesa( lembra,ALSTON e trensalão,captou ? ) e das gigantes automobilísticas instaladas no Brasil, sem a mão prestativa e acolhedora do Estado a lhes oferecer pragmáticas formas de pagamentos de impostos, com prazos de isenções de até 20 anos para pagar?? O que seria da Petrobrás, sem a ajuda da pesquisa de ponta desenvolvida na COPPE do RJ, uma entidade estatal?? O que seria da Embraer sem os estudos do Instituto Tecnológico da Aeronáutica, entidade de ensino estatal?? Quantas empresas dominam o mercado de cimento no Brasil?? Apenas três. Quantas empresas dominam a distribuição de trigo para o mercado brasileiro?? Apenas cinco. Quantas empresas dominam as exportações de frutas e legumes de qualidade para o exterior?? Apenas quatro. Quem assumiu as dívidas trabalhistas das empresas ferroviárias ( RFFSA) e de energia quando foram privatizadas ( entregues)?? O Governo. E no nosso dia-a-dia: qual a concorrência que existe na distribuição de combustíveis nos postos?? Qual a concorrência que existe nos preços do pão francês nas padarias e supermercados?? Quantas empresas de ônibus gerem o serviço de transporte municipal nas cidades brasileiras?? Quantas empresas dominam o negócio lucrativo do transporte rodoviário interestadual?? Quantas empresas de energia elétrica existem em sua cidade?? Quantas empresas dominam o mercado de pedágio nas estradas estaduais e federais ( somente as estradas em boas condições)?? Onde está então a concorrência e a competição de mercado, tão caras aos patetas liberais??
          Como se vê, aqueles que defendem o Liberalismo enquanto doutrina parecem jogar o jogo da “ raposa guardiã do galinheiro”. A raposa sempre criticando as galinhas do galinheiro, para que pudesse tomar conta do mesmo e comer sozinha cada vez mais carne de frango. Parece que o Liberalismo enquanto doutrina filosófica deveria ter seu nome modificado para “ Vampirismo” ou “ carrapatismo estatal camuflado”, seria mais coerente com suas propostas e ações. Na verdade, a última coisa que um genuíno liberal deseja é que o governo acabe, pois isso seria retirar o sangue que alimenta seus intestinos putrefatos pela ganância e pela exploração do povo. E por fim, fica então a sugestão aos liberais: já que vocês querem privatizar tudo, a saúde, a educação, as empresas estratégicas, a segurança, a previdência privada, que tal privatizarmos também os Governos e os impostos que alimentam a voracidade de suas empresas falidas?? Isso não seria o ápice dessa teoria macaqueada chamada de Liberalismo?? Fica então a sugestão!!

          • Aldo Campos

            “Bla,bla,bla,bla,bla..,Liberal é bobo e comunista é bom!” rrrss!
            O dia que eu der uma de louco for debater com comunista fedorento, por favor atirem em mim!

          • Nilson Baptista Junior

            No dia que deixar a ignorância, quem sabe terá argumentos , talvez possa saber até diferenciar e saber o que é comunismo, além de deixar de ser um verme midiotizado !

          • Renato Lopes de Morais

            Cara, quer ver uma prova de que vc é burro? Vc acabou de defender o liberalismo sem perceber!
            Vc deu exemplos em que o estado utilizou dinheiro do pagador de impostos para consertar cagadas de corporativistas que utilizaram o dinheiro do pagado de impostos para fazer cagadas. Isso NÃO é liberalismo. É o puro e simples capitalismo de estado, ou socialismo de mercado!
            Pelo seu texto, graças ao estado que o mundo é desenvolvido. Não, o mundo é desenvolvido APESAR do estado.
            “O que seria da Petrobrás, sem a ajuda da pesquisa de ponta desenvolvida na COPPE do RJ, uma entidade estatal??”
            O que seria da Petrobras se não existisse uma lei que a beneficiasse, certo? O setor petrolífero brasileiro é um banco imobiliário onde o maior jogador é o dono do tabuleiro e joga como o banco, roubando dinheiro na frente de todo mundo. Tá serto!
            Espanha, Grécia, Itália e Portugal, para sua informação, possuem governos socialistas. E estão quebrados justamente por causa deles.

          • Anderson Torres

            Espere! Você dá um milhão de exemplos de empresas fazendo lobby e se aproveitando de governos inchados, e a culpa de tudo isso não é nem das empresas e nem dos governos, mas de um suposto “carrapatismo”?

            E você chama esse “carrapatismo” de Liberalismo? E ainda por cima manda estudar? Nem para citar um Adam Smith, um Immanuel Kant, um John Locke, um Jean-Baptiste Say, para dizer que toda essa merda que você falou é a pura nata do liberalismo?

            Porra, velho, assim não dá pra te defender!

          • Nilson Baptista Junior

            Não cito ninguém, tenho opinião própria, ao contrário de coxinhas manipulados eu consigo tirar minhas conclusões !

          • Pobretano

            Citar não implica concordar ou assinar atestado de manipulação. Mesmo porque quem diz ter opiniões próprias apenas reproduz opiniões alheias. E se você diz que tira conclusões, deve tirá-las de algum lugar – ou você é a causa sui das suas ideias?

            E mais que isso: você simplesmente define “liberalismo” sem base alguma, em uma autêntica falácia do verdadeiro escocês. No fim das contas você não tira conclusão alguma, apenas finge que tira – tudo para sair por cima, atacando um espantalho.

            Doce ilusão…

        • A alternativa é o fim da propriedade privada dos meios de produção. Quando a propriedade for extinta, o Estado perderá o sentido.

  • Vitor Felipe

    E a pior parte disso tudo, é que não estamos falando de milhões, mas sim troco de pinga. Aposto que a grande maioria aqui já comprou coisas lá de fora mais caras que isso.

  • viamarket

    Se a cada absurdo que acontece no brasil fosse criada uma molécula de oxigênio, já estaríamos respirando no espaço!

    • Sendo chato: precisamos de outro gás inerte junto ao oxigênio para respirar e tal, tipo nitrogênio ou hélio. Somente oxigênio corroeria nossa pele ou algo assim. 😛

      • Kkk…. Santa Ciência, Batman!!!

      • viamarket

        Nada mais refrescante do que a exatidão! Obrigado Emanuel.

        • Ei, o oxigênio é o que serve para respirarmos. Do jeito que você editou no comentário original, ficou parecendo que respiramos nitrogênio e hélio também: eles são os gases inertes que mergulhadores, por exemplo, usam para misturar com o oxigênio e ele ficar numa concentração aceitável. 😉

          • Isso, tem um caso de adolescentes que entraram para transar dentro de um balão de helio pq era engraçado….era engraçado mesmo, era……..

      • Acho que vc quis dizer Nitrogênio, então

  • Nemo Maxime

    O dia que o Cardoso publicar alguma notícia positiva sobre o Brasil Theodor Herzl levanta-se da tumba e se converte ao islamismo.

      • Nemo Maxime

        Observe que todas as notícias “positivas” tem um “mas” , sendo o sucesso atribuído a terceiros, ao acaso, um acidente e algo extraordinário. O país ser a 7 economia do mundo de deve aos macunaímas terem muita sorte e serem tutelados por europeus e estadunidenses. “Ai, que preguiça!”

        • ah, agora não pode ter “mas” também? OK, hoje não é um bom dia. ZICA aplicado.

          • Não que seja necessário mas “ZICA” apoiado.

          • Fabricio Fleck

            Ou seja Cardoso, post bom será quando você ocultar informação e vexames e falar bem do Brasil por inércia ruminante.

          • “Inércia ruminante”
            anotado!

          • Nemo Maxxime

            Se o blog tive protocolo ZIPA, colunistas não teriam que recorrer ao ZICA para encobrir suas incompetências, MAS, é da programação biológica, fugir da dor e procurar o prazer. Normal.
            .
            (em tempo:
            Theodor Herzl curtiu sua demonstração pública de “força”
            Baruch Spinoza curtiu sua demonstração pública de fraqueza)

            Ken Iehi Ratzon,
            Seja feliz.

          • Ah, Cardoso, mas vc também anda muito malvado: faça um post elogiando a Dilma que a moçada se alegra, vai…

        • Fabricio Fleck

          Primeiro disse que o Cardoso não publica post falando bem do Brasil. Aí, o Cardoso esfrega na cara 3 posts!. Agora, reclama de outra coisa…afff

        • Pedron

          aí tu tá de sacanagem

  • Lucas Timm

    Estado fazendo estadice.

    • Ledo engano, Brasil Brasilzando! Toda lei burra deve ser obrigatoriamente ignorada, isso devia ter sido resolvido com no máximo 4 ligações!

      • Isso não se aplica a Receita Federal ou qualquer instituição cobradora de impostos no Brasil. Eles possuem uma autonomia gigantesca e cada fiscal aplica a “lei” como bem entende.

        • 4 ligações deveriam ser suficientes mas a burrice emperra/impera (n)esse país!

        • Luis

          To falando que isso é má vontade de um zé ruela.

          Se fiscal tivesse que ” se explicar” não teria tantos casos de enriquecimento ilícito.

          • Esse é o ponto: eles não precisam se explicar para ninguém! Por isso que vemos tantos absurdos…

      • Ruan

        É a burocracia brasileira. Incrível como os funcionários seguem a lei à risca quando não é pra algum conhecido ou figurão. “Aos amigos, tudo. Aos inimigos, a lei”

        • Tem que ter um “chama o gerente” pra esses casos. a situação é muito idiota! Pena que na banania o tal gerente seria um hub de corrupção!

        • Renascienza

          Lei?

          • Ruan

            Sim, estão aplicando à risca a lei de importações.

          • Renascienza

            A lei de importações diz, textualmente:

            “A operação de importação de bens objeto de doação, exceto quando usados , está dispensada do Licenciamento de Importação”

            Há eventuais exigências documentais, mas o responsável declarou que a documentação da operação estava em dia.

            Ainda que a documentação estivesse inadequada, seria o caso de reter a importação até que a documentação correta seja apresentada, não a aplicação sumária de multa.

            A Receita Federal deixou de ser fiscal para se tornar chantagista e começou a “interpretar a lei de forma criativa”, isso sim.

          • Ruan

            Ahh sim, não sabia dessa parte. Achei que a regra era taxar tudo

      • Tiago Morais

        4 ligações para ONDE? falar com QUEM q nessa zona não se sabe nem quem é o responsavel pelo quê.

    • PSSilva

      Todas as nações que fazem ciência em grande escala, a fazem a partir de incentivo e financiamento estatal. Não existe tecnologia da informação sem a pesada mao do Estado Norte Americano. Não tem nada a ver com estatal-versus-privado.

    • Filipe

      É por isso que o movimento libertário está crescendo. As pessoas não aguentam mais o estado fazendo estadice.

    • Correção: estado brasileiro fazendo estadice brasileira. Tem estado que não faz isso aí não.

  • VCTGomes

    Ok, é errado isso? É. O Brasil é uma merda? É. Educação é um cu? Ou se é… Mas agora incluir a igeja, falar mau disso, por que?

    • viamarket

      Por que Igreja não paga imposto e é nociva ao progresso da humanidade, já todos os confortos da sua vida começando pelo seu nascimento em um local esterilizado, finalizando no computador e a internet que você usou para comentar, vieram da ciência, que paga MUITO imposto. Exemplo: sabe a mulher que inventou o Astrolábio? A igreja apedrejou, usou pedaços de cerâmica quebrada para cortar seu corpo em pedaços, levou-os para cada canto da cidade e os queimou, para mostrar às pessoas o que acontece quando você pensa.

      • Leon

        Que triste :/

      • Lucas Timm

        Certo, e tu já fundou um hospital hoje? Obrigado

        • viamarket

          Nope.

        • que tipo de argumento é esse seu…. vc é troll ou é péssimo de retorica?

      • Alberto Prado

        Assim como o amigo disse lá em cima em relação ao Governo, as igrejas também são formadas por pessoas. Quem fez isso não foi ela, fomos “nós” mesmo. Não adianta personifica algo pra tirar a “nossa” culpa.

        • Indução ao erro é CRIME viu! Um pastor falar que a dilma é coisa do capiroto e alguem ir lá apedrejar não esta isento…não, pera… ta isento sim, sorry!

      • sou ateu, mas esta militância anti-religião me enoja. “Progresso da humanidade” é coisa de positivista do século XIX. Apesar disto, mesmo de acordo com este argumento, a igreja seria considerada algo positivo: não existiriam universidades hoje sem ela, não?

    • vdisco

      Na Idade Média a Igreja chegou a ser maior que o Estado e os governos. A Igreja fez lobby junto aos governantes há muitos séculos para não pagar impostos, algo que se perpetua até hoje.
      Procure dois autores que influenciaram a Igreja: Santo Agostinho e São Tomás de Aquino.

      • Talvez seja só eu, ou tenha uma impressão por não frequentar igrejas, mas eu não vivo mais na Idade Média.

        • Meu palpite é que a causa e o motivo estão corretos! Pena que metade (otimista?) do nosso país prefere comprar uma vassoura ungida por módicos 1000 reaUs.

          • Bruno Bastos

            Calma aí. Essa da vassoura foi HOAX.
            Mas não duvido que já tenham “vendido” algo absurdo superfaturado =/

    • Porque sim. Religiões são uma cultura lixo cujas igrejas ganham privilégios demais no país.

    • Jamais uma igreja deveria ter mais benefícios que instituições de ensino, não em um estado LAICO, a religião no brasil, aplicada do jeito que é, faz parte do câncer que ancora o futuro do país.

    • Luis

      Talvez isso responda sua pergunta.

      Aprovado agora durante a reforma politica, lembro bem o povo saindo as ruas para exigir mais isenção de impostos para igrejas.

    • Daniel Conte

      mal*

  • Vinicius Zucareli

    Também já passei por isso.

    Num projeto consegui que uma empresa americana enviasse a preço de custo um material, consultei a Receita e eles disseram que FODA-SE vamos cobrar pela preço no varejo MAIS FRETE. o que multiplicava o preço inicial por umas 5 vezes….

    • Danskiler

      Sério cara, o que me deixa mais triste, é que muitas pessoas de geração anteriores, como pais e avós, não costumam apoiar muito a idéia de nós filhos e netos sairmos do Brasil para recomeçar a vida em outro país que nos permita viver de forma justa.

  • Eduardo Alves

    Infelizmente quem faz pesquisa no Brasil vive essa realidade constantemente. Quantas vezes não escutei histórias horríveis de pesquisadores que compraram reagentes/kits caríssimos, muitas vezes esgotando toda (pouca) a verba de projeto via importação só para vê-los apodrecer na alfândega aqui no Brasil. Apenas lamentável.

  • O governo sempre será o governo.
    Quanto maior, maiores serão as [email protected]@[email protected]

    Sugiro a leitura dos ideais da escola austríaca de economia, em:
    mises. org. br

    • Luis

      não é o governo é a pessoa, má vontade e um cara que já ligou o foda-se para a profissão.

      • vdisco

        Um cara que trabalhada para O GOVERNO.

        • Luis

          e o governo é feito de?

          • Gente babaca eleita por uma população retardada que paga fiança pra político corrupto e faz moção em prol de traficante internacional de drogas

          • Bingoooo!!!! Gente que tem treco quando vê um lápis se mexer!

          • Augusto Mathias Adams

            kkkk verdade

          • Até que ás vezes seu ódio-extra merece um like. xD

          • Até mesmo um relógio quebrado está certo duas vezes ao dia. 😉

          • vdisco

            Pessoas e burocracia

          • Luis

            Exato, o problema é achar que “governo” é uma entidade que tem vida própria.
            Repare que quando vc tem um “pistolão” no governo as coisas funcionam, mesmo dentro da lei.

            O Brasil não é assim por causa do governo, é assim por causa do brasileiro. Aí vc monta a teoria que quiser…

          • Quando falamos de grana alta como investimento empresarial, ou vc tem um pistolão no governo ou fica a ver navios!” O Ibama é mestre, por eles viveríamos em ocas pois tudo tem um impacto ambiental negativo!”

          • vdisco

            As pessoas que acham que o Estado deve ser o grande pai e provedor de tudo…

          • Luis

            Só acham pq a realidade é tão diferente.

            A vida do brasileiro melhoraria 200% se não tivesse que se preocupar com saúde, educação e segurança.

          • vdisco

            Estou dizendo que ESTADO MÍNIMO é melhor. Não conheço estados inchados que ajudam sem atrapalhar…

          • Neo liberalismo!

          • vdisco

            Lá vem esse papo novamente…

          • é o que é ué!

          • vdisco

            Para a esquerda é NEO LIBERALISMO. Para os liberais, É LIBERALISMO.

          • Liberalismo não funciona, fato confirmado pela crise de 29.Nem liberal fala que é a favor de liberalismo, é como falar que é a favor de suicídio involuntário, não faz sentido, é a cobra comendo o próprio rabo!

          • Marlon J Anjos

            Crise de 29 só ocorreu devido a intervenção estatal nos EUA.

          • vdisco

            Leia o livro A Grande Depressão Americana de Murray N. Rothbard.

          • Leonardo Koppes

            Leia o livro “O Sistema de Preços e Alocação de Recursos” de Richard Leftwich.

          • vdisco

            A situação melhoraria com livre mercado. O excesso de regulação inibe o desenvolvimento.

          • Wancharle

            Me explica como proteger os menores e inovadores se no mundo e na civilizaçao tentam esse livre mercado e leis como as de Copy right que foram criadas para incentivar a inovação hoje só servem para proteger os interesses dos grandes e oprimir os inovadores… vemos reflexo disso em todos os cantos até nos games… games muitos mais complexos em termos de historia sendo destruídos apos um conglomerado comprar o estúdio e instituir lucro como meta em vez de diversão… E muitas vezes a inovação é disfarçada de monopolio… a apple recentemente lançou o seu smart watch e mesmo sendo numa área ainda nova ela já está bloqueando applicativos de dispositivos similares na sua Apple Store apenas por que pode pois muitos desses dispositivos nunca seriam algum concorrente de peso ao Watch dela. Logo o mundo já mostra que liberalismo econômico não funciona pois o grande sempre vai bater no pequeno e se não tivermos uma “entidade” coletiva de pequenos (o estado, ou leis de mercado) para se regular/enfrentar o grande ele vai fazer de tudo para ter um monopólio.

          • vdisco

            Sobre a Apple, ela é uma empresa privada. Se ela quer bloquear algo, ela pode. Se você não gosta disso, é só deixar de comprar o produto. Se milhões de pessoas fizessem isso, talvez a Apple fosse capaz de mudar. Como poucos fazem, ela entende que o mercado aceita a maneira como ela conduz seus produtos.

            Ainda sobre a Apple, as grandes empresas odeiam o livre mercado. Desconheço grandes conglomerados que queira o livre mercado. Por isso eles fazem tanto lobby com o governo. Exemplo simplista: se o Brasil não fosse tão protecionista, eu poderia comprar um carro no Japão sem maiores problemas. Mas com a empresas fazem lobby, o governo cobra altas tributações e obriga as empresas a se instalarem aqui. Essa é a desculpa para “termos emprego e movimentarmos a economia”. Na prática, 200 milhões de potenciais consumidores são lesados por essa política.

            Para auxiliar no entendimento, procure pelo artigo AS GRANDES EMPRESAS ODEIAM O LIVRE MERCADO, no Instituto Mises Brasil.

            Sobre Copy right, leia o livro CONTRA A PROPRIEDADE INTELECTUAL, do Stephan Kinsella.

            Esse livro foi traduzido e liberado gratuitamente pelo Instituto Mises Brasil. Serve como referência para entender o ponto de vista liberal sobre o assunto.

            Só não posto os links, pois a moderação não aprova o comentário. Não sei qual a motivação, mas…

          • Sergio H. Martins

            Hahahahahahahahahahahahahahaha
            No Mundo Maravilhoso da Gozolândia Liberal, é só o cidadão que discorda da poiítica da empresa não comprar produtos e não contratar serviços da empresa que tudo se resolve…
            Santa Ingenuidade, Batman!
            Esse Mundo do Estado Mínimo é tão factível quanto o Mundo da Sociedade Sem Classes.

          • vdisco

            Você compra por que quer.

          • vdisco

            Os liberais não possuem a solução para tudo no mundo. Só quem possui isso é a esquerda. Você pode não gostar do que escrevo, mas pegue o ranking de liberdade econômica e verás que os países com menor regulação por parte do governo são mais prósperos.
            Recomento, também, ler um texto que fala sobre a proteção dos trabalhadores. Os países com a maior quantidade de leis trabalhistas são os que menos produzem emprego e que menos atraem as pessoas para trabalhar. Mais uma vez, os com menor intervenção atraem mais.
            Os números não mentem. Só não enxerga quem não quer.

          • Sergio H. Martins

            “…mas pegue o ranking de liberdade econômica e verás que os países com menor regulação por parte do governo são mais prósperos.” Você ACHA que está passando adiante um fato. Está só fazendo o recorte que lhe é conveniente. Porque o que não falta é país próspero que REGULA o trabalho e tem uma enorme oferta de SERVIÇOS PÚBLICOS. “Os números não mentem”. Eu ri dessa presunção ridícula.

          • Aldo

            Só vim aqui pra mandar esse petralha tomar no cu! Vlw! Flw! Fui! 😀

          • Sergio H. Martins

            Ui, ui, ui!

          • Wancharle

            não entendo como vc percebendo o problema das grandes empresas ainda pode defender o livre mercado… Entendo que a restrição do governo sobre os carros deixe os consumidores lesados mas não vai ter consumidores sem protecionismo do governo pois dificilmente as nossas empresas vão conseguir competir com outras externas sem ajuda… Para não falar que la fora o protecionismo é ainda maior… por exemplo o pentágono é o maior “BNDES” do mundo. Se liberarmos o mercado no brasil no mesmo ano vamos ter a pior balança comercial da historia e talvez no seguinte nem mais consigamos fazer negócio por falta de dólar como ja acontece com alguns países…Infelizmente é um jogo de equilibrio, eu defenderia o livre-mercado se ele fosse implantado em todo o mundo de uma vez e para todos, da mesma forma que defenderia o comunismo pois isso é requisito para que ambos funcionem…Porem numa economia global mista nenhum nem outro funcionam.

          • vdisco

            A grande questão da competitividade envolvendo o Brasil é que aqui é caro demais produzir. Nos últimos estudos, o brasileiro produz menos do que em muitos países. Ainda. a alta carga tributária ajuda a piorar a situação. Em um ambiente livre, as empresas seria obrigadas a melhorar a sua gerência econômica interna para competirem com as de fora. Com isso, seriam obrigadas a terem produtos de melhor qualidade. Isso seria um avanço, pois o governo não estaria aqui tentando mantê-las em pé. Ainda sobre esse assunto, o governo só ajuda as empresas de seus compadres. Se o Zé das Couves falir, ninguém ajudará-o. Se a GM falir, o governo vai rapidinho legar uns reais…

          • Wancharle

            eu entendo o lance da competição e que as empresas seriam obrigadas a produzir material de melhor qualidade, mas essa a parte teórica/linda do liberalismo mas não é a pratica (não no nosso contexto mundial)… Além disso, o problema não é esse… o problema é que num mundo onde vc não é líder econômico, e ja não produz os materiais de melhores qualidades (ou os com maior valor agregado) enquanto os seus competidores “grandes” tem todo o apoio dos seus governos não liberais (através dos mais criativos lobbys e corrupcao) com bancos de desenvolvimento e incubadoras com mais recursos que vc e ainda por cima com tradição na área de concorrência…liberar o mercado é simplesmente suicídio econômico. Pois a obrigatoriedade de produzir um produto de qualidade no mercado não garante que o pais ira produzir o produto, acredito que na maioria dos casos o que vai acontecer (no mundo atual) é fechamento das empresas na área e o favorecimento a um grande monopólio que ja existe e que não possui obrigatoriedade de produzir um produto de qualidade. O governo ao proteger os grandes, no caso que vc falou, e nao os pequenos (neste mundo de economia mista) protege a economia do pais e consequentemente os pequenos de forma macro, embora, de forma bem ineficiente através dos impostos pagos pelos grandes (que ainda são poucos para os grandes mas exagerados para os pequenos). Pelo menos é assim que eu penso.

          • vdisco

            É o primeiro comentário que descorda do meu e expressa opinião de verdade! Assim é legal o debate!

          • Luis

            Nem posso falar de burocracia pq não conheço a legislação mas é o tipo de coisa que quando cai na grande mídia dão um jeitinho

            e põem a culpa num mau intendido.

      • Jeferson Tadeu de Souza

        O cara cumpre ordens.

      • Bernardo Figueiredo

        Agora já pensou se fosse para passar 10 TONELADAS DE COCAINA ?? nossa essa passava na hora !! sem explicação ! só correr a grana no bolso desses malditos.

      • Tiago Morais

        ligou pq nessa Banãnia o funcionário público não tem medo de ser demitido, salvo raras ocasiões em que se pisa no rabo de um peixe grande.. aí é exonerado do cargo igual o analista de T.I que denunciou um caso de corrupção. e como prova tem o login do político no A.D assinando automaticamente o arquivo do Word mas ninguém liga para a prova… botaram uma laranja pra assumir a culpa. e so quero ver ela provar que foi ela.. mas isso é Brasil, o juiz vai dizer… foi ela e pronto.

      • Gedson Junior

        A lavagem cerebral que Mimimises consegue fazer nessa gente é impressionante.

        • matheuscello

          Falou quem tem palavras pra resmungar mas não tem pra refutar… Se Mises faz lavagem cerebral, refute-o, se ele está errado, refute-o, simples…
          A verdade só liberta…

      • Sim, o problema é o estado. Melhor reduzí-lo para aumentar sua eficiência no que for necessário, do que esperar algum tipo de super herói de moral ímpeta e incorruptível para governar um estado mega inchado e ainda manter fiscalização de tudo e todos com a maior boa vontade.
        Pior ainda que nem estamos falando de pessoas comuns mas de um grupos que acreditam que qualquer imoralidade é valida se for em prol de uma causa.

        • Rodrigo

          Esse caso da Receita Federal não é um caso de ineficiência, mas, sim, de super-eficiência, interpretação da legislação ao pé da letra e excesso de formalismo.

          • RTEC30

            Saber a legislação é um caminho.
            Acontece que a maioria que posta aqui, não sabe e só corneta, eu não sei, portanto não vou falar merda.
            Não sabemos o mínimo do caso, O que sabemos que muita gente usa as instituições para tirar vantagens com pouca punição, quem garante que este não é o caso? Há sim, mas é motivo para xingar até nossas próximas gerações.

    • The Courier

      começou o delirante do estado minimo.

      • Só não confunda neo liberalismo com liberalismo! Simples assim!

        • The Courier

          aham, liberalismo quebrou o mundo em 1929, neoliberalismo quebrou recentemente.

          • Nope, o neo liberalismo impediu que o mundo quebrasse recentemente. O capital especulativo sempre vai existir no capitalismo, a questão é que vc tem a liberdade de criar marcos regulatórios para evitar algo semelhante a crise 29. Essa não foi a primeira nem vai ser a ultima bolha no neo-liberalismo mas o sistema vai se aperfeiçoando.

          • DanielBastos

            Exemplos?

          • Anderson Torres

            Nova Zelândia, Macau, Hong Kong…

            E a crise de 29 poderia ter sido muito melhor administrada sem a interferência do New Deal. A crise de 1921, por exemplo, foi resolvida com corte de gastos governamentais e sem virtualmente nenhuma interferência populista do governo.

          • DanielBastos

            No caso, tava falando da quebra do neo-liberalismo recente que vc citou.

      • Jeferson Tadeu de Souza

        Delírio é o que possuem os que defendem a atual política. Estado minimo já se mostrou eficaz em vários países.

        • Tiago Morais

          principalmente porque vao continuar arrecadando Pis Cofins Iss Ipva Iptu Ir etc… etc… etc.. mas agora sem ter de sustentar SUS. ESCOLA PÚBLICA. SANEAMENTO BÁSICO. POLÍCIA . que é uma OBRIGAÇÃO imposta ao estado pela constituição não é? se for pra mexer nessa M/*da vai ser pra corrigir, não pra piorar..

          • Jeferson Tadeu de Souza

            Então, estado mínimo só se justifica se houver a contrapartida da redução máxima dos impostos. A nossa constituição da forma como está, não viabiliza o estado mínimo .
            Considerando um Estado que cobre o mínimo possível (ou nada) de imposto. Cobre apenas taxas de contraprestação de serviço. Que seja incubador da economia e proporcionador de segurança e educação . Sou totalmente a favor de um Estado mínimo.

          • Estado mínimo é mito. Para banqueiro, o Estado é máximo: cobra pouco imposto e dá o máximo de benefícios.

          • Jeferson Tadeu de Souza

            Imagine você ter aproximadamente 80% de aumento em seu salário (o que é mais ou menos o que tu paga de imposto). E fique livre para escolher seu plano de saúde, sua escola. Os valores do mercado sejam reduzidos drasticamente por não estar embutido imposto .
            O Estado já se mostrou ineficiente para contraprestação dos serviços publicos. E a população é quase 50% escrava ao doar quase 50% de sua força de trabalho ao Estado , na forma de impostos, sem a contraprestação eficaz.
            Chega de escravidão. Deixem meu dinheiro comigo e que eu aplique onde quiser.

          • DanielBastos

            Neste exemplo eu concordo, eu prefiro decidir onde e quando os meus recursos tem um melhor retorno pra mim mesmo. Mas tem pontos onde só o estado aplicaria recursos. Pesquisas é um bom exemplo.

            Tem casos e tem casos. Não da pra ser purista em um ponto. Não existe uma regra universal para todos os setores. Por isso que eu acho que toda a filosofia política é falha. Algumas em maior, outras em menor grau.

            Eu acho que o governo deve priorizar a decisão pessoal onde é possível, como no seu exemplo. Mas isso não exclui a necessidade do estado em outras áreas.

          • Imagine que os ricos sejam taxados em 50% de sua renda e de sua riqueza e os pobres (ou seja, nós) sejamos isentos.

        • Não existe estado mínimo para banqueiro. Em 2008, a primeira coisa que fizeram os capitalistas foi protestar para o governo e perguntar “cadê o Estado para nos salvar?”.

          • DanielBastos

            Todo o setor que tem poder de barganha faz isso. Os banqueiros tinham milhares de empregos para barganhar com o governo. Além deles serem os principais fomentadores do mercado para credito.

            Isso aconteceu, acontece e acontecerá. Independente da filosofia política do pais ou do segmento empresarial.

            Não negociar com os setores em momentos de crise pode causar um prejuízo para as pessoas muito grande. Evidente que ninguem é santo. Todo o mundo vai puxar a corda pro seu lado.

            Não acho que a inclinação do governo teria relevância neste caso.

          • Claro que não importa a orientação do governo. O Estado só existe para garantir os interesses dos setores dominantes. É por isto que não há estado mínimo para banqueiro: “estado mínimo” é mero artifício ideológico para explorar mais e taxar menos.

        • brzli

          Não existe estado mínimo. Os EUA controlam tudo, dentro e fora. O que é a NSA senão um órgão de espionagem industrial promovido pelo Estado?

      • Ronaldo

        Possivelmente o senhor defende o estado do jeito atual.ta bom assim, pra que mexer. Foda-se Áustria o que eles tem para nos ensinar com a escola austríaca não é verdade? Viva la revolucion, hay que copiar el modeloo Chavista !

        • Ricardo Lima

          É cada mané… defender economia de esquerda em pleno sécuilo XXI é o fim da picada. Os caras não aprendem nunca!
          Estão em pleno Estado de Negação psicológoca…

        • a mesma áustria do estado de bem-estar social? a mesma áustria que, integrando a europa, faz parte do conjunto de países que vem se beneficiando de práticas imperialistas há alguns séculos?

          não, obrigado: não existe estado mínimo para banqueiro e capitalista, apenas para fudidos trabalhadores.

          • Ronaldo

            Ok, entendo seu ponto de vista e o ranso que transpareceu, deixa bem claro sua orientação politica. Respeito sua opinião, e por favor respeite a minha. Sou contra o que esta, e isso não quer dizer que sou a favor de “A” ou “B”, entenda “A” como queira, e “B” idem.

          • Anderson Torres

            Errado, pois para o fodido trabalhador o estado é máximo. Ou tu nunca viste os fiscais da prefeitura multando barraquinhas e apreendendo produtos na “hora do rapa”?

          • Exato. É o mesmo Estado que reprime trabalhadores e cobra pouco imposto de gente rica. Rico praticamente não paga imposto no Brasil. Quem sustenta o país são os trabalhadores.

        • Rodrigo

          Realmente, os Estados Unidos ocuparam o lugar de maior economia do mundo com estado mínimo e livre mercado. Livre mercado tá no mesmo saco do comunismo e anarquismo: na teoria são lindos. Na prática, não funcionam. O livre mercado tende ao monopólio e oligopólio. Empresas grandes demais são tão ou mais burocráticas que o Estado. Vai tentar resolver algum problema na NET, Sky, Vivo, Tim etc. É um parto de manda pra lá, volta pra cá, protocolos, ligações, pacotes que não podem conviver com outros pacotes. Mas somos livres pra escolher a melhor empresa e/ou melhor produto. Aí você, como está no livre mercado, tenta criar uma empresa nova para competir com as outras, que já são gigantes, aí os concorrentes grandes, quando vê que você tá crescend, ou às vezes só começando, praticam dumping, tocam fogo nos seus caminhões etc. Aí aparece o Estado pra regular e proibir o dumping “mas esse Estado vem só atrapalhar o livre desenvolvimento”.

          • Ronaldo

            Você entrou em um exemplo interessante. Sabe por que é dificil discutir com NET,Sky, Vivo, TIM ? Por que tem um governo que as defende da competição de verdade. Eu não posso abrir uma tele, nem uma emissora de televisão. E ai, cade seu Deus agora ?
            É esse estado que voce defende ? Tenho certeza que não Rodrigo, mas nós todos em alguns momentos fazemos questionamentos sobre a doutrina A ou B. Nesse momento, eu vejo mais vantagens do que desvantagens na Doutrina Liberal (de verdade, não a liberal que o PT diz que esta na oposição e é contra o “pobre”…). Mas o liberalismo “roots” mesmo, pregado pela escola austriaca, de Von Mises para ca.

          • Rodrigo

            O Estado que eu defendo é aquele que me representa, oras, o Estado, de um ponto de vista filosófico, é o povo, quando o Estado regula algo, é a população daquele território dizendo “isso pode, isso não pode”. Acho justo. Até em sociedades tribais observa-se algo que seria uma espécie de regulação.

            Se você realmente acredita que se não houvesse regulação nessas empresas que citei o serviço que elas ofereceriam seria melhor, você é tão ingênuo quanto eu que acredito que o Estado é o povo.

            Empresas querem maximizar o lucro oferecendo o mínimo possível. À medida que a demanda por mais serviços surjam, eu aumento. Mas nunca oferecer mais qualidade do que é demandado.

            O liberalismo puro é tão aplicável quanto o anarquismo. Na verdade acho os dois muito parecidos. Mas o Estado e sua intervenção é inevitável. Assim que alguns se organizam ele se forma, e a partir daí, começa-se a regulação.

            Por esse lado, por mais que eu gostasse do liberalismo puro, é impossível. Para a economia poder se auto-organizar, a sociedade, primeiro, deveria ter essa prerrogativa. Alguma intervenção estatal sempre acontecerá, gostando ou não.

            Mises era criticado até por economistas liberais por ser inflexível. A escola austríaca teoriza muito. Teorias, teorias, teorias.

          • Anderson Torres

            Se estado bom é o que te representa, então estado ruim é o que representa os outros. E é isso que veremos aqui: cada um desejando um estado perfeito para si mesmo, e usando a desculpa de “quero o melhor para todos”.
            Ou por algum acaso não deu para notar sua pequena dissonância cognitiva em se confundir com “o povo”?

            Ademais, por que a qualidade é oposta ao lucro, na sua visão?
            Se fosse assim, a qualidade de uma parafusadeira Bosch seria muitíssimo inferior à qualidade de uma chave de fenda. E se fosse assim como você sugere, a qualidade das ferramentas dos homens das cavernas seria muito superior às atuais ferramentas de caça, e ao mesmo tempo paradoxalmente muito inferiores às próprias mãos desnudas.

            Talvez você pretenda fazer alguma crítica à obsolescência programada. Mas mesmo os exemplos que eu já mostrei provam a existência da obsolescência. Até mesmo este site prova a obsolescência – ou por acaso, quando a Google não passava de uma caixinha com um botão, as pessoas comentavam diretamente nos posts? Acha que a qualidade da interação entre usuários e produtores de conteúdo caiu?

          • Rodrigo

            A relação Estado, população e indivíduo não é diametralmente oposta. Você, enquanto membro de um coletivo – o povo – ainda é um indivíduo. Você toma decisões coletivas e individuais. Um não exclui o outro. Liberalismo e anarquismo tendem a excluir qualquer forma de organização e tentam se sustentar na questão da “organização” espontânea. Mas a questão é que em praticamente todas as sociedades já estudadas a figura do estado está presente, ou de uma organização semelhante e que faça seu papel. Sempre há uma organização, e ela nunca é espontânea. Ou os mais fortes “comandam”, ou os mais sábios, ou os mais votados etc. Ignorar isso é ignorar a realidade.

            Você deve estar com dificuldade em suas sinapses. Em momento algum fiz qualquer relação de oposição entre lucro e qualidade, apenas afirmei que se almeja atingir o maior lucro possível realizando o menor esforço possível. Economia significa administrar recursos escassos, portanto, não é razoável você fazer mais do que se pede, consumindo mais recursos. Daí para afirmar que quanto mais lucro pior a qualidade, você deu uma volta imensa.

            Até em nível de empregados é assim: você faz o menor esforço possível para atingir seus resultados.

          • Wancharle

            cara esse exemplo das teles teria que ser regulado de qualquer jeito por um estado pois o espectro de frequencia utilizado é finito e precisa ser controlado. Por isso vc não poderia abrir uma tele mas pode participar do leilão de frequências… o problema é que aqui temos algo muito valioso e raro e para isso vc tera que ter bala na agulha par comprar seu espaço e ter sua própria emissora de TV. Logo o seu exemplo de nada colabora contra o estado. Alias acredito que reforça que o estado deveria regular mais ainda e reduzir o controle das faixas de frequências limitando o quanto pode cada empresa possuir ai em vez de termos 4 operadoras poderiam ter milhares de pequenas cada uma focando em um estado ou cidade talvez… mas para isso o estado teria que ser mais corajoso e enfrentar toda a oposiçao do mercado e dos liberais o que hoje é muito difícil.

          • Ronaldo

            Não acredite em tudo o que vê, quem te disse que as frequencias precisam ser reguladas ? Estabeleceu um range para cada serviço funcionar, acabou. Tudo o que a ANATEL não tem é autonomia TECNICA para funcionar. Tudo la é pensado sobre politica, ate por que é uma das maquinas mais inchadas com cargos nomeados pelo partido da situação que ai esta.

            Dada essa sua declaração, eu penso como seria a Internet Petista. Não seriam os servidores de DNS que atribuiriam IPs. Seria necessario criar uma agencia reguladora para atribuir, depois de licitação claro, um IP para o seu computador entrar na internet.

            Amigo vai estudar o que é liberalismo de verdade e pare de repetir como macaco amestrado marxistas esse discursos contra mercado e contra “liberais”.

            Por ultimo, você acredita piamente que esse governo que esta ai é de esquerda e por exemplo (só para citar um exemplo), psdb é de direita ?

          • Rodrigo

            “Estabeleceu um range para cada serviço funcionar, acabou. ”

            Isso já é regulação.

          • Ronaldo

            Amigo, você parece um cara esclarecido, não confunda CU COM BUNDA.

            O range que me refiro não é uma regulação governamental de licenças de operação, que restringe quem e aonde pode operar uma empresa de telefonia, é apenas normativa técnica que permita aos fabricantes desenvolverem equipamentos compatíveis entre si e como os fabricantes de radio bases, antenas, repetidores, etc, etc.

            Por exemplo, já pensou se cada fabricante de computador um fizesse a porta USB do jeito que quer ? Existe uma norma para isso, que não impede que amanhã eu possa fazer um dispositivo USB compatível com o mesmo dispositivo que a DELL coloca nos computadores deles, que a SANDISK vende como flashdrive, e que necessariamente não é um governo que estabelece, captou (sem trocadilhos) ?

          • Rodrigo

            Rapaz, só estava pegando no seu pé.

            Só me lembro da época em que cada fabricante de celular fazia a porta de alimentação de energia do celular diferente. E muitas vezes modelos do mesmo fabricante tinham padrões diferentes! Tive um siemens uma vez em que fui pesquisar para comprar um cabo de dados para transferir para o PC, custava mais de 200 reais! Esse caso da adoção do conector USB padrão nos celulares foi um exemplo de caso em que a própria indústria se auto-regulou, digamos assim (menos a Apple). Mas para questões mais sensíveis, acho necessário que o Estado, agindo como representante da população, precisa intervir. O problema é que essa relação não é perfeita, o Estado acaba se tornando e sendo visto pelas pessoas como uma entidade à parte, mas o Estado somos nós, idealmente, claro. Por isso, acredito que tenhamos o direito de regular as atividades que acontecem em nosso território e que nos influenciam. Se a regulação demais ou de menos prejudica a própria população, aí é um assunto pra essa população discutir e quem sabe trabalhar e construir um modelo diferente.

          • Anderson Torres

            Por que as frequências teriam que ser reguladas? E por que necessariamente por um estado? Existem outros tantos recursos finitos que não são controlados por estados – petróleo, por exemplo. (Aliás, de todas as petrolíferas do mundo, as únicas que estão dando prejuízo são justamente empresas estatais…)

            Aliás, você é engraçado. Existe uma regulamentação gigantesca em cima dessas frequências hoje em dia, e mesmo assim você defende mais regulação ainda. E depois reclama que o estado não é corajoso! Os caras têm coragem de sobretaxar DOAÇÕES, mas não tem coragem de controlar o próprio monopólio das frequências? Decida-se!

          • Wancharle

            falou tudo… os neo-liberais criticam os comunistas mas não enxergam o óbvio de que são tao fanáticos quanto eles… os comunistas pelo menos podem dizer que o comunismo teve poucas tentativas e sequer foi implementado. Além disso, foi fortemente repelido. Ja os liberais tem que conviver com exemplos diários dos males do liberalismo mas fecham os olhos para isso.

    • PSSilva

      Ciência e tecnologia é financiada por agências estatais mundo afora. Sem a tecnologia da informação desenvolvida com o dinheiro do contribuinte norte americano, o Steve Job e o Bill Gates não teriam nada para desenvolver.

      • DanielBastos

        Sim. Mas ciência é um caso a parte. As empresas não vão mesmo investir em uma pesquisa que não prevê um resultado (Conhecimento por conhecimento) ou que seus resultados podem demorar a ter um retorno financeiro.

        Evidente que casos que a iniciativa privada não tenha interesse (ou pouco) e seja importante para o governo, o estado deve intervir. Bancando pelo esforço coletivo (Impostos).

        Em casos que exista interesse da iniciativa privada, eu acho que o governo deve ter atuação limitada a, no máximo, regulador do mercado, pra evitar abusos e favorecer a concorrência.

        Em resumo, menos estado não quer dizer sem estado.

        • Wancharle

          o problema é que a galera do “menos estado” exagera… para mim educação, saúde e segurança não pode ficar a mercer do mercado…e geralmente é o que mais pedem para tirar do estado pois são os setores que mais gastam impostos e provocam menos retornos visíveis devido suas complexidades e problemas. Acho que saúde e segurança são óbvios de se perceber por que não podem ficar na mao do mercado. Já a educação é ponto polemico pois muitos acham que o estado pode usar a educação para fazer controle de massas… mas acho que o mercado pode fazer pior pois em busca do lucro e eficiência pode negligenciar assuntos importantes da educação podendo causar o mesmo controle de massas que acusam o estado.

          • PSSilva

            Saude e educação até podem ser iniciativas privadas, mas o Estado teria obrigação de garantir acesso a esses serviços para quem não possa pagar. Trata-se de um sistema complicado de implementar, e que funciona em países ricos e pequenos (saúde na Suiça por exemplo).

            Mas no fim, o Estado precisa arcar com a responsabilidade de garantir acesso a Saude e educação, até para ser capaz de formar cidadãos capazes de atuar no amado setor privado.

            Segurança é questão de Estado, quem defende forças armadas privadas é napoleao de hospício mesmo.

        • PSSilva

          A questão nao deveria ser o foco no tamanho, mas na qualidade e eficiência do Estado. Ciência, com raras exceções, é feita com dinheiro do contribuinte. O mesmo vale para investimentos de grande porte como infra-estrutura energética, de transporte e saúde. Os EUA são exceção, e conseguem “fazer saúde” no privado, mas a pesquisa biomédica é financiada pelo contribuinte: portanto, é injusto que o contribuinte americano não tenha acesso a inovações de saúde que ele ajuda a desenvolver.

          A teoria macroeconômica moderna preconiza que o crescimento é consequência do aumento da produtividade que é secundário a inovaçao tecnologica. Portanto, a nação que investe em ciência e tecnologia é uma nação que pensa a longo prazo.

          E claro: quando consequências “comerciáveis” da ciência podem escorrer para o mercado, é obrigação termos empreendedores capazes e um setor privado vibrante e livre para explorar o mercado.

          Eu apenas acho absurdas as afirmaçoes dos anarco-capitalista que parecem não entender que o Estado financia as benesses que eles usam como exemplos do sucesso do setor privado.

          • DanielBastos

            É pq o pessoal ta escaldado tb que tem muito pessoal da esquerda pregando que o Estado deve ser a sua mãe. O que é o outro lado absurdo da mesma moeda. 🙂

            Eu até concordo que a iniciativa privada lucra com os benefícios de pesquisas estaduais. Acho justo até que o estado lucre com elas.
            Dependendo do ponto acho que o “beneficiamento” destas não deve conter o estado. Mas ai é aquela questão: Existe um ponto de equilíbrio, e deve ser analisado caso a caso.

            Mas ai chegamos ao ponto que onde eu acho que todas as teorias falham. A pergunta que vale 1 milhão em licitações, que vale mais do que dinheiro. O estado deve ser responsável e o principalmente que ele não deve ser.

            Esse é o ponto mais complicado e sensível. Eu acho que é um excelente exemplo de discussão a educação:

            Como eu já disse antes por ai, eu sou a favor de educação privatizada. Acho que educação deve ser prioridade de pais e não do Estado. Eu reconheço que, quem não tem educação agora, privatizando, teria menos ainda. Isso só é possível com uma população mais bem educada para ela auto gerir a educação dos seus descendentes.

            Até chegar a este ponto não tem como descartar a interferência do Estado.

            Mas não seguimos esta linha. Na verdade a gente não segue linha nenhuma. Vamos tomando decisões sem direção ou objetivo. E eu acho isso a base da maioria dos problemas.

          • PSSilva

            Essa polarização entre esquerda extrema e anarco-capitalistas chega a ser infantil. Enfim, tomara que seja coisa de rede social.

            Eu concordo com você no fim das contas. Sinceramente, sendo o serviço de boa qualidade e o acesso garantido, mesmo a quem não tenha renda (educaçao e saúde), pouco importa se a iniciativa for privada ou publica.

            Educação deveria ser mais ampla e flexivel. Não tem como deixar nas maos de pais que não tiveram acesso ao conhecimento a decisão de quais conhecimentos oferecer aos filhos. O estado precisa forçar as gerações a terem um minimo de educação, que as permita fazer escolhas mais tarde. Mas nos mal conseguimos dar o básico, imagina chegar a uma utopia na qual as pessoas podem livremente traçar caminhos educacionais variados? Enfim, privado ou publico, precisa haver acesso mesmo para quem não possa pagar.

  • Garrete Alves Reis

    Sério, às vezes parece que tem gente (políticos, senadores e afins) aqui que recebe pra deixar o país no atraso! Não duvidaria a CIA ainda continuar bancando nossa mediocridade! Não to isentando a burrice dos acusados, mas já tá num nível sistemático demais pra ser só burrice!!

  • Elefante

    Esse país precisa de uma reforma aduaneira urgente. Isso não é protecionismo, é burrice mesmo engessando a economia do país. E enquanto isso a esquerda trata do assunto como se fosse coisa de coxinha da classe-média querendo comprar playstation mais barato.

    • Não só a economia como o futuro tbm!

    • Não é uma questão de direita e esquerda. As barreiras protecionistas sempre foram uma exigência dos grande empresários que colocam dinheiro em campanha tanto da direita quanto na esquerda, de forma que independente de quem ganhe, suas vontades serão cumpridas. Mas como a incompetência e demais, acabam colocando barreiras para entradas de peças que os propios empresários precisam , material para estudo cientifico e produtos que simplesmente não tem fabricação no Brasil mas é necessário de alguma forma. A nossa abertura tosca de mercado foi feita no governo collor, sem nenhum planejamento e ninguém até hoje tentou concertar, principalmente por que seria preciso fazer um serviço abrangente com muita seriedade, e seriedade e algo que sabemos que não adianta cobrar do nosso parlamento.

      • “produtos que simplesmente não tem fabricação no Brasil mas é necessário de alguma forma. ”
        Isso só sob um estudo severo e com tempo limitado de isenção se não a industria nacional vai pro brejo

        • Nesse caso entra o problema da inercia e burocracia das nossas leis. Concordo com você que precisa se fazer um estudo, e esse estudo deveria ser refeito regularmente para justamente evitar as distorções. Mas enquanto isso for ditado pelos nossos legisladores, ao invés de técnicos vamos continuar tendo video games com impostos de arma de fogo.

        • Filipe

          Foda-se a industria nacional.

          • Daniel Barroso

            A industria nacional precisa de protecionismo? Oq a nossa soja e bananas? Fica tranquilo só aqui mesmo nessa bosta pra se preocupar em ser potência em vendas de soja e bananas.

        • Carlo Lückmann

          O que leva a nossa indústria para o brejo são justamente as barreiras de importação. É um ciclo vicioso: quanto mais barreiras para importação de máquinas e insumos, menos qualidade para os produtos nacionais, e cada vez mais precisamos de produtos importados. Abrir a importação pode ser ruim num curto período de tempo, mas garante a competitividade da indústria para o futuro!

          Sem contar o custo para desenvolvimento de novos produtos: um kit de desenvolvimento de dsPic, por exemplo, sai uns US$ 100,00 lá fora. Para importar, você gasta quase R$ 1.000,00. Agora qual adolescente tem mais chance de desenvolver um novo produto e criar uma indústria: o americano, que paga uma mixaria pela placa, ou o Brasileiro, que precisa arranjar proibitivos R$ 1.000,00 para conseguir a mesma placa?

      • Filipe

        Direita e esquerda são protecionistas e sugadoras de impostos, precisamos da terceira via, o estado menor a favor do livre mercado.

        • Luiz Antonio Silva

          Isso Filipe!!! Concordo 100%.

      • Renascienza

        Atualmente o propósito da Receita nem tem sido o protecionismo e sim capitalizar o máximo possível de renda para o Estado.

        • Com certeza, tanto que é o único setor com agilidade, mesmo para cobrar errado, mas usam o protecionismo como desculpa, mesmo quando não é uma desculpa valida.

      • ACF

        Gostaria de entender a quem você se refere como direita no Brasil. Não conheço nenhum partido de direita aqui.

        • O PMDB e Democratas são partidos de direita. Eu sei que no brasil, os partidos tendem a falar que são aquilo que seu eleitorado quer que eles sejam, mas se você analisar as atitudes esses partidos em específicos agem como direita na hora das votações, provavelmente no caso do PMDB por ser formado em parte por empresários e latifundiários. O PSDB é aquele partido declarado de centro esquerda, mas que esta sempre votando de acordo com a agenda da direita, talvez devido ao tempo de aliança com o PMDB. Mas no final podemos dizer que todos os partidos basicamente se falam ter uma posição, mas realmente votam de acordo com oque lhe encher mais o bolso ( ou a cueca )

          • ACF

            O PMDB foi formado pelo MDB, que era um partido de esquerda na época da ditadura e cheio de comunistas. Eles votam a favor do que dá mais dinheiro a eles mas não se esforçaram nem um pouco a favor do estado mínimo.

            O PFL surgiu do partido Arena(que era de direita), e depois se transformou em DEM. O DEM infelizmente é um sub-partido do PSDB, e serve como segunda linha dos tucanos.

            De fato, não acho que posição importa mais. Devem sim ter políticos de direita nesses partidos, como o Coronel Telhada e a família Bolsonaro. Mas infelizmente é tudo controlado pela esquerda.

          • Tirando a questão que independente da direita ou esquerda, a pessoa pode ser um bom politico. Mas a definição de direita e esquerda , foi criado para definir qual partido era pro trabalhadores e qual era pro empresariado. Eu acredito que ambos devem ser ouvidos e representados, pobres e ricos. Então se você analisar que os partidos são todos financiados pelos empresários e tendem a votar primeiramente oque os grandes empresários querem, podemos dizer que os partidos do brasil todos tendem a direita quando a opinião publica não percebe oque esta acontecendo, ou seja só agem como esquerda quando a imprensa esta cobrindo. Infelizmente nessa conta vejo que o micro empresario, que não tem dinheiro para financiar campanhas nem pagar propinas fica sem representação, e a representação maqueada de esquerda apenas faz alguns favores em troca de votos das maiorias que são os pobres, claro que não da para generalizar, mas essa é a visão que eu tenho do cenário atual.

          • ACF

            Entendo direita por abertura econômica, proteção à família, ser contra ao aborto, ser rígido contra o crime, dentre vários outros valores conservadores. A definição de Direita e Esquerda surgiu na França no período da revolução, e os esquerdistas eram os radicais que queriam chegar com o pé na porta fazendo revolução, até mesmo destruindo o capitalismo. Os direitistas faziam mudanças calculadas procurando não correr riscos, e de fato eles representavam a classe de empresários. Porém, a direita promove a abertura da economia. Abrindo a economia e investindo no desenvolvimento, o país sem dúvida crescerá. Hong Kong é um ótimo exemplo disto.

            A esquerda vem com aquela história de igualdade, mas o comunismo provou ser um fracasso em todos os países que foi implantado. Querem se apropriar dos direitos e do dinheiro do povo, e é o que acontece no Brasil atualmente. O Brasil é um país em um estado de pré-comunismo, mas a revolução está sendo feita aos moldes de Antonio Gramsci: se infiltrar no governo (o que já aconteceu faz tempo) deturpando os valores da sociedade com inversão de valores e manipulação em massa, transformando o país em comunista sem declarar oficialmente.

            Se olharmos a questão do Foro de São Paulo(PT e aliados) e do
            Diálogo Interamericano(PSDB, Partido Democrata dos EUA e aliados), que
            firmaram um acordo em 93, vamos perceber que o Brasil está sendo forçado
            a engolir a esquerda. Não existe oposição no “alto escalão” político.

            Minha opinião é que a solução é a centro-direita. O país tomaria medidas conservadoras e abriria a economia.
            O estado deve ter menos influência para o negócio andar. O governo está sufocando o sistema com suas medidas esquerdistas.

          • Apesar de todos queremos associar ao lado que estamos direita o esquerda, todas as virtudes que achamos corretas e ao lado contrario todo os defeitos, o conceito de direita e esquerda e muito mais simples que isso. Claro que existem vários outros conceitos como liberal, conservador, revolucionário ou não, que as pessoas tentam atribuir a direita e esquerda. Até o conceito de capitalista e comunista, que não são pontos que realmente sejam de direita ou esquerda. Sugiro que de uma lida nesse texto, que acredito vai esclarecer meu ponto de vista: vestibular .uol. com. br /resumo-das-disciplinas/atualidades/politica-o-que-e-ser-esquerda-direita-liberal-e-conservador.htm

  • chadefita

    Melhor fazer uma petição no Avaaz pra fazer o Cardoso parar de escrever post que levam os leitores a depressão…

    • Vou até procurar um vhs pra fazer um chá depois desta!

      • chadefita

        Não eu falei brincando não me leve a sério, bom leve só a parte da depressão, pois cada noticia dessa que eu leio eu fico triste de saber que a situação tá mais feia do que parece!

        • A coisa anda do avesso mesmo, a tecnologia até que anda a passos largos mas a mentalidade do povo parece que recuou um bocado.
          Fica chapado que passa a tristeza….

  • Leonardo Olimpio

    triste…

  • Ben Jacinto

    Pare que eu quero descer!!!!!
    Que país é este?????
    Só pode ser o país dos ignorantes, corruPTos, safados e sem-vergonhas!!!!!

  • Leandro Toledo

    O pior ainda está por vir! Se os óculos forem liberados pela receita, eles ainda podem ir parar no buraco negro (Ahh a ciência…)dos correios em Curitiba!!!

  • Celio Azevedo Junior

    O Brasil acabou gente. Esqueçam isso aqui.

    • Rogerio

      Nem sequer começou. Corram para o norte!

  • Lui Spin

    O texto é meio carregado de rancor e revolta, mas concordo com a maior parte.

    Agora esse lance de “apropriação cultural” significa o que? Ou só os árabes podem usar turbantes?

    • Rubens Vilela Silveira Bueno

      A menção a turbantes foi uma alfinetada do Cardoso em uma polêmica boba que teve na internet sobre uso de turbantes por pessoas brancas. Tem gente que defende que isso é errado porque seria uma “apropriação cultural” de um símbolo da luta do movimento negro.

  • Alexandre Dias de Souza

    Começa que quando tem um protesto, nego enche o peito pra falar que não deviam protestar, que são os motivos errados, etc etc etc

    • Rodrigo Menezes

      Se o protesto for pela volta da ditadura, o pessoal deveria ser preso.

      • Alexandre Dias de Souza

        Concordo kkkkkk

      • Alexandre Dias de Souza

        Huahahahahhahahahaha preso e executado. Oh wait….

  • Nos EUA eles também batem palma para escola que ensina criacionismo e nem por isso o país deixa de ser uma potência científica :v

  • Zaaboo

    Que lindo! Mais um tijolinho pra cova! Quem sabe logo logo podemos enterrar o defunto de vez, haja vista que já está começando a feder.

  • Rodrigo Marques Menezes

    Brasil, um país de Tolos.

  • OverlordBR

    Quer isenção monte uma igreja, não um laboratório.

    Há anos que penso em montar uma igreja dedicada ao Monstro Voador de Espaguete.
    Trocentos tipo de isenção de impostos, se tentarem me ferrar alego “liberdade de crença + liberdade de culto + liberdade de organização religiosa”.
    Aliás, o dinheiro obtido por minha igreja poderia ser utilizado só em Ciência.

    Que tal?

    • Já tens um adepto! \//

      • Sandro

        Shimatai, tu aqui? E é adepto? kkkk É nós.

        • Sempre fui. Se você olhar a lista de comentaristas do MeioBit eu figuro entre os 25 que mais comentam. Andei longe um tempo, mas voltei a comentar.

          Me desculpe pela falha na minha memória RAM, mas a gente se conhece de onde mesmo?

          • Sandro

            DBA/Ancine, sou o Macena.

          • NOW KISS!

          • Ah tá! Só não vai rolar o beijo, conforme sugestão do Cardoso! Hahahaha…

    • tô dentro!… sempre quis montar uma “igreja”.
      Nos EUA, montaram uma igreja da Cannabis só pra poderem usar da erva como direito…

    • DanielBastos

      Podia aproveitar o Grande Resfriado Verde do Douglas Adams.

      Ou o culto a toalha divina.
      Mas espaguete tb é uma boa.

    • Guilherme Nunes Di Lauro Dias

      viro fiel, cliente, sócio, contribuinte, o que for necessário, mesmo que só possa mandar um like eu mandarei pra apoiar essa causa

    • Le Zuero

      Eu monto um puteiro, por que ninguém é de ferro.

      • André Luis Santiago

        Não há nada na Fé do Onipotente Macarrônico que nos impeça de montar um puteiro e uma igreja ao mesmo tempo! Segundo as “não tão sagradas escrituras”, a restrição é a recomendação de usar preservativo.

        • JooonsJoonz

          na verdade os templos em pastafarianos putas sao muito bem vindas, afinal de contas no céu vão existir fabricas de strippers

    • Samuel Neto

      A sede é aonde?

    • Espectador engajado

      Essa ideia faz sentido, mas não é inédita. Faz uma busca simples e encontrarás…

    • André Luis Santiago

      Que o Monstro do Espaguete Voador lhe toque com seus Apêndices Macarrônicos! Rámen!

      • Carol Basani

        Eu ia escrever lámem…kkk mas dá no mesmo

    • Augusto Mathias Adams

      Já ganhou mais um fiel….

    • Luis Guilherme Reis

      Só viro fiel se esse deus for massa… N pera, ele é. Ganhou mais um fiel

    • Salvador Victor

      mano que ideia foda, pode começar agora

    • Lucas Gallindo

      Ramén, irmão.

      O que falta são piratas.

    • Márcio Chaves

      “Monstro Voador de Espaguete” hauahuahauhau
      Eu achei que era zoeira sua até googlar!! hahahaha

    • Danskiler

      Gostaria de compartilhar a Palavra do Monstro Voador de Espaguete, sobre um Ser tão onipotente que ao pronunciar seu nome, ja causa Fome Imediata, Oh grande poder, Senhor Espaguete seja agraciado, Rámem

  • Marlon J Anjos

    É só ler os comentários desse post e se começa a entender pq o Brasil Hue Hue está do jeito que está.

  • AnGr4

    Quando li isso, na hora pensei “vou enviar para o MeioBit pro Cardoso detonar”. Não sei se ele usou minha mensagem como fonte pro post, mas caso a tenha, fico muito feliz, pois ele não me decepcionou. Valeu, Cardoso.

  • Saulo Benigno

    Alguém sabe explicar o motivo da multa?

    • Eu

      Provavelmente a importação sem fazer a declaração do valor dos bens, ou devido ao valor, ou ambos. Creio que seria algo como você chegar dos EUA de avião e pegar a fila do “nada a declarar”, mas ter itens que passam da cota dos 500 USD.

      Mas posso estar errado.

  • Anderson Rodrigues

    eu fico desgraçado da minha cabeça…

  • Alvaro Carneiro

    toda vez que leio noticias assim, vejo como musicas como do Legiao Urbana sao atuais e provavelmente nunca deixarao de refletir a realidade do Reino de Banânia.

    Musica: Perfeição

    Trechos:

    Vamos celebrar
    A estupidez humana
    A estupidez de todas as nações
    O meu país e sua corja
    De assassinos covardes
    Estupradores e ladrões
    Vamos celebrar
    A estupidez do povo
    Nossa polícia e televisão
    Vamos celebrar nosso governo
    E nosso estado que não é nação
    Celebrar a juventude sem escolas
    As crianças mortas
    Celebrar nossa desunião
    Vamos comemorar como idiotas
    A cada fevereiro e feriado
    Todos os mortos nas estradas
    Os mortos por falta de hospitais
    Vamos celebrar nossa justiça
    A ganância e a difamação
    Vamos celebrar os preconceitos
    O voto dos analfabetos
    Comemorar a água podre
    E todos os impostos
    Queimadas, mentiras
    E sequestros
    Vamos celebrar epidemias
    É a festa da torcida campeã
    Vamos celebrar nossa bandeira
    Nosso passado
    De absurdos gloriosos

    Vamos cantar juntos
    O hino nacional
    A lágrima é verdadeira

  • wellington

    É muita burrice colocar a culpa na religião. Coloque no governo e sua ânsia por fazer todos serem miseráveis ignorantes

    • Marlon

      Não foi colocada a culpa na religião. Foi exposto um fato…

  • Augusto Pacheco

    E o “povo” vomita elogios sobre o investimento em educação…

  • Daniel Conte

    Kralho isso me enoja sabe TNC

  • Carol Lisarb Elis

    Só não entendi a crítica inicial ao criacionismo em detrimento da teoria evolucionista, mas tudo bem, aprendi a ser minoria e não menor.
    Aos que ACREDITAM cegamente no evolucionismo e ignoram a “teoria do Design Inteligente”, que também é uma teoria científica com todos os seus pressupostos, cálculos, requisitos e outros postulados que seguem todos os ditames academicos e científicos, me resta respeitar, mas TEORIAS científicas ainda não são LEIS científicas e isso me dá a condição de continuar CRENDO nos postulados que mais me convencem ser a representação racional dos FATOS.
    Fora esta questão, fico igualmente decepcionado com o rumo do nosso país para o desenvolvimento científico-tecnológico.

    • Eu

      Só não entendi a crítica inicial ao criacionismo em detrimento da teoria evolucionista

      TE = ciência. Deve ser ensinada em todas as escolas
      Criacionismo = religião. Deve ser ensinada nas igrejas apenas.

      Aprenda o que é uma TEORIA CIENTIFICA antes de falar que é só uma “TEORIA”.

      Nem toda TEORIA vira LEI e nem toda LEI foi uma TEORIA. São coisas distintas.

      • Ó Grande Mestre das ciências, se é vc quem decide isto, quem somos nós para discordar? Faça virar lei: Àquele que discordar que o evolucionismo é uma ciência, e admitir que o criacionismo o é, a morte por esquartejamento e exposição pública dos restos mortais por 7 dias.

        • Eu

          Mimimi

          • bom, sua “evolução” pelo menos te permitiu isto: Ler.

          • Eu

            Caramba, incrível! Mais “mimimi”! Acho que o Disqus tá com problema, só pode.

          • Rá, um troll Eu’ropeu! Olha como estão evoluídos os russos…

  • Herberti e Ana Pedroso

    Artigo importante e mais que necessário. Concordo totalmente que, fazer ciência no Brasil atualmente, está tão difícil e desanimador quanto procurar e achar um político honesto. Agora, como cristão, quero observar e discordar do tom irônico, e até amargurado, do autor, ao fazer repetidamente referência jocosas à igreja. Eu lhe pergunto, sr.Carlos Cardoso, o que os cristãos tem a haver com isso? Por acaso alguém da CALC foi pedir ajuda ou opinião de alguma igreja sobre se aceitava ou não a doação? Por acaso foi algum pastor que determinou a retenção e a aplicação de multa sobre os tais óculos? O sr. está precisando urgentemente ser tratado deste seu preconceito burro. Muitos cristãos que conheço são pessoas da Ciência e pesquisadores. E a maioria dos cientistas brasileiros, sobre os quais leio na Imprensa, são (ou pelo menos foram) apoiadores convictos do PT e da dona Dilma. E ai?

    • Se eu montar um laboratório pra pesquisar a cura do câncer o governo enche meu cu de impostos. Se você montar um Templo da Fé e MENTIR dizendo que cura câncer, tem isenção fiscal pra tudo. Entendeu ou quer que eu desenhe?

  • Ricardo Ferreira

    entre bobagens, indignações e meias-verdades, acabei sacando dois nomes de livros, para meu deleite intelectual. grato, rapazes!

  • Guilherme Keimi Goto

    Eu gostaria de citar mais um exemplo (pequeno) da canalhice governamental.
    Sou membro de uma equipe de competição univesitária cujo grande patrocinador é a Renault do Brasil.
    Pois bem, a minha equipe, assim como outras que obtiveram bons resultados, ganharam como premiação do fabricante carros para suas respectivas universidades (universidade pública no meu caso) e advinha?
    Eles tiveram que emitir nota fiscal (para concretizar a doação. Ok…) e tiveram que pagar milhares de reais de tributação para o governo brasileiro para DOAR um carro para o serviço público brasileiro. É mole?
    A empresa citada deve possuir um setor jurídico que deve dar conta do recado e correr atrás de algum desconto de impostos, mas empresas menores provavelmente desistem de qualquer iniciativa tendo em vista a burocracia.
    Brasil, pátria educadora. SQN.

  • Filipe Bello

    Muito bom! Como sempre a Gloriosa república “democrática” da sandália de pneu pisa no freio da ciência, porque o Congo tupiniquim precisa de bananas e dízimo, não de cultura e inteligência.

  • Pingback: Adivinha que país odeia a ciência…o Brasil | Planeta RGB - Rocks, Games, Biritis()

  • Marcelo Barbosa

    Pq não fundam uma seita, pra arrancar doações?! Ae paga as dívidas! O BRA Troxa só gosta de religião, futebol e novela msm!

  • Marcelo Eiras

    Fora que a lei do limite de US$ 500 por pessoa em viagem foi feita em 1990 e o valor nunca foi corrigido em relação a inflação da moeda americana. Com correção este valor seria de aproximadamente US$ 1.200,00 hoje.

  • Gustavo Oliveira

    O fato é que a cultura do nosso paos esta2em crise. Oconhecimento não é incentivado. Há 13 anos ouvimos a ladainha de que é possivel subir na vida sem estudo, sem esforço. Tivemos um ex presidente que se gabava da sua falta de estudo e que nao gostava de ler. A cultura do parasitismo estatal só enseja corrupção.
    Ninguem empreende. Ninguem quer se esforçar. Nos orgulhamos de nossa miséria. Celebramos nossas favelas. Aplaudimos mst, mtst e afins.
    Ciencia é coisa de burguês.

    • Rodrigo Menezes

      Sobre o ‘Ninguem empreende’ é a velha cultura do concurso publico, muita gente boa que podia estar crescendo o pais, faz um concurso para poder ter um salário bom e não se preocupar em ser demitido

  • Matheus O.P.

    “A melhor coisa a se fazer na América Latina é ir embora” – Simón Bolívar.

    Pois é.

  • Mike

    “…muito menos se preocupar em abrir.” Principalmente essa parte!

  • Lucas Alves Penna

    Transforma o Laboratório em uma Igreja, consegue isenção de imposto e faz ciência independentemente do governo! Lastimável…

    • Lucas Alves Penna

      Pode dizer pra agilizar que o uso dos óculos é para fim religioso…

  • Lucas Santos

    Entendo a insatisfação destas pessoas, a causa deles é louvável, mas foi completamente desnecessário culpar a fé das pessoas pela falta de apoio político. Cristofobia não vai ajudar a melhorar a situação, muito menos jogar ciência contra religião, ou vice-versa.

  • Wanderson Colatino

    Concordo em muito com este artigo, mas resalvo que nenhuma matéria seria deveria defender a ciência em detrimento da religião. As duas coisas fazem parte da formação da humanidade. Dar tsnts enfase ao criticar religião pra defender a ciência é, no minimo, falta de ciência (conhecimento). #amociencia #tenhoreligiao

    • Rodrigo Menezes

      É criticar o fato de religião não pagar imposto e ciência sim

  • leonnn1

    PQPQPQPQPQP, ahh como eu “amo” esse país.

  • Daniel Barroso

    Sofro muito com a receita, até encomendas de U$6 tão sendo taxadas. Absurdo, mesmo pessoa física mandando.

  • Samuel Ben-José

    Em bíblias? saibam que a religião, pelo menos a minha que sou protestante, se preocupa em limpar a sociedade de seres que a deturpam, como drogados e bêbados… poxa… sei que muitas querem só dinheiro, mais TODAS??? parem de colocar a culpa nas igrejas, sei que o Brasil tem um buraco na ciência e precisa resolver isso o mais rápido o possível, mais que tal levantarem a sociedade em prol de seus interesses pois são para todos, e assim tentar resolver o problema de forma correta ao invés de criticarem outros que se empenham como podem para fazer uma coisa, talvez menos importante, mais que tmb nos interessa… ou querem que as facadas do Rio só aumentem?! vamos nos levantar juntos! não somos seus inimigos! queremos o avanço da ciência tmb! se liguem!!! Cadê a reforma que precisamos????

    • Lukan Peixe

      Belas palavras, agredir as religiões é exatamente o mesmo que algumas religiões fazem com a ciência. Essa briga de criancinha mimada não vai ajudar ninguém!

  • Já trabalhei com importação e acredito nessa insanidade. Receita Federal ao invés de ajudar só complica. Se você pede uma informação os auditores mandam você ler a lei, porque “tudo está lá” e não querem acabar com a burocracia porque podem arrecadar mais com ela. Brasil não é um país para amadores, mas também não é para gente disposta a progredir.

  • Adriano Beidacki

    se DOARAM a porra da merda do óculos, pra que essa bosta??? E tem gente que ainda apoia a existência de um Estado, é só um bando de parasitas nos atravancando o caminho! Se fosse droga passava essa porcaria! Mas como é coisa para estudantes usarem em pesquisa para ampliarem seus conhecimentos, VAMOS BARRAR! Ahh enfiem esse slogan de pátria educadora na bunda!!!

  • O que caralhas a igreja tem a ver com a noticia? Como você vai cobrar impostos de doações?! Site estúpido de hipsterzinhos ignorantes. Ao invés de canalizarem os ataques nos ideais estatólatras fracassados que mantém o país burocratizado e subdesenvolvido, atacam uma coisa completamente aleatória.

  • Lia

    Que mentira essa de escolas trocando evolução por criacionismo… cite o nome da escola… informação falsa… isso acontece é nos Estados Unidos, aqui no Brasil não tem essa história não… sou professora e sei do que estou falando… esses articulistas inventam de tudo pra forçar a barra e puxar a sardinha para o argumento deles… chega de mentira! Basta o Lula e a Dilma!

    • Eu

      http://www. opovo. com. br/app/politica/ae/2015/02/13/noticiaspoliticaae,3392919/feliciano-quer-desarquivar-projeto-que-inclui-criacionismo-nas-escolas.shtml

      http://veja. abril. com. br/blog/rodrigo-constantino/educacao/deputado-flavio-bolsonaro-apresenta-proposta-de-lei-contra-doutrinacao-ideologica-nas-escolas/comment-page-4/

      http://gizmodo. uol. com. br/deputado-propoe-ensino-de-criacionismo-nas-escolas-e-cria-um-debate-trava-cabeca/

    • Eu

      http://www. opovo. com. br/app/politica/ae/2015/02/13/noticiaspoliticaae,3392919/feliciano-quer-desarquivar-projeto-que-inclui-criacionismo-nas-escolas.shtml

      http://mauriciotuffani. blogfolha. uol. com. br/2014/11/16/design-intel…

      http://gizmodo. uol. com. br/deputado-propoe-ensino-de-criacionismo-nas-escolas-e-cria-um-debate-trava-cabeca/

      http://mauriciotuffani. blogfolha. uol. com. br/2014/11/15/projeto-criacionista-de-feliciano-e-um-monumento-a-ignorancia/

  • Camila Alves

    revoltante.

  • Daniel Almeida

    Esse treco não entra na lei que o Romário criou?

  • Quer isenção monte uma igreja, não um laboratório.

    Essa frase resume tanto em tão pouco. Palmas pro Cardoso.

  • Roberto Hauck Reichert Filho

    Pelo tom das primeiras linhas, PAU NO CU DE DEUS, não que eu seja contra, mas fanatismo e ignorância é pleonasmo, economize bits não chovendo no molhado. Afinal o Vaticano é um dos maiores usuários das ciências. Faça o que eu digo, não faça o que eu faço.

  • Rodnei Reis

    Não precisava envolver religião no assunto, não foi uma igreja que impediu a entrada dos óculos. Fora essa mediocridade, ótimo artigo.

  • Asdrubal Caldas

    Eu tenho uma ideia que trago guardada comigo, faz uns 20 anos. Como sabia de toda a burocracia que tinha que enfrentar para patentear esta ideia, tentei primeiro ir até a casa do inventor que, passado tantos anos, já nem sei mais onde é. Lá me deram uma série enorme de papeis para serem preenchidos, e o pior, pediram um protótipo do meu projeto. Encontrei tantos obstáculos para conseguir montá-lo que acabei desistindo temporariamente da ideia. Uns anos depois, o meu filho já mais crescido, me deu a sugestão para que eu escrevesse para uma grande Empresa aqui do ABC, solicitando algumas informações sobre o produto que eles produziam, e que seria utilizado no meu projeto. Comentei que se o meu projeto fosse executado dentro dos parâmetros de segurança exigidos pelos órgãos do governo, iria gerar uma economia muito grande para o Estado, e salvaria muitas vidas. A resposta que eu recebi da referida Empresa, era que eu deveria enviar o meu projeto para análise. E eu pergunto com que segurança, eu deveria fazê-lo? Gato escaldado tem medo de água fria. Quando eu era funcionário de uma Empresa, dei algumas ideias para a melhoria do serviço, e depois que eu me aposentei, foram implementadas, e eu não recebi nem obrigado. Sei de muitos outros casos idênticos, sendo que um deles ocorreu aqui em Santo André: Um funcionário da antiga G.E. deu uma ideia para que se retirasse água gelada, sem a necessidade de abrir a porta da geladeira. Dizem que depois de algum tempo, ele foi dispensado, e dois anos apos a sua saída da Empresa, Lançaram a primeira geladeira no modelo em que ele havia planejado. E hoje, na minha idade eu não posso estar dando milho para bode. Já não tenho tempo de gastar algum dinheiro que eu poderia vir à ganhar, mas tenho 4 filhos e alguns netos, que poderiam ficar bem na fita. Não sou nenhum gênio, mas posso garantir que, se um dia este meu projeto vingasse, vidas poderiam ser salvas, e muito dinheiro economizado. Eu disse acima que o Governo economizaria, mas não seria só o Governo. Toda a população que possuí carro, barco, pequenos aviões, etc., de uma forma ou de outra, também seriam beneficiados. E já me antecipo aos futuros críticos que, com certeza depois que o projeto for apresentado no mercado, dirão: Más era isto? E eu reponderei, valendo-me das sábias palavras do Grande Navegador Cristóvão Colombo que disse ao colocar o ovo em pé, e sendo criticado por um cidadão que lhe disse: Mas isto até eu faria!!! E ele, Colombo, lhe respondeu: E porque não fez antes? Se houver algum Investidor, ou Empresário, sérios, que queiram patrocinar esta minha ideia que, não é ciência pura, mas necessita de alguns cálculos matemáticos para a confecção dos equipamentos, podemos conversar, sempre na presença de um Advogado. O investimento inicial é baixo, mas para implementar o uso como lei, demanda um pouco mais de verba. Porem eu tenho certeza que o próprio Governo se interessará, assim como as Seguradoras, e os proprietários de veículos auto motores. Lembrando que o produto sendo produzido em grande escala, terá um custo ínfimo, diante dos benefícios produzidos. Qualquer duvida me ligue.

  • Ricardo Lessa

    Burocracia Vogon!!!!! Eu sei que eles estão aqui.

  • Sandro

    Estão fazendo vaquinha on line ou coisa do tipo para ajudar? Não tenho 2.700 mas estou disposto a ajudar.

  • Wellington Jonny

    Calma pra que tanto ódio? O que a religião ou a Bíblia tem culpa em uma má administração pública?
    O protesto acho de deveria contra o governo que dá benefícios a quem ele acredita que deveria dar.
    Amo ciência, porém, não significa que tenho que tratar mal a religião com tanto preconceito.

  • Felipe Santos

    A RF não é mais que um meio de renda para muitos corruptos neste país… tenho vergonha do BRASIL e pior que isso de ter nascido aqui…

    • Cada dia que passa eu me convenço que é um castigo ter nascido aqui.

  • Felipe Figueiredo Martins

    Absurdo fazer isto, RF totalmente equivocada. Precisamos incentivar a ciência, sim!

    Só achei de tremendo mal gosto alfinetar a fé e as igrejas. Igreja tem isenção fiscal porque tem caráter social (eu apoio que haja isenção para incentivos acadêmicos sim, uma coisa não exclui a outra).

    Bem desnecessário os comentários.

  • Luiz

    Infinito odio, vontade de explodir as coisas da receita. Mas não, só vou embora mesmo…

  • willian

    Cara não é de hoje …. Eu bem que tento ser otimista e acreditar que um dia o brasil vai melhorar e tal e realmente se desenvolver e puder ser considerado um país de 1º mundo. Mas é com essas e outras que não boto fé nesse país . O problema é que no Brasil nada funciona direito .Mesmo em coisas simples cotidianas do dia a dia tem corrupção e vagabundagem . Como disse Tim Maia : ” Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia e pobre é de direita”

  • Euripedes Marcel de Matos

    Sou um amante da astronomia, também gosto muito da física e matemática. mas não que intolerância religiosa é essa. Caro colega, comprei uma Bíblia no exterior e paguei 60% de imposto em cima do valor na nossa moeda. Por favor, ao invés de ficar choramingando, estude um pouco mais, pois todos nós brasileiros sofremos com o mesmo governo que quer seus cidadãos inteligíveis e sem atitudes. Reclamar não adianta, marque uma passeata em protesto já que vc está tão inconformado. E veja na câmara os projetos que estão em tramitação que prejudicam não só a religião, mas as famílias que a “religião cristã” tanto defende.

    • Pagou 60% de imposto em algo que é isento por lei (livros e periódicos)?

  • Florencio Picado

    VOTA 13 CAMBADA!!!!
    E não se atrevam a dizer que não é coisa de esquerda, pois fazem 4 mandatos que eles “tomam conta” deste país.
    Aproveitando quero dizer que é mais difícil postar algo aqui do que conseguir isenção da Receita Federal para estes produtos. Quanta burocracia! (em nome da segurança, é claro!)

  • Carlos Prado

    O texto está uma bosta do começo ao fim, mas mostra a afronta que é o estado brasileiro se metendo em nossas vidas. A coisa talvez melhore quando começarem a cobrar imposto sobre foda

  • Jonatas Bertho

    Concordo plenamente que o Brasil necessita investir mas em ciência e educação, e que é um país severamente atrasado nesses ramos, tanto que nossos “Gênios” saem do país para ceder seus conhecimentos a outros (devíamos abolir os impostos para qualquer atividade sem fins lucrativos que visam conhecimento de alunos, incentivar o brasileiro a buscar conhecimento e muito mais)

    Mas acima de tudo achei muito inteligente da parte do jornalista atacar privilégios das igrejas (católica, evangélica, espírita, mormom, etc..) porque é assim que devemos exigir nossos direitos: atacando o dos outros.

    Não vou nem abordar sobre questões criacionismo/evolucionismo porque ambos se baseiam em fé cega. Não precisa ensinar religião baseado em ciência, assim como não se precisa ensinar Ciência baseada em religião.

    Mas como um bom jornalista eu tenho certeza de que ele fez uma pesquisa aprofundada sobre o que é o ensino criacionista (com base neste ensino, se você quiser crer em um deus, pode ser qualquer um: Judeu, Muçulmano, Chines, Egípcio, Grego….). E que os cientistas criacionistas não querem substituir a ciência evolucionista pela criacionista, apenas que ambas sejam ensinadas em conjunto de maneira que cada uma apresente seus fatos científicos.

    Criar um universo cientifico onde a criança tem opções pode abrir mentes. Elas poderão desta maneira buscar provas cientificas onde uma refute a outra teoria, e incentiva a qualquer um de qualquer uma das duas ideologias a buscar ciência, o que não acontece hoje pois vemos que quem acredita em criacionismo procura muito menos áreas científicas.

    Como jornalista acho.. só acho mesmo, que como resolveu citar dois assuntos paralelos a esse: criacionismo e religião, deveria ter se informado muito mais, afinal, como jornalista, não seria este o seu trabalho e não o meu?

  • Le Zuero

    É a Pátria educadora caraio, assim eles aprendem que sempre tem que deixar um escorrega para o estado. Que negócio é esse? Recebe uma bufunfa dos states e não dá para os políticos? Isso não tá certo. Agora aprenderam, irmãozinho.

  • Angelo

    Não acredito! A Santa Inquisição decidiu bater as portas no Brasil em pleno século XXI?! Tá certo que o país é atrasado em tudo mesmo, mas pera aí ô

  • Pingback: The Big Bang Theory fazendo ainda mais pela ciência - Onisciência()

  • Rogerio Ap Silva de Andrade

    só não entendi porque tanto rancor com “igrejas” ou com “religiosos” no texto…. o que exatamente tem a ver a relação entre as igrejas e os projetos científicos? Afinal não deveria ser o governo a investir na Educação e na Ciência e as pessoas terem liberdade de praticar sua fé individual seja num tempo ou na própria casa? Que participação tem as “igrejas” na falta de investimentos em ciência e tecnologia no nosso país ?…..

  • Anderson

    Quer resolver o problema do Brasil? Então, torne-o alvo de uma bomba atômica, capaz de não deixar uma partícula sequer para contar a história. Obviamente, eu também estarei entre as vítimas, mas quem se importa, não é mesmo?
    Com isso, pelo menos haverá a possibilidade de o país, mesmo que indiretamente, acabar contribuindo para a ciência.

  • Stay Puft

    da muita raiva essas coisas

    • Eu

      Cuidado com os raios cruzados!

  • Patricia Bender

    Fala sério se não dá vontade de fazer uma festa, convidando todos os políticos ( com suas famílias e amigos próximos para não sobrar vestígios) e pedir pra galera do Clube de Astronomia Louis Cruls fazer contato com aqueles Discos Voadores de filme, (os que tem o poder de abduzir) para mandarem todos esses FDPs para um planeta só pra eles??? Sempre penso isso, quando imagino uma solução pro Brasil… Brincadeiras a parte, eu sinto a cada dia mais tristeza de ler notícias assim… Vivemos num país onde a educação é tão limitada, que mesmo nos estados onde o ensino é considerado “menos dramático”, os estudantes passam todos os anos da escola aprendendo praticamente só verbo to be + simple past nas aulas de inglês. Saímos do Ensino Médio sem a capacidade de ler uma matéria de jornal em outra língua de tão fraco que é o aprendizado aqui… Para se dar bem aqui, haja força de vontade, porque não é lutar só contra os obstáculos normais da vida, é lutar contra um sistema inteiro de dificuldades que trabalha em prol da permanência da burrice. Mas estamos aí! Somos brasileiros e não desistiremos nunca o/

  • Ivani Egalon

    Como este nosso fabuloso país não produz, fui comprar uns microcontroladores na China, cinco chips, achei muito barato 120 reais, mas quando chegou ao Brasil se tornou mais 85 reais de tributo, deve ser resquício da famigerada reserva de mercado dos anos oitenta, esqueceram de desativar mais uma lei de entrave ao desenvolvimento do país, ou seja, nem produz algo básico para a industria desenvolvimentista, nem permite comprar sem tributar de forma exagerada aqui só não se tributa a corrupção, esta tem incentivo do governo.

  • Kleyton Aviles

    Porque igreja sim, merece isenção de impostos! Eles salvam tanta genta gente, e ainda ensinam que o barro pode ser mágico! Capaz de dizerem que dia 21 é o sinal do apocalipse!

  • É por essas e outras que é mais fácil arrumar um ser humano decente pra fazer amizade na aduana e mandar alguém ir buscar a doação nos USA mesmo. Se o material estivesse na mala com a documentação era mais fácil desembaraçar sem essa palhaçada toda, qualquer coisa mandada pelo correio pro Brasil sofre esse tratamento imbecil porque os funcionários da Receita que tratam de material postado simplesmente inventam qualquer taxa e dane-se. Eu já tive doações serem mandadas pra cá e taxadas como “Produtos para a saúde”, porque a desgraça do funcionário da Receita não sabia o que era. Ainda me abriram a remessa e destruíram metade dos produtos enquanto fuçavam, pelo menos se você vai lá e traz consigo você consegue explicar o que é e pra que serve o que te deram. No mínimo nesse caso relatado na matéria a Receita achou que eram óculos pra cinema 3D, eles não só não sabem ler inglês (não é exigência de concurso da RF) como também acham que tudo é contrabando.

  • Junior Anduca

    É importante nos atentarmos a não inverter o foco. Devemos lutar contra as demais isenções fiscais e não taxar as isentas. As organizações religiosas devem ser utilizadas como referências para que possamos nos relacionar e agir mais livremente sem o grilhão estatal. Não é querendo que o outro “se ferre também” que estaremos “menos ferrados”.

  • Não há forma de religião mais fundamentalista que a ciência.

    • Eu

      ” A coisa boa que a Ciência tem é que é verdade quer você acredite quer não. ” – Neil DeGrasse Tyson

      • CQD

        • Eu

          OCL
          (O choro é Livre)

          KKK

          • Mais uma vez 😉

          • Eu

            MIMIMI

          • ??

          • Enfim: toda verdade é circunscrita ao universo discursivo a partir da qual ela é enunciada. A verdade científica é tão verdadeira quanto o unicórnio rosa invisível.

          • Eu

            MIMIMI²

  • Marcel Mendonça Grilo

    Excelente matéria!
    Pastamos interessados em ciência e constrangidos com a estupidez e ignorância desta realidade….

  • Diogo Reis

    As criticas a burocracia, barreira fiscal e super taxação são mais que válidas. Mas… a agressão direcionada a crença cristã, igreja… É mero discurso do ódio que enfraquece os argumentos… Se é ateu e tem raiva de igreja ou de lideres religiosas… Livros, em tese, é isento de imposto de importação, independente se é a religioso ou científico.

  • Cidadão brasiliano

    É interessante as críticas religiosas, e os sábios críticos parecem não conhecer a religiosidade dos países mais avançados cientificamente, inclusive do que doou os óculos. Como é comum no Brasil em todas as questões realmente relevantes é obrigatório um incentivo a intolerância.

  • apocrifos

    Ouvi a historia de um brasileiro que conseguiu o doutorado nos EUA dizendo: temos um projeto de pesquisa com um valor que nos foi disponibilizado: 400 mil dolares.
    A mesma pequisa no CAPES: 12 mil reais disponibilizados!!!!! heheheheh

  • Rena To

    Apagou meu comentário por fazer uma defesa?
    voces não são sérios!

  • Renan

    Em vez de ficar comparando com igrejas e trazendo um assunto que não tem nada a ver.. deveríamos (todos os brasileiros lesados ou não pelas receitas-federais e estaduais) fazermos protestos em relação a isso.. que está passando da hora de ter atenção. E depois um abaixo assinado com bons termos (mudanças na legislação) para o cidadão não ser tão incapaz contra os mandos e desmandos de alguns funcionários.

    • Greg Ka

      Ótima proposta Renan, Já é tempo de sermos ouvidos neste aspecto.

      Porém , no andar da política brasileira, julgo momento inadequado em favor da ciência feita por cidadãos comuns brasileiros .. vendo esta ampliação/avareza por tributos neste governo e últimos governos , (veja .. iniciados em outros dos últimos 20 anos e brutalmente ampliados; nao vejo sinais de redução espontânea nos próximos governos de oposição, dissimulam, disfarçam em propagandas na media.. no fim, sao farinha do mesmo saco, sem amor à pátria e nação, cidadão que a compõe – governos/partidos querem recursos diretos e/ou concessões para benefício próprio).

      Porém, podemos nos organizar, chegarmos aos nossos deputados e senadores dos quais elegemos .. e melhor se relacionamo-nos diretamente.

      Sugiro, acabar de vez com este processo alfandegário em vez de remendar a lei (o que sempre colocam outra armadilha como em uma moeda que possui dois lados).

      Alfandega, receita federal abrindo malas, pacotes, cartas com foco tributarista? Espero um dia dizer: NUNCA MAIS!!!

      Foco nas alfandegas? Substancias ilícitas! Quando no máximo atuar sobre quantidades p/ revenda .. Independentemente de preços/custos!

      A+

      • Renan

        acabar com o processo alfandegário seria mesmo ótimo.. mesmo porque agora o governo está cobrando o imposto na hora da compra.. mesmo no ebay, pode ver que qualquer compra (mesmo as que é menos de 50 dólares e vendidas de pessoa física para pessoa física) :-(((
        MAS, se pudéssemos conseguir que esses materiais para pesquisa e usados em educação, comprados ou doados, fossem isentos..
        E se o fiscal da alfandega inventar de querer cobrar.. que tivéssemos um meio para reclamar.. como PROCON, por exemplo (não é bem o caso, mas seria uma boa opção para agilizar nossa busca pelos nossos direitos).
        pois há muitos casos de abuso de poder pela parte dos fiscais.. fora os casos como esse dos óculos doados que ridiculamente se tornariam algo complexo e demorado.. e correndo o risco de ir a leilão ANTES de ser resolvido na justiça..

        Temos que ter mais ACESSO aos nossos direitos.

  • Leandro Pires de Souza

    “ignorar a apropriação cultural” se ela existisse talvez não fosse tão ignorada…

  • Julio Junior

    É 13 – CONFIRMA!!!! hahahahaha

  • Denis Oliveira Damazio

    Essa materia eh estranha. Conheco grupos do brasil que importam e exportam sem tantos problemas. me parece um problema pequeno sendo transformado em algo enorme.. Quando nao eh!

    • Greg Ka

      Talvez.. Denis .. mas gostaria de contribuir sem ofender.

      Ha empresas avidas por faturar em cima disso (serviços legais ..), .. fazendo uma correlação como o que ocorreu sob a lei seca nos EUA nos anos 1920/1930+.

      Mas pondero que esta avalanche de contestações .. pode representar o que a muito tempo está reprimido (silencio nao significa estar tudo em Paz).

      Provavelmente muitos daqui já tiveram experiências negativas com esta avareza tributarista brasileira, não se trata apenas deste caso.

      Basta procurar no google, até revistas publicaram várias matérias sobre estes abusos presentes no sistema tributário/alfandegário/legislativo brasileiro.

      Lembre-se de que não são apenas estudantes de nível superior (doutorado ou em instituições do governo e que ainda possuem algum meio) pretendem estudar/avançar cientificamente, muitos em suas casas gostam e procuram por ciência por vocação e quem sabe empreender.

      Eu mesmo tive vários problemas via correios, inclusive alfandega aeroportuária em Guarulhos/SP.

      Em microscópio ganho em leilão em Israel (modelo antigo mas ainda bom), enviei via

      Correios (leia-se receita federal pois passa por eles), na vistoria inseriram em orifícios na procura de algo material dentro, quebraram espelho de reflexão parcial em corpo de lentes. Não bastasse, cobraram os impostos como se fosse um modelo recente, .. mais multa por preço não conferir com os deles/receita.

      Então, em uma oportunidade de viagem pedi pra amigo meu trazer um equipamento/osciloscópio dos EUA em mãos a fim de evitar danos físicos ou problemas deste tipo.

      Prontamente declarou-se antecipadamente no site da receita (não recomendo mais fazer isso .. eh armadilha contra você .. ao gerar doc que usam para aplicar multas ao julgar com valor inadequado, portanto subjetivo ao humor do fiscal).

      Ao chegar no Brasil apresentou-se ele ao fiscal da aduana para conferencia/etc. Além do constrangimento, pra não se prolongar, por não ter este recurso .. foi aprendido ou teria de pagar 5x mais pois este equipamento.

      Particularmente, estou cansando desde sistema medíocre brasileiro. Nao eh de admirar-se que escolas brasileiras no geral estão em ruinas e jovens desestimulam-se com frequência em um ambiente de estudos estéril.

      Obrigado pela compreensao, A+

  • Pingback: 10 provas de que a burocracia faz do brasileiro o povo mais otário do mundo – Farol.News()

  • Pingback: 10 provas de que a burocracia faz do brasileiro o povo mais otário do mundo - queloucura.com()

  • Pingback: Provas de que a burocracia faz do brasileiro o povo mais otário do mundo()

  • Pingback: 10 provas de que a burocracia faz do brasileiro o povo mais otário do mundo – Blog Nixson()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis