Paciência de Jó? Padre instala bloqueador de celular em igreja

priest-michelle-madonna

É um fato que os smartphones nos quebram um galho e tanto. Hoje em dia é possível fazer de tudo com ele, de checar redes sociais e SMS, conversar com seus amigos, ler feeds, trabalhar e jogar. E dizem, até realizar ligações. Mas o problema é que muita gente não tem desconfiômetro e acha que pode sacar seu aparelho a qualquer lugar e qualquer hora.

O clero em geral odeia essa conveniência. Não são raros os casos em que igrejas fixam avisos avisando para os fiéis desligarem seus celulares ao entrarem. Em geral padres e pastores odeiam ter seus sermões interrompidos com o toque dos gadgets e as pessoas respondendo, seja lá o que for. Só que um padre de Nápoles resolveu ser um pouco mais proativo.

O padre Michelle Madonna (pois é) tentou várias vezes convencer os fiéis que frequentam a igreja de Santa Maria di Montesanto em Nápoles a desligarem seus smartphones, por causa da chateação que era ter sua homilia interrompida toda vez que um celular tocava. Mesmo um membro do clero não tem paciência ilimitada (só Jó e olhe lá) e portanto resolveu a situação de uma maneira drástica: após receber autorização da polícia local, ele instalou um bloqueador de sinal de celular na igreja por apenas 40 euros. Assim, os fiéis não conseguem mais utilizar seus aparelhos mesmo se quisessem.

O padre Madonna entretanto não considerou um ponto: bloqueadores de sinal são potentes o suficiente para causar interferência nos imóveis vizinhos. Desde que instalou o aparato lojistas vizinhos exigem que o pároco remova o dispositivo, pois não conseguem realizar vendas com máquinas de cartões de crédito.

A situação está no mínimo divertida: padre Madonna se defende, dizendo que o incômodo de ver seus fiéis ignorando avisos e atendendo seus celulares, mesmo durante funerais era demais para deixar passar. Ele diz que entende o descontentamento dos lojistas vizinhos mas como a polícia deu seu aval, ele não fez nada de errado. Já os comerciantes estão loucos, pois não estão conseguindo fazer dinheiro na época mais movimentada do ano.

Embora eu entenda a indignação do padre Madonna ele precisa entender que está causando um transtorno para seus vizinhos. É chato ver alguém atender um celular durante a missa? Sim, mas talvez se ele mandasse um “é melhor que seja Deus na linha” para o fiel já ajudasse a inibir os sem-noção.

Fonte: Daily Mail.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Alvaro Carneiro

    Interessante a idéia do padre, mas está errado – prejudicou os vizinhos, esquece.

    Ele tem que parar com isso. Vou falar com ele.

    • Falei com ele e ele disse que vai ligar o bloqueador de sinais somente durante os horários do culto.

    • Marcio

      Liga pra ele

    • MarioNaoPergunte

      Manda ele relaxar, talvez procurar um hobby, tipo Balonismo … não, pera … =P …

    • Eddie Xavier

      dane-se os vizinhos. Se nao quero sinal no meu imovel nao vou me preocupar com meus vizinhos… eles que compremum amplificador de sinal

    • Eddie Xavier

      dane-se os vizinhos. Se nao quero sinal no meu imovel nao vou me preocupar com meus vizinhos… eles que compremum amplificador de sinal

    • Reclame com o bispo.

  • DrFrancoFraquin

    Esta semana, numa dessas missas de formatura, minutos antes dela começar, irmã e dois irmãos teens menores sacam um tablet de 7″ e começam a fazer selfies. Faz pose, tira foto, zoa o irmão desajeitado, sobe a foto. Não sobe, sem wifi. Só aí, olham para o lado e vendo a reprovação, mudam de idéia, iam pedir a senha wifi da igreja. Rsrs

  • Bloqueador de celulares por 40 euros…

    Lendo a matéria eu até entendo o transtorno dos vizinhos e tal, mas porque diabos não colocam isso nas penitenciárias aqui do Brasil? Caro não é.

    • Vinicius Zucareli

      Nem sei se ele conseguiria inibir o suficiente, não sei se é no Brasil todo, mas nos presídios que eu já vi, a antena da operadora fica a, no máximo, uns 500metros do presídio com todas as antenas em potência máxima e apontadas diretamente ao presídio. Pega celular lá dentro melhor que qualquer shopping.

      • MarioNaoPergunte

        Tem duas possibilidades, ou bloqueia dentro do presídio com equipamento da operadora, liberando determinados imeis previamente registrados e permitidos, como o de diretor e olhe lá de algum funcionário em específico, ou deixa liberado e faz escuta, de todos, ou ao menos dos imeis que não estiverem previamente registrados.

        Em uma guerra o melhor é escutar o inimigo, seja ele se fingindo de convertido e escrevendo em código em uma bíblia ou usando um celular e falando em código, do que simplesmente acabar com a comunicação inimiga.

        E sim, estamos em guerra, deixou de ser criminalidade há muito tempo com os atentados terroristas que não são tidos e julgados como tal pela legislação atual e pela questão de não ter apelo religioso ou político por trás, mesmo que seja simples terrorismo criminoso para impor medo, seguir ordens do narcotráfico para retaliação ou para distração não são colocados e punidos como tal.

        O melhor é a escuta… ainda mais em determinados presídios do país com chefões de quadrilhas ou do narcotráfico.
        Claro que deveria ser regra e haver escuta em todos os presídios, ou bloqueio total caso não necessidade de escuta.

        Não sei como está a questão nos bastidores.

        • Gustavo de Castro Ventura

          Cara, meio atrasado aqui nos comentários mas vou responder.

          Pelo que me lembre, escuta deve ser autorizada judicialmente. E se não me engano, já existe um monte de burocracia jurídica (jurisprudência) que só autoriza a escuta em situações específicas (por exemplo, a escuta só pode ser autorizada se houverem outros indícios de que um crime está em progresso). Portanto, para que fosse feita uma “escuta geral”, muita, mas muita legislação deveria ser alterada antes. E duvido que nossos nobres eleitos gostem dessa faca de dois gumes.

          Quanto à ideia do bloqueio e liberação apenas para determinados IMEIs, já imagino o carcereiro fazendo um pé de meia a mais oferecendo a liberação de celulares. Corrupção no setor público está foda, e falo isso como servidor público.

          Está tudo errado, e quando isso acontece, às vezes é mais fácil você apagar e começar tudo de novo, do zero.

    • OverlordBR

      Cinemas… cinemas também deveria ser obrigatório ter um bloqueador de celular.

      Não consigo entender pessoas que vão no cinema e ficam conversando via Whatsapp durante o filme (sim, colegas, já vi isto acontecer inúmeras vezes).
      Não vieram para assistir ao filme e ainda ficam atendendo celular, jogando (já vi um infeliz jogando Candy Crush)… fiquem em casa então, cacete!

      • chadefita

        Acho que o que falta mesmo é o bom senso. Poxa colocar o celular no vibracall e pronto. Não atrapalha ninguém. Eu acho que a instalação dos bloqueadores é algo muito delicado, imagina se algo de grave acontece e seu celular está sem sinal? Cada um tem que fazer a sua parte e ser coerente, assim se a pessoa tiver um pouco de juízo ela se toca e para de fazer gafes dentro de cinemas, hospitais, etc…

      • chadefita

        Acho que o que falta mesmo é o bom senso. Poxa colocar o celular no vibracall e pronto. Não atrapalha ninguém. Eu acho que a instalação dos bloqueadores é algo muito delicado, imagina se algo de grave acontece e seu celular está sem sinal? Cada um tem que fazer a sua parte e ser coerente, assim se a pessoa tiver um pouco de juízo ela se toca e para de fazer gafes dentro de cinemas, hospitais, etc…

      • Diogo Nóbrega

        Mas se tiver em cinemas, vai ocorrer o mesmo problema do padre da matéria: pagamentos próximos com cartão (como o do ingresso do cinema, por exemplo) não funcionariam.

      • Carlos Magno GA

        Já vi acontecer na academia. O garoto sentou no aparelho para fazer a série e ficou no WhatsUp. Depois de um tempo chegou um marombeiro, daqueles que faz a série em vários aparelhos ao mesmo tempo para não perder tempo descansando, e pediu pra revezar.

        O marombeiro não percebeu, mas fez a série dele inteira antes do garoto começar.

      • Em um mundo ideal as pessoas teriam educação suficiente para não incomodar os demais, independente do local ou do gadget.

        Em um mundo ideal… Em um mundo ideal…

      • Em teatro também. Celular no teatro é uma coisa horrível. Principalmente para os atores.

    • Fernando Turatti

      no próprio texto tem a resposta pra sua pergunta.
      Já tentaram colocar e creio que várias ainda tenham tais bloqueadores, mas… afeta os vizinhos quando esses existem.

      • Gedson Junior

        Até parece q leu metade do texto.

    • safklnhcsl

      Você está maluco? Como que os caras iam chefiar o tráfico da segurança e conforto de um presídio sem celular?

      Sem celular eles nem poderiam ligar para os nossos políticos para agradecer pela proteção policial de tempo integral nas cadeias. Não daria nem ao menos para simular sequestro, olha que absurdo. Seria um castigo e uma humilhação muito grande, não acha?

  • Carlos Magno GA

    “Sim, mas talvez se ele mandasse um “é melhor que seja Deus na linha” para o fiel já ajudasse a inibir os sem-noção.”

    Eu gosto daquele padre que o Robin Willians fez em um filme sobre casamento. No momento que o casal protagonista chegava à igreja ele parava a missa e indagava-os sobre o atraso.

  • Mundo moderno é coisa do demônio ! Qualquer novidade deve ser inibida, não vamos usar a tecnologia a serviço da igreja, pelo contrário, vamos bloquear o seu uso ao invés de entender e tentar usar a nosso favor.

    Típico a 1000 anos….

    • Kessler

      Claro, campeão! Porque a coisa mais útil dentro uma igreja (ou em bibliotecas, cinemas) é um maldito celular fazendo barulho.

      • Pois é, e nem por isso a biblioteca ou o cinema usam bloqueador, isso é exagero, frequento estes lugares e não tem nada desproporcional assim de tocar celular toda hora para tudo que é lado. Essa medida é de uma estupidez que só um padre faria, como vejo desde criança, expulsar uma pessoa de bem que se dispões a ir a igreja mas esta de bermuda, umas aberrações assim. Vai criar um Twitter, vai criar um grupo no Facebook, vai propagar coisas boas nessa sociedade digital ao invés de fazer algo opressor assim.

        • Kessler

          Pois deveriam. Só porque a tecnologia existe, não quer dizer que tem de usá-la em todos os lugares feito um retardado mental.

          Ninguém é obrigado a ir a igreja alguma; se vai, pelo menos desliga a porcaria do celular e deixa quem leva a coisa a sério em paz.

          É idiotice achar que o planeta inteiro tem que se adaptar ao “mundo digital”. Criar Twitter? Como isso resolve os malas que ficam fuçando no celular em lugar inconvenientes?

          • É bem isso, tem que desligar… Vivíamos sem a 20 anos atrás, todo mundo saia na rua e ficava incomunicável, ninguém morria por causa disso 🙂

            A atitude radical do padre que é mais estupida ainda.

            O esquema do Twitter não resolve pontualmente o caso, mas o padre se aproxima mais dos fiéis que hoje consomem conteúdo dessa forma digital. Provavelmente ele terá bom retorno propagando a palavra de Deus para sociedade digital que não tem como bater de frente.

            Quando falo em sociedade digital não é esses casos clichês desses exemplos gritantes, estou falando dentro do saudável que a gente usufruiu no dia a dia que 99,99% das pessoas fazem e não esse 0,001% desproporcional.

          • Kessler

            O que tem de radical em ficar 1h sem celular? Ele não fez nenhuma fogueira de celulares, colocou um jammer para que fiéis inconvenientes não fiquem enchendo o saco dos não-inconvenientes.

            Não pode ficar 1h sem celular? Fique em casa, ora.

          • Vai ser o que irá acontecer ! 🙂

          • Kessler

            Quem deixa de ir na igreja por causa de celular não era muito devoto em primeiro lugar. Que fique em casa mesmo, deixe quem leva a igreja a sério em paz.

          • Acho que vai é procurar outra igreja menos radical ! Ou muda de religião. Não acredito que vai perder a fé por tão pouco.

          • Vai ser o que irá acontecer ! 🙂

          • O que tenho notado é que esses 0,001% estão chegando a quase 10%. Tá cheio de sem noção por aí…

          • Daniel

            Você é bem modesto… pra mim já passou dos 10% faz tempo…

        • Ariel Souza Rossi

          Vc não é obrigado a ir a igreja.

          Mas se quer ir, saiba que ela tem normas e regras.

          Mas, não. Sou o revoltadinho e fo*$-se as regras.

    • Vinicius Zucareli

      Vamos liberar no cinema também, né? Afinal é importante ficar olhando o IMDB durante o filme e ATRAPALHANDO TODO O RESTO DAS PESSOAS.

      Parabéns ser que não vive em sociedade.

      • Do que esta falando ? Tu é a favor de bloqueador de celular dentro do cinema ?

        Não sou a favor de liberar tocar o telefone do cinema ou usar o telefone no cinema. Só sou contra essa medida desproporcional de um padre.

        Esse exemplo que tu citou é só falta de edução. Quem tanto faz isso hoje, não vejo a esmagadora maioria das pessoas fazer essa situações clichês que cometa-se mas nunca acontece na prática.

  • André Maringolo

    [modo um dia de fúria on] O celular tinha que vir com um dispositivo de explosão da bateria: ligou a [email protected]#$ do celular na igreja, cinema, teatro e afins, o negócio explode na mão do sem noção. [modo um dia de fúria off].
    Há duas semanas no Cinemark Campinas, assisti Jogos Vorazes 3, mas ao mesmo tempo assisti a timeline do facebook de um idiota da fileira da frente. A anta ficou zapeando no celular por uns 15 minutos… é complicado isso…

    • MarioNaoPergunte

      Nesse caso dava pra chamar o povo que cuida disso no cinema para solicitar a saída do sujeito, no minimo caso ele se negasse ia passar vexame por atrapalhar o filme…

      • MarioNaoPergunte

        Ou vê sobre o face dele e manda msg NO face dele para ele tomar vergonha na cara e largar de mão por que tá atrapalhando o filme no cinema… XD

        • Padre Quevedo

          aí seriam 2 atrapalhando, rs…

          • MarioNaoPergunte

            Nossa, um Padre, Quemedo … XD

    • Saulo Benigno

      Quando acontece comigo eu peço ao “amigo” desligar. Com por favor.

      Já aconteceu várias vezes no cinema, sempre peço e a pessoa desliga.

      Se não desliga faço como o Mário falou, vou ao responsável do cinema. Normal. Custa nada pedir né?

      • André Maringolo

        Respondendo à sua questão e ao MarioNaoPergunte: Eu pedi para o infeliz desligar o celular. A resposta foi “o celular é meu, uso como eu quiser”. Isso com várias pessoas olhando pasmadas. Daí a ter que se levantar e perder trechos do filme, vai ser merda de qualquer jeito…

        • Saulo Benigno

          Essa é a hora que eu me levantava e ia pedir para ele sair mesmo, tomava de boa.. saia e todo mundo aplaudia.

          Ou pedia meu ingresso de volta, ou pedia meu dinheiro de volta. Sério. Ahhh…. vocês 🙂

    • Eu não entendo uma pessoa que paga para ir no cinema ver um filme e fica boa parte dele vendo a sua taimilaíni do feicibuqui.

      Só pode ser vontade de gastar dinheiro.

      • Saulo Benigno

        Fica vendo o que?

  • Ariel Souza Rossi

    E pros presidios brasileiros custa 20.000.. e até hoje não instalaram

    • cquintela

      O problema não é o valor é a regulamentação, não existe tecnologia que não afete os vizinhos do presídio.

      Mas se tu parar bem para pensar, estamos discutindo uma forma de bloquear algo que não era nem para estar lá dentro. O bloqueador de celular só vai atacar a consequência e não a causa do problema (corrupção).

      • Ariel Souza Rossi

        Concordo.
        Pelo mesmo motivo que até hoje a mulher usa anticoncepcional e não o homem, é mais fácil cortar o sinal do que combater a corrupção.

        E outra, a corrupção só se combate com duras leis e penas para os corruptos. Edução não, mas ajuda um pouco.
        É só ver o caso do juiz nicolau, e dos mais diversos indicados pelo atual governo… pessoas com nível superior, ou titulação maior… envolvidos em corrupção.

        Porquê? Ausência do sentimento de responsabilidade pelo ato: punição.

        Todos vendidos, conseguem se unir pra ajudar um corrupto a se manter no poder (aprovação da LDO) mas não se une pra ajudar o povo.

  • Daniel Belini

    Agora uma coisa que não entendi, o padre pediu autorização para a polícia e liberaram, agora os comerciantes ao redor reclamam que estão sem sinal também.
    Poxa, será que quem liberou não viu que os bloqueadores iram afetar quem vive/trabalha próximo da paróquia?

  • cquintela

    Cara, cinema, presídio, igreja não é nada comparado ao celular nas escolas (durante as aulas), isso sim é o caos.

    • Diogo Nóbrega

      Faz tempo que não entro numa escola (terminei o ensino médio faz 5 anos), e na univerisdade a maior parte das pessoas tem bom senso quanto a isso. Sério que nas escolas a situação está assim?

      • Fernando Turatti

        terminei meu ensino médio em 2012, o auge das SMS.
        Não, não está esse caos todo não, o que acontece é o de sempre: alunos criam maneiras de falarem entre si. Quando eu estava na 5ª série usavamos papéis e arremessávamos para o colega enquanto a professora não via, hoje digitam enquanto a professora não ve. Grande diferença.

        • Gedson Junior

          A, mas celular é mauzão, papel não tira a atenção de ninguém, rsrs.

      • Edmilson_Junior

        Terminei curso técnico este ano e quem mais atendia o telefone eram os professores.

  • Roger D. C. Delboni

    Não tenho maturidade suficiente pra não rir com “Padre Madonna”…

  • Firmo

    To precisando instalar um desses na sala de reuniões da empresa…

    “Alô, oi mãe, os caras que foram arrumar o telhado quebraram mais telhas, mas não pode isso… bla bla bla bla bla bla…”
    fala sério…. kkkkkk

  • Edmilson_Junior

    Ele pode usar o bloqueador dentro da igreja mas não dentro da loja dos outros.

    • Saulo Benigno

      Sim, ele usa dentro da igreja. Onde tem dizendo que não?

      • Edmilson_Junior

        É o mesmo princípio do som, você pode ouvir ele o quão alto quiser dentro da sua casa mas o som não pode sair e incomodar os vizinhos. No caso do som ou se usa baixo ou controla a acústica do ambiente. Se ele quer bloquear o sinal na igreja que crie algo como uma gaiola de Faraday, resolve o problema dele e não incomoda os vizinhos.

        • Saulo Benigno

          Entendi, muito obrigado

  • Antonio

    Não existe mais máquina de cartão dialup

    • Saulo Benigno

      E como são agora?

  • Pingback: Paciência de Jó? Padre instala bloqueador de celular em igreja | Pavablog()

  • Desnecessário. Bastava uma coisa: tela de galinheiro. Transformava a igreja numa gaiola de Faraday e pronto. Os vizinhos não serão incomodados,

    • Haja tela de galinheiro para fazer isso em toda a igreja.

  • Essa notícia me fez lembrar do conclave que escolheu o novo papa. Falaram que no local onde é feita a escolha também tem bloqueador de celular e de rede sem fio.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis