Quer fazer dinheiro com seu app? Torne-o freemium

iphone-001

Anteriormente, acreditava-se que a melhor maneira de ficar rico com um app seria ter uma boa ideia, desenvolver uma aplicação paga e esperar a grana entrar. Entretanto esse formato se deteriorou de forma rápida. É um fato que lançar uma aplicação paga no iOS é ainda algo muito mais lucrativo do que no Android, já que não há indícios de que um dia o Google controle a pirataria desenfreada em sua plataforma. Qual seria o caminho então, ignorar o robozinho verde, líder de mercado e se concentrar só nos iGadgets?

Muita gente já percebeu o óbvio que essa não é a melhor opção, e para fazer com que o cliente abra a carteira independente da plataforma o melhor formato é o freemium, e agora os números confirmam isso: em recente pesquisa conduzida pelo Statista, uma avaliação dos lucros de apps do iOS, divididos entre as dez principais categorias revelou que em sete delas, o modelo freemium é sim o mais lucrativo:

statista-chart-freemium-ios

As três únicas exceções são apps voltados para educação, produtividade e navegação, programas de não se beneficiariam de um formato de app gratuito com uma loja interna. Já a distribuição de renda dos games, apps de notícias e redes sociais é brutal. A categoria banca não conta, obviamente. Em números totais, cerca de 67,6% de todo dinheiro arrecadado com apps no iOS entre janeiro e novembro de 2013 veio de compras in-app.

É uma boa lição que fica para os desenvolvedores: não basta vender uma vez, pois se você fizer um trabalho ruim no primeiro app não conseguirá convencer o cliente a adquirir seu segundo lançamento. Por outro lado, não é como se chovesse dinheiro no colo dos indies, já que em média metade do lucro dos apps está na mão de apenas vinte e cinco desenvolvedores. A concorrência com corporações gigantescas e pequenos que se tornaram grandes (como a Rovio) é feroz. É preciso ter uma ideia de gênio, trabalhar muito para se diferenciar dos concorrentes, saber vender seu peixe e contar com a sorte para colher as verdinhas, do contrário mesmo que seu app seja freemium ele não irá muito longe.

Fonte: Mashable.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Daqui a pouco: “Pague 50 moedas para ver o restante da matéria” e “Pague 400 moedas para comentar” (hei, isso é uma boa ideia!!!)

    • Hahahaha! Boa sacada!

    • Ué? Os sites de jornais não fazem isso às vezes?

      • Pra comentar só vi até hoje o Venus Patrol(sobre games) que permite comentários apenas de quem assinou.

        De qualquer forma, o meu comentário(grátis) se referia ao método de usar in-app-purchases na forma de um dinheiro de mentirinha pago com dinheiro real, usando táticas como 1.000.000 de moedas por $10, a pessoa se sente rica, mas paga 100.000 moedas por cada item. Fora as táticas de fazer o consumidor trabalhar de graça, do tipo “compartilhe esta matéria e ganhe 100 moedas” (uau! 100 moedas!!!)

  • Ursinhomalvado

    O pior é quando você paga e depois descobre que na verdade comprou
    apenas o direito de pagar mais. Se não pagar mais, continuamente, nunca
    vai terminar o jogo.

    Na minha opinião este tipo de “fremium” é o equivalente à máquina caça níquel”. Uma coisa é você comprar recursos específicos que serão seus assim que pagar, outra bem diferente, é pagar por um “saco de pó mágico” que só pode ser usado uma vez num jogo. Se mesmo assim não conseguir passar de fase terá que comprar outro, e outro, …
    Este sistema transforma o game em jogo de azar e deveria ser proibido. Logo logo teremos profissionais fazendo análise para determinar o quanto o jogo deve se mostrar difícil para que a pessoa compre “moedinhas” para passar de fase, e quando o jogo deve “permitir” que a pessoa passe de fase apenas para que ela não se frustre e desista.

    • Claudio Roberto Cussuol

      Logo logo?
      Eu chutaria com uma grande probabilidade de acerto que o Candy Crush passou por essa análise, e feita por gente muito competente.

  • Julio Verner

    Freedom.apk 😀

  • Pingback: Apple: em 2013 App Store arrecadou US$ 10 bilhões com venda de apps()

  • Pingback: EA, Dungeon Keeper e como destruir um game clássico()

  • Pingback: Cider: estudantes criam plataforma que executa apps do iOS no Android()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples