[Review] – Xiaomi MI-2S

pabloffi_Xiaomi_MI-2S

Xiaomi MI-2S

A Xiaomi é uma empresa chinesa fundada em 2010 por Lei Jun e, seu amigo, Lin Bin, engenheiro com passagem pelas gigantes Microsoft e Google, sendo atualmente gerente geral da Xiaomi cuja sede é em Pequim.

Seu começo foi com o MI-One, cujo hardware se assemelha e muito ao do Galaxy S2, custando, no entanto, apenas 310 dólares, quase 200 dólares a menos que o concorrente. Portanto, não é nenhuma surpresa que em seu dia de lançamento esse aparelho já possuía uma lista de 300 mil interessados em apenas 34 horas. Não à toa que, menos de um ano depois, a Xiaomi já havia vendido mais de 3 milhões de MI-Ones.

Design

SONY DSC

O Xiaomi MI-2S tem um acabamento sólido e bonito, não passando a impressão de ser frágil ou mesmo barato. Possui conector micro-USB na parte inferior e o plugue do fone de ouvido na parte superior,os botões de volume e lock screen ficam na lateral direita. Um detalhe importante é que os botões têm ótimo acabamento, que lembra aço.

SONY DSC

SONY DSC

Os botões padrões no Android (opções, home e voltar) são capacitivos e tem um ótimo tempo de resposta, eles ficam na parte inferior junto com o LED de notificações padrão usado em diversos modelos Android.

SONY DSC

Devido ao seu peso de 145 g (somente 15 gramas a mais que o S4) e à sua espessura de 10,2 mm (fino o suficiente para não incomodar ao ser colocado no bolso da calça) esse aparelho é muito confortável de ser usado. Sua finas bordas na moldura da tela dão ao aparelho uma certa leveza visual.

SONY DSC

A tampa traseira vem na cor branca e possui um brilho bonito e elegante, além  de ser resistente a arranhões. Caso branco não seja sua cor preferida você pode trocar pois existem diversas cores disponívei. Devido ao fato de não possuir textura ele pode escorregar mais facilmente, mas nada que um pouco de cuidado não resolva.

Tela

SONY DSC

O MI-2S possui uma bela tela IPS LCD HD de 4,3 polegadas. Não tem o Gorilla Glass, mas em compensação é usada o DragonTrail para proteger a tela de arranhões. Sua resolução de 1280×720 nos dá 342 PPI: nessa densidade de pixels, os pontos na tela ficam imperceptíveis. As cores são excelentes e o alto contraste funciona muito bem.

Graças ao IPS, a tela possui um amplo ângulo de visão. Essa LCD tem bastante brilho, o que ajuda muito em dias de sol e o sensor de iluminação funciona bem, assim não tive nenhuma dificuldade em assistir séries (com seu player nativo), ler noticias no Feedly, páginas na web, e tudo bem nítido.

Em comparação com o que temos atualmente no mercado nacional lembra a tela do Nexus 4.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=XPHzKJV_V0g?vq=hd1080&w=640&h=385&hd=1]

Sistema e recursos

Screenshot_2013-07-07-19-31-10

A Xiaomi adota o Android como sistema operacional em seus aparelhos, a diferença aqui está na rom customizada que vem instalada nele, a famosa MIUI, (se pronúncia Me You I). No momento estou com o Android 4.1.1 e com a rom MIUI versão JLB18.0, mas toda sexta-feira esta é atualizada com melhorias. Ainda não foi lançada a versão mais recente do Android (a 4.2.2), pois ainda não temos uma rom customizada da MIUI que será lançada em breve.

Screenshot_2013-07-07-19-31-15

O sistema vem em Inglês ou Chinês então temos que nos adaptar, eu instalei o SwiftKey o que me ajudou bastante com o corretor automático para PT-BR. O mais interessante é que a MIUI pode ser instalada em outros aparelhos, inclusive em PT-BR caso seja necessário. A interface lembra o do iOS, tudo muito limpo e bem acabado com o novo padrão minimalista e, inclusive, com ícones já adaptados. A maior diferença dele para o iOS é que podemos alterar tudo (ele traz um aplicativo de temas, por exemplo).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=8BLcBAccGok&w=640&h=385]

Tudo nesta versão customizada de Android foi alterada para ser belo e funcional, assim, não temos o Drawer (aquela gaveta com todos os aplicativos) e, também, podemos criar pastas que nem o iOS, mas sem limites de apps. Além disso, temos aplicativos nativos úteis como: lanterna, gerenciador de pastas, rádio, calculadora, anti-vírus, backup, anti-spam (que permite bloquear números e mensagens), e-mail, gerenciador de aplicativos (que fecha todos os aplicativos com apenas um toque), gerenciador de dados (dá para estabelecer um limite de dados mensal) e app de música (completo e bonito). Segue algumas screenshots e um vídeo.

Screenshot_2013-07-07-19-32-03 Screenshot_2013-07-07-19-31-36

Screenshot_2013-07-07-19-33-43 Screenshot_2013-07-07-19-33-50 Screenshot_2013-07-07-19-34-13 Screenshot_2013-07-07-19-38-49

Desempenho e bateria

pabloffi_cpu_mi2s-1

O aparelho possui um chipset da Qualcomm, o APQ8064T Snapdragon 600, constituído por uma CPU ARM quad-core rodando a 1,7 GHz (Krait 300) e a GPU Adreno 320, contando com 2 GB de memória RAM. Antes de mostrar o resultado do benchmark, gostaria de deixar claro que o desempenho no dia-a-dia é surpreendente, não engasga em nenhum momento (até mesmo em jogos pesados). No benchmark Antutu ele ficou atrás somente do Galaxy S4, cujo valor é o dobro.

pabloffi_antutu_xiaomi_2s

Realizei alguns testes rodando uns aplicativos mais pesados e, como podem ver, tudo roda bem sem nenhum problema. Entretanto, a bateria não agüenta muito e se usarmos direto com o 3G ligado ela durou, em meus testes, cerca de 12 h, mas já com o uso moderado chega a 2 dias tranquilamente.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=GpoqD4wd6aQ&w=640&h=385]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=yvn-FBnRGck&w=640&h=360]

Câmera

pabloffi_xiaomi_camera

Esse modelo de 16 GB de capacidade possui uma câmera de 8 megapixels, já o de 32 GB tem uma câmera de 13 Mp. Ele tira boas fotos em HDR e a noite a qualidade é razoável, nada de excepcional, pode incomodar um pouco de serrilhado, enfim podia ser melhor.

Gostei do flash de LED (a foto não fica esbranquiçada) e, além de tudo, ele ainda grava vídeos em Full-HD 1080p 30 fps e em 720p a 90 fps. O aplicativo nativo de câmera tem uma interface bem limpa e uma velocidade de disparo bem rápida. Segue alguns exemplos:

Sem HDR:

IMG_20130612_122924

Com HDR:

IMG_20130612_122932_HDR

Pouco ruído em fotos noturnas:

IMG_20130702_185821

Com iluminação artificial:

IMG_20130704_193902

(Créditos na foto: Chayene Bernstein)

O que vem na caixa:

O aparelho vem em uma bela caixa, com manual em Chinês, um carregador e um adaptador para tomada europeu e não acompanha fones de ouvido. Eu comprei ele pelo site iBuyGou (cujo atendimento é ótimo) via Fedex, a entrega demorou cerca de 20 dias.

pabloffi_xiaomi_caixa

E aí vale o investimento?

Bem, acabei comprando porque encontrei nele o melhor custo-benefício, afinal, tem um ótimo processador, tela, memória RAM e ainda vem com a ROM MIUI de fábrica (que sempre tive interesse de utilizar), além, é claro, do preço de 384 dólares (totalizando uns 900 reais com o frete incluso, e não fui taxado). Obviamente esse não é o top de linha que ainda vai ser lançado pela Xiaomi, o MI-3 com tela Full-HD para bater de frente com o S4.

Pesquisei muito antes de comprar e descobri que não faltam opções como: Meizu, Oppo, Lenovo, Newman e por aí vai. Existe um mundo lá fora além de Samsung e Apple! 😉

Tá mas e a Anatel não vai bloquear?

Pode acabar bloqueando, é um risco que se corre. Mas que caso haja bloqueio com esse celular, haverá também com qualquer outro aparelho trazido de fora, afinal ele é original, possui IMEI e atualmente está funcionando com 3G da TIM aqui. Portanto não aconselho a qualquer um comprar, já que existe o risco de bloqueio, mas se você é entusiasta de tecnologia e gosta de fuçar compre ele sem pensar!

Especificações técnicas:

  • Conectividade: 2G GSM 850 / 900 / 1.800 / 1.900 MHz, 3G HSDPA 850 / 1.900 / 2.100 MHz
  • Lançamento: 2013, abril
  • Dimensões: 126 × 62 × 10,2 mm (4,96 × 2,44 × 0,40 polegadas)
  • Peso: 145 g
  • Tela: IPS LCD capacitivo touchscreen, 16 M de cores;
  • Tamanho e resolução: 720×1280 pixels, 4,3 polegadas (densidade de pixel ~342 PPI);
  • Capacidade de armazenamento: 16/32 GB, não possui entrada para cartão de memória;
  • Wi-Fi: 802.11 a/b/g/n, dual-band, Wi-Fi Direct, Wi-Fi hotspot;
  • Bluetooth: 4.0;
  • Câmeras: traseira com sensor de 8 Mp (na versão 16 GB) ou 13 Mp (na de 32 GB), frontal com 2 megapixels;
  • Sistema operacional: Android OS, v4.1 (Jelly Bean);
  • Chipset: Qualcomm APQ8064T Snapdragon 600;
  • Memória principal (RAM): 2 GB;
  • CPU Quad-core 1,7 GHz Krait 300;
  • GPU Adreno 320;
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, proximidade, compasso.
  • Radio: possui rádio FM que funcionou aqui sem problemas;
  • GPS: A-GPS;
  • Bateria: Li-Ion 2.000 mAh.

Bem, gostaria de agradecer ao Joel Nascimento Jr por ter me ajudado e conversado com o Nick Ellis para a postagem deste texto no Meio Bit, blog o qual a muitos anos sou leitor, em segundo a minha namorada Chayene Bernstein, que além de fazer drinks ótimos, me ajudou na revisão deste texto [finalmente editado e publicado pelo C. Emanuel B. Laguna, de nada 😉 ].

Relacionados: , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Pablo Iglesias

Compartilhar
  • abraaocaldas

    Não foi taxado, mesmo com a encomenda via FEDEX?!?!?! essa é nova para mim

    • Vinícius Cordeiro

      Pensei a mesma coisa. O mais provável é que o imposto tenha sido incluso na fatura, já que entregas por courier são todas taxadas.

      • Pablo Francisco Figueroa Igles

        Oi, não quis colocar no post,mas lá no site ibuygou eles declaram como mp3 player de 25 dólares para tentar passar ,e acabou passando ,e via Fedex a chance é grande mesmo.

        • Lukas Lázari

          Altas mutretas, pelo bem do imposto zero.

  • porra_mauricio

    É a maior cópia do iOS que já vi!

    • OverlordBR

      Uma cópia melhor, por sinal.

      Até porque os ícones estão mais bonitos que no iOS… especialmente no 7. 🙂

    • Felipe Riffel

      se ta falando do sistema, a room miui segue esse design a alguns anos, e sinceramente nunca me remeteu a um IOS, agora pelo visto é o IOS que copiou ele ^^

  • Ramon Almeida

    Pablo onde fez a compra do Xiaomi, sou louco para comprar.

    Sobre a review do smartphone achei incrível, ainda mais com uma das roms mais bonitas baseada no Android.

  • Mateus Azevedo

    Ta ai algo que eu gostaria de testar, um aparelho da Meizu. Desde o primeiro modelo ele já chamava a atenção 😀

    Sobre o possível bloqueio: seria um puta tiro no pé se esse tipo de aparelho fosse bloqueado. Metade dos smart topo de linha no Brasil teriam problemas, pelo simples fato de ser de fora. Desde o início a ideia desse bloqueio é barrar aparelho falsificados e de baixa qualidade, não acredito que bloqueariam todos os importados.

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Também considerei muito em comprar o Meizu parece um ótimo aparelho também.

    • DanielBastos

      O objetivo é mesmo fazer com que fabricantes instalados no Brasil vendão mais celulares top, sem a concorrência de fora. O governo não tem objetivos de tornar nada acessível a população. Esse lance de aparelhos chineses são os culpados pela má qualidade de uma ligação é besteira. Tenho um iPhone e em várias partes do rio não existe sinal. Sem nenhum sinal, não a xing-ling, iPhone, Galaxy ou qualquer um q resolva.

    • Pelo o que eu li, os aparelhos que já estejam funcionando não vao ser bloqueados. Só após essa lei entrar oficialmente

      E com certeza acredito que terá algum ‘desbloqueio não oficial’…

  • Guilherme Santos

    Mas olha só, um Portoalegrense no Meio Bit! 😀

    Eu sempre quis um Mi, mas nunca tive coragem de importar por medo de ser taxado e acabar pagando mais que um S4 nacional. Pelo que vejo, não desaponta em nada. Podiam vender dar um jeito de aqui oficialmente, né? Se bem que entre esse e o Oppo Find 5, eu acho que iria de Oppo.

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Sim um Portoalegrense ,eheh

      Então acabei pegando o Xiaomi,por ter melhor custoxbeneficio com processador quad de 1.7gh

      Demorei muito tempo para criar coragem e comprar ,depois que achei o site confiável aí acabei arriscando.Iria comprar um Nexus 4 mas pelo preço e por se tratar de um smart já um pouco antigo,ai preferi o Xiaomi.

      Agora com o MI-3 este MI2-S vai cair o preço e também vai ter o lançamento do tablet.

      A construção do aparelho é muito boa mesmo,ótima qualidade.A tela é impressionante se tratando de cores e definição ,acaba tendo uma profundidade muito boa.

  • Estou de olho nesse Xiaomi a muito tempo… mas chegar no Brasil tá difícil,

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Pois é ,existem planos de lançarem na Europa ,vamos ver aparecem em outros mercados.

  • Certo, sempre tive curiosidade com essa marca, tem muitos aparelhos tops e preços em conta… parabéns pelo review! 🙂

    Agora pergunto, o Mi-One se comparava a um Galaxy S2, e esse do review se assemelha a qual celular atual?

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Hm difícil dizer por causa da tela,por exemplo ele tem um quad-core 1.7 e Adreno 320, quer dizer que ele se equipara ao htc one,só que o One tem 1080p de resolução na tela,então ele seria como um Nexus 4 só que turbinado.

      Estou ansioso pelo MI3 esse sim vai ser melhor ou igual ao Galaxy S4.

  • Renato Kedson

    Pablo, se quiser o sistema dele em pt-BR vá ao fansite oficial da MIUI no Brasil:
    MUIBrasil: http://www.miuirom.com.br/

    Lá eles traduzem a ROM toda para nosso idioma e para vários aparelhos.

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Bem lembrado,só não testei para deixar ele todo original.

      • Bruno Mota

        Mas qual foi o site que você comprou meu brother ?

  • Adriano Lopes

    Tenho o celular faz 3 meses. Não tenho absolutamente nada para reclamar. Estou atualmente na ROM em PT-BR, 3.7.12, muito boa e está lisinha.

    O custo x benefício é absurdo!

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      Bom saber que dá para deixar em pt-br. 🙂

  • Nash

    Só torcer agora para não precisar de assistência técnica tão cedo… De qualquer sorte, me surpreendeu a qualidade do aparelho. Um vídeo teria sido interessante também.

  • tiagodamian

    Prefeitura de POA, tchê!

    • Lucas Timm

      Fora a foto da Cristóvão com o T5 ao fundo… 😉

  • Diego Goulart

    E como fica o Market/GooglePlay? É o oficial, funciona certinho e baixa todos os aplicativos ou é limitado?

    Valeu.

    • Pablo Francisco Figueroa Igles

      depois de baixar o google play no market (Mi Appstore) que vem nele,tudo funciona normalmente ,inclusive o google reconhece ele como Xiaomi MI2-S.

  • Pingback: Desempenho da CPU do iPhone 5S: Apple manda “aquele beijo pras inimigas”()

  • Pingback: Desempenho da CPU do iPhone 5S: Apple manda “aquele beijo pras inimigas” | Mais Digital Blog()

  • Pingback: Xiaomi alega ter vendido 100 mil smartphones na China em 86 segundos()

  • Pingback: Xiaomi de Hugo Barra vende mais celulares na China do que água no deserto | Mais Digital Blog()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja