Dia 15 agradeça por não estarmos um pentelhonésimo no lugar errado

2012da14

Dia 15 de fevereiro será um dia especial para astrônomos. O asteróide 2012 DA14 raspará a Terra, passando mais próximo que os satélites em órbita geoestacionária, a 36.500 km de altitude.

Com 50 metros de diâmetro, o DA14 cruzará o céu com magnitude 8, suficiente para ser visto com telescópios ou bons binóculos. Não acontecerá nada, claro. A não ser que você acredite em vídeos do YouTu.be e no History Channel, que ainda passa programas sobre o Apocalipse Maia. A órbita do asteroide é conhecida em detalhes, e esse encontro é muito raro.

Asteroides desse tamanho só passam pela Terra em média uma vez a cada 40 anos, com uma colisão a cada 1.200 anos. Mesmo assim assusta saber o quão perto esse vai passar. A Terra escapou de uma colisão por 16 minutos, talvez menos. Se 4 bilhões de anos atrás uma pedrinha aleatória tivesse girado pro lado errado, alterando infinitesimalmente nossa velocidade orbital, talvez hoje estivéssemos evacuando Nova York. Até porque essas coisas só acontecem com Nova York.

Qual o estrago? Bem, a Cratera do Meteoro, no Arizona, foi criada 50 mil anos atrás quando um bicho desses, com o mesmo tamanho do 2012 DA14 resolveu conhecer a Terra de perto.

Meteor-Crater-592js072110

Note: O negócio preto na parte de baixo é uma estrada. A cratera tem 1,1 km de diâmetro.

Pois é. Escapamos de novo. A não ser que o bicho acerte o satélite da SKY. Com minha sorte atual, é bem possível…

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Alvaro Luiz

    Lembrei agora daquele add-on do google earth que mostra todo o lixo espacial em volta da terra… com isso em mente veio a imagem do tal meteoro fazendo uma limpa desse lixo pelo caminho ehehhe

  • GalegO86

    Porra, se um negócinho de 50mts faz um buraco desses… Eu nem quero saber o que acontece caso algo realmente grande apareça…

    • Esse mts significa o que mesmo? Metro-tonelada-segundo? 🙂 😀

      • GalegO86

        hahahaha… Pelo tamanho do buraco, até serve 😀

      • Acho que é “Corrão” 🙂

  • Vale lembrar que o meteoro que originou a Cratera do Meteoro (Arizona, EUA) era praticamente de ferro. Ferro é um material muito pesado e duro; talvez se ele fosse formado por algo mais mole não teria aberto uma cratera tão grande.

    • Talvez nem tivesse chegado inteiro até o chão, se fragmentado em milhares de pedacinhos ao colidir com a atmosfera superior, fazendo chover estrelas cadentes

      • Bruno Rocha

        Na verdade depende do ângulo. Se chegar muito alto, vai ser feio do mesmo jeito.

        Eme escala humana, é a diferença entre levar um tiro de uma Magnun 44 ou uma espingarda 12 cal. de dois canos.

  • Pierre Lehnen

    Meh, quando fiquei sabendo do asteroide procurei no google alguma “calculadora de dano” e o resultado que me apareceu foi bem menos dramático dizendo que nem mesmo deixaria cratera, aí já tinha até perdido o respeito pela pedra.

    • Um meteoro de 50m, viajando a uma velocidade de 28.100 km/h, não deixaria nenhuma cratera? Nem mesmo a cratera no Arizona, com 1.186 km de diâmetro e criada por um meteoro também de 50m serve como exemplo?

      http://en.wikipedia.org/wiki/Meteor_Crater
      http://neo.jpl.nasa.gov/news/news177.html

      • Pierre Lehnen

        Não to dizendo que não deixaria, to dizendo que é o que eu achava antes.

        • Citando você: “(…) e o resultado que me apareceu foi bem menos dramático dizendo que nem mesmo deixaria cratera, aí já tinha até perdido o respeito pela pedra.”

          Deixa eu destacar: “(…) nem mesmo deixaria cratera (…)”.

          • Pierre Lehnen

            Exatamente, isso é o que havia aparecido no tal site, que eu tinha acreditado até ler o post do Cardoso.

  • Estive nessa Cratera ano passado, é impressionante. Os caras criaram uma infra-estrutura de visitação e tem os destroços da “pedra espacial”. Passando aqui pelo Arizona é uma visita que vale a pena, fica relativamente perto do Grand Canyon.

  • OverlordBR

    Depois ainda tem gente que diz que não tem sorte!

  • Existe por acaso a minima possibilidade de terem errado o calculo? 0_0

  • Leonardo Fagundes

    Vai saber se a origem desses 16 minutos salvadores não foi o meteoro que caiu no Arizona, pois há 50 mil anos tinha bem menos gente no planeta…uma providência divina desviando o 2012 DA14 nos os dias atuais?

    • Bruno Rocha

      Graças a essa providência divina, estamos exatamente na rota de um impacto em 2041.

      P.S. Deus não existe.

  • Pingback: Meteoro ESPETACULAR atinge cidade russa causando danos « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja