O Final Feliz da Cosplayer edificante

Anna Moleva (Анной Ormeli, pros íntimos) é uma cosplayer russa pra lá de edificante, com fantasias excelentes, mas sua obra-prima é a versão da Elizabeth, de Bioshock. (página da beldade no feice)

Apesar de ser um hobby que demanda trabalho, dedicação e criatividade, por algum motivo há um certo despeito entre alguns grupos de nerds, em relação a cosplayers. Em parte é inveja, quando algum sujeito chega com aquelas armaduras ultra-elaboradas, mas também rola uma certa misoginia, disfarçada com o discurso pontuado por “poser”, “attention whore” e outros termos usados por nerds nojentos que não entendem como uma mulher daquelas pode não dar atenção a nerds nojentos como eles.

Não que isso impeça a moscovita (sempre quis escrever moscovita) de mandar muito bem:

russaedificante

O resultado é que Anna impressionou até o pessoal da Irrational Games. A ponto de fazerem um convite, prontamente aceito. Ela passou a ser o rosto oficial de Elizabeth, o Bioshock Infinite foi inclusive adiado para que o o material promocional, caixas e até o modelo da personagem fossem alterados para ficar mais parecidos com Anna.

Isso mesmo: A Cosplay agora é a personagem. O ciclo está completo.

O mais divertido é que quem fizer cosplay de Elizabeth estará fazendo cosplay de cosplay.

cosplayedificante2

Isso é uma evolução muito bem-vinda. Nos primórdios da Internet fã-clubes e cosplayers eram vistos como pirataria por boa parte da indústria. Parece (e é) um absurdo mas mordiam as mãos que os alimentavam.

Uma vez a Paramount resolveu que TODOS os sites de fãs de Star Trek eram violação de copyright, então enviaram ordens extra-judiciais para milhares deles exigindo que removessem todas as imagens e textos não-autorizados. Depois iriam lançar um kit com material pré-aprovado para construção de sites de fãs. CLARO isso, gerou um feedback horrendamente negativo e desistiram da idéia, mas essa era a visão dos adevogados.

Ao abraçar a comunidade cosplay e fãs em geral as empresas estão investindo em uma relação que vai muito além da comercial, e acaba valendo mais do que dinheiro.

Fonte: IHC

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Eu já tinha visto essa imagem dela há meses, e fiquei impressionado com quão parecido era o rosto dela em relação ao modelo da personagem divulgado até então. Curti 😀

  • Fazer cosplay de si mesmo ainda é cosplay? ahahaha

    • Hollander

      Cocosplay.

  • Rafael Vasconcelos

    Cosplay é assim, ou é incrivelmente bem feito ou é terrivelmente tosco. Nunca vi cosplay meio termo.

  • Felipe Lima

    eu acho que os seios dela está um porquinho espremido nesta fantasia ai

  • Pra entender recursividade, é preciso entender recursividade.

    • Keaton

      Neste caso, isso se chama pleonasmo. 🙂

    • Rafael Vieira

      eheehehhehehe
      Boa

  • Philosoraptor: Quer dizer que a (alô, alô 5-5-7?) Elizabeth de Bioshock é, agora, cosplay da Anna Moleva?

    Deixa Anna Molevar. Ana, moleva eu! (sim, é podre, mas não desistirei da piada nem que me acorrentem)

  • OverlordBR

    Ah, as russas… ficam mano a mano com as japinhas, coreaninhas… páreo duro!

    • Bruno Rocha

      Hoje em dia todos os personagens de animes tem cara de ocidental, perfil alemão, até, então fica fácil até pros eslavos russos. E fracamente, japa não tem peito, bunda e nem quadril, então ta valendo.

      • Gigaflops

        Nossas japas têm!

        • Bruno Rocha

          Até nossas travestis tem!

  • paulokdvc

    Obrigado Cardoso! Edificante caiu muito bem pra ela! E nossa, que cosplay!

  • Paramount hostilizando fãs de Star Trek …saudades das Convenções da Frota ;numa delas reproduziram o stress telefônico da representante no Brasil da Paramount, à época, acusando os fãs de praticarem “macumba” contra ela.

  • Carlos Almeida

    Mulheres russas … lindas !

  • Hesiodo Ascra

    Ah o capitalismo… Sempre se acha uma empresa inteligente…

  • Pingback: 4 fãs que ficaram famosos graças a suas obsessões | Negão Internauta()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja